quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Ordem superior: Abin grampeou STF para monitorar bastidores da fusão da Oi com a Brasil Telecom

Segunda Edição de Quarta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Exclusivo - O motivo real para grampear os telefones do Supremo Tribunal Federal foi o jogo de interesses para definir quem vai ser o controlador final da Brasil Telecom em sua fusão com a Oi. Na reunião no Palácio do Planalto, Gilmar Mendes chegou tão furioso que pensou em apoiar alguma iniciativa da oposição de pedir o impeachment de Lula. No mercado negro das telecomunicações, comenta-se que o grampo contra Gilmar foi uma ordem vinda do Palácio do Planalto. Tal versão já foi devidamente abafada em acordo na reunião de emergência com Lula. Muito mais gente poderosa foi grampeada.

A versão de que o grampo contra Mendes interessaria ao banqueiro Daniel Dantas, do Banco Opportunity, é pura dissimulação. Na CPI dos Grampos da Câmara dos Deputados, o General Jorge Armando Félix, chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência República, defendeu o ex-diretor-geral Paulo Lacerda, afastado da Abin pelo presidente Lula. Félix especulou que funcionários da agência podem ter feito a escuta clandestina à revelia da cúpula do órgão. O crime pode ter sido cometido à revelia de Jorge Félix. Mas nunca à revelia de seus superiores hierárquicos - conforme se comenta no mercado negro das telecomunicações.

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, confirmou que a Agência Brasileira de Inteligência de comprou ilegalmente maletas de interceptação telefônica. Os equipamentos permitem, por exemplo, interceptar celulares sem depender de autorização das operadoras. As maletas custam em torno de R$ 500 mil e são capazes de decodificar comunicações digitais. As escutas são feitas por intermédio de Estações Rádio Base, instaladas por operadoras em todo o País. Portanto, não adianta colocar técnicos do Exército para verificar se a Agência Brasileira de Inteligência adquiriu equipamentos para fazer escutas telefônicas. Tal investigação é inútil.

Leia também: Justiça promete botar ordem na Grampolândia, e General adverte que só “boca fechada” protege contra grampos

6 comentários:

Esperança disse...

Por acaso era o "Boi" o mais interessado na fusão da Oi com a Brasil Telecom?

Anônimo disse...

Off topic:

cuidado com a vacina contra gripe:

http://www.youtube.com/watch?v=zcniJxck0gI&feature=related

Anônimo disse...

pra aí,,vc tá dizendo que o STF saiu assim, baixinho, baixinho?

Anônimo disse...

Uma denúncia em Pernambuco:

MP acolhe denúncia do DEM sobre possível uso da máquina
POSTADO ÀS 21:19 EM 01 DE DE 2008

O Ministério Público de Pernambuco viu indícios de uso da máquina administrativa municipal a favor do candidato João da Costa e entrou, na tarde desta segunda-feira (01), com uma ação de investigação judicial contra a Prefeitura do Recife e contra o candidato governista.
A ação se refere ao fato da empresa QUALIX Serviços, prestadora de serviços para a Prefeitura, ter realizado uma limpeza no comitê Ponto 13 no último dia 09.
Com a medida, o Ministério Público acolhe a denúncia feita pelos advogados do Democratas que solicitaram uma apuração sobre se houve algum fato ilícito na prestação dos serviços por parte da QUALIX, empresa vinculada à Emlurb.
Na representação feita no dia 11 deste mês, a assessoria do partido afirmava que "o comitê deve ser utilizado pelo candidato do atual prefeito do Recife, exclusivamente para a época eleitoral, não podendo ser confundido com um anexo da Prefeitura do Recife, nem mesmo lugar público onde o serviço prestado gera proveito geral e indiscriminado".
O Democratas recebeu a denúncia de que funcionários da QUALIX Serviços estavam atuando no sub-comitê de João da Costa na madrugada do último dia 09. O fato foi registrado em fotografias.
Postado por Jamildo Melo

http://jc.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2008/09/01/mp_acolhe_denuncia_do_dem_sobre_possivel_uso_da_maquina_24822.php

Anônimo disse...

Sinceramente, essas notícias de grampo... ninguém agüenta mais. Fiquem de olho na Reserva Raposa Serra do Sol e não deixem de falar sobre o caso, pois tenho a impressão, que as notícias e atenções estão sendo desviadas para fatos de menor importância.

Anônimo disse...

As autoridades estão preocupadas em punir os responsáveis pelas escutas e o povo quer saber o conteúdo das conversas grampeadas. O que há de tão grave que não se possa saber o que ocorreu na operação Sathiagraha. Coisas que podem incriminar os poderosos?