sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

Republiqueta Feudal

Edição de Artigos de Sábado do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Geraldo Almendra

Nossas forças políticas estão envolvidas em um processo de aproximação das esquerdas da América Latina e Caribe que, desde 1990, promove um espaço de debates e intercâmbios sobre os caminhos alternativos ao neoliberalismo nos encontros do Foro de São Paulo.”

(Trecho da carta – em 10/01/2007 − de saudações do PT ao Presidente Hugo Chávez pelo início do seu novo mandato).

Diante de uma minoritária “oposição” permissiva, burra, muda e acovardada, o podre Poder Legislativo se encaminha para uma definitiva relação de submissão de vassalo ao suserano Poder Executivo.

Ressalte-se que quando falamos de oposição, sem aspas, estamos nos referindo a uma oposição que se conta nos dedos – poucos parlamentares se salvam −, e não do espírito calhorda e prostituto da nossa política, característica histórica do partido majoritário de “oposição”.
As duas glebas principais do Poder Legislativo – as presidências do Senado e da Câmara − já estão prometidas aos cúmplices da revolução socialista. É a vitória do socialismo da mentira, do populismo, da corrupção, do corporativismo sórdido, da imoralidade pública e do estelionato eleitoral.

Graças à garantia das blindagens dos corruptos e prevaricadores que foram permitidas pelo Poder Judiciário, com seus togados felizes por força de seus altos salários e mordomias – sempre apoiados pela vontade do Poder Executivo −, os podres Poderes da República já não pertencem mais aos contribuintes, na condição de servidores do povo. O comando totalitário de nossa “republiqueta feudal” está sendo centralizado nas vontades do filho mais sórdido da serpente da prostituição da política, o petismo.

Os salários, as mordomias e as sinecuras oferecidas à nova burguesia comunista do Estado, assim como as vantagens para os seus cúmplices e seus lacaios, estão garantidos. As divisões do bolo feito com o sangue, suor e lágrimas de trabalhadores e contribuintes, são cada vez mais generosas para os habitantes dos palácios do corporativismo sórdido, da prostituição da política e da corrupção.

A ética do maior ladrão da história das civilizações – o socialismo corrupto e imoral – é o descarado e fundamental paradigma dos “emergentes” das calçadas das fábricas, e que agora estão no controle do poder público. É ditadura do proletariado se estabelecendo no país a partir da captura do Estado pelo petismo.

Enquanto milhões se deliciam com a pornografia cultural do Big Brother e das novelas de horário nobre, os vermes do comunismo contaminam os poderes públicos e privados, fortalecendo suas raízes plantadas nas almas dos traidores de nossa pátria, que se vendem pela garantia de proteção populista e clientelista, oferecidas pelo Estado Novo Petista e por seus “agentes”.

A luta pela liberdade e pela democracia já não tem nem preço ou valor no nosso país, pois ninguém parece mais querer pagar nada – com a moeda da cidadania e do patriotismo − pela sobrevivência dos nossos sonhos de dignidade e justiça social em um verdadeiro Estado Democrático de Direito.

Quando ouvimos as declarações públicas de um advogado com cargo de destaque na OAB, em explícita e vergonhosa defesa de grotescos estelionatários, aproveitadores e exploradores da fé dos ignorantes, e que foram presos no exterior, entendemos com clareza as razões da decadência de nossa Justiça. A sociedade não tem mais confiança nos mecanismos de defesa dos direitos dos pobres e dos menos favorecidos − ou mesmo de quem quer que seja − sem a recorrência ao poder do dinheiro, ao submundo da prostituição da política, e às influências corporativistas fisiológicas, clientelistas, nepotistas e corruptas.

Por aparente falta de opção, diante de tanta patifaria nos mecanismos de execução das leis do país, todos querem virar vassalos de um Estado Comunista de Direito. Melhor servir a um ditador e ficar “protegido”, do que continuar refém dos podres Poderes da República com uma Justiça decadente, corporativista, corrupta, fisiológica, clientelista, nepotista e ultrapassada.
Essa é a mensagem do silêncio coletivo diante da paralisia em que se encontra a opinião pública, envenenada pelo populismo fascista, comprada pela corrupção das relações públicas-privadas, ou acovardada tendo em vista sua absoluta falta de espírito de cidadania e patriotismo, por aceitar pacificamente a captura do Estado por milhares de militantes do petismo.

Enquanto “dormimos em berço esplêndido”, nosso vizinho ditador socialista, à luz do dia, conduz um programa bilionário para armar e treinar suas forças militares − nas nossas barbas e nas nossas fronteiras − com a garantia de um novo mandato com poderes totalitários sem oposição no seu Congresso. Qualquer semelhança não será mera coincidência, no que diz respeito à captura definitiva do Estado no nosso país, com a subordinação dos podres Poderes da República aos desmandos da política prostituída sorrateiramente praticada pelo retirante pinóquio, que sempre se faz de deficiente mental, cego, surdo e mudo.

Comparativamente, nossas Forças Armadas estão vivendo na míngua, tendo dificuldades de toda ordem para sobreviver sem se tornar uma força militar refém do comunismo, cada vez mais fortalecido com milícias oficiais federais e estaduais, estruturadas e subordinadas aos interesses não declarados da revolução socialista em curso no país.

Estamos presenciando o avanço incontrolável do socialismo ladrão, corporativista e corrupto no Brasil.

Seu novo partido – PRBN – já foi fundado na calada de uma noite de dezembro de 2006 pelo líder denunciado da gang dos 40, conforme notícias sendo veiculadas na Internet. Verdade ou não, na essência ou na forma, a Internacional Socialista e o Foro de SP estão fechando o cerco para dominar o Brasil. E o silêncio continua...

Depois da tomada dos podres Poderes da República e a consolidação da perpetuação do petismo no poder central após a reeleição do seu representante, os próximos passos ninguém mais duvida quais serão: confisco de poupanças; desarmamento da população civil; censura à imprensa e à produção cultural; criação dos xerifes de bairros; perseguições ou morte para os que se opõem ao petismo; invasão e desapropriação de propriedades privadas; consolidação do domínio do pensamento socialista no meio acadêmico do país; estatização de atividades econômicas “estratégicas”; e subordinação das atividades empresariais privadas aos caminhos traçados pela canalha comunista. Viva a China! Viva a Venezuela! Viva a Bolívia! Viva Cuba! Viva o Foro de SP! Viva o comunismo decadente e assassino! Viva a Revolução Bolivariana!

Os sapos barbudos ou não, pantaneiros da corrupção e da prostituição da política, não perdem tempo e estão a mil por hora, sendo embalados pelos sons e palavras da comunidade artística do país, que já trocou nossa bandeira, pela bandeira vermelha de estrela única, com todos os canalhas clientes do corporativismo público-privado batendo palmas. Os artistas globais – principalmente − agradecem penhoradamente aos comunistas que compraram suas almas e seus corações vermelhos apátridas. Para essa turma o relativismo da moral, da ética e da Justiça justifica plenamente os meios sórdidos para atingir os fins do petismo.

Pelo silêncio dos comandantes militares das Forças Armadas e de seus subordinados das casernas, nos parece que os ideais de 64 já não mais existem. O comunismo agora veio para ficar, com plena e quase irrestrita aceitação da sociedade organizada, que assistiu passivamente a compra descarada de mais de 50 milhões de consciências com o assistencialismo fascista-populista do PT, tudo sendo pago pelos idiotas e imbecis dos contribuintes.

Estamos saindo de um pólo a outro. Do nascente domínio do capitalismo – o melhor dos sistemas econômicos até agora “inventado” − que nos é “imposto” na sua versão neoliberal selvagem pelas grandes potências da forma que lhes é mais conveniente −, estamos, sem constrangimentos maiores, caindo nos braços do comunismo mais primitivo. Basta ler as páginas da história – quem não é analfabeto ou apedeuto – para reconhecer que sua arquitetura política, social e econômica foi, e continua sendo a responsável pelo massacre de milhões de pessoas onde esteja ou por onde tenha passado.

Para esses canalhas da burguesia fascista corrupta e imoral que está dominando os pontos de apoio públicos e privados da sociedade organizada, o melhor mesmo é afundar o nosso país no poço da degradação política, social e econômica, sob a inspiração do decálogo de Lênin.
Sabemos que é muito mais difícil − exige honestidade, ética, moralidade pública, educação e inteligência − acabar com a incompetência e os crimes do poder público empreguista, corporativista, nepotista, fisiológico, clientelista, imoral, e corrupto.

De fato tem sido esses os “valores” da ética socialista − paradigmas da prostituição da política −, recebidos como herança de FHC e “aperfeiçoados” na gestão petista. Isto é, apresentam-se predestinadamente redundantes nos desgovernos nas últimas décadas, notadamente neste último, que se renova fortalecido com a definitiva falência moral e ética dos podres Poderes da República, sob a batuta do relativismo da Justiça e de seu criminalista mor, que articularam a blindagem da gang dos 40, de seus cúmplices e de seus lacaios.

Todos os que foram denunciados pelos seus atos explícitos de corrupção e outros crimes, estão sendo absolvidos de uma forma ou de outra pelo corporativismo mais sórdido que se tem notícia na história do nosso país. Falta pouco para o Congresso, sem oposição, aprovar o projeto de perdão com seu efeito cascata – que está sendo gestado no submundo da prostituição da política − , para o líder da gang dos 40 que foi denunciada pelo Procurador Geral da República.

Geraldo Almendra é ensaísta.

3 comentários:

marco disse...

De fato as Forças Armadas estão sucateadas sob o ponto de vista material - e não é de hoje.Existe um sentimento de revanchismo,de vingança contra os militares por parte do governo petista,o que explica o modo como são tratadas.No entanto,não nos iludamos,os ideais democráticos que,historicamente, sempre as nortearam,estão ainda presentes.Recuso-me a aceitar que as Forças Armadas brasileiras compactuem com esse crime de lesa-Pátria que se avisinha,conforme claramente demonstra o autor.

Anônimo disse...

A herança do DEsgoverno Lula será a transformação do Brasil em uma "tERRA SEM LEI" IGUAL A SOMALIA, ETIOPIA, CONGO ETC..., Lula e seus asseclas não tem ideologia NENHUMA! sÃO MEROS DELIQUENTES,MARGINAIS,GANGSTERS E VIGARISTAS E APROVEITADORES LESA-PATRIA, VENDEM ATÉ A mãe SE RENDER LUCRO!lULA usou o PT e as esquerdas para tomar o poder ,ele traiu a TODOS!! e continua engannando e comprando tudo e todos com a maior cara-de-pau, TUDO PARA SERVIR SEUS "donos" , o FMI e Wall street!! o Brasil E SEU POVO SÃO coniventes e corruptos jamais será comunista ou m... similar pois na cerne do povo brasileiro esta a velhacaria, a anaquia, a corrupção e a parvoice oriunda da raça brasileira... portanto o Brasil vai a M... via Lula como condutore e se tornará um grande pasto de bois...pior que o que já o é. Estamos em pleno exercicio da ANARQUIA e do pleno estado de ESTUPIDEZ politica o resultado e a herança desta falta de autoridade será uma Guerra Civil pela FALENCIA DO ESTADO, PELO DESGOVERNO EXPLICITO E DEPREDADOR DO SR LULA DA SILVA , O TRAIDOR-MOR DO BRASIL.

Anônimo disse...

É Lamentável que uma pessoa que se diz jornalista, radialista e publicitário, especialista em administraçâo pública e assuntos estratégicos,e que é editor chefe do blog,possa usar de termos e expressôes de quem jamais,teve a oportunidade de experimentar o significado da palavra dignidade,quando no uso de suas atribuiçôes,não mede palavras quando quer atacar as pessoas, que não rezam pela cartilha que lhe foi ensinada.