domingo, 21 de março de 2010

Nota sobre a privatização do BANESPA

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Adriano Benayon

O Santander é um banco com sede oficial na Espanha, originário da região basca, controlado pelo Bank of Scotland e, portanto, associado ao grupo Inter Alpha, dirigido pela família real britânica. A mesma que faz arrancar do território brasileiro as zonas mais ricas em minérios do mundo, situadas em Roraima e outros estados do norte, a pretexto de serem áreas indígenas.

O Santander é o banco com maiores problemas na Espanha, e os prejuízos dele agravam a crise da City de Londres, onde, proporcionalmente, as intervenções com dinheiro dos contribuintes para salvar bancos que deveriam falir, superam as efetuadas nos EUA.

O Santander, que paga as palestras de FHC aqui e no exterior, foi o beneficiário da escandalosa privatização com a qual a União transferiu a propriedade do BANESPA, o maior banco estadual do mundo, àquele braço da oligarquia financeira mundial. O mesmo Santander comprou as operações do ABN-AMRO (holandês), que adquirira, há tempos, o Banco Real, no Brasil.

Sob FHC, a União entregou o BANESPA ao Santander nas condições mais vergonhosas que se possa imaginar, depois de o ter federalizado e de nele gastar mais de 20 bilhões de reais em pretenso “saneamento”. As privatizações dos bancos estaduais envolveram empréstimos do Tesouro Nacional aos tesouros estaduais através do Banco Central e do Programa Especial de Reestruturação dos Bancos Estaduais (PROES).

Essas operações até 2000 custaram cerca de US$ 48 bilhões (6% do PIB da época), e os empréstimos não foram pagos, a não ser na parte convertida em dívida dos estados com a União, ficando, de qualquer forma, o prejuízo para o erário público. Não bastasse isso, o BANESPA, além de recursos em caixa, e de fabuloso patrimônio, tinha créditos fiscais a receber de R$ 2,9 bilhões.
No final de 2000, sob os ridículos pretextos de que “graves lesões às ordens econômica e pública" poderiam resultar da suspensão e de que a avaliação do BANESPA estaria correta, o ministro Carlos Velloso, então presidente do STF, cassou as liminares que suspendiam a privatização, não obstante grosseiras inconstitucionalidades e irregularidades, inclusive o preço mínimo para o controle absurdamente subestimado. Os avaliadores foram o Banco Fator, laranja de bancos estrangeiros, e o Consórcio Booz-Allen, empresa de consultoria norte-americana.

O preço foi R$ 1,85 bilhão, equivalente hoje ao lucro em quatro meses. Ademais, os regulamentos das privatizações permitem o pagamento em títulos podres. Houve ágio inusitado de 281%, mas os “compradores” recebem créditos fiscais em quantia equivalente ao ágio.

Adriano Benayon é Doutor em Economia. Autor de “Globalização versus Desenvolvimento”, editora Escrituras. abenayon@brturbo.com.br

5 comentários:

Anônimo disse...

É interessante saber que o próprio "santander" tem um testa de ferro a mando do banco inglês, porém, independente daquela situação, os títulos garantidores do passivo trabalhista, atribuidos aos aposentados do Banespa, também foram remetidos aos cofres do grupo comprador por simples golpe de caneta.

Anônimo disse...

Almerindo de Oliveira-Campo Grande-MS.Aposentado do Banespa
Anônimo meu caro,no Brasil um golpe de caneta mata mais que nos morros do Rio. Matavam de fome grande parte dos miseráveis Brasileiros,desempregavam grande parte de metalúrgico, pedreiros, eletricistas, pintores, engenheiros,etc., tudo a peso da tinta da caneta.O País não poderia crescer pois,faltaria energia, causaria inflação pelo aumento do consummo,tudo na base da caneta. Vem aí um apedeuta com sua equipe e prova o contrário. Não paremos só no Banespa. Aquela quadrilha instalada pelo FHC está aí.O que não temos mais, é a Engesa, Embraer, Diversos Bancos Estaduais,Vale do Rio Doce, Grande parte da Malha Ferroviária, porém, temos um exércitos de Aposentados do Banespa (14.000)brigando pelos seus direitos na morosa justiça,onde mais de dois mil aposentados já se foram para a outra mesmo surrupiados pelo Santander num golpe de caneta pelos donos do poder na época da impatriótica privatização.Caneta também mata, gera fome e fomenta o nojo por políticos que vendem a Pátria e trai um povo trabalhador. Temos que serrar fileiras contra, e não deixar que os aprendizes do quadrileiro FHC usem a caneta. Repito, ela mata muitos mais.

Anônimo disse...

Encaminhei este documento abaixo,quando como funcionário do Banespa lutava contra a sua privatização

ASSUNTO: O PATRIMÔNIO DO BANESPA É DE 28 BILHÕES.


ILUSTRE DEPUTADO, QUE DEUS ,TODO PODEROSO,VENHA ABENÇOAR SEMPRE OS SEUS ATOS COMO LEGISLADOR E REPRESENTANTE DESSE POVO TÃO SOFRIDO.
QUERO LEMBRA-LO QUE O BANESPA POSSUI UM PATRIMÔNIO DE 28 BILHÕES DE REAIS, É O SEXTO BANCO DO PAÍS, TEM SIDO O RESPONSÁVEL POR MAIS DE 40% DO CRÉDITO AGRÍCOLA ,FINANCIADOR DIRETO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS, SOB AS DIRETRIZES DA SUA HISTÓRIA TEM CONSTRUIDO ESTRADAS, HOSPITAIS , ESTAÇÕES DO METRÔ. A VISÃO FOMENTADORA DO BANESPA PASSA PELO PATROCÍNIO DO ESPORTE NACIONAL COMO DO CINEMA BRASILEIR0

O LUCRO DO BANESPA,ATÉ SETEMBRO/2000 FOI DE QUASE 700 MILHÕES DE REAIS !!!.A PROJEÇÃO ATÉ DEZEMBRO/2000 É DE 850 MILHOES DE REAIS !!!!

A CONSTITUIÇÃO DE SÃO PAULO TEM SIDO PISOTEADA,POIS NO SEU ARTIGO 173 PRESCREVE QUE O BANESPA É UM AGENTE FOMENTADOR DO PROGRESSO DE SÃO PAULO. UMA CONSTITUIÇÃO PODE SER DESCUMPRIDA??? QUE GARANTIAS TENHO, COMO TAMBÉM OS MEUS FILHOS, SOBRE O VALOR DAS LEIS??. COMO PODEREI ENSINA-LOS SOBRE A ÉTICA DIANTE DESSE QUADRO???

TENHO FICADO INDIGNADO COM ESSE GOVERNO (ESTADUAL/FEDERAL) QUE CRIA LEIS PROVISÓRIAS (LP-1984) PARA GARANTIR A ”JUSTIÇA” SEGUNDO A SUA VISÃO POLÍTICA IDEOLÓGICA. A DEMOCRACIA PODERÁ TER SUSTENTAÇÃO COM O MALABARISMO DAS LEIS SEGUNDO A CONVENIÊNCIA DE QUEM GOVERNA???

A AVALIAÇÃO DO PREÇO DO BANESPA NO EDITAL DE PRIVATIZAÇÃO É ALGO VERGONHOSO. QUALQUER SÍMEO COM O PRIMEIRO GRAU CONCLUIDO POR CORRESPONDÊNCIA SABE QUE COM O LUCRO PROJETADO DO BANCO ,EM UM ANO E MEIO ( COM O FREIO DE MÃO ACIONADO) CHEGA-SE AO VALOR MÍNIMO ESTIPULADO PELO BANCO CENTRAL!.

NÃO SERIA ESSE TIPO DE COMPORTAMENTO IMORAL NO TRATO COM O PATRIMÔNIO PÚBLICO ???

DIANTE DESSE QUADRO, SOLICITO A VOSSA EXCELÊNCIA UM COMPROMETIMENTO EMPENHADO PELA VOTAÇÃO DA PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL NÚMERO 4 (PEC-4) PARA INTRODUZIRMOS NA HISTÓRIA DO BRASIL UM NOVO MODELO DE GERENCIAMENTO ( BANCO PÚBLICO ), COMO TAMBÉM CONCLAMO O NOBRE E ILUSTRE DEPUTADO A VOTAR FAVORÁVEL A APLICAÇÃO DA LEI SOBRE A CONSULTA POPULAR SOBRE O DESTINO DO BANESPA, O ENTITULADO PLEBISCITO.

QUE DEUS PAI O ILUMINE!!,
JOÃO SILVIO VELOSO
CIDADÃO BRASILEIRO
SÃO PAULO, 26/10/00

joao silvio veloso disse...

Encaminhei este documento abaixo,quando como funcionário do Banespa lutava contra a sua privatização.

ASSUNTO: O PATRIMÔNIO DO BANESPA É DE 28 BILHÕES.


ILUSTRE DEPUTADO, QUE DEUS ,TODO PODEROSO,VENHA ABENÇOAR SEMPRE OS SEUS ATOS COMO LEGISLADOR E REPRESENTANTE DESSE POVO TÃO SOFRIDO.
QUERO LEMBRA-LO QUE O BANESPA POSSUI UM PATRIMÔNIO DE 28 BILHÕES DE REAIS, É O SEXTO BANCO DO PAÍS, TEM SIDO O RESPONSÁVEL POR MAIS DE 40% DO CRÉDITO AGRÍCOLA ,FINANCIADOR DIRETO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS, SOB AS DIRETRIZES DA SUA HISTÓRIA TEM CONSTRUIDO ESTRADAS, HOSPITAIS , ESTAÇÕES DO METRÔ. A VISÃO FOMENTADORA DO BANESPA PASSA PELO PATROCÍNIO DO ESPORTE NACIONAL COMO DO CINEMA BRASILEIR0

O LUCRO DO BANESPA,ATÉ SETEMBRO/2000 FOI DE QUASE 700 MILHÕES DE REAIS !!!.A PROJEÇÃO ATÉ DEZEMBRO/2000 É DE 850 MILHOES DE REAIS !!!!

A CONSTITUIÇÃO DE SÃO PAULO TEM SIDO PISOTEADA,POIS NO SEU ARTIGO 173 PRESCREVE QUE O BANESPA É UM AGENTE FOMENTADOR DO PROGRESSO DE SÃO PAULO. UMA CONSTITUIÇÃO PODE SER DESCUMPRIDA??? QUE GARANTIAS TENHO, COMO TAMBÉM OS MEUS FILHOS, SOBRE O VALOR DAS LEIS??. COMO PODEREI ENSINA-LOS SOBRE A ÉTICA DIANTE DESSE QUADRO???

TENHO FICADO INDIGNADO COM ESSE GOVERNO (ESTADUAL/FEDERAL) QUE CRIA LEIS PROVISÓRIAS (LP-1984) PARA GARANTIR A ”JUSTIÇA” SEGUNDO A SUA VISÃO POLÍTICA IDEOLÓGICA. A DEMOCRACIA PODERÁ TER SUSTENTAÇÃO COM O MALABARISMO DAS LEIS SEGUNDO A CONVENIÊNCIA DE QUEM GOVERNA???

A AVALIAÇÃO DO PREÇO DO BANESPA NO EDITAL DE PRIVATIZAÇÃO É ALGO VERGONHOSO. QUALQUER SÍMEO COM O PRIMEIRO GRAU CONCLUIDO POR CORRESPONDÊNCIA SABE QUE COM O LUCRO PROJETADO DO BANCO ,EM UM ANO E MEIO ( COM O FREIO DE MÃO ACIONADO) CHEGA-SE AO VALOR MÍNIMO ESTIPULADO PELO BANCO CENTRAL!.

NÃO SERIA ESSE TIPO DE COMPORTAMENTO IMORAL NO TRATO COM O PATRIMÔNIO PÚBLICO ???

DIANTE DESSE QUADRO, SOLICITO A VOSSA EXCELÊNCIA UM COMPROMETIMENTO EMPENHADO PELA VOTAÇÃO DA PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL NÚMERO 4 (PEC-4) PARA INTRODUZIRMOS NA HISTÓRIA DO BRASIL UM NOVO MODELO DE GERENCIAMENTO ( BANCO PÚBLICO ), COMO TAMBÉM CONCLAMO O NOBRE E ILUSTRE DEPUTADO A VOTAR FAVORÁVEL A APLICAÇÃO DA LEI SOBRE A CONSULTA POPULAR SOBRE O DESTINO DO BANESPA, O ENTITULADO PLEBISCITO.

QUE DEUS PAI O ILUMINE!!,
JOÃO SILVIO VELOSO
CIDADÃO BRASILEIRO
SÃO PAULO, 26/10/00

Anônimo disse...

Eu gostaria de saber se a privatização do BANESPA em especial contou com empréstimos do Tesouro Nacional... obrigada.