terça-feira, 11 de novembro de 2008

Rapidinhas Econômicas

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Perdas Internacionais

O Banco Central recebeu da Câmara dos Deputados um pedido oficial de informações discriminadas sobre as remessas de lucros para o exterior das empresas sediadas no Brasil.

O problema é se o BC terá coragem de responder ao deputado federal Brizola Neto (PDT).

O neto do falecido Leonel, que reclamava das “perdas internacionais” sem explicá-las direito, quer saber se a autoridade monetária brasileira utiliza, devidamente, algum mecanismo de controle de volatilidade e fuga de capitais no Grande Motel Brasil.

Aos tubarões?

Uma grande empreiteira brasileira tomou uma decisão radical e uma medida de segurança inédita na troca de todos os computadores de sua diretoria.

Mandou jogar todos os Hard-disks no mar, depois de devidamente apagadas quaisquer informações sigilosas, comprometedoras ou estratégicas.

A empresa preferiu jogar os HDs aos tubarões e caranguejos porque temia ser alvo de alguma operação de nome engraçado da Polícia Federal.

Schin é o alvo

Informação estratégica para deixar a diretoria da Ambev muito preocupada e com as barbas de molho no chopp da concorrência.

A Fomento Econômico Mexicano (Femsa) – gigante mundial do setor de bebidas e maior engarrafadora mundial da Coca-Cola – finge que está de olho na Cervejaria Itaipava, de Petrópolis (RJ).

Dona da Kaiser e Heineken no Brasil, na verdade, a Femsa pretende um ataque sobre o Grupo Schincariol – que bancos de investimento afirmam estar prontinha para ser vendida.

Em tempo: Kaiser é a cerveja preferida do Chefão Lula da Silva em suas populares churrascadas, mas o presidente nada tem a ver com tal negócio.

Viva a Publicidade

O Brasil foi o País que registrou o maior índice de crescimento (45%) em investimento publicitário no ano passado.

Foram US$ 26,6 bilhões de dólares investidos em 2007.

O número apareceu em destaque na World Advertising Research.

O que comprova o quanto o Brasil é rico e tem potencial de crescimento, apesar dos sucessivos desgovernos que nos acometem.

Projeto ousado

Nesta quarta-feira será lançado o projeto Galileu, para criar a maior base computacional da América Latina.

O projeto de pesquisas aplicadas, financiado pela Petrobrás, vai interligar os supercomputadores das principais universidades: PUC-Rio, UFRJ, Ufan e ITA.

Uma das grandes parceiras do Galileu é a Sun Microsystems, do empresário norte-americano Scott McNealy, grande rival de Bill Gates, da Microsoft, porque defende o uso de sistemas de informática com códigos abertos e livres.

A grande conselheira

O otimismo proclamado pelo chefão Lula da Silva tem uma fonte lusitana: Maria da Conceição Tavares.

Lula escutou da professora emérita do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro que “não existem riscos, pelo menos até o final de 2009, de uma recessão no Brasil, na Índia ou na China”.

Lula ouviu dela, na semana passada, que a nossa crise de crédito não é importada, e sim surgiu da especulação com o câmbio por parte das empresas”.

Alvo da Musa Lusa

A turma do Grupo Votorantim ficou fula da vida com a economista Maria da Conceição Tavares porque ela soltou a lusitana, pessoalmente, contra o empresário Antônio Ermírio de Moraes, nas críticas que fez contra a especulação financeira no que chamou de “derivativos-fantasmas”:

Dizem que o Antônio Ermírio de Moraes não sabia de nada, mas o gerente de câmbio, para variar, é um desses meninos de gravatinha, totalmente especulativos. Como entregou o departamento de câmbio de uma empresa daquele tamanho para irresponsáveis, o resultado foi esse”.

Conceição comenta que a brincadeira dos derivativos levou bancos a perderem dinheiro, o que forçou o aperto de crédito.

País dos ricaços

Os milionários no Brasil entregam R$ 260 milhões para gestores profissionais em private banking cuidarem direitinho.

Pelo número as instituições financeiras administram apenas 11% do total de ativos líquidos de pessoas físicas – estimado no Brasil em R$ 2,4 bilhões.

Os números dessa pesquisa do Boston Consulting Group confirmam que ainda existe muito espaço para a gestão de fortunas no setor financeiro brasileiro.

Azar dos velhinhos

Com os reajustes salariais concedidos pelo governo em 2008, a folha de pagamento dos servidores inativos (aposentados e pensionistas) do Executivo terá peso maior em 2009.

Em 2008, as despesas com os inativos correspondem a 92,1% do que é gasto com os servidores da ativa.

Segundo os números do projeto de lei orçamentária para 2009, enviado pelo governo ao Congresso, este percentual subirá para 98,6%.

Isto significa que os aposentados e pensionistas do Executivo, que são 947 mil, vão consumir ano que vem praticamente o mesmo orçamento dos ativos, que somam pouco mais de 1 milhão - civis e militares, nos dois casos.

Brasil pirata

As vendas de produtos piratas no Brasil no ano passado significaram uma perda de R$ 18,6 bilhões em impostos nos 12 meses encerrados em setembro, levando-se em conta apenas sete setores da indústria nacional.

Além da menor arrecadação de impostos, há também a perda de receita da indústria, que pode chegar a R$ 62,4 bilhões considerando apenas os setores de tênis, roupas e brinquedos.

As estimativas são da pesquisa "O impacto da pirataria no setor de consumo no Brasil", divulgada ontem pela Associação Nacional para Garantia dos Direitos Intelectuais (Angardi) e pelo Conselho Empresarial Brasil - Estados Unidos.

Pequena redução

O estudo revela ainda redução do comércio ilegal.

Em 2007, representava 75% das vendas.

Neste ano, a pirataria respondeu por 63% - percentual ainda muito elevado.

Quebra programada

Com risco de falência, a GM pode ver suas ações virarem pó.

O alerta foi dado ontem por dois grandes bancos, o alemão Deutsche e o Inglês Barclays.

As ações da montadora chegaram a cair 30% e, no fim do dia, estavam a -22,9%.

Mais problema

A Circuit City, segunda maior rede de eletroeletrônicos dos EUA, pediu concordata.

O governo americano anunciou a reestruturação do plano de ajuda à AIG, a maior seguradora do mundo, que inclui a ampliação do valor para pouco mais de US$ 150 bilhões.

Será a maior injeção de dinheiro oficial numa empresa privada.

Quem quer crédito?

O presidente da Federação Brasileira dos Bancos, Fábio Barbosa, adverte que o dinheiro em circulação na economia não bastará para atender à demanda das empresas por crédito.

Mesmo com o governo liberando R$ 100 bilhões em recursos captados pelos bancos que estavam parados no Banco Central, Barbosa acha que “sensação de paralisação” continuará, reduzindo o crescimento.

Segundo o presidente da Febraban, a falta de crédito em dólar está pressionando a demanda

Barbosa nega que os bancos estejam “escondendo dinheiro”.

À prestação

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou que está ocorrendo um “gradativo” retorno do crédito em razão das medidas do governo, como a liberação dos depósitos compulsórios e a venda de dólares.

Segundo economistas de bancos, empresários já começam a retomar alguns projetos de investimento, porque avaliam que os efeitos da crise estejam passando.

Para representantes de cerca de 40 bancos centrais do mundo reunidos em São Paulo, no entanto, a economia vai ter recuo “substancial” em 2009.

Ordem superior

O presidente Henrique Meirelles avisou aos navegantes: não mexe na política monetária.

Ou seja, os juros no Brasil ficam onde estão – altos como sempre estiveram -, no que depender do Copom (o Comitê de Política Monetária do Banco Central).

Tudo porque o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e o Índice de Preços no Atacado (IPA) dão indicações de alta.

Com seu discurso rejeitando mais gastos públicos e defendendo a alta de juros, Meirelles desmentiu o ministro da Fazenda, Guido Mantaga.

Mais uma vítima

As operações com derivativos cambiais fizeram uma nova vítima entre empresas brasileiras.

A Vicunha Têxtil reconheceu um prejuízo de R$ 70 milhões para liquidar as operações.

A empresa ainda mantém um contrato em aberto, que pode elevar as perdas para mais de R$ 100 milhões.

Perdeu pouquinho...

O empresário Eike Batista foi duramente afetado pela crise financeira.
Eike calcula que perdeu uns US$ 10 bilhões com a crise do mercado acionário que derrubou as bolsas e baixou o valor de mercado de suas empresas.

Deixei de ser um homem de US$ 16 bilhões de dólares para ser um US$ 6 bilhões, mas isto não mudou muia coisa na minha vida. Continuo comendo meu mamãozinho no café da manhã e ninguém me tirou a capacidade de produzir riquezas”.

Foi o que Eike declarou à Vera Saavedra Durão do jornal Valor Econômico.

A boa namorada

Flávia Sampaio comanda hoje o primeiro desfile de moda no Pink Fleet.

O navio pertence ao seu namorado Eike Batista.

O lucro do desfile vai para o Instituto Consciência, no Morro dos Cabritos, em Copacabana.

Quem avisa é o mestre Aziz Ahmed, em sua coluna no Jornal do Commercio.

Nota promissória

Um dos maiores investidores do setor alcooleiro, a Companhia Brasileira de Energia Renovável (Brenco) aguarda para hoje a autorização da Comissão de Valores Mobiliários para fazer segunda emissão do ano de notas promissórias.

A proposta é ofertar R$ 390 milhões, sendo R$ 200 milhões de renovação das notas emitidas em abril, e o restante, de capital novo.

Tudo para continuar as obras das quatro usinas que entram em operação em 2009 e em 2010.

Morta pelo caixão do marido

Existem formas terríveis de perder a vida.

Marcina Silva Barcelos, de 67 anos, morreu dentro do carro funerário que transportava seu marido Jiso Silveira Coimbra, de 76.

O veículo foi atingido por outro carro na traseira, e o caixão do marido se soltou para frente, etingindo a mulher na nuca.

O acidente ocorreu ontem de madrugada na rodovia RS-717, em Tapes, a 11 Km de Porto Alegre.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 11 de Novembro de 2008.

Nenhum comentário: