sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Rapidinhas Políticas

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Quem tem medo do inquérito?

As investigações conduzidas em sigilo pelo Ministério Público foram objeto de críticas ontem do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF):

Estamos no pior dos mundos a ensejar práticas incompatíveis com regras mínimas do Estado de Direito”.

Gilmar Mendes chegou a dizer que prefere "mil vezes o inquérito policial do que inquérito na gaveta do procurador".

Em palestra-debate na Câmara dos Deputados, Gilmar advertiu que o Supremo está julgando a possibilidade de o MP fazer ou não investigações, o que deve ser decidido ainda este ano.

Morde e assopra

Gilmar Mendes ressalvou que não estava omitindo opinião contrária a eventual possibilidade de investigação, lembrando que a decisão é do STF.

Apenas advertiu que, se ela ocorrer, que seja "à luz do dia":

Quando tem um inquérito policial, publica-se que há, e a partir daí a pessoa sabe que está é investigada, é intimada, tem direito inclusive a vista dos elementos que lá estão. Agora quando se diz que há uma investigação que corre no MP, quem sabe como se faz essa investigação, quais são as medidas? Na verdade parece uma investigação secreta e a gente sabe que investigação secreta não dá certo”.

Pedofilia escrota

Um ex-governador (casado e dois filhos), um deputado federal (casado e pai de três filhos) e um ex-deputado federal (evangélico, casado e dono de emissoras de rádio) podem ser denunciados pelo crime hediondo de pedofilia.

Os três são investigados secretamente pela Polícia Federal.

Será que o ministro Gilmar Mendes fez referência a casos “secretos” como este que o Alerta Total revelou ontem que está em fase de investigação sigilosa?

Máquina para denunciar

A Secretaria Especial dos Direitos Humanos, a Polícia Federal e a ONG SaferNet lançaram ontem a primeira hotline do País.

Trata-se de uma central unificada de denúncias de crimes virtuais contra os direitos humanos.

A central, equipada com um software fornecido pela polícia canadense e desenvolvido pela Microsoft, evitará o duplo registro da mesma ocorrência.

Investimento

O projeto custa R$ 528 mil por ano, financiados pela Petrobrás.

O acordo de cooperação terá validade de um ano, renováveis por mais dois.

A SaferNet colocou 16 analistas de sistema no trabalho de coleta e triagem dos queixas em sua sede, em Salvador.

Desatino do Greenhalgh

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) classificou de "desatino" o pedido de busca e apreensão feito pelo advogado e ex-deputado federal Luiz Eduardo Greenhalgh na casa de um jornalista de "O Estado de S.Paulo" para obtenção de documentos obtidos durante apuração de reportagem sobre a guerrilha do Araguaia.

A direção do Estadão avalia que a Justiça Federal não irá conceder o pedido, que já teve parecer contrário do Ministério Público Federal, devido ao flagrante desrespeito à Constituição, que assegura o sigilo da fonte jornalística.

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) informou que só se manifestará após decisão da Justiça no caso.

Desculpa esfarrapada

Greenhalgh negou ontem, por meio de nota, que tenha pedido busca e apreensão de documentos da "Guerrilha do Araguaia" na casa do repórter ou que desejasse a quebra do sigilo de fonte do jornalista.

Segundo o advogado e deputado petista, campeão em pedidos de indenizações das supostas “vítimas” da dita-dura, o objetivo de sua petição ao juiz da 1ª Vara Federal de Brasília (DF) era o de pedir que o repórter prestasse depoimento e apresentasse os documentos que lhe foram repassados por Sebastião Curió, um dos envolvidos na "Guerrilha do Araguaia".

Greenhalgh rejeita a crítica de que desejava atacar a liberdade de imprensa, ao pedir buscas na casa do jornalista.

Alemão no morro?

O chefão Lula da Silva visitará, quinta-feira que vem, o Morro do Alemão, no Rio de Janeiro.

Lula vem anunciar aquilo que o Ministério da Justiça vem chamando de “novo paradigma da Segurança Pública no Rio”.

A propaganda oficial vende o método da "polícia de proximidade", parceria entre o governo federal e as esferas de segurança do estado, que vai instalar "Territórios da Paz" em comunidades dominadas pelo “crime organizado”.

O projeto tem o objetivo de criar outra frente policial nas favelas, onde os agentes só entram para confrontos e saem deixando vítimas.

Guerra contra a Favorita

A Constituição veda a promoção pessoal de autoridades públicas (princípio da impessoalidade administrativa), principalmente em casos em que o agente se utiliza a estrutura e do cargo para projetar politicamente sua imagem.

Por isso, o DEM entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo que se apure indícios de improbidade administrativa ou crime de responsabilidade contra a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

O DEM quer saber se os manifestantes, ligados a entidades de cunho social, estudantil e sindical, foram deslocados de forma proposital ao Palácio do Planalto, ou se foram custeados os gastos com dinheiro público, para fazer a pré-promoção de Dilma como eventual candidata a sucessora de Lula.

Vai ficando...

Por cinco votos a dois, o Tribunal Superior Eleitoral concedeu liminar ontem garantindo a permanência do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), no cargo até o julgamento de novo recurso no próprio tribunal.

Cunha Lima foi cassado por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2006.

O governador fora condenado por distribuir cheques para cidadãos por meio de um programa assistencial mantido pela Fundação Ação Comunitária durante a campanha.

Pau nos pedófilos

A Polícia Federal identificou 117 pedófilos no Brasil, com base em informações de 3.261 perfis do Orkut entregues à CPI da Pedofilia em abril deste ano.

Para chegar até os acusados, foi necessária a quebra de sigilo de IPs (protocolos de Internet) de usuários nas operadoras de telefonia e nos provedores.

O número de investigados poderá aumentar, pois ainda falta a conclusão da triagem de 19.843 perfis repassados pelo Google Brasil.

O direito de matar?

O procurador Gilberto de Angelis e o advogado Pedro Lazarini Neto vão recorrer ao Supremo Tribunal Federal e ao Conselho Nacional de Justiça, pedindo a reforma da decisão unânime de 23 desembargadores do TJ paulista que absolveram o promotor Thales Ferri Schoedl da acusação de homicídio (12 tiros contra Diego Mendes Mondanez) e tentativa de homicídio (contra Felipe Siqueira Cunha de Souza).

O procurador de Angelis pretende derrubar a tese da “legítima defesa”, acatada elos desembargadores paulistas, usando o argumento de que é "odioso" que uma autoridade faça uso de arma funcional para resolver questões pessoais.

Thales só não foi a Júri Popular porque teve direito ao foro privilegiado do cargo de promotor.

Com um lobby poderoso a seu favor, ele foi reconduzido ao cargo graças a uma liminar concedida em outubro pelo ministro Carlos Alberto Direito, do STF.

Contra a “meia” de 40%

A União Nacional dos Estudantes sugeriu ao ministro da Cultura, Juca Ferreira, que a Casa da Moeda passe a emitir carteiras de estudantes como forma de acabar com o que considera derrame de documentos falsos.

A presidente da UNE, Lucia Stumpf, reclamou que a entidade é contra a proposta aprovada na Comissão de Educação e Cultura do Senado, nesta semana, que limita a 40% os ingressos para estudantes.

Ontem, integrantes da UNE se reuniram com o presidente Lula e com os ministros da Saúde, José Gomes Temporão, da Educação, Fernando Haddad, além de Juca.

Será que os estudantes beberam?

Na conversa, a presidente da UNE também defendeu que Lula demitisse o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e que o governo mude sua política econômica.

Os radicais estudantes também declararam, na reunião, que são favoráveis à legalização do aborto e a descriminalização das drogas e defenderam mais verbas para as universidades.

De acordo com Lucia Stumpf, o chefão Lula não se manifestou...

Quem não cumpre a lei seca?

O ministro da Justiça, Tarso Genro, reconheceu nesta quinta-feira que os estados e municípios brasileiros não estão preparados para o cumprimento da Lei 11.705, a chamada Lei Seca.

Tarso avalia que isso ocorre porque a medida é nova dentro da legislação brasileira:

“Como não há efetivamente esse preparo, o Ministério da Justiça está comprando 10 mil bafômetros. Os municípios e os estados, muitos deles, não compraram. Deviam comprar, deviam ter dinheiro para isso, porque essa é uma obrigação deles. Mas a licitação já está em andamento e vamos distribuir para todo o País”.

Tem gaiato sugerindo que ele comece a distribuição pelo Planalto, mas isso seria muito larryrothismo...

Pretexto para uma nova guerra

Em estado de sítio, a maior metrópole da Índia, Bombaim, virou palco de reféns do terror pelo segundo dia seguido.

Os ataques coordenados a ícones do coração financeiro e cinematográfico do país mataram 125 pessoas e feriram 327.

Pelo simbolismo, lembraram aos indianos os atentados dos 11 de Setembro nos EUA, em 2001.

Como os terroristas paquistaneses do “Mujahedin de Deccan” foram responsabilizados pelos atos, fica aberto o caminho para a eclosão de mais uma providencial guerra que pode colaborar para o pleno emprego de fatores econômicos, nos tempos bicudos de crise globalizada.

Leia abaixo as Rapidinhas Econômicas

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Novembro de 2008.

10 comentários:

Anônimo disse...

A vida segue e o mundo dá voltas.


Descabida a linha de raciocínio do brasileiro instruído do Centro-Sul nacional. Agora acontece uma catástrofe em Santa Catarina, e as arrecadações são recordes, o Lula já prontifica um bilhão de reais. Isso aconteceu lá uma vez em séculos, e a mídia mobiliza até quem não tem dinheiro. O sensacionalismo é tão grande, que chega a ser exploração da comoção social que o ser humano carrega geneticamente.

É uma tragédia, é sim. São pessoas, e ninguém merece isso. E precisam de ajuda. Mas vem a incoerência! Todo ano tem seca no nordeste e morre muito mais que 100 pessoas. Muito mais mesmo. Morre mais quem em guerras. Já as doenças de área tropicais matam inúmeras pessoas todos os dias no Norte. E os necessitados, pasmem, não recebem um bilhão de reais do Presidente da República. Aliás... Nem recebem campanhas que sensibilizam o sentimento humanitário do resto do Brasil sempre que precisam.

Pessoas do Nordeste, e principalmente do Norte, são desprezadas. A única garantia de envio de dinheiro para o Norte é o Senado Federal, que os coloca em pé de igualdade com os outros estados da Federação (três membros para cada estado). E a OAB-SP quer acabar com o Senado, deixando assim apenas a Câmara dos Deputados que representa os maiores. Democracia para que, já que o prazeroso é Poder quase ilimitado sobre os demais?

E se não fosse a Amazônia, o Governo representando uma boa parte da população, talvez, já teria doado o território acima de Goiás para a ONU, e vendido o Nordeste para o Japão. Pois como dizem alguns sulistas "trabalhamos e pagamos impostos para sustentar o resto".

Entretanto, quem é resto hoje, tem pleno e notório potencial para ser "o bom" nos próximos séculos. O jogo inverte. E pode acontecer de, à época, lá no fim do mundo (como chamam, termo preconceituoso, a região da Linha do Equador), não ter um Governo local sensato a ponto de ter piedade de quem precisar (de água talvez?). Não ter piedade de quem os abandonou quando precisaram porque o Sul era "bonito e simpático" e o Norte não era nada além de "feio e atrasado" com todas aquelas suas mortes por seca, fome e diarréia. Parabéns, força e ajuda, agora sim, aos verdadeiros sobreviventes no país da desigualdade: o “resto”.

Anônimo disse...

NORDESTE - LINHA DE RACIOCINIO EQUIVOCADA.

Totalmente equivocada a linha de raciocinio do amigo que escreveu acima sobre o pretenso "esquecimento" do Nordeste.

O amigo diz que as pessoas do Norte e Nordeste são desprezadas. É só ver o volume de dinheiro, via os Bolsas-Famílias da vida que são enviados ao Norte/Nordeste.

É só ver, por exemplo, o volume de impostos que é arrecadado no Sudeste/Sul, encaminhado à Brasilia e que não voltam (via serviços e obras) aos Estados onde foram arrecadados. A maior parte dessa grana vai para o Nordeste/Norte, porque o peso político do Norte/Nordeste no Congresso é preponderante.
O pessoal do Norte/Nordeste deveria é se preocupar em não vender seu voto por um Bolsa-Família, elegendo picaretas, vagabundos e corruPTos....

Marcos Paulo - SP

Anônimo disse...

GRANNDDEE BAKUNIN!!!

Lula confirma Bakunin

Somente depois de 5 dias de enorme sofrimento no Estado de Santa Catarina, é que o presidente dos PaTetas decidiu ver "in loco" o tamanho da tragédia. Me fez lembrar Mikhail Aleksandrovitch Bakunin (1814-1876) - "Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada. Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários. Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e por-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo. Quem duvida disso não conhece a natureza humana."

Marcos Paulo - SP

Anônimo disse...

OU É ENCHENTE OU É UM MONTE DE GENTE.

Ou é enchente ou um monte de gente

As estradas de Santa Catarina continuam fechadas em razão das enchentes e da calamidade. As estradas da Paraíba também ficaram fechadas ontem, mas neste caso foi um monte de gente. Mais especificamente, um monte de sem terras, já que o MST bloqueou trechos de cinco rodovias por lá para pedir maior agilidade no processo de assentamentos e exigir o cumprimento de metas que, de acordo com o Incra, nunca foram discutidas ou prometidas. Uma reunião na sede do Incra em João Pessoa terminou o bloqueio. Mas o MST é mesmo uma enchente, talvez ainda mais difícil de resolver do que as de Santa Catarina.

Marcos Paulo - SP

Anônimo disse...

ZÉ DIRCEU FOI AGENTE DUPLO???

Do blog "Trem Azul"

27/11/2008 23:48
dirceu, dirceu...


Uma infâmia, como diz Dirceu? Não, um livro. O título é “Sem vestígio” e conta histórias que se passaram justamente nos ditos “anos de chumbo”, dos quais a esquerda festiva faz, há tanto tempo, espuma para que sejam abertos os “arquivos”. Essa “vontade doida” de abrir arquivo parace que vai acabar sendo saciada. Se não pelos “arquivos” que os governos não abriram nos últimos quarenta anos, pelos depoimentos, confissões documentos que vão boiando. Neste governo petista, que está no comando do país há seis anos e não mandou, diga-se, abrir nada. Por que será?

Mas o livro, o auê da hora, conta sobre um agente secreto do Centro de Informação do Exército, de apelido “Carioca”. Os originais do diário foram entregues à autora do livro após a morte do agente, conforme instruções deixadas por ele próprio. Ela não lhe revela o nome verdadeiro. Mas a inteligêntsia petista certamente sabe.

Tais Moraes

Nas anotações do agente estão informações entre as quais a de que José Dirceu foi um agente duplo, responsável pela morte de vários terroristas do Molipo um bando do qual, note-se, fazia parte a nossa ministra Dilma Vânia, candidata do Lula.

Diz o livro que pelas notas de Carioca, pelos depoimentos de alguns militares e as memórias do coronel Lício Augusto Maciel, “naqueles idos, major”, o Daniel (codinome de José Dirceu) teria sido o agente duplo e, antes de morrer, Jeová de Assis Gomes, terrorista do bando informara esse nome como o de quem havia traído o Molipo.

O coronel Lício é aquele que tempos atrás esteve no Congresso, falando no plenário, dirigindo-se assim a José Genoíno, que ele prendeu no Araguaia, passeando na floresta: “Genoíno, você está aí, está me escutando? Eu estou sem o óculos para você ver meus olhos.” E continuou, dizendo que não lhe encostou a mão, mas que devia tê-lo feito. E contou da cena do bando de Genoíno cortando os dedos, das mãos, depois dos pés e depois esfaqueando um jovem local, acusado de colaborar com o exército. Servir de mateiro para os soldados. Na frente de sua casa, na presença da mãe, pai, irmãos e vizinhos.

Voltando ao Dirceu, pairam há muito certas desconfianças sobre sua ação, inclusive sobre sua atuação junto ao bando de 28 que fizeram curso de "guerrilha" em Cuba. Vinte e seis deles foram mortos logo que voltaram, sobrando Dirceu e uma tal Ana Cobisier.

Podem anotar que a história sobre essa tal “luta armada” não será mais contada à maneira petista. Que era contra a ditadura militar. Era nada. Era a favor da ditadura do proletariado, da mudança do regime capitalista para o comunista. Foram mortos, torturados e trucidados pela repressão. Mataram, torturaram e trucidaram também. E querem anistia e grana de indenização só para eles.

Um desses terroristas da "luta armada", hoje quase sessentão, chamado Carlos Eugênio, de codinome "Clemente" fez o seguinte, contado pelo jornalista Augusto Nunes no Jornal do Brasil recentemente:

"Montou o tribunal que aprovou a condenação à morte e ajudou a executar a sentença no fim da tarde de dia 23 de março de 1971, no centro de São Paulo. Antes de sair para o encontro com a morte, o jovem que iria morrer escreveu que "nada o impediria de continuar combatendo". Não imaginava que seria impedido por oito tiros.

O assassino quase sessentão admite que o crime foi um erro, mas não se arrepende do que fez. Na guerra, essas coisas acontecem, explica o justiceiro impiedoso. Depois do crime, ele se tornou muito respeitado pelos companheiros, que o conheciam pelo codinome: Clemente."

Respondeu o seguinte o terrorista, em artigo publicado nesta semana no Observatório da Imprensa:

"Estou cagando para a humanidade dele ( do cumpanhêro justiçado). Quero saber do Paulo de Tarso Celestino, do Luiz Almeida Araújo, da Eleni Guariba, do Alex, do Iuri, da Lola, da Gastone, do Luiz Afonso, do Aldo Sá Brito (poeta), do Marighella, do Toledo, do Lamarca, da Yara, da Sônia, da Ana Nacinovic e de todos os outros, nossos pares. E se não tomarmos uma posição firme, logo-logo ele será anistiado. - " Carlos Eugênio – Clemente, com muita honra e orgulho"

Pois é. Mas esses comunistas irão ficar quietos, podem apostar. Está em jogo a bufa que ganham de indenização do Estado brasileiro pela"luta armada".

Anônimo disse...

Bom, não é para polemizar, não escrevi esse artigo, porém todo nortista ou nordestino que se preze não concorda com essa bolsa esmola que escraviza e encurrala nossa gente, isso é um dinheiro amaldiçoado, que, como dizia Luiz Gonzaga: Ou lhe mata de vergonha Ou vicia o cidadão, a verdade é que, quando a midia quer, ela faz, disfaz, dramatiza, aumenta, inventa, comove e muita gente sai lucrando com a desgraça de nosso povo, que tanto faz ser do norte ou do sul, o que falta no nosso país é uma fórmula que faça com que todo politico que alcance o poder não mude, resista as forças do mal que fazem com que nem um politico seja o mesmo depois de eleito.

Anônimo disse...

Concordo com o anonimo que fez o comentario de 6:28 am.

Realmente os nordestinos e principalmente os nortistas são considerados as escórias da população brasileira, só para ter um exemplo, tamanho é o desprezo do presidente lula pelo norte, que este ao menos sequer já pisou seus pés em roraima...mas ká entre nós, ( graças a deus), não fazemos questão da presença dele, uma vez que em roraima , para quem não recorda, foi o estado em que ele rebebeu menos voto.

Bom, amigos, é sabido da parte de todos que o Governo Federal doa , faz cabide eleitoral com essas chamadas bolsas esmolas, bolsas misérias, bolsa corno, bolsa puta, bolsa travesti, acho que daqui uns dias vai ter até a bolsa pedófilo, de tão escacanrado e falta de vergonha que está este país....infelizmente.

Infelizmente é assim minha gente, quando a mídia quer ela sabe fazer terrorismo.

Sinto muito por essas pessoas que perderam seus entes queridos, mas vejam só vocês:

1º) o pessoal do sul vive dizendo que quer se separar do resto do Brasil;

2º) eles se acham superiores, se acham o máximo;

3º) São preconceituosos.

Esses três itens citados acima eu digo basaeado no que sempre passou a mídia.


É claro pessoal, que em todo lugar tem suas excessões, claro que no sul, bem como em Santa Catarina tem gente boa, muito honesta, simples humilde e trabalhadora.


Só quero dizer com isso que não vamos ser hipócritas e dizer que o pessoal do sul é um bando de coitadinhos, pois o governo de estado deles recebem muitas verbas orçamentárias. Cade o Plano plurianual ? Cade a LDO ? Não tem planejamento para essa gente?


Eles não querem se separar do Brasil, então porque agora estão pedindo ajuda? Pensem nisso minha gente, deixem de ser hipócritas!

Nem o sul, nem o sudeste e o centro-oeste é melhor que ninguém não, todos nós somos brasileiros e estamos na mesma barca furada, enquato estivermos votando sem conciência é assim que vai ser.

Anônimo disse...

Tem muita gente que tem inveja do nosso Presidente da república Federativa do Brasil, pois o mesmo mal estudou e é o que é.

Enquanto tem outros ae que se matam de estudar e não passam de um merdinha na vida, ganhado pouco mais de uns míseros mil raais por mes.

Quem manda estudar? Mas é burro!

Não souberam ter inteligencia para vencer na vida, para driblar as coisas.

O Lula dá um aula-show em muito doutor que tem por ae.

é tete a tete !!!

Lula sim, é um homem sábio, íntegro, batalhador.

Prarabéns presidente pela sábia sabedoria.

Morraaaaaam de inveja!

Morraaammmm.

Cuidado, a inveja mata e dar dor de barriga.
rsrsrs

Anônimo disse...

Eu penso que essa história de concurso deveria não existir.

Pra que? Se hoje o que vale é ser um bom puxa saco´_se homem; se mulher tem quer ter um belo de um bumbum, daqueles bem grande e redondo.

Concordam ?

Estudar pra que?

Anônimo disse...

Tinha que aparecer um petista pra fazer apologia a ignorância do bicó-mão-de-gatuno, claro estudar pra que?! Se pra roubar não precisa estudar; é cheio de aposentadorias e até indenização por ser um terroritsa fracassado que tem como ídolos Fidel "el matador" Castro e Hernesto Che-Guevara, outro assasino covarde, e se aposentou por não saber nem operar um torno mecânico, para o qual deve ter conseguido um certificado de torneiro sabe-se lá como, quando foi deputado federal, ajudou os outros deputados a não fazerem nada, e agora vem esse mama-nas-tetas defender a ignorância a rapinagem e a impunidade, é meu caro, pra maracutais não precisa estudar mesmo, e nisso ele dá aula-show, voce tem razão. O que é para ele saber, diz que não sabe, e diz que sabe o que não sabe, deu prá entender? Esse é o nosso presidente.

Obs.
Tem gente que prcisa tomar aquela famosa cachaça do Paraná, que foi citada aqui em postagem anterior.