segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Rapidinhas Políticas

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

DVDs do DVD


O desgoverno recebeu um sinal de alerta de que podem vazar na imprensa o teor de comprometedores DVDs produzidos a mando do DVD (Daniel Valente Dantas).

Por isso, “por medida de segurança”, já ficou determinado, previamente, que “um sofisticado sistema de criptografia” impedirá que a Polícia Federal possa ter acesso ao teor completo dos 12 discos rígidos de computador e vários cópias de documentos em CDs Room, apreendidos em julho no Opportunity e na casa do banqueiro, no Rio, durante a Operação Satyagraha.

A PF suspeita que eles contenham boa parte do mistério que Dantas armazena desde o início do processo de privatização das operadoras de telefonia, durante o primeiro governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Mas o sistema de informação do desgoverno também sabe que no material do banqueiro DVD tem muita bronca contra membros do atual governo, do Congresso e do Judiciário – o que não torna recomendável a divulgação pública de seu conteúdo.

Lulinha é o alvo?

O banqueiro Daniel Dantas, controlador do Grupo Opportunity, construiu uma grande rede de intrigas para dividir e constranger o governo e continua conspirando para desestabilizar o chefão Lula da Silva.

Seu alvo principal é o filho de Lula, Fábio Inácio Lula da Silva, o Lulinha, sobre o qual, nos bastidores, jura ter coisas que até agora não mostrou.

Dantas espalhou dossiês entre parlamentares do DEM e do PSDB para forçar uma investigação política que leve a familiares do presidente.

No fundo, a estratégia de Dantas é salvar os negócios afetados pela ação da Polícia Federal e criar ambiente para tentar livrar-se das condenações judiciais que serão anunciadas ainda em novembro.

Gravação conhecida

O deputado Raul Jungmann (PPS-PE), membro da CPI dos Grampos, entregará amanhã ao Supremo Tribunal Federal (STF) a íntegra do áudio da reunião realizada entre o delegado Protógenes Queiroz e a cúpula da Polícia Federal (PF) que teve trechos divulgados pela imprensa neste final de semana.

Na gravação, Protógenes Queiroz admite que gabinetes do STF foram vigiados por agentes da PF e da Agência Brasileira de Inteligência.

Do encontro de duas horas e 55 minutos participaram, no dia 14 de agosto, em São Paulo, o delegado Protógenes Queiroz, o diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Roberto Ciciliatti Trocon Filho (considerado atualmente o segundo na hierarquia da PF) e integrantes da Superintendência da PF de São Paulo, além da própria equipe chefiada por Queiroz.

Risco de indiciamento

O delegado Protógenes Queiroz, o ministro Jorge Félix e o ex-diretor da Agin Paulo Lacerda podem ter indiciamento pedido pela CPI do Grampo por falso testemunho, devido aos depoimentos dados à comissão.

Na CPI, todos negaram que a Abin tenha participado de escutas na Operação Satiagraha.

Porém, as investigações indicam que ao menos 84 agentes da Agin estiveram envolvidos na operação Satyagraha.

Retorno

O delegado Protógenes Queiroz volta hoje ao Brasil, de viagem ao exterior, para se reunir com o advogado Luiz Fernando Ferreira Gallo, que atua para a Federação Nacional dos Delegados da PF.

Protógenes Queiroz já pediu à Justiça devolução de todos os seus bens - computadores, celulares e documentos - que foram apreendidos pela Polícia Federal nos autos do inquérito aberto para investigar vazamento da operação contra o banqueiro Daniel Dantas.

Protógenes sugere que a PF faça o espelhamento - cópia - dos discos rígidos e libere os equipamentos, levados pela força-tarefa da polícia quarta-feira da semana passada, por determinação judicial.

Tranca tudo

A defesa do delegado estuda requerer, pela via do habeas-corpus, o trancamento do inquérito que atribui a Protógenes pelo menos três crimes - quebra de sigilo funcional, violação do artigo 10 da Lei do Grampo e usurpação de função pública.

"O trancamento, sem dúvida, pode ser pleiteado pela via do remédio legal sempre que inexistem indícios de autoria e provas materiais do crime”.

O advogado já ingressou com dois habeas-corpus, um no Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região e outro perante a 7ª Vara Criminal Federal de São Paulo, que detém responsabilidade sobre o inquérito contra Protógenes.

Não Pode

A Justiça Federal proibiu a Abin de acompanhar a perícia da PF nos equipamentos da agência de inteligência apreendidos no Rio de Janeiro, durante o inquérito investiga o vazamento de informações sobre a Operação Satyagraha.

A medida é extensiva aos exames em celulares, mídias, HDs, pendrives e notebooks recolhidos com arapongas da agência e com o delegado Protógenes Queiroz.

Todos estão sob suspeita no inquérito que investiga o vazamento operação federal contra o banqueiro Daniel Dantas.

General desautorizado

A proibição foi decretada pelo juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

O juiz diz não admitir ingerências externas e políticas na investigação da PF.

O magistrado expediu na sexta-feira ofícios com sua decisão aos ministros Tarso Genro (Justiça) e Jorge Félix (Gabinete de Segurança Institucional).

A intervenção de Mazloum desautoriza o general Félix, que havia mandado escalar uma equipe de oficiais de inteligência para fiscalizar de perto a abertura de peças e documentos levados pela PF, sob alegação de que haveria material sigiloso não relacionado à investigação.

Caso Gilmar

Uma dessas apurações, sob o manto da clandestinidade, teria como alvo o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal.

O juiz Mazloum suspeita que no material retido pela PF possa estar o caminho para identificação dos arapongas que mantiveram Mendes sob vigilância.

O ministro foi vítima de grampo telefônico em conversa com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

Pimenta é refresco?

A OAB em São Paulo decide hoje se aceita ou não o pedido de registro de advogado do ilustre jornalista Pimenta Neves (ex-diretor de redação do jornal O Estado de São Paulo).

O bacharel se formou em direio há 35 anos, mas só solicitou seu registro de causídico em 2002.

A avaliação do caso seria apenas burocrática, não fosse Pimenta Neves condenado pelo assassinato de sua namorada, a também jornalista Sandra Gomide, em agosto de 2000.

Como o réu confesso está solto, tudo é mais uma prova de que pimenta no julgamento dos outros é refresco...

Esquerda festiva?

Nada menos 73 partidos comunistas já confirmaram sua presença no 10º Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários, em São Paulo.

A reunião dos camaradas ou companheiros será nos dias 21, 22 e 23 de Novembro.

Tudo com direito a um ato político aberto ao público, no dia 22, a partir das l8 h, na quadra dos bancários, Rua Tabatinguera, 192, vizinho à Praça da Sé, com show de MPB e tudo.

O anfitrião da reunião de PCs é o brasileiro PC do B, e tudo está no site oficial e no vermelho org.

Local secreto

O encontro em si, a discussão dos camaradas sobre o "laboratório político", não se sabe onde vai ser...

Por motivos de segurança, quem sabe, os organizadores não divulgam...

Certamente ocorrerá nos salões de convenção de um elegante hotel.

Apanhado

O chefe militar do grupo terrorista ETA, Garikoitz Aspiazu Rubina, conhecido como Txeroki, foi detido hoje de madrugada na localidade de Cauterets, nos Altos Pirineus franceses.

Txeroki, procurado número um das forças e dos corpos de segurança do Estado, e sua companheira estavam dormindo e armados no momento da detenção.

Txeroki foi um dos três terroristas da ETA que assassinaram os dois guardas-civis espanhóis Raúl Centeno e Fernando Trapero em 1º de dezembro de 2007, em Cap Breton, sudoeste da França.

Ilustre Anistiado

Quase meio século após ser deposto da Presidência da República pela dita-dura militar, João Merquior Marques Goulart recebeu anistia política.

A decisão foi tomada em julgamento da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça realizado no sábado passado.

A viúva do ex-presidente, Maria Teresa Goulart, também foi anistiada, e receberá pensão mensal no valor de R$ 5.425, valor que corresponde ao salário de um advogado sênior, em valores retroativos a 1999.

A comissão também determinou que seja paga a Maria Teresa uma indenização de 480 salários mínimos, respeitado o limite de RS 100 mil previsto em lei, por ter permanecido 15 anos no exílio.

Releia: Cabo Anselmo: “Mereço Justiça, não Justiçamento”

Enlouqueceu ou mentiu, doutor?

O ex-presidente cubano Fidel Castro "está muito bem de saúde" e "poderia voltar ao poder" na ilha.

Foi que garantiu o médico José Luis García Sabrido, o mesmo que o atendeu quando ficou gravemente doente em 2006.

O médico acredita que Fidel deseja voltar ao Governo cubano, que delegou a seu irmão o atual presidente de Cuba, Raúl Castro.

Super sigilo

Por razões de "sigilo médico", García Sabrido se negou a dizer de que tipo de doença sofre Fidel.

Apenas voltou a negar que se trate de câncer e deixou claro que o direito à privacidade do ex-presidente cubano deve ser respeitado.

"Hoje, Fidel está muito bem, tem uma vida normal e poderia voltar ao poder se desejasse. Não tem nenhum impedimento de ordem física ou médica".

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Novembro de 2008.

3 comentários:

Anônimo disse...

O livro do jornalista americano não aparece em nenhum comentário dos luminares da imprensa!... Incrível! Porém verdadeiro. Sabe-se tudo, mas nada acontece. Quem acusa é punido e vai prá cadeia!

Anônimo disse...

Professor Serrão... os pratos estão sobre a mesa com o pirão de ontem. Todos sabemos que debaixo do angú tem caroço, a dureza do caroço, a cor e o sabor amargo. A sua indicação para o engajamento na reforma política foi a melhor sugestão que li neste ano que finda. Este povo tem que mostrar seu valor!

Anônimo disse...

Esse médico do Fidel é maluco mesmo, dizer que o seu paciente não tem impdedimento de ordem médica, será que ele não ve que o Fidel é um louco e que deve ir para um tribunal internacional. Já começo a desconfiar da medicina de Cuba.