quinta-feira, 11 de maio de 2006

Estudantes xingam Dirceu de “ladrão”. Mulher que denunciou 170 sanguessugas teme morrer, e Bastos manda PF abafar o listão

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça também o Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal
Resumo no ar às 8h e Edição completa a partir de Meio-dia.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

A qualidade de principal responsável pela organização criminosa, atribuída pelo procurador-geral da República na denúncia aos 40 homens do mensalão, rende dissabores públicos ao poderoso “advogado” José Dirceu de Oliveira e Silva. Ontem, o ex-deputado e ex-chefe da Casa Civil, mas atual super-coordenador informal da campanha reeleitoral de Lula, foi chamado de “ladrão” por estudantes da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Pelo menos em três oportunidades, o coro de “ladrão” tomou conta da jovem platéia em delírio. Dirceu foi xingado em Belo Horizonte, durante uma palestra que proferiu. O poderoso Zé foi obrigado a interromper sua fala diversas vezes, por causa de manifestações mal educadas dos alunos, que lotaram o auditório da PUC-MG, a maioria deles usando narizes de palhaço.

O corajoso Dirceu repetiu que é inocente e que não existem provas de sua participação no esquema do mensalão. Dirceu considerou a hostilidade sofrida “natural”. O poderoso homem do PT, que tem mania histórica de perseguição, arranjou uma justificativa para os ataques dos jovens. Zé alegou que os estudantes, em sua maioria, eram “tucanos” ou ligados ao PSDB:

"É natural, normal. Isso mostra o nível de quem está aqui. Pessoas autoritárias, que não aceitam o debate democrático, que não escutam. Quando me agrediram na Câmara dos Deputados com uma bengalada, muitos meios de comunicação estimularam. Foi assim que começou o nazismo e o fascismo".

Se o democrata José Dirceu falou, está falado. E PT saudações...

Por falar em bengalada...

Yves Hublet, o escritor que deu a bengalada no Zé, é o organizador, em Brasília, da marcha do DIA DA DIGNIDADE NACIONAL.

A reunião cívica será dia 21 maio, às 15 horas, em várias capitais e grandes cidades brasileiras.

Em Brasília, a manifestação será em na frente do STF (aos pés da Estátua da Justiça, que, no Brasil, não pode mais ficar igual a uma estátua).

Todos os brasileiros honestos estão convidados a participar.

Contatos e adesões pelo tel (61) 3447-8772 ou pelo Email: cultur@brturbo.com.br.

Medo de morrer

Advogados de Maria da Penha Lino, que denunciou os 170 sanguessugas do Congresso, temem que ela morra dentro da polícia ou de uma carceragem.

Por motivos de segurança, ela distribuiu a lista, em CDs, para três pessoas amigas, com os documentos anexados.

Esse seria o seu seguro de vida, porque o Congresso quer ver o diabo, mas não quer ver tal listinha infernal.

Leilão editorial da corrupção

O CD com a lista dos políticos está custando, hoje, R$ 200 mil reais, no câmbio negro da Ilha da Fantasia cercada de políticos honestos por todos os lados.

A Maria da Penha pediu R$ 1 milhão de reais para dar uma entrevista exclusiva.
Pediu também um salvo conduto para Europa, com identidade nova.

Veja se habilitava para pagar. A Época avalia se vale a pena. E a Isto é não teria cacife para bancar.

Operação abafa?

O Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, ao saber que havia 170 nomes na lista dos sanguessugas, pediu que a Polícia Federal desse uma abafada no caso.

Rompido politicamente com ele, não se sabe se o diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, vai acatar a “recomendação” do chefe.

A Polícia Federal já saltou do titanic do governo há muito tempo.

Atualmente, a Direção Nacional de Inteligência dos Estados Unidos da América tem mais influência na PF e no MPF que o governo petista.

CPI dos sanguessugas

Os deputados Raul Jungmann (PPS-PE) e Fernando Gabeira (PV-RJ) decidiram chutar o balde.

Os dois vão colher assinaturas de parlamentares a fim de instaurar a CPI dos Sanguessugas.

Para que a iniciativa prospere, a dupla terá de conseguir 171 assinaturas na Câmara e 27 no Senado.

Mesa sem credibilidade

Jungmann e Gabeira ficaram indignados contra a decisão da Mesa da Câmara de investigar apenas 16 dos 62 deputados cujos nomes apareceram na Polícia Federal como suspeitos de envolvimento com a compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento da União. Jungmann detonou:

A Mesa da Câmara demonstrou que não está à altura da gravidade do problema e perdeu a credibilidade”.

Serão investigados: Almir Moura (PFL-RJ), Fernando Gonçalves (PTB-RJ), Isaías Silvestre (PSB-MG), João Batista (PP-SP), João Correia (PMDB-AC), Marcos Abramo (PP-SP), Mauricio Rabelo (PL-TO), Neuton Lima (PTB-SP), Paulo Baltazar (PSB-RJ), Irapuan Teixeira (PP-SP), Reginaldo Germano (PP-BA), Reinaldo Gripp (PL-RJ), Ricarte de Freitas (PTB-MT), Vieira Reis (PMR-RJ), Wellington Fagundes (PL-MT) e Zelinda Novaes (PFL-BA).

Além deles, há outros dez sobre os quais a Corregedoria aguarda mais informações da PF.

Todos tiveram assessores ou funcionários de gabinete presos pela Operação Sanguessuga, que desmantelou o esquema criminoso: Alceste Almeida (PTB-RR), João Magalhães (PMDB-MG), Nilton Capixaba (PTB-RO), Dr. Benedito Dias (PP-AP), Edna Macedo (PTB-SP), Eduardo Seabra (PTB-AP), Elaine Costa (PTB-RJ), João Mendes (PSB-RJ) e Pastor Pedro Ribeiro (PMDB-CE).

Xô, Satanás!

A Policia Federal informa: Todos os deputados da chamada bancada evangélica da Câmara têm indícios de corrupção e aparecem na lista dos 170.

Se tudo que se faz na terra e na política, eles colocam Deus no meio, o Criador deve estar mesmo de saco cheio com a nossa classe política, especialmente com aquela que mais o invoca para o rebanho de eleitores.

Inclusive, dois assessores de um senador evangélico são investigados pela Polícia Federal, por suspeitas de falcatruas na compra de ambulância no município de Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro. Ai, Jesus!

Mais pizza no forno do Câmara

O Conselho de Ética aprovou relatório que recomenda a absolvição do deputado Vadão Gomes (PP-SP), acusado de ter recebido R$ 3 milhões e 700 mil reais do empresário Marcos Valério de Souza, operador do mensalão.

O relatório que pede a absolvição do parlamentar foi aprovado por 9 votos a favor, um contra e um em branco.

O relatório foi apresentado pelo deputado Eduardo Valverde (PT-RO), em substituição ao documento apresentado na semana passada pelo deputado Moroni Torgan (PFL-CE), que pedia a cassação de Vadão, mas que foi rejeitado pelos integrantes do Conselho.

O processo de Vadão segue agora para o plenário da Câmara, onde será votado pelos deputados.
Balanço da impunidade

Dos 19 acusados de envolvimento com o esquema do mensalão, dez já foram absolvidos pelo plenário.

O último foi Josias Gomes (PT-BA), cujo parecer que pedia a cassação foi rejeitado.

Outros quatro parlamentares renunciaram para escapar da cassação e apenas três foram cassados: Roberto Jefferson (PTB-RJ), José Dirceu (PT-SP) e Pedro Corrêa (PP-PE).

Eleições limpas

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), entidade que reúne 15 mil juízes, lançou ontem a Operação Eleições Limpas.

O evento, realizado em Brasília, virou palco de críticas ao presidente Lula.

O presidente da AMB e idealizador da campanha, Rodrigo Collaço, disse que os juízes estão desapontados e perplexos diante do volume de denúncias de corrupção e desmandos na gestão petista.

Esperava que houvesse um combate mais eficaz à corrupção, principalmente do ponto de vista preventivo”.

O juiz cobrou do Supremo Tribunal Federal (STF) que conclua rapidamente o processo contra os 40 acusados de participação no mensalão.

Missão impossível no atual sistema

A Operação Eleições Limpas vai distribuir 100 mil cartilhas em todo o país com instruções sobre o que pode e o que não pode na campanha eleitoral.

Vai veicular inserções no rádio e na televisão sobre a legislação eleitoral e os riscos e conseqüências para eleitores e candidatos que fugirem da legalidade.

Existe um conjunto de regras não conhecidas pela população. Por isso, estamos propondo Eleições Limpas, dando informação e esperando receber em troca a motivação do cidadão para ajudar a Justiça eleitoral a fiscalizar todo o processo. Assim, poderemos eleger pessoas que tenham efetivo compromisso com o resgate de valores éticos. Esse tem que ser o compromisso inarredável de qualquer cidadão que detém algum poder público no País”.

O juiz Rodrigo Collaço avalia que o caixa dois dos partidos “deforma a vontade livre do cidadão porque ele acaba influenciado pelo poder econômico, e isso desequilibra e perturba o processo eleitoral”.

Só se vê na Globo...

Nota confidencial ao Senado revela que a Rede Globo resolveu pender contra o PT.

Não se sabe o motivo da guinada de 90 graus das Organizações Globo.

Lula teria descumprido acordos empresariais com a turma de João Roberto Marinho, que agora emite notas oficiais para garantir que a obrigação da Globo é apenas divulgar o que está acontecendo.

E vê na tevê da Sansung

A Sansung doou para o Palácio do Planalto 8 aparelhos de 42 e de 50 polegadas, para serem usadas lá e no Alvorada.

O Planalto tem duas tevês de plasma, de 42 a 50 polegadas.

Para casa dele em São Bernardo, a empresa doou dois aparelhos de 42 e 50 polegadas.

Lula não pode dizer que não vê televisão. Se não vê é porque não quer.

Lula falante high-tech

Lula é sempre o primeiro a saber de tudo que acontece. Não pode insistir na tese de que não sabe de nada.

O Aerolula tem um sistema de comunicação de última geração, que sofreu este ano um up-grade de R$ 250 mil dólares.

Lula usa 13 aparelhos de telefonia celular via satélite. Seu ajudante de ordens tem um telefone direto, secreto, para casos de emergência.

Todas essas informações foram enviadas a um senador, que pediu informações oficiais sobre o sistema de informações de Lula, porque o presidente sempre se queixava de que não sabia de nada...

Rádio-patroa

Acompanha todas as votações do Congresso, tevê Senado e Câmara, quando lhe interessa.

Lula conta também com 14 seguranças super-treinados que o deixam a par de tudo.

Mas Dona Marisa Letícia é a melhor chefe de informação de Lula, pois passa tudo que sabe e acontece a Lula, em tempo real, esteja onde ele estiver.

Crítica do sambista

O cantor Marcelo D2, que chega ao quarto trabalho solo, “Meu Samba É Assim”, investindo na fórmula samba, rap, balanço e atitude, resolveu criticar o presidente Lula.

Do rap engajado veio “Carta ao Presidente”, faixa dirigida a Luiz Inácio da Silva e cheia de contestações sociais. Logo no começo da canção, ele canta:

"Eu quero a verdade completa, como todos os brasileiros querem a verdade completa".

Depois, D2 compara, ainda que implicitamente, o trabalho de Lula com governos passados:

"O sentimento predominante em todas as classes ainda é: qual seria a diferença do Luiz pro José? Tenho quatro filhos e me sinto na obrigação de falar. Não votei no Lula, mas também não sou anti-Lula. Só me decepcionei".

O presidente Lula não vai comprar o CD. Nem na versão pirata...

Marketagem do Silvinho

O depoimento de Silvinho Pereira na CPI dos Bingos foi uma jogada de marketing bem calculada, para que ele aliviasse a barra do presidente Lula, não comprometesse os “aliados” petistas (que o abandonaram, ultimamente) e passasse a imagem de que ele anda meio desequilibrado – o que não é verdade.

Prova disso: o agente 171 do Alerta Total, sempre de olho nos palhaços do Planalto, descobriu que Silvinho Pereira, assim que chegou na noite de terça-feira à Brasília, se reuniu com um assessor do marketeiro baiano João Santana, o homem que cuida da imagem de Lula.

O advogado dele, Iberê Bandeira de Melo, acompanhou o encontro que ensaiou como o famoso ator político, triste porque perdeu sua Land Rover dada pela empreiteira GDK, iria se apresentar no palco da CPI...

Emissário do Planalto

Antes de depor na CPI dos Bingos, o ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira recebeu a visita solene de outro enviado do Palácio do Planalto.

O secretário de Finanças do partido, Paulo Ferreira, teria sido enviado a Silvinho na terça-feira para saber de seu estado de saúde e para prestar-lhe solidariedade.

Ferreira teria sido escolhido por ter boa relação com o ex-secretário-geral e por estar ligado ao partido, e não ao governo.

Mas os enigmáticos ocupantes do Palácio do Planalto não confirmaram a visitinha. Por acaso, são loucos de fazer isso?

O que era esperado

O ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira saiu em defesa do presidente Lula durante o depoimento na CPI dos Bingos.

Garantiu que nunca recebeu de Lula nenhum tipo de orientação “desonesta ou ilícita”:

Nunca vi ele fazer nada de errado

Silvinho firmou que considera o presidente “um grande líder do País”.

Contradisse a entrevista

Na entrevista publicada pelo jornal O Globo, domingo passado, Silvinho contou que foi o próprio presidente que lhe deu a tarefa de cuidar da negociação de cargos do governo com os partidos da base, a começar pelo PT.

Tudo isso apesar de o ex-secretário-geral do PT nunca ter ocupado cargo no Executivo: Silvinho era funcionário do PT.

Na conversa com a jornalista Soraya Aggege, o Silvinho deixa claro que não era responsável apenas pela negociação das indicações do PT, mas que também cuidava dos interesses do PTB e de outros partidos.

E o carrão de luxo?

O presidente não lhe pediu para fazer nada de errado, mas Silvinho negociou alguma coisa com a empresa GDK, que lhe deu um jipe Land Rover de presente.

A GDK tem negócios com a Petrobras, e Silvinho negociou cargos do PT, pelo menos, para a estatal.

Ultimamente sem memória, Silvinho não deve se lembrar desse fato...

Negou-se a falar a verdade

O ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira, o Silvinho, se negou, por determinação dos advogados dele, a assinar o termo de compromisso para falar a verdade no depoimento à CPI dos Bingos.

Ele tinha o direito de ficar calado, se considerasse que as perguntas dos senadores exigissem respostas que pudessem incriminá-lo.

Silvio Pereira tentou, na terça-feira, junto ao Supremo (STF), uma liminar para ter direito de permanecer em silêncio durante depoimento à CPI, mas o pedido foi negado.

Mas o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) pediu ao ex-secretário-geral do PT que contasse a verdade porque, se os parlamentares não se sentissem satisfeitos, eles abririam uma “CPI do Silvinho”. Aó os neurônios funcionaram que foi uma beleza...

Refrescando a memória

O presidente da CPI dos Bingos Efraim Morais (PFL-PB) decidiu ler na comissão a íntegra da entrevista do ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira.

O ex-petista, sempre que questionado sobre as declarações mais polêmicas, alegava que não havia lido a reportagem.

Em nenhum momento, no entanto, contestou as informações divulgadas pelo Globo com base nas duas conversas que manteve com a repórter Soraya Aggege.

Atirando no Delúbio

O ex-secretário-geral do PT afirmou à CPI dos Bingos que achava que outros dirigentes do partido, além do ex-tesoureiro Delúbio Soares, sabiam sobre o uso de caixa dois nas campanhas.

Mas Silvinho ponderou que Delúbio era único que tinha conhecimento da forma como o partido arrecadava o dinheiro com o empresário Marcos Valério.

Os comentários de Pereira foram feitos depois de o senador Jefferson Peres (PDT-AM) perguntar se era possível Delúbio ser o único no partido a ter conhecimento sobre o esquema milionário de financiamento do PT.

Aminésia seletiva

Questionado pelo senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), relator da CPI dos Bingos, sobre a informação de que as negociatas de Marcos Valério e o PT deveriam render até R$ 1 bilhão, que os projetos não se concretizaram e que o empresário passou a “cobrar a fatura”, Silvio Pereira disse o seguinte:

Eu não sei mais onde está a verdade e a mentira dessa reportagem. Não sei de onde tirei essas coisas, se foi da imprensa, da minha cabeça, de ouvir”.

Garibaldi perguntou, ironicamente, se ele tem problema de amnésia e Silvio Pereira, demonstrando irritação, disse que se recusava a responder perguntas desse tipo.

Silvinho recorreu à falta de memória toda vez que o relator da CPI dos fazia referências a trechos da entrevista que poderiam complicar o PT e seus ex-dirigentes.

Medo dele mesmo

Apesar de enfrentar problemas com o funcionamento da memória, o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) perguntou por que ele afirmou ao jornal carioca que tinha medo ser morto e até chegou a dizer, durante a conversa com o Globo, que poderia se matar.

Não me lembro de ter dito isso, não me lembro, mas não significa que não tenha dito”.

O senador tucano quis saber de quem ele tem medo.

Resposta de Silvinho:Tenho medo de mim mesmo”.

A escapada do Silvinho

O senador tucano, Arthur Virgílio (AM), quis saber de Silvio Pereira que negócios o empresário Marcos Valério e o PT deveriam fazer especificamente com o banco Opportunity para ajudar a amealhar o tal “R$ 1 bilhão” que ele disse ao Globo que era a meta de arrecadação.

Silvinho revelou ao jornal da família Marinho que esse R$ 1 bilhão viria, também, de negócios envolvendo os bancos Econômico e Mercantil de Pernambuco e da intermediação de passivos agropecuários.

O ex-secretário respondeu apenas não saber que negócios com o Opportunity seriam esses. E acrescentou:

Sei que havia uma divergência no PT e no governo sobre o Opportunity”.

E a bomba do Virgílio

O senador tucano aproveitou a oportunidade para revelar no plenário da CPI dos Bingos a carta de um advogado do Opportunity, Philip Korologos, entregue na sexta-feira passada (dia 13) ao juiz Lewis Kaplan da Corte do Distrito Sul de Nova York (500 Pearl Street, NY 100007).

Nessa carta, anexada ao processo envolvendo Opportunity e o Citibank pelo controle da Brasil Telecom, o advogado Korologos informa o juiz que o governo brasileiro – Lula, Palocci e Dirceu – detestava Daniel Dantas e estava indo à guerra para removê-lo do posto de Administrador da Brasil Telecom.

Esse ódio e perseguição estariam relacionados com as recusas do Opportunity, que começaram em 2002 e 2003, para aceitar a sugestão do Partido dos Trabalhadores para pagar dezenas de milhões de dólares para o partido no poder para evitar aborrecimentos por parte do governo sobre o Opportunity e o Fundo CVC.

Jogo de pressão

O Opportunity informou ao Citibank dessas pressões e ameaças irregulares ao Fundo CVC.

O Citibank, após 20 horas de exame de informações colhidas em uma investigação encomendada à Kroll, concordou então que o Opportunity deveria recusar-se a ceder a essas pressões e concordou que o Opportunity poderia recusar em nome do Citibank.

Na carta ao juiz Kaplan, o advogado lembra que o Ministério Público Federal denunciou uma “quadrilha” de “40 indivíduos”.

E o magistrado norte-americano, uma “águia”, explicita: “São as pessoas com quem o Citibank escolheu alinhar-se, desde a queda em 2004 até a exclusão do senhor Dantas”.

Estilo bonzinho

Em sua última resposta à CPI dos Bingos, o ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira afirmou que estava disposto a comparecer em “qualquer instância do PT” para ajudar nas investigações.

Na entrevista que concedeu ao jornal O Globo, o ex-petista disse que chegou a procurar o presidente do partido, Ricardo Berzoini, para esclarecer as denúncias.

Mas Silvinho reclamou que nunca foi ouvido por Berzoini.

A verdade da repórter

No depoimento, o ex-secretário do partido afirmou que a repórter Soraya Aggege havia reproduzido com precisão o essencial da conversa que teve com ele.

Mas enfatizou que não confirmava o conteúdo das suas próprias declarações. Disse que precisava fazer “um exame” para averiguar o que era verdade e o que era ficção.

O presidente da comissão, senador Efraim Morais (PFL-PB), anunciou que convidará a jornalista para depor na CPI.

Será que ele rasgaria o mensalão?

A marketagem petista tentou investir na tese do “Silvinho louco”. O laudo médico apresentado pelos advogados do ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira ao STF (Supremo Tribunal Federal) sugere que ele seja internado para tratamento.

O laudo, assinado por médicos de Taubaté (SP) - cujos nomes não foram revelados - foi anexado ao pedido feito pela equipe de defesa de Pereira ao STF para que ele não seja obrigado a depor para a CPI dos Bingos. O laudo é digno do Casseta & e Planeta ou do Pânico na TV:

"Em função da gravidade e exuberância da sintomatologia apresentada sugerimos a sua internação e iniciamos conduta psicofarmacológica consistente em administrar antidepressivos inibidores seletivos de recaptação de serotonina, ansiolíticos e neuropléticos atípicos para controlar a fase aguda".

O laudo constata que Pereira se encontra "absolutamente descompensado emocionalmente, com humor lábil, propendendo para o pólo depressivo, com ideações de menos valia bem como de auto-extermínio".

Vitória governista

Os governistas conseguiram ontem derrubar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara o requerimento de convocação de Cláudio Alencar, chefe de gabinete do ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.

Ele iria prestar depoimento sobre a violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa.

O requerimento, apresentado pelo deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA), foi recusado por 21 votos a 14.

Medo de outra derrota

Com maioria governista na comissão, a oposição obstruiu a votação do requerimento seguinte, para evitar nova derrota.

O requerimento previa o convite para que o Secretário de Direito Econômico do Ministério da Justiça, Daniel Goldberg, depusesse sobre o mesmo assunto.

Alencar e Goldberg estavam na casa do então ministro da Fazenda, Antonio Palocci, quando o então presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, entregou os extratos bancários do caseiro a Palocci.

O requerimento para o depoimento de Goldberg será votado na próxima reunião da CCJ.

Refluxo da crise?

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, avalia que o País está entrando num período de “estabilização política”.

Mesmo com a retomada da crise do mensalão, provocada pela entrevista de Silvio Pereira, e as denúncias sobre fraude no Orçamento, o ministro afirma que, no momento, há um “nítido refluxo na crise política”.

Para Genro existem alguns sinais desse refluxo: o estabelecimento de um diálogo com a oposição, a decisão da OAB de rejeitar o pedido de impeachment do presidente Lula e a aprovação do Orçamento, que será sancionado até segunda-feira.

Gritos ruralistas

O vice-presidente de agronegócios e governo do Banco do Brasil, Ricardo Conceição, afirmou que algumas demandas dos produtores rurais são “justas”.

Na terça-feira, representantes dos agricultores do Mato Grosso entregaram ao ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, um documento com vários pleitos do setor para o governo, que acumula prejuízos de R$ 30 bilhões.

Os protestos de trabalhadores agrícolas, com bloqueios de estradas, já atingem nove Estados do País, principalmente nas regiões Centro-Oeste e Sudeste.

Acredite quem quiser

O ministro venezuelano da Energia e presidente da PDVSA, Rafael Ramírez, jurou, em entrevista à agência France Presse, que a estatal venezuelana teve “instruções precisas” para não se envolver no processo de nacionalização das reservas de petróleo e gás natural, decretada na semana passada pelo presidente da Bolívia, Evo Morales.

Fomos muito cuidadosos e temos instruções muito precisas de não nos envolvermos por nada nas ações que está tomando o governo boliviano, pois são ações soberanas”.

Na terça-feira, o chanceler brasileiro, Celso Amorim, criticou a atitude boliviana de nacionalizar a produção de gás e petróleo e sugeriu ainda que funcionários da PDVSA, por determinação de Chávez, estariam prestando assessoria à Bolívia.

A embaixada da Venezuela divulgou nota oficial em que afirma ter visto com “muita surpresa” as declarações do ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, sobre o “desconforto” do governo brasileiro com a atuação de Hugo Chávez na nacionalização das reservas de gás e petróleo da Bolívia.

Prêmio de consolação

A vaga no Conselho de Segurança continua a ser um sonho distante, mas o Brasil conseguiu uma cadeira na Comissão de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas.

A Assembléia Geral elegeu na terça-feira os 44 países que vão compor o colegiado, que havia sido desfeito por ter como membros países que notoriamente desrespeitam os direitos humanos.

Entre os latino-americanos, o Brasil foi o mais votado.

Tentativa de censura

O deputado federal Salvador Zimbaldi (PSB-SP) quer impedir que o filme "Código Da Vinci", inspirado no best-seller de Dan Brown, seja exibido no Brasil.

Segundo ele, "a obra é uma afronta à fé cristã", já que coloca em xeque as histórias oficiais de Jesus Cristo e de toda a Igreja Católica. O filme tem estréia marcada para dia 19 deste mês.

Para Zimbaldi (membro da Renovação Carismática Católica há 25 anos), o caráter ficcional do livro de Dan Brown não diminui seus efeitos "perniciosos".

Garotinho fazendo escola...

O Fórum Social Católico da Índia convocou uma greve de fome por tempo indeterminado a partir de sexta-feira, em protesto contra a estréia no país do filme "O Código da Vinci".

O fórum também oferece uma recompensa em dinheiro para quem capturar o escritor Dan Brown "vivo ou morto".

O grupo considera o livro do americano Dan Brown, que deu origem ao filme, uma obra "anti-cristã".

A tese central do livro e do filme sustenta que Jesus se casou com Maria Madalena e que sua descendência chegou a nossos dias, protegida por uma poderosa sociedade secreta.

A greve de fome com soro?

O pré-candidato do PMDB à Presidência Anthony Garotinho deixou a sede do partido no Rio e está no Hospital Quinta D’Or.

O peemedebista, que está no décimo dia de greve de fome, deu entrada no hospital acompanhado da mulher, a governadora do Estado, Rosinha Matheus, mas avisou que continuaria sem comer.

Os médicos, porém, lhe aplicaram soro por via intravenosa, o que vai compensar parcialmente a falta de comida.

O médico Abdu Neme informou que Garotinho vai ser submetido a reposição de sais minerais, mas isso não caracteriza fim da greve.

A ida de Garotinho à convenção do partido no sábado vai depender de novas avaliações médicas, afirmaram os assessores.

Desde que iniciou o protesto contra o que considera “perseguição” da mídia à sua candidatura, ele já perdeu 6,2 kg. Com certeza, também perdeu alguns votos...

"PT" bad in England

Se as eleições parlamentares britânicas fossem hoje, o Partido Trabalhista (Labour Party) do primeiro-ministro Tony Blair seria derrotado.

Uma pesquisa do instituto Populus, que ouviu 1.509 adultos entre sexta-feira e domingo da semana passada, revela que apenas 30% das pessoas consultadas planejam votar nos trabalhistas, o índice mais baixo desde 1992.

No total, 38% dos entrevistados disseram preferir votar nos conservadores, liderados por David Cameron, e 20% declaram voto nos liberal-democratas.

O Lula do “controlador”?

Os britânicos favoráveis à permanência de Blair no governo depois de dezembro são apenas 31% (eram 42% no mês passado).

Mais de 50% pensam que "o principal problema do governo agora é o próprio Tony Blair".

Sobre as próximas eleições gerais, 65% dos ingleses entrevistados acreditam que os trabalhistas perderão a disputa.

Louro José vira samba

Ana Maria Braga já foi avisada. O enredo do ano que vem do bloco oficial Galinha do Meio-dia, da Confraria do Garoto, vai girar em torno do papagaio LOURO JOSÉ.

Mesmo que o galo seja gay ou se não for, o louro vem como padrinho, porque é bom de papo e vale a pena.

O decreto já foi baixado pelo excelentíssimo Nelson Couto, Ministro Plenipotenciário da Venerável Irmandade, Sociedade Lúdica, Recreativa Etílico-Cultural CONFRARIA DO GAROTO.

Mais poderoso que o nosso "Xerife", só três figuras mundiais: O “controlador” da City inglesa, George Bush e, claro, nosso poderoso José Dirceu...

Vida que segue...

Novas informações a qualquer momento.

Recramasões, ilogius ou revelasões bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Faça comentários clicando no link abaixo.

Ouça as informações clicando no link da rádio (podcast) Alerta Total:
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal/

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

Anônimo disse...

É isso ai, vamos pra passeata que eu tô doido pra fuder uns psdbistas...

Viva a democracia e a raça alvinegra... Viva a revolução armada!!!

chinacars disse...

this is just beginning of chinese cars like nanjing and this is very bveyr good for mg rover....
http://www.chinacarforums.com