quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Por trás da expansão da banda larga, governo esconde acordo com as teles para explorar televisão

Edição de Quarta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Breve, a Rádio Alerta Total no seu computador.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

O governo Lula esconde um grande acordo político-empresarial com as empresas de telefonia por trás da bem intencionada criação de uma rede nacional integrada de acesso à internet em alta velocidade para os 5662 municípios brasileiros. Por trás da boa intenção se esconde a futura “vista grossa legal” que o governo fará a favor da entrada das teles no mercado de comunicação de massa. As teles poderão explorar a Televisão via Internet (IPTV) – concorrendo, diretamente, com as atuais emissoras comerciais de TV – que são contrárias à entrada das teles no negócio.

O negócio da TV via Internet interessa ao filho do presidente Lula. O jovem e próspero empresário Fábio Luiz da Silva, o Lulinha, quer entrar pesado no mercado televisivo via Internet. Sua empresa Gamecorp já tem parcerias para isso com a Oi (ex-Telemar) e já tem costurado um acordo com a Telefônica de Espanha, depois das facilidades que a Anatel criou para autorizar a compra de parte das ações da TVA, do grupo Abril. Lulinha já toca uma experiência piloto de programação televisiva, na televisão aberta, com a PlayTV – o antigo Canal 21 de São Paulo, que pertence ao Grupo Bandeirantes de Comunicação.

No Fórum de Governança da Internet (IGF 2007), que acontece no Rio, com apoio da ONU, o ministro das Comunicações prometeu que, até o fim deste segundo mandato de Lula, todas as escolas públicas, postos de saúde, delegacias, hospitais e demais serviços públicos tenham internet em banda larga. O governo fala em R$ 1 bilhão e 500 milhões de reais em investimentos públicos e privados nos próximos três anos.

Mas Hélio Costa adverte que dependeria da participação das empresas de telecomunicações. A proposta do governo consiste em subsidiar (com R$ 1 bilhão de reais) a troca dos Postos de Serviços de Telecomunicações (PSTs) por infra-estrutura de banda larga. A idéia é ampliar de 3.200 para 18.000 os pontos de acesso instalados em cidades ou comunidades com população de baixa renda nos próximos 12 meses. Resta saber qual será o tamanho da reação dos tradicionais grupos de comunicação, que lucram com as capitanias hereditárias da mídia (as praticamente eternas concessões de canais de rádio e tevê), contra a entrada das teles em seu lucrativo negócio.

Governança da Internet

O Fórum sobre Governança da Internet (Internet Governance Fórum) terá um importante debate, neste feriado de 15 de novembro, a partir das 14 horas, no Rio de Janeiro.

O painel "Assuntos Emergentes" vai abordar as conseqüências políticas da rápida difusão da internet móvel e sem fio.

O tema leva a debates sobre banda larga sem fio e novas tecnologias.

Perigo na Internet

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) divulgou um alerta com uma série de cuidados que os usuários devem tomar para evitar ser vítimas de golpes neste fim de ano.

Quem suspeitar de alguma irregularidade deve telefonar imediatamente para seu banco.

As dicas dos especialistas da Febraban para realizar as operações na Internet com segurança são:

*Desconfie sempre das histórias que receber pela Internet, principalmente quando oferecem vantagens ou ganhos fora do comum;

*Não clique em links desconhecidos por mais atraente que seja a história contada;

*Conheça bem o site do seu banco e preste muita atenção a qualquer anormalidade;

*Entre em contato com o banco sempre que suspeitar de alguma irregularidade;

*Mantenha seu micro com um antivírus atualizado e software de proteção contra ataques pela Internet (firewall).

Picaretagens comuns

A porta de entrada das fraudes são os próprios usuários, que caem em armadilhas como os e-mails com mensagens como:

· "Você foi vítima de ação de despejo";

· "Veja fotos inéditas do desastre aéreo" de uma determinada companhia;

· "Confira fotos eróticas" de um determinado artista;

· "Seu nome está na lista do Serasa. Clique aqui para saber detalhes";

· "Recadastre sua senha. Clique aqui", em nome de um determinado banco;

· "Você recebeu um cartão de alguém especial. Clique aqui".

Entregando a Amazônia

O governo federal lança hoje o primeiro edital para exploração comercial de madeira em florestas públicas da Amazônia, durante 40 anos.

Serão 96 mil hectares divididos em três lotes, que compõem a Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia.

O prazo para entrega das propostas pelos grupos interessados termina dia 9 de janeiro e apenas empresas brasileiras poderão participar da disputa.

Governo pode muito

O governo derrubou na noite de ontem, por 12 votos a 9, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o relatório da senadora Kátia Abreu (DEM-TO), que pedia a extinção da CPMF.

A máquina governista aprovou voto em separado do líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), pelo mesmo placar, a favor do imposto picareta – que não atinge os especuladores internacionais que trazem seu capital motel para o Brasil.

Com isso, a CPMF está prestes a ser prorrogado até 2011.

O texto só precisa ser apreciado em dois turnos no plenário no Congresso.

Pequeno golpe

O governo precisou retirar da Comissão de Constituição e Justiça os senadores Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) e Pedro Simon (PMDB-RS) para aprovar a prorrogação da cobrança da CPMF.

Simon negou versão dos líderes do PMDB, Valdir Raupp, e do governo, Roseana Sarney, de que tivesse concordado em ser afastado da CCJ.

O gaúcho já avisou que votará contra a CPMF no plenário.

Coincidência alagoana

A Polícia Federal prendeu ontem um grupo de 19 pessoas acusadas de contrabandear mercadorias do Paraguai para vender e redistribuir a partir de Brasília.

Entre os presos está o assessor parlamentar Carlos Rudiney Mattoso, que trabalhava como fotógrafo da presidência do Senado.

O fotógrafo é acusado de usar a cota de parlamentares para gastos com correios.

Curiosamente, o fraudador usou as verbas do gabinete de pelo menos três deputados, todos do PMDB de Alagoas, para transportar mercadoria supostamente contrabandeada.

Parceiro do tráfico

O chefe do tráfico no Complexo do Alemão, Antônio José Ferreira, o Tota, estaria pagando a um ex-PM para obter endereços de policiais que moram nos arredores da comunidade, em Ramos.

O objetivo de Tota é detonar os policiais que atacam a favela.

A informação consta de um relatório de inteligência distribuído pela Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança, a partir de informações do setor de inteligência da Polícia Federal.

Perdeu, Delegado

A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo negou ao delegado da Polícia Federal Mauro Sérgio Salles Abdo indenização por danos morais contra a TV Record.

O delegado foi citado em reportagens sobre o remanejamento de cargo que ocupava na PF, depois de ser considerado suspeito de envolvimento de agentes da Polícia Federal com o crime organizado.

Boris Casoy, âncora do Jornal da Record na época, comentou, ao final da reportagem, que a Polícia estava falida moralmente.

Os magistrados decidiram que o comentário que não justifica a indenização pedida pelo delegado.

Máfia na estrada

A Polícia Federal prendeu 34 pessoas suspeitas de integrar quadrilha liderada por empresários do setor de transporte rodoviário.

O grupo mafioso tinha atuação em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A máfia é acusada de sabotar viações rivais, colocando drogas e armas nos bagageiros de seus ônibus para que elas fossem incriminadas.

Sempre grosseirão

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, avisou que o rei da Espanha, Juan Carlos, "teve sorte" de não ter sido ouvido pelo mandatário venezuelano quando o mandou calar a boca, no último dia 10.

O rei teve sorte porque eu não o escutei. Eu poderia ter sido muito duro na resposta. Eu não quero conflito com o rei . Alguns dizem que desrespeitei o rei. Eu nem ouvi o rei. Só vi depois o que ele tinha dito”.

Chávez considerou que o "pedido" do rei espanhol foi endereçado não apenas a ele.
Deve ter sido endereçado para o Chapolim Colorado...

Rindo das piadas

O venezuelano também revelou que ri das piadas surgidas desde que o rei da Espanha mandou que ele se calasse.

Nos jornais de diversas partes do mundo, o bate-boca foi notícia alardeada.

A frase do rei foi até parar nos celulares.

“Por que não te calas” virou ringtone nos telefones celulares

Tá com medinho?

O convalescente presidente Fidel Castro teme que seu colega Hugo Chávez, presidente da Venezuela, seja vítima de uma tentativa de homicídio.

Fidel disse temer que "o querido irmão" Chávez seja vítima, com seu hábito de se mesclar com populares, "de um assassino a mando do império, de um oligarca enfurecido pelos reflexos que plantou a máquina de publicidade imperial, ou um perturbado mental".

Olha que seu desejo, Fidel, acaba se transformando em uma ordem...

Leia o artigo de Maria Lúcia Barbosa: Cala a boca, Chávez

Mais retórica

Fidel considerou "histórica" a recente Cúpula Ibero-Americana realizada em Santiago, no Chile.

"Nunca havia ocorrido um diálogo semelhante entre chefes de Estado e de governo, que em sua quase totalidade representavam países saqueados durante séculos pelas potências coloniais e o imperialismo. Sábado, 10 de novembro de 2007, passará à história de nossa América como o dia da verdade", opinou Fidel. Para ele, "o Waterloo ideológico ocorreu quando o rei da Espanha perguntou abruptamente a Chávez: 'Por que você não se cala?' Nesse instante, todos os corações da América Latina vibraram..

Foi o que “escreveu” Fidel num artigo intitulado "Reflexões", publicado no jornal Granma.

Rei triste

Fontes da casa real espanhola disseram que Juan Carlos "está triste" pela discussão com Chávez, mas que pensa que fez o que "deveria ser feito".

Em mais um baque para o monarca, foi anunciada a separação de sua filha mais velha, Elena, duquesa de Lugo, do banqueiro Jaime de Marichalar.

Eles estavam casados há 12 anos.

12º Jogador

O Flamengo poderá contar com a presença de sua torcida na partida do próximo dia 25, contra a Atlético Paranaense, a última que o time fará no Maracanã neste Campeonato Brasileiro.

O Flamengo foi condenado na última sexta-feira a cumprir um jogo com portões fechados devido aos incidentes ocorridos na partida contra o Grêmio, na qual um morteiro e uma lata de cerveja foram atirados no gramado.

Mas ontem o presidente do STJD, Rubens Approbato, concedeu ao Flamengo o efeito suspensivo da decisão que obrigava o clube a enfrentar o Atlético-PR com portões fechados.

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Porque essa babação de ovos só porque o "Rei"(ui..ui..ui..) Juan Carlos mandou o Chávez calar-se??Ele pode ser "rei" lá prás negas dele! Se o povo espanhol gosta de sustentar um vagabundo e respectiva família que nada fazem, são e sempre foram parasitas, o "pobrema" é deles!!Tem gente que até atinge o orgasmo quando fala de Rei, Rainha, Princesas, etc..Porque isso??Não gosto muito do Chavéz mas ele tem razão. Quem é a Espanha (passado e presente) para dar lição de moral em alguém??? ASS. MARCOS PAULO