segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Armações protelam julgamento sobre cooperativa dos bancários acusada de bancar campanhas petistas

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


Dormita na 37ª. Vara Cível de São Paulo um processo que tira o sono do chefão Lula da Silva e de seu time de sindicalistas: a falência fraudulenta da Bancoop. O caso é abafado na mídia e protelado na Justiça porque a Cooperativa dos Bancários de São Paulo é suspeita de armações com empreiteiras de obras habitacionais não realizadas com intuito de desviar dinheiro para financiar campanhas eleitorais do PT: a da Presidência da República, em 2002, e a da Prefeitura de São Paulo, em 2004.

São investigados os ex-dirigentes da cooperativa que desde a sua fundação (em 1996) participaram da gestão da BANCOOP: Ricardo Berzoini, como Diretor Financeiro, João Vaccari Neto, que chegou a presidi-la e Luiz Gushiken. Desastrada operação da República dos Sindicalistas do PT, a BANCOOP pegou mais de R$ 100 milhões, de 15 mil famílias, e simplesmente quebrou, sem concluir os empreendimentos imobiliários de Torres de Pirituba, Casa Verde, Butantã, Ubatuba e Praia Grande.

O chefão Lula, que é sócio da Bancoop figura entre os lesados pela má gestão dos seus amigos-companheiros-sindicalistas. Apenas por ironia, na sede da Bancoop, a fim de atrair novos sócios, eram exibidas fotos de Lula visitando canteiros das obras que nunca acabaram. Por causa destas e outras fraudes, a Bancoop já foi definida pelo promotor José Carlos Blat como uma “organização criminosa” – o que deixou o chefão Lula e sua turma muito irritados.

O ministério Público investiga por que, estranhamente, figuram como sócias da cooperativa dos bancários pessoas que são sócias de empresas do ramo da construção civil que prestam serviços à BANCOOP: Conservix, Germany, Mirante, Máster Fish e Vita. O Ministério Público recebeu denúncias de que essas empresas contribuíram com a campanha do PT na eleição de 2004 na cidade de Praia Grande.

O Ministério Público tem depoimentos de subempreiteiros, que trabalharam para as empreiteiras que pertenciam a administradores da BANCOOP, que literalmente eram obrigados a dar notas frias com valores superiores aos serviços prestados ou à mercadoria entregue. O dinheiro desviado – conforme denúncias - seria entregue para um caixa dois de campanha, de pessoas ligadas ao PT, em São Paulo.

O Fórum dos Cooperados fez a maior pressão, semana passada, para que o promotor do consumidor João Lopes Guimarães fosse removido do caso que anda emperrado. Mas a reunião do Conselho Superior do Ministério Público resolveu deixar tudo como dantes no enrolado processo. O caso Bancoop tem tudo para ser abafado como outros escândalos que envolvem figurões petistas – como o Caso Celso Daniel, o Caso do Lixo em Ribeirão Preto na gestão Palocci, o Caso Francenildo, o famoso Caso do Mensalão e tantos outros que caem, facilmente, no esquecimento ou na impunidade.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Setembro de 2008.

20 comentários:

Anônimo disse...

Armações, cambalachos, mentiras, tapetões, cartões corporativos, famiglia 171, aloprados, cUS$ecas, comi$$ões, dossiês, grampos ilegais ... Já não aguentamos mais.
Há alguma coisa que possamos fazer ?

Anônimo disse...

a coisa ta feia, foia maior briga, para o MPSP (conselho superior) propor a acao contra a bancoop, apos muita luta, a acao foi proposta, foi ai que entrou JOAO LOPES GUIMARAES, promotor do consumidor, representando a bancoop, ja errou na sua inicial, (muito mal feita) apos isso, disse aos advogados dos cooperados que nao estava interessado no apssado da bancoop, ia nalisar dali para frente (crimes nao importam pra ele) cooperados ja esperavam que ele ia fazer acordo benefico a bancoop, e assim se deu.
Cooperados recorreram ao conselho superior que LAVOU AS MAOS njoe stilo PILATOS, cooperados nao discordam do Conselho, que disse NAO poder interferir, mesmo o corregedor geral BERTONE e Marisa Dissinger a relatora, juntamente com Dr Viegas, optarem pela interferencia, ja que Joao Lopes foi infeliz nas suas decisoes, e realmente quem ler sua manifestacao, vai achar que ele nao atende as necessidades...

moral da historia, cooperados foram ate o MPSP, atras de justica e acabam sendo INJUSTICADOS, pelo promotor que disse, O PASSADO NAO IMPORTA.

A BRIGA NAO TERMINA AQUI, COM CERTEZA JUIZ NAO HOMOLOGA ESTE ACORDO.por enquanto nada vale.

Anônimo disse...

Caros Amigos,

A Bancoop mente e está sendo acobertada por uma grande parcela de "otoridades".
Não afirmo que juízes ou desambargadores façam isto, mas, como pode ainda estar de pé uma cooperativa que não convoca assembléias para a aprovação de suas contas. A Bancoop não convocou assembléias para a aprovação das contas de 2005, 2006 e 2007. A Bancoop está sem o Conselho Fiscal desde Fevereiro de 2006. A Bancoop está sem o seu diretor técnico desde 2006. Estes fatos já seriam suficientes para decretar a intervenção na Cooperativa e a marcação de eleições imediatas.E sabem porque ela não convoca assembléias? Porque ela sabe que não conseguirá aprovar NENHUMA conta.
Eleições JÁ. Intervenção JÁ. Destituição JÁ. Antes que seja tarde.

Mario disse...

... e se quase 80% (segundo CNT/Sensus) aprovam o desgoverno do crime organizado significa que o brasil (minúscula intencional) é o paraíso dos criminosos,como mostram os filmes americanos, e de imbecis desinformados.

Anônimo disse...

VOCÊ SABIA?

A doutora Elizabete Sato, delegada que foi escalada para investigar o processo sobre o assassinato do Prefeito de Santo André, Celso Daniel, é tia de Marcelo Sato, marido da Lurian, que, apenas por coincidência, é filha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ou melhor, a coincidência é que Marcelo Sato, o genro do presidente da república, é sobrinho da Delegada Elisabete
Sato, Titular do 78º DP, que demorou séculos para concluir que o caso Celso Daniel foi um "crime comum",sem motivação política.

Também apenas por coincidência, Marcelo Sato é dono de uma empresa de assessoria que presta serviços ao Besc - Banco de Santa Catarina – BESC (federalizado), no qual é dirigente Jorge Lorenzetti churrasqueiro oficial do presidente Lula e um dos petistas que o presidente chamou de "aloprado" no escândalo do dossiê contra os tucanos).

E ainda, não por coincidência, o marido de Ideli Salvatti, lider do PT no Senado, é o Presidente do BESC.

Copiado de mail que circula por aí, porém são verdades, não se trata de Fake...

Anônimo disse...

Sobre o caso Celso Daniel, você sabia?

Que a doutora Elizabete Sato, delegada que foi escalada para investigar o processo sobre o assassinato do Prefeito de Santo André, Celso Daniel, é tia de Marcelo Sato, marido da Lurian, que, apenas por coincidência, é filha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ou melhor, a coincidência é que Marcelo Sato, o genro do presidente da república, é sobrinho da Delegada Elisabete
Sato, Titular do 78º DP, que demorou séculos para concluir que o caso Celso Daniel foi um "crime comum",sem motivação política.

Também apenas por coincidência, Marcelo Sato é dono de uma empresa de assessoria que presta serviços ao Besc - Banco de Santa Catarina – BESC (federalizado), no qual é dirigente Jorge Lorenzetti churrasqueiro oficial do presidente Lula e um dos petistas que o presidente chamou de "aloprado" no escândalo do dossiê contra os tucanos).

E ainda, não por coincidência, o marido de Ideli Salvatti, lider do PT no Senado, é o Presidente do BESC.

vilaclementino disse...

"A Bancoop é uma cooperativa de fachada", como disse o promotor José Carlos Blat. As irregularidades vão desde formação de quadrilha, emissão de notas fiscais frias, doação a campanhas eleitorais do PT sem o conhecimento da justiça eleitoral, desvio de dinheiro, empréstimos não autorizados pelos cooperados (FDIC's - Fundos de Investimento em Direitos Creditórios), isso sem contar as mentiras publicadas em sua página na internet sobre o andamento das obras e informções falsas sobre o estado das contas dos empreendimentos. Ainda por cima, a realização de assembléias sem a convocação dos cooperados. Fundada pelos cabeças do PT, a Bancoop tem como cooperado Luis Inácio Lula da Silva. Os cooperados pagaram seus apartamentos e estão morando de aluguel, alguns coitados que conseguiram entrar em seus imóveis estão recebendo mandados de reintegração de posse, mesmo tendo quitado suas unidades. É mais um escândalo que assistimos atônitos: cooperados, MPSP, Judiciário, Record, Bandeirantes, Gazeta, Isto É, Veja, e mesmo assim os mentores da quadrilha continuam se refastelando com o dinheiro dos cooperados. Desse jeito não há como acreditar que vivemos num estado democrático de direito. Vamos colocar os narizes de palhaço que compramos há muito tempo e esquecemos de usar. Virou Braziu.

vilaclementino disse...

O autor menciona o empreendimento Torres de Pirituba como não concluído, porém este se encontra terminado. Por outro lado há inúmeros empreendimentos inacabados, torres "no esqueleto", e outros que foram pagos e nem saíram do papel. Essa vergonha chamada Bancoop continua trazendo pesadelo aos que nela acreditaram. Nós cooperados temos vergonha na cara, diferente de seus diretores que já a perderam desde que o barbudo metido chegou ao palácio do planalto e esqueceu que foi um trabalhador.

Cooperado indignado disse...

Os advogados da diretoria da Bancoop são Pedro Dallari e Flávio D'urso, presidente da OAB. Agora pasmem: quem paga esses advogados? Nós, os cooperados. Ou seja, pagamos os nossos advogados e os advogados que atuam contra nós. João Vaccari e o PT encontraram a galinha dos ovos de ouro. Vão tirar até o último centavo dos cooperados pelo resto de nossas vidas. Sempre haverá um aporte a ser pago. É o estelionato legalizado e sem direito a assembléias.

Anônimo disse...

Piada do dia: Lula vai visitar os operadores da oligarquia transnacional em Nova York e "defende liberdade de imprensa", mesmo sabendo que a lei para prender jornalistas que vão contra o desgoverno está só esperando a volta dele para ser assinada. Lula fez um discurso propagandista de primeira linha:

"— Eu sou resultado da democracia. Eu sou resultado da liberdade de imprensa. Eu não teria chegado à Presidência se não fosse a democracia e a liberdade."

"— Confio fielmente na inteligência do povo, que consegue distinguir a verdade da mentira, que sente nos olhos de quem está falando na TV, ou a voz no rádio ou as palavras nos jornais se elas são verdade ou não."

Liberdade de imprensa? Inteligência do povo?

Tire suas próprias conclusões...

Anônimo disse...

Bandidos agora se irritam. Não é prá menos...

Anônimo disse...

Eu falai que não tinha bola de cristal, mas disse que quanto mais bandidagem aparece nesse "governo" mais o "metalcolico ambulante" sobe nas pesquisas. Tá tudo de rabo preso, do 1° ao 4° poder, até as entidades religiosas... Se alguém ousar cantar aquela música: SE GRITAR PEGA LADRÃO, é linchado na hora.

Montenegro disse...

Os raros procedimentos de homens honestos são esquecidos, como são esquecidos os delitos que a imprensa publica diariamente, mesmo com o tempero da desinformação ou interpretação deformada e incompleta.
Ontem, todos os adultos assumiam e exerciam com responsabilidade a tarefa de lembrar aos jovens, incansavelmente, que a vida tinha significado mais sutil. Pretendia-se inculcar uma racionalidade a ser cultivada em associação com o espírito, o humor e as virtudes que identificavam a natureza humana em graus de progresso, distanciando a civilização dos atos defensivos e irracionais proprios dos animais.
Hoje, os jornais estampam a voz dos poderosos. Um poder total que escraviza as mentes. Um poder em que a única voz que se ouve é a voz dos senhores "livremente eleitos", que substituem a Lei pela força. Um poder que violenta a razão e pode ser claramente reconhecido como sinônimo de corrupção. Um poder que deforma as palavras, deforma o que vê, deforma o que toca, despreza a liberdade e destrói as fontes de vida.

Esperança disse...

Lula: O Pobre Metalúrgico Rico

http://infomix-cf.blogspot.com/2007/09/lula-o-pobre-metalrgico-rico.html

Christina Fontenelle 01/09/07

Esta semana a coluna do Cláudio Humberto falou sobre a nova casinha de veraneio do pobre presidente Lula no Guarujá (SP). Segundo declarou ao TSE, antes das eleições presidenciais do ano passado, o presidente possuía uma caminhonete, uma modesta chácara e um apartamento em construção no Guarujá (SP), cujas prestações ainda estariam sendo pagas. O presidente, à época, havia dobrado o seu patrimônio declarado, desde as eleições de 2002. O feito já era um pouco fantástico para uma pessoa que teria vivido apenas de seu salário de presidente, mais a aposentadoria de anistiado (R$ 4 mil) e algumas aplicações.

O apartamento do Guarujá foi comprado através da cooperativa habitacional Bancoop, do Sindicato dos Bancários – na época em que o deputado federal Ricardo Berzoini presidia a entidade. Muitos petistas compraram apartamentos através dessa cooperativa. Num dos empreendimentos, por exemplo – o Torres da Mooca – possuem unidades Rogério Aurélio Pimentel, José Carlos Espinoza e Osvaldo Bargas. Os do caso VEDOIN-DOSSIÊ-DE ONDE VEIO O DINHEIRO? Os próprios. Estão sentindo falta de alguém? Pois é, olha ele aqui – é o Freud Godoy. O ex-chefe da segurança de Lula, que trabalhava no Gabinete da Presidência da República, antes do escândalo do Dossiê, recebendo salário de R$ 6,3 mil por mês, possui, pelo menos, uns quatro apartamentos espalhados por São Paulo – mas não sei se são todos da Bancoop. A única coisa que eu sei é que a Polícia Federal chegou a descobrir que um pequeno apartamento de Freud Godoy teria sido alugado para o assassinado prefeito Celso Daniel. Não sei como anda o caso.

Voltando ao presidente, e de acordo com outra nota de Cláudio Humberto, Lula parece ter decidido comprar a nova casa, que fica num dos mais luxuosos condomínios do Guarujá, o Iporanga, depois de ter ido passar boa parte das férias do verão passado (já depois das eleições) na casa do ex-ministro da justiça Márcio Thomaz Bastos. Também possuem casa no Iporanga, a viúva do ex-ministro de FHC Sérgio Motta e Luiz Carlos Mendonça de Barros, ex-ministro de Fernando Henrique Cardoso.

http://bp2.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-SvDpl2BI/AAAAAAAABZc/QIbdp2bfznw/s1600-h/zc.bmp

Quem vai financiar o casebre? É a Bancoop outra vez – agora sofrendo acusações de fraude, de superfaturamento, de apropriação indébita e de formação de quadrilha (pobres trabalhadores atrás de justiça é o que não falta).
http://intra.pps.org.br/forum/topic.asp?TOPIC_ID=67

As casas do condomínio santista não custam menos do que R$ 2 milhões cada. Mas, para os paulistas, o lugar é considerado como sendo de classe média alta. Nesse caso, eu seria o quê? Pobre ou Muito Pobre? E o restante dos 80% do povo brasileiro? Estariam na classe dos Miseráveis ou dos “Cutuca esse cara e avisa que ele já morreu”?

Tem gente especulando sobre de onde teria vindo o dinheiro do presidente para comprar uma casa nesse valor, já que seus vencimentos não suportariam nem as prestações e nem eventualmente a possibilidade de que tenha acumulado reservas financeiras de tão grandes proporções. Já eu tenho outras curiosidades: como é que Lula vai fazer para conviver com gente para qual ele sempre disse que não gostava de governar? Será que vai conseguir sair de casa sem ser vaiado? E, ainda: por que é que o presidente não resolveu comprar uma casa nos lugares onde mora o povão que ele diz adorar e para o qual distribui bolsa-voto?

Fotos:

http://bp2.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-QiDpl1-I/AAAAAAAABZE/WJMsg88glSI/s1600-h/ZA.bmp

http://bp0.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-xYjpl2EI/AAAAAAAABZ0/-4jxvaK_TFc/s1600-h/zd.bmp

http://bp2.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-SvDpl2BI/AAAAAAAABZc/QIbdp2bfznw/s1600-h/zc.bmp

http://bp0.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-wCjpl2DI/AAAAAAAABZs/IDsCM3qELB4/s1600-h/zb.bmp

http://bp2.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-SvDpl2BI/AAAAAAAABZc/QIbdp2bfznw/s1600-h/zc.bmp

http://bp0.blogger.com/_U1biL2sgtH8/Rt-wCjpl2DI/AAAAAAAABZs/IDsCM3qELB4/s1600-h/zb.bmp

Esperança disse...

Serrão,

Como está o caso do cadáver insepulto CELSO DANIEL?

A imprensa não comenta mais nada.
As investigações pararam?
E o exilado político, irmão do Celso Daniel, continua exilado?

Anônimo disse...

Artigo interessantíssimo!

Acesse:

http://www.espada.eti.br/fagan.asp

Pedro Galuchi disse...

link do voto da relatora onde ela aborda toda a armação...
http://www.mp.sp.gov.br/portal/page/portal/conselho_superior/extrato_atas/R080916.doc

Anônimo disse...

BLOG
Reinaldo Azevedo


Terça-feira, Dezembro 19, 2006

Um e-mail da delegada Elisabete Sato
Recebi o seguinte e-mail da delegada Elisabete Sato, que pediu o arquivamento do caso Celso Daniel.

Leiam e depois retorno:

Prezado sr. Reinaldo Azevedo,
Inicialmente me apresento: meu nome é Elisabete Ferreira Sato, delegada de polícia titular do 78º Distrito Policial - Jardins/SP. Tive a surpresa ao ler no site de Veja On Line, onde o sr. tem uma coluna, aleivosias a meu respeito.
O senhor afirma no seu blog um parentesco (tia) entre a minha pessoa e um cidadão de nome Marcelo Sato, o qual seria marido de uma sra. de nome Lurian, que seria filha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Inicialmente, apraz-me esclarecer que sequer conheço tal pessoa. Meu único sobrinho tem 09 anos de idade. Doutro aspecto, em sendo o senhor um profissional respeitado, o mínimo que se esperaria era uma consulta para esclarecimento, o que nunca ocorreu, infelizmente.
Atenciosamente,

Elisabete Sato
=============================

A doutora Elisabete Sato pode estar confundindo este blog com algum outro. Por quê? Eu NUNCA ESCREVI TAL COISA. O arquivo está disponível para consulta. Inexiste texto meu afirmando o parentesco. Vou fazer uma procura nos comentários para verificar se algum internauta postou algo parecido. Se houver, excluo. Caso a delegada tenha em mãos o dia em que a eventual mensagem foi publicada, pode me enviar. Ganhamos tempo.

Doutora Elisabete deve saber que o boato circula na rede. Mas eu nunca lhe dei atenção. Mais do que isso: excluí centenas de comentários a respeito porque me pareceu claro que estavam tentando transformar sobrenome em categoria de pensamento ou alinhamento político. Mesmo que ela fosse parente do genro de Lula, isso não a tornaria, em princípio, suspeita.

Como jornalista, cidadão, leitor e pessoa que acompanha o caso Celso Daniel, discordo do pedido de arquivamento. Mas a minha discordância nasce dos eventos relacionados ao caso. Nada tem a ver com a vida privada da delegada.

Conspirações
A propósito, um recado aos internautas: não sei se, por engano, algum comentário dando curso ao boato acima foi publicado aqui. Eu me esforcei para não publicar nenhum, o que é uma chatice, dá trabalho, aporrinha. Peço que tomem cuidado com teorias conspiratórias estapafúrdias que circulam na rede. Existem “conspirações” para todos os gostos: de direita, de esquerda e, pasmem!, até de centro!!! Os esquerdistas espalham, por exemplo, que sou membro do Opus Dei. É uma prelazia papal. Ser membro do grupo não é crime. Qual o problema? Ocorre que não sou. Nos sites e blogs da “companheirada”, no entanto, isso é dado como certo, como uma “informação”. Assim como essa gente está convicta de que a Rede Globo escondeu o acidente com o avião da Gol só para dar destaque à foto da dinheirama do dossiê.

Por favor, deixem os delírios para os aloprados.

Anônimo disse...

Na comissao de defesa dos direitos do consumidor, o promotor Blat
diz o que apurou sobre a bancoop. (10 06 2008)

veja nos videos abaixo


(C) Promotor José Carlos Blat (fala inicial)
Promotor diz como MPSP entrou no caso, e resultado inicial de investigações.
Cita foco da investigação, fala de quebra do sigilo bancário.
(Duração: 15:51)

PARTE 1

veja vídeos link 1

http://br.youtube.com/watch?v=eB7DblSDBbU

Promotor comenta o inicio das investigações.
Detalhes das investigações.

-------------------------
PARTE 2

veja video link 2

http://br.youtube.com/watch?v=IenEeKglyj0

=====================

(G) Promotor Blat responde perguntas ...

(Duração: 05:36)


====================

(J) Promotor Blat fala de doações ao partido político (PT)
(Duração: 02:07)

veja vídeo

http://br.youtube.com/watch?v=-SX656cprno


materia completa no link
(videos diversos)

http://bancoop.forumotion.com/assembleia-legislativa-e-bancoop-cpi-f125/videos-da-1-reuniao-de-cooperados-na-alesp-t1052.htm

fim

Anônimo disse...

pedido de cpi no caso bancoop
segue os motivos

http://bancoop.forumotion.com/assembleia-legislativa-e-bancoop-cpi-f125/cpi-caso-bancoop-requerimento-motivo-t1050.htm