quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Pizza: Recurso judicial pode bloquear inquérito da Satyagraha e suspender ação penal contra Daniel Dantas

Edição de Quarta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


Advogados de Daniel Valente Dantas pediram à Justiça bloqueio do inquérito da Polícia Federal e suspensão da ação penal contra o banqueiro. A defesa justifica o pedido alegando a participação ilegal de agentes da Abin na Operação Satyagraha. È grande o risco de o Tribunal Regional Federal da 3ª Região acatar o generoso pedido para que DVD não sente na vara.

Ontem, os procuradores da República Rodrigo de Grandis e Anamara Osório pediram a condenação do banqueiro Daniel Dantas por corrupção ativa. Dantas é acusado de tentar subornar com US$ 1 milhão um delegado da Polícia Federal em troca do engavetamento da Satyagraha. A pena para tal crime, prevê o artigo 333 do Código Penal, vai de 2 anos a 12 de reclusão.

Além de Dantas, os procuradores federais pedem condenação do ex-presidente da Brasil Telecom Humberto José da Rocha Braz e do lobista Hugo Chicaroni, supostos emissários do banqueiro na abordagem do delegado da PF Victor Hugo Rodrigues Alves, braço direito do delegado Protógenes Queiroz, mentor da operação.

A base da acusação é a ação controlada que a PF fez, sob autorização judicial, para reunir provas dos movimentos de Chicaroni e Braz. Os procuradores repudiam a tese da defesa sobre flagrante preparado. A ação penal contra Dantas poderá ter seu desfecho dia 19, prazo final para que a defesa dos réus apresente também suas alegações finais ao juiz Fausto Martin De Sanctis, titular da 6ª Vara.

Propina descrita

No capítulo 37 do memorial do MP, os procuradores transcrevem interrogatório de Chicaroni, na PF.

Ele confessou ter contatado o delegado Protógenes a fim de descobrir informações sobre a investigação, bem como ofereceu propina ao delegado Victor Hugo no encontro realizado dia 18 de junho no restaurante El Tranvia, no valor de R$ 50 mil.

Segundo os procuradores, o dinheiro "foi disponibilizado por Dantas para obter informações sobre o procedimento sigiloso que tramitava perante a 6ª Vara e, posteriormente, criar obstáculos para as investigações".

Conta do chá

Na residência do lobista, os federais apreenderam mais de R$ 1 milhão.

Ele afirmou que, desse montante, R$ 865 mil "recebeu de pessoas ligadas ao Opportunity".

Declarou que pagou ao delegado "um total de R$ 130 mil".

Vai e vem

Na primeira audiência na Justiça, Chicaroni confirmou o que dissera à PF.

Mas, em nova audiência judicial, recuou.

E ainda acusou o delegado de ter exigido propina para excluir Dantas da investigação.

Leia também abaixo as Rapidinhas Políticas e as Rapidinhas Econômicas

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 12 de Novembro de 2008.

5 comentários:

Anônimo disse...

Saudações Serrão.

Quanto mais mexer neste angu, mais vai aparecer o caroço.
Então, para o bem de todos e felicidade geral da nação, é preciso dizer que a podridão está espalhada em todas as partes do poder.
Nada, mais nada mesmo, escapa da corrupção, da propina, do jogo do poder na Ilha da Fantasia (Brasília).
Agora, é melhor atacar e destruir por completo o mentor de tudo isso: o famoso baiano amigo do rei, que por meios conhecidos e desconhecidos, fez-se na sombra do poder.
Por ora, o fedor é extremo...E para limpá-lo só fazendo uma faxina geral.

Parabéns e meus respeitos sempre.

Anônimo disse...

www.coturnonoturno.blogspot.com

Quarta-feira, Novembro 12, 2008


Ouçam os verdadeiros brasileiros.

Façam uma pesquisa. Perguntem aos brasileiros se eles estão preocupados em rever a Lei da Anistia. Não estão. Estão preocupados é com a corrupção que grassa dentro deste governo. Com a fome. O desemprego. A saúde falida. A ausência de oportunidades. A roubalheira dos políticos. Perguntem aos brasileiros o que eles acham mais grave: os atos de terrorismo praticados por comunistas a soldo de outros países ou a repressão militar contra os guerrilheiros que queriam implantar a ditadura do proletariado no Brasil. Tem muito vagabundo falando em nome do Brasil. Tem muito safado que pegou em armas contra a bandeira do país querendo enganar, novamente, o povo brasileiro. Façam uma pesquisa. Perguntem se o povo concorda com as indenizações e pensões pagas para a maioria dos beneficiados por esta indústria criada pela esquerda para remunerar camaradas e companheiros. Por que as FFAA não tomam a iniciativa e fazem esta pesquisa? Será que não podem juntar R$ 200 mil e acabar com esta farsa? Chamem o Ibope, o Vox Populi, o Datafolha. Paguem para ver. Esfreguem na cara desta quadrilha o pensamento do povo brasileiro, que tem no exército a instituição mais respeitada, muito acima das ONGs entreguistas, da Igreja vermelha e dos políticos demagogos e corruptos que, em meio à lama das suas biografias, tentam condenar patriotas por defenderem o Brasil.

Marcílio Duarte disse...

Prof. Serrão,

Ótimo o artigo. Sugiro você criar um RSS Feed para o seu blog, assim eu posso receber atualizações diretamente no meu Google Reader. Demorou, né?

[]s!

Uniblab disse...

Prezado Marcelo

O blog tem feeds RSS e Atom, porém não há links pra eles no site. O agregador que uso para ler o feed (extensão Sage do Firefox) os identifica automaticamente.

Uniblab disse...

Ops...

Marcílio.