quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Queda ilusória dos juros: taxas de crédito cobradas por bancos são 10 vezes maiores que a remuneração da Selic

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Breve, o novo podcast Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Adianta muito pouco e praticamente não afeta o lucro especulativo das instituições financeiras baixar timidamente a taxa de juros básica da economia, como fez ontem o Comitê de Política Monetária do ortodoxo Banco Central do Brasil. As taxas cobradas por bancos e financeiras nas operações de crédito ao consumidor são cerca de dez vezes maiores que a remuneração da Selic, que caiu 0,25%. A constatação é de uma pesquisa mensal da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Desde setembro de 2005, quando o BC começou a afrouxar a política monetária, a Selic caiu um terço, de 19,75% para 13,25% ao ano, em dezembro passado. Nesse período, a taxa média anual cobrada ao consumidor teve uma queda irrisória, de 141,12% para 135,53% no mesmo período. O estudo da Anefac avalia que a diferença gritante é causada pela falta de competição acirrada entre os bancos e financeiras nesse mercado, apesar do aumento da demanda por financiamento. Na verdade, os juros de mercado são encarecidos pelo aumento do chamado spread bancário. Os bancos ganham nesta diferença entre a taxa que as instituições pagam para captar dinheiro e a taxa cobrada nos financiamentos ao consumidor.

Apesar dos lucros recordes, que permitem aos grandes bancos promoverem grandes aquisições de outros bancos menores, as instituições financeiras reclamam do mesmo mal que atinge o bolso dos assalariados: Os impostos elevados. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), alega que de cada R$ 100 reais de receita financeira obtida pelos bancos, a margem líquida embolsada pelos seus acionistas é de apenas R$ 8,10. Os bancos protestam que sofrem os efeitos da chamada cunha fiscal formada por impostos e compulsórios, o risco de inadimplência da operação de empréstimo, as despesas administrativas e a margem de lucro das instituições, além do próprio custo do dinheiro financiado, que é determinado pela Selic.

Assim é mole...

Em março de 2006, o Bradesco comprou as operações da American Express no Brasil por 490 milhões de dólares, em uma estratégia para ampliar seu portfólio de crédito.

Ontem, o Bradesco anunciou, pela bagatela de R$ 800 milhões de reais em ações, a compra do BMC, um dos maiores bancos privados em crédito consignado do INSS no País.

Entre o período de abril a dezembro de 2006, o BMC foi, novamente, um dos líderes do mercado de consignado de INSS, apresentando um crescimento da carteira de 427 milhões de reais (69 por cento) e capturando cerca de 10 por cento do crescimento do mercado.

O BMC, fundado há 68 anos, tinha em setembro de 2006 uma carteira de crédito total de aproximadamente 2 bilhões de reais, da qual 58 por cento constituíam empréstimos com desconto em folha de pagamento.

Outro mega negócio

As Lojas Americanas anunciaram ontem que compraram por R$ 186 milhões e 200 mil reais as 127 lojas da rede de locadoras de vídeo Blockbuster no Brasil.

O acordo, fechado com a Unibanco Empreendimentos e Participações, envolve a compra pelas Lojas Americanas de 99,99 por cento das ações da BWU, empresa que explora o desenvolvimento e subfranquia as atividades da Blockbuster no Brasil.

A rede de locadoras chegou ao Brasil em 1994, por meio de um acordo de franquia entre o Grupo Moreira Salles, do Unibanco, e a Blockbuster Entertainment Corporation, que criou a BWU Vídeo.

Meirelles empPACando

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir em 0,25 ponto porcentual a taxa básica de juros, a Selic, foi mal recebida até mesmo por deputados da base aliada do governo.

Petistas criticaram a decisão e argumentam que ela pode pôr em risco o Programa de Aceleração da Economia (PAC), lançado na segunda-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na segunda-feira, o governo, pelo Guido Mantega (ministro da Fazenda), cobrou publicamente de Meirelles a redução maior.

Ontem, Meirelles e o BC, com uma redução tão pequena mostraram quem realmente manda no pedaço.

Morte da Ministra

A ministra da Defesa do Equador, Guadalupe Larriva, morreu hoje de madrugada quando o helicóptero no qual viajava bateu em outro.

O desastre ocorreu no aeroporto da cidade de Manta, no litoral equatoriano, a 310 quilômetros a Sudoeste da capital Quito.

Uma manobra errada pode ter sido a causa do choque entre dois helicópteros militares, no qual morreram a ministra e outras seis pessoas.

Manobra mal vista

Esta semana, a falecida ministra anunciou que o Equador não renovaria um convênio que permite a presença de militares dos Estados Unidos na mesma Base de Manta onde seu helicóptero se acidentou.

Da base de Manta, partem aviões norte-americanos com tecnologia que permite detectar atividades do tráfico de drogas da região até o norte do continente.

Guadalupe Larriva foi a primeira mulher a ocupar a pasta da Defesa na história do Equador e é parte radical do recém-empossado governo esquerdista Rafael Correa, que vem mostrando uma posição de distanciamento dos EUA e de aproximação do presidente venezuelano, Hugo Chávez.

Equador e Estados Unidos assinaram um convênio em 1999, válido por 10 anos, mediante o qual se permite o uso da base equatoriana de Manta.

Mais esquerda ainda

A recém anunciada reforma ministerial do presidente boliviano, Evo Morales, que substituiu 7 dos 16 ministros, reforça o caráter ideológico do gabinete, com a inclusão de sindicalistas e ex-dirigentes de ONGs de tendência socialista em substituição a políticos vinculados a entidades indigenistas.

Entre os ministros que deixaram o gabinete estão o ativista indígena Félix Patzi, que era o titular da pasta de Educação, e Hugo Salvatierra, que era responsável pelo Desenvolvimento Agrário e vinculado aos movimentos indigenistas camponeses de Santa Cruz.

No lugar de Patzi, assumiu Víctor Cáceres Rodríguez, militante do Partido Comunista e dirigente sindical dos professores da rede pública.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário foi ocupado por Suzana Rivero Guzmán - ex-jornalista e pesquisadora do Centro de Estudos Jurídicos e Sociais (CEJS), uma ONG de orientação socialista.

O ex-sindicalista e militante de esquerda Walter Delgadillo assumiu o Ministério do Trabalho. Alfredo Rada, ex-vice-ministro de Coordenação com Movimentos Sociais, ocupou a pasta do Interior.

A sindicalista cocaleira Celima Torrico, da região de Chapare, onde Morales começou sua carreira política, foi nomeada para o Ministério da Justiça, em meio a críticas da oposição.

Celima é acusada de ter instigado recentes protestos violentos que exigiam a renúncia do governador opositor de Cochabamba, Manfred Reyes Villa, nos quais duas pessoas morreram.

O novo responsável pela pasta de Obras Públicas é Jerjes Mercado, ex-ministro de Eletricidade que viveu e estudou em universidades de Moscou.

O economista Gabriel Loza, considerado um tecnocrata, assumiu o Ministério do Planejamento.

Será trote?

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, garante estar feliz com as notícias que recebeu sobre a recuperação do líder cubano, Fidel Castro, que deixou o poder temporariamente em meados de 2006 devido a uma cirurgia de urgência.

Chávez mostrou uma mensagem que recebeu de Fidel por meio do vice-presidente cubano, Carlos Lage:

"Vou lhes mostrar, para os que dizem que Fidel está morrendo, que não pode falar, que não pode mover-se, o traço da assinatura. Lage me dizia que Fidel caminhou por não sei quantos minutos na terça. E que está caminhando mais que eu, quase trotando".

A saúde de Fidel é tratada como "segredo de Estado" pelo governo cubano.

Fidel não aparece em público desde o dia 26 de julho do ano passado, cinco dias antes de passar seus poderes temporariamente para seu irmão Raúl para ser operado.

Revolução criminosa

Os setores de inteligência da Brigada Militar descobriram que a estratégia de atuação do MST no RS tem o apoio logístico de organizações estrangeiras, inclusive da Via Campesina e das FARC, grupo narcotraficante marxista da Colômbia, de quem adotou a estratégia de "libertar" e "exercer" o domínio territorial da área que fica entre as RS-324 e BR-386, exatamente no perímetro que cobre seus 31 acampamentos e as reservas indígenas entre os municípios de Palmeira das Missões, Irai, Nonoai, Encruzilhada Natalino, Pontão e Passo Fundo.

O site do Políbio Braga denuncia que a idéia do MST é criar um "território livre" que irá do Mato Grosso do Sul ao Uruguai, sobre o qual não mandará nem o governo federal e nem o governo estadual, onde o regime seguirá exatamente o modelo cubano, como já acontece em "áreas libertas" da Colômbia. Isto é o que explica a insistência do MST em tomar a Fazenda Coqueiros, da família Guerra, em Carazinho.

Políbio Braga recomenda leitura do livro "A Democracia Ameaçada", de Denis Rosenfield, Topbooks, 382 páginas, que trata do MST e seu lado teológico-político na luta contra a liberdade.

Brincadeira de Polícia

Foram punidos com prisão administrativa os PMs do 33º Batalhão (Angra dos Reis), que foram dedurados por fotos na Internet, fazendo gracinhas com turistas estrangeiras.

As fotos, tiradas em novembro de 2006, mostram flagrantes de dois policiais cariocas brincando com armas e algemas com as mulheres que seriam holandesas.

O registro teria sido feito em uma passagem das amigas em Parati, no litoral sul do Estado.

O Comandante Geral da PM, Ubiratan Ângelo, lamentou a vaidade dos policiais, mas elogiou que eles tenham prestado um bom atendimento aos turistas.

Haja psicologia

O presidente Lula da Silva foi, ontem à noite, o patrono de honra da turma do Curso de Psicologia da Uniban.

Lula esteve na cerimônia de colação de grau do seu enteado Marcos Cláudio, filho do primeiro casamento da primeira dama Marisa Letícia, em São Caetano do Sul.

Depois, Lula seguiu para para Davos, na Suíça, onde participará do Fórum Econômico Mundial.
A agenda do Fórum prevê para sexta-feira, às 9h45, a sessão plenária "Uma conversa com o Presidente Lula da Silva do Brasil".

Com Lula viajou uma delegação que inclui os ministros da Fazenda, Guido Mantega, do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, e das Relações Exteriores, Celso Amorim, além dos presidentes do Banco Central, Henrique Meirelles, e da Petrobras, José Sérgio Gabrielli.

Ironia do capitalismo

Uma associação de administradores de dívida, que juntos gerenciam bilhões de dólares em débitos governamentais, deixou seu site sair do ar, depois que não pagou os 35 dólares anuais cobrados pela manutenção do endereço na Web.

A World Association of Debt Management Offices (Wadmo), um fórum de representantes de Tesouros de mais de 40 países em desenvolvimento, dirige o site wadmo.net, mas o endereço expirou em 15 de janeiro.

Culpa dos governantes

A top model Caroline Ribeiro reclama que as modelos não agüentam mais responder sobre os quilinhos que estão faltando.

"Os repórteres só nos perguntam isso, não mudam a pauta".

Caroline adverte que o problema não é exclusivo das agências e das garotas que desfilam, mas, sim, dos governantes.

"O problema é que os governantes não estão nem aí para as modelos. Eles deviam fazer campanhas alertando sobre a qualidade de vida dessas garotas, pois nós fazemos a nossa parte".

Se fosse no Brasil...

O presidente de Israel, Moshe Katsav, informou ao Parlamento que está tirando licença do cargo, depois de promotores terem anunciado que pretendem indiciá-lo por estupro e outros crimes sexuais contra quatro funcionárias.

Havia forte pressão dos parlamentares para que Katsav renunciasse ao cargo de presidente – que em Israel é quase que só cerimonial.

O caso não deve ter impacto direto sobre o premiê Ehud Olmert, que também está sendo investigado por suspeita de corrupção.

Aqui, o governo estupra nossa paciência 365 dias por ano, e nada acontece...~É flórida...

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

Um comentário:

sr. cinco pesos disse...

Cai o juro e aumenta o spread (diferença entre o que os bancos recebem e o que pagam).

Mais fácil que tirar doce do Lulla depois de umas caipirinhas!