terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Por que Lula anda com tanta pressa?

Edição de Artigos de Terça-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Jorge Serrão

A temporada do presidente Lula e sua família no Guarujá é tudo menos “férias”. No governo, é flagrante a ansiedade com os detalhes da preparação do “pacote” que, segundo eles, pretende “destravar a economia”. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, já esteve com Lula seis vezes. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, outras três. O sobe e desce de helicópteros, carregando políticos e empresários, é frenético na base da Marinha, local isolado das vistas profanas da imprensa.

Lula corre como se estivesse acabando de assumir um novo governo, diferente de tudo que se fez nos últimos quatro anos. Pelo menos é a imagem que suas atitudes de marketing transmitem. Mas a pressa de Lula e sua equipe tem uma explicação geopolítico-econômica. Lula é pressionado por seus sustentadores internacionais da City de Londres – o verdadeiro centro do poder financeiro mundial, que comanda até o Federal Reserve, o banco central “independente” e privado dos Estados Unidos da América.

Além disso, Lula corre para não perder o bonde da hegemonia política no clube internacional do qual faz parte o seu partido, o Foro de São Paulo, que reúne diferentes agremiações de esquerda, junto com 153 grupos radicais ou guerrilhas do continente. Em tese, o comandante do Foro seria Fidel Castro. Mas a debilidade de saúde do presidente eterno de Cuba jogou a tarefa para outro ás da velocidade socialista nas Américas: o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que já era o comandante das estratégias e ações militares do Foro de São Paulo.

Chaves amplia seu espaço de poder agindo depressa e com o apoio internacional da City Londrina – com quem fechou o Acordo dos Povos das Américas com Londres, no dia 17 de maio do ano passado. Enquanto faz o dever de casa para os financistas da nobreza econômica européia, sendo um agente para o enfraquecimento gradual dos Estados Unidos, Hugo Chávez corre para consolidar seu poder político e econômico externo. O governo da Venezuela comprou recentemente um semanário boliviano de distribuição gratuita. A intenção é transforma-lo num jornal diário de apoio ao governo Evo Morales – outro sustentado pelos controladores ingleses.

Ontem, Chávez anunciou que nacionalizará o setor elétrico. A empresa de Eletricidade de Caracas, controlada pela AES, maior empresa negociada em bolsa no país, é outro alvo de Chávez. Mesmo destino terá a CA Nacional Teléfonos de Venezuela (CANTV), a maior operadora de telefonia do país. Chávez, que vinha advertindo sobre a possibilidade de nacionalizar a CANTV -cujo sócio estratégico é a norte-americana Verizon -, questionou sua privatização em 1991. A empresa, a maior do setor de telecomunicações no país, estava à espera de que reguladores venezuelanos aprovassem uma oferta pública de aquisição sobre a CANTV lançada em 2006 pelas empresas mexicanas América Móvil e Telmex como parte de um acordo de compra dos ativos latino-americanos de Verizon.

Chávez também afirmou que planeja aumentar o controle estatal sobre projetos petrolíferos na região da bacia do rio Orinoco, onde a Petrobras e a estatal PDVSA identificaram, no ano passado, um campo gigante de petróleo. As novas regras também servirão para acabar com o controle de algumas companhias estrangeiras sobre o processamento de petróleo extra-pesado na região do Rio Orinoco. O governo venezuelano negocia desde o ano passado com quatro consórcios internacionais que atual na área para que a PDVSA, a estatal de petróleo, passe a ter maioria em cada um deles. Os projetos são geridos por British Petroleum, pelas americanas Exxon Móbil, ChevronTexaco, e ConocoPhillips, pela francesa Total e pela norueguesa Statoil.

O presidente Chávez já avisou que o Congresso dará a ele poderes especiais, que permitirão a criação de uma série de leis, em linha similar à já adotada em 2001. Chávez anunciou ainda profunda reforma da Constituição, para criar a República Socialista da Venezuela. O “Capitalismo de Estado”, travestido de “socialismo”, está prestes a ser implantado lá. Mais uma evidência objetiva de que os interesses econômicos mandam no mundo.

Lula e os radicais que o cercam tem o mesmo projeto. Mas a roda das mudanças gira bem mais devagar no Brasil – que é o verdadeiro centro de expressão política e econômica da América Latina. O Departamento de Estado norte-americano acompanha, com uma lupa, cada passo do governo petista que obedece aos comandos de seus controladores externos europeus – cujas empresas transnacionais foram os verdadeiros financiadores da criação e expansão do partido operário.

10 comentários:

Anônimo disse...

Volto a perguntar:

Onde está aquilo roxo dos comandantes das FFAA?

e o que resta daquilo roxo dos homens do Brasil?

anônima

Anônimo disse...

Uma teoria interessante.
Só não bate uma coisa, a passividade das entidades americanas.

Anônimo disse...

Comentário sobre o comentário anterior...
Não se trata de uma "teoria", mas sim de uma realidade para a qual muito poucos acordaram. E não existe "passividade das entidades americanas"! Elas também agem, por baixo dos panos, óbvio! Apenas não irão reagir como a pessoa que comentou poderia esperar. Não irão bombardear Londres ou coisa parecida! Este jogo é muito, muito mais sutil...

Bernadete disse...

Fiquem de olho na Embratel, porque ela está com uma promoção no provedor de internet dela, que é o "Click 21". Esse Click 21 diz que tem uma promoção que se a pessoa navega 30 horas na internet ela recebe um vale-presente de 10 reais no Submarino. Eu naveguei muito mais do que 30 horas e não recebi nada. Eles NUNCA fornecem o extrato de horas navegadas, e dizem que está tudo certo. E nem adianta reclamar com eles porque eles nem respondem. É fraude pura e simples. São muito caras-de-pau. O site do estelionato e da propaganda enganosa é www.click21.com.br . Eles até prometem um software acelerador pra quem acessa, mas nem isso eles fornecem.

Eu desisto, e nem quero perder mais meu tempo com eles, mas gostaria que vocês ficassem de olho e, se possível, alertassem os demais consumidores, para que não caiam nessa. É uma pena, porque eu tinha uma boa impressão sobrea a Embratel e sobre o Submarino. Este país virou uma safadeza só, uma canalhice só. É mentira pra todo lado, desde o povo pobre até o presidente, tudo "malandro esperto que quer levar vantagem em tudo, certo?"

Estou muito triste com o rumo que as coisas tomaram no Brasil.

Obrigada.

Cidadão Republicano disse...

E na seqüência da estratégia implementada para satisfazer o poder financeiro concentrado na city de Londres, não percam em fevereiro mais uma cartada desses nefastos senhores, quando essa verdadeira PUTADA de políticos regressarem ao congresso (assim mesmo, em letras minúsculas) para promoverem a fusão da receita federal com a receita previdenciária.

No pacotão de empulhações inconstitucionais que cínicamente andam chamando de "choque de gestão" estão a ascenção sem concurso premiando os "espertos" dos técnicos da receita federal, o código de defesa dos sonegadores (o fisco vai ter que pedir licença para dar uma olhadinha nos recursos não contabilizados por "suas excelências") e, finalmente, o golpe final contra os trabalhadores brasileiros , através da institucionalização do desvio dos recursos da previdência.

Depois da completa marginalização dos trabalhadores brasileiros, os comunas esperam ter finalmente conseguido a massa crítica necessária para respaldar o que eles chamam de "revolução popular" no Brasil.

Anônimo disse...

Isso tudo é da sua cabecinha? Incrível

Nilson disse...

Discordo da Bernadete sobre o Click21. Eu navego e ganho os tais vales-presentes. Inclusive, comprei muitas coisas com eles. Miudezas, quinquilharias, mas comprei. Além disso, ganhei cumulativamente minutos grátis para fazer interurbanos. Portanto, a propanga não é enganosa, como afirma a Sra. Bernadete... o que é justo é justo. Não trabalho para eles, mas devo defendê-los nesta questão...

Raíssa disse...

Sr Jorge Serrão, o senhor possui algum vínculo com os militares? É irmão, filho ou militar? É que o senhor é campeão de audiência em sites militares. Eles lhe dão muita credibilidade. O lema "Brasil acima de tudo" é de origem militar. O senhor poderia esclarecer isto no seu Blog...

Anônimo disse...

Esta teoria que a City de Londres e seus financistas internacionais 'FINANCIAM" REGIMEs PRO-COMUNISTAS E PROTO-TOTALITARIOS É UMA ABERRAÇÃO.Como poderia os capitalistas selvagens apoiar,amparar e stimular e FINANMCIAR seus arqui-inimigos comunas e socialistas? meu amigo vc literalmente esta querendolançar balões de ensaio para ver se cola suas "teorias"infundadas.A realidade brasileira é uma só: O Brasil esta SEM AUTORIDADES desde o fim do regime militar e agora com Lula é que literalmente estamos totalmente DESgovernados!
Lula de fato, é um "pau-mandado" do FMI, bank of boston e wall street mais alguns bancos Londrinos sim , mas faz exatamente o que "eles" mandam, ou seja , a execução predatoria do capitalismo exterminador da Globalização,ou seja Lula pratica exatamnente o contrario queo PT pregava e prega! Lula é apenas um reles egangsters,traidor a serviço do capital estrangeiro, os comunas e eesquerdas porras-loucas foram na onda do Lula-lá do Pt e pensavam que iam tomar o poder com Lula.., tomaram outra coisa...e estão achando ruim.
Falta Brasil e nacionalismo no peito dos brasileiros para expulsar estes escroques a svc dos gangsters estrangeiros tipo henrique meirelles e corja. Brasil acima de tudo!!!

Anônimo disse...

Raissa - sua FILHA DA PUTA! - o que você tem contra os militares?