sexta-feira, 23 de julho de 2010

Exército pode agir na Amazônia, e PF investiga ligação entre milícia indígena e Farc com quem o PT nega aliança

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net (atualizado nesta Sexta)

Por Jorge Serrão


Alem do risco de conflito armado entre Venezuela e Colômbia, uma crise militar interna, muito mais grave, está pronta para ser detonada na Amazônia. O Comando Militar da Amazônia pode acionar tropas, a qualquer momento, para desarmar uma milícia indígena. A ação tem respaldo já que o Exército tem a obrigação constitucional de Garantia da Lei e da Ordem em áreas de demarcação indígena.

Florêncio Mesquita, do Portal Amazônia, denuncia que a Polícia Federal investiga possíveis abusos de violência, invasão à residências, prisões ilegais, tortura e até homicídios praticados pela milícia indígena autointitulada “Polícia Indígena do Alto Solimões (Piasol)”. A PF também investiga uma suposta ligação dos indígenas com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que já estão no fogo lento do debate na sucessão presidencial, pelas ligações do PT com o Foro de São Paulo, organismo que simpatiza com os narcoguerrilheiros colombianos.

O Comando Militar da Amazônia deveria intervir neste caos institucional, independentemente da vontade do Palácio do Planalto ou do Ministério da Defesa – cujos “comandantes-em-chefia” são defensores da autonomia das “nações indígenas”, proibindo as forças armadas de lá atuarem.

Como surgiu?

O superintendente da PF no Amazonas, delegado Sérgio Fontes, denuncia que que a Piasol é uma organização paramilitar formada por ex-integrantes do Exército Brasileiro.

Os reservistas indígenas estariam usando o treinamento adquirido nos quartéis para se impor como autoridade policial.

Os crimes cometidos pela milícia estariam ocorrendo nas aldeias de Umariaçu e Filadélfia da etnia Ticuna, na fronteira entre Brasil e Peru.

Milícia, sim

O superintendente da PF no Amazonas ressalta que a Piasol só pode ser definida, tecnicamente, como uma milícia, fora da lei:

A Policia Federal não aceita essa organização que no nosso ponto de vista é paramilitar. Eles criaram o Estatuto Único da Polícia Indígena do Alto Solimões que é basicamente a cópia de um estatuto militar. Esse documento descreve as denominações das patentes, promoções e crimes dos indígenas militares. Eles têm coronel, soldado, sargento, deserção e tropa, todos itens e nomenclaturas do Exército. Como dizer que essa organização não é paramilitar?”.

O superintendente informou que os indígenas da Piasol andam uniformizados com calças do Exército e camisas da cor preta, com símbolo da organização.

Armamento alternativo

Em vez de armas de fogo, os indígenas usam facão e tonfa (tipo de bastão semelhante ao cacetete usado pela Polícia).

O delegado Fontes adverte que a PF não tem como saber quantos dias os indígenas deixam as pessoas presas sem julgamento ou quantos lares eles invadem sem autorização:

"A Piasol é uma organização sem controle. Só quem faz o uso legítimo da força em uma democracia é o Estado. Como vamos permitir que uma entidade sem nenhum amparo legal possa também fazer uso da força e forma de descontrolada?".

Funai impotente

A Fundação Nacional do Índio (FUNAI) também considera a Piasol uma organização ilegal.

O coordenador regional da Funai no Amazonas, Odinei Rodrigues Haldin, também não concorda com existência da milícia, bem como, qualquer postura violenta adotada pela organização.

Odinei alega que a Fundação Nacional do Índio não tem como controlar a ação da Piasol apesar de defender os interesses das terras, costumes e culturas indígenas.

Justificativa

Os índios alegam que a Piasol foi criada para combater o consumo de álcool e o tráfico de drogas nas aldeias.

Mas o material apreendido, assim como as pessoas presas pela milícia, nunca foram apresentados à PF.

Na verdade, o tal “exército paralelo” é apenas um movimento estratégico para legitimar, no futuro, uma “nação indígena independente do Brasil”, como defendem ONGs estrangeiras e a Oligarquia Financeira Transnacional.

Sobre ataques a nossa soberania como esses, leia, abaixo, o artigo de Arlindo Montenegro: Ação contra o crime ideologicamente organizado

PT verde oliva

Como o Alerta Total já havia antecipado aos leitores no distante ano de 2006, o movimento organizado por capitães do Exército ganharia força em âmbito nacional.

Iniciado na Escola de Aperfeiçoamento de oficiais - EsAO, alguns capitães se articulam para formar uma bancada de militares no Congresso Nacional, sob o lema: “A Força da Juventude Militar”.

O movimento é encabeçado por dois capitães da ativa do Exército: Almeida Junior e Luís Fernando, respectivamente pelos estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

O que causou surpresa no meio militar é que ambos vêm disputam uma vaga de deputado federal pelo PT, causando arrepios no Alto Comando e deixando muito petista mais radical com a pulga atrás do coturno.

Apoio à END

Os candidatos defendem o reaparelhamento das Forças Armadas e da revitalização da Industria Militar de Defesa, apoiando a Estratégia Nacional de Defesa proposta por Nelson Jobim e Mangabeira Unger.

Também defendem a criação de uma bancada de militares nacionalistas e propostas relacionadas ao fortalecimento das categorias, tais como: Porte de Armas nacional para os praças; Lei de promoção dos praças; Maiores orçamentos para as FFAA; Manutenção da política de pagamento de pelo menos um salário-mínimo para os recrutas; e Adequação da estrutura secular das FFAA à realidade democrática pós constituição federal de 1988, preservando sempre a hierarquia e a disciplina.

Os dois capitães têm sites: http://www.capitaoalmeidajr.com.bre/ http://www.capitaofernando.blogspot.com/

Guerra à vista

O Exército Brasileiro já está de prontidão na região Amazônica.

Tudo porque o chapolim Colorado da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou ontem o rompimento das relações diplomáticas com a Colômbia e determinou "alerta máximo" na fronteira.

A bravata chavista aconteceu depois que o representante colombiano na Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Alfonso Hoyos, acusou Caracas de esconder guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em seu território.

Águia de olho

Philip Crowley, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, criticou a decisão radical da Venezuela:

"O rompimento não é a forma apropriada para reduzir as tensões entre os dois países".

Em 2009, a Venezuela já tinha ameaçado ir à guerra contra a Colômbia, quando Bogotá anunciou acordo militar com os EUA para instalação de novas bases militares na Colômbia.

Vídeo comprometedor

O site Notalatina, de Graça Salgueiro, exibe um vídeo que vai deixar a petralhada PT da vida.

Agora preso por ordem de Hugo Chavez, Alejandro Peña Esclusa, em 1992, fala de Lula, PT, Farc e outras cositas.

Acesse: Vídeos das provas apresentadas pela Colômbia

O direito de iludir?

O PSDB vai recorrer da decisão do ministro Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que condenou o partido a veicular, por dez dias, uma resposta do PT às declarações de Índio da Costa, candidato a vice na chapa de José Serra (PSDB), vinculando o partido ao tráfico de drogas:

"Todo mundo sabe que o PT é ligado às Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), ligado ao narcotráfico, ligado ao que há de pior. Não tenho dúvida nenhuma disso".

Foi o que declarou o Índio em entrevista no site Mobiliza PSDB, na sexta-feira passada.

Agora, graças ao TSE, o PT também devia aproveitar e mentir que não faz parte do Foro de São Paulo, da mesma forma como fazem ou já fizeram parte do FSP as Farc colombianas e outras dezenas de grupos revolucionários com ligações diretas com narcotraficantes.

Peixe morre pela boca

O chefão Lula reagiu ontem, em Salvador, às acusações, feitas pela oposição, de que o PT tem relação com as Farc:

"É uma irresponsabilidade tratar o PT como tendo qualquer ligação com as Farc, é não conhecer nada da história política do Brasil. Se as pessoas pensassem antes de falar as bobagens que falam, não falavam tanto".

Quem bom seria se o Lula aplicasse a si mesmo o próprio conselho dado a sua pretensa oposição...

Peixe podre

Do grande mestre Aziz Ahmed, em sua coluna “Confidencial” de ontem, no Jornal do Commércio:

Em novembro de 2006, a professora Angela Maria Slongo, a Mona, mulher de Olivério Medina, suposto representante das Farc no Brasil, ganhou um cargo de confiança no Ministério da Pesca. Onde, segundo os maledicentes, estaria aprendendo a pescar”.

Deve ser por isso, mestre Aziz, que a campanha presidencial já anda com um certo fedor de maresia.

Peixe fora da lei

O Batalhão Florestal apreendeu, hoje de madrugada, 800 quilos de sardinha no cais do Mercado de Peixe de Niterói.

Como o pescado foi capturado na época do defeso, o que é ilegal, terá um destino humanitário.

Será distribuído para a população carente de São Gonçalo.

Engenharia Social

Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos Maçons do Estado de São Paulo promovem no dia 20 de agosto de 2010, o I Congresso Estadual sobre Engenharia Social.

O IPEAMA é uma associação de iniciados na Maçonaria Regular que sejam profissionais Engenheiros, Arquitetos, Agrônomos, Geólogos, Geógrafos, Meteorologistas, Tecnólogos, Técnicos Industriais e Agrícolas, e demais profissões correlatas dessas áreas, sem distinção de credo religioso, cor ou ideologia política desde que a ele associados; ou estudantes dessas áreas tecnológicas.

Seu Presidente é o Engenheiro Civil e Maçom José Tadeu da Silva, que também é o Presidente do Crea-SP.

Quase maçom

Esteve prestes a ingressar na fechada Maçonaria, no Rio de Janeiro, o comerciante Antônio Fernando da Silva, de 46 anos, dono do restaurante Rei do Bacalhau, que vendia 25 mil bolinhos por mês, mas foi fechado ontem, na Ilha do Governador, por irregularidades fiscais.

Acusado de mandante do assassinato do próprio pai adotivo, em 2007, para herdar um seguro de R$ 2 milhões e um plano de previdência privada de R$ 8 milhões, e também apontado como responsável pela morte de outras pessoas e bandidos ligados ao primeiro crime, Antônio seria submetido a uma sindicância para ser iniciado em uma tradicional loja maçônica.

Os padrinhos de Antônio correram e mandaram suspender, para sempre, seu processo de ingresso no mundo maçônico.

Tudo e nada

Do professor mestre em economia do Instituto Nacional de Pós-Graduação (INPG), Otto Nogami, sobre as infinitas possibilidades econômicas brasileiras que nunca viram realidade:

O prêmio Nobel de economia em 2008, Paul Krugman, em sua passagem por Buenos Aires, discursou que o Brasil está mais para a esperança do que para a certeza de ser um dos grandes da economia mundial. Lembrou uma piada de que ´O Brasil é o país do futuro e sempre será´, explicando porque Índia e China decolaram, mas o Brasil não".

Leia o artigo de Otto Nogami, no Fique Alerta: Temos tudo, mas não temos nada...

Perguntar ofende?

O que acontecerá se, em algum debate da campanha presidencial-sem-sal, alguém perguntar para Dilma Rousseff, ex-presidenta do Conselho de Administração da Petrobrás, o que ela sabe sobre o tal de Dossiê Gemini?

Dilma dirá que tem conhecimento de referido dossiê, e tentará desqualificá-lo?

Ou Dilma dirá que não tem conhecimento do “Dossiê Gemini”?

Tente desvendar tal mistério lendo, abaixo, o artigo de Sueli Guerra: Saia Justa para Dilma

Resistance is futile?

O grupo britânico Pearson assume o controle do Sistema Educacional Brasileiro (SEB) – que compreende a elaboração de material didático e serviços de assessoria para as escolas contratantes.

Controlará quatro marcas que pertenciam ao SEB: COC, Pueri Domus, Dom Bosco e Name (esse último voltado apenas para escolas públicas).

A Pearson é empresa do segmento editorial e de informação digital que controla o jornal Financial Times – um dos porta-vozes da Oligarquia Financeira Transnacional.

Tem culpa eu?

Em seis meses, a dívida interna do governo em títulos subiu R$ 118 bilhões, atingindo R$ 1,51 trilhão no mês passado.

O salto no endividamento federal este ano foi puxado pelo empréstimo de R$ 80 bilhões concedido pelo Tesouro Nacional ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Por sua vez, o BNDES socorreu muita empresa que ficou à beira de quebrar, com a crise da marolinha.

Briga da Band

Em editorial, lido por Joelmir Beting na edição de ontem do Jornal da Band, a emissora criticou o "descalabro" na oferta de banda larga no Brasil, "uma das mais estreitas e caras do planeta".

A Band acusou a Anatel de colaborar com esse cenário ao permitir que as teles entrem no mercado de TV por assinatura:

"São aqueles que fazem o que bem entendem para atender mal o consumidor brasileiro e garantir seus lucros fáceis e ilegítimos. Você que paga o Velox ou o Speedy ou o Net Vírtua saiba o seguinte: você é um explorado que não tem o apoio dos governantes, condenado a ser mais explorado ainda se a Anatel insistir nessa sua posição ilegal e absurda".

Freud explica

Há quatro dias a Band veicula matérias criticando os efeitos da abertura do mercado de TV a cabo no Brasil.

O Grupo Bandeirantes possui concessões de TV a cabo, por meio da TV Cidade, de quem é sócia controladora.

Mas o motivo real do ataque é que algumas empresas de telefonia forçam a barra, no submundo do mercado, para adquirir o controla da Band.

A família Saad não quer saber de vender, mas só Deus sabe até quando aguentará o assédio econômico.

É o pai

O vice-presidente da República, José Alencar, será obrigado a reconhecer a paternidade da professora aposentada Rosemary de Moraes, de 55 anos.

Há dez anos Rosemary entrou com uma ação na Justiça pedindo que Alencar a reconhecesse como filha.

José Alencar se negou a fazer o exame de DNA, mas várias testemunhas e outras provas anexadas ao processo levaram o juiz da Vara Cível de Caratinga, José Antônio Oliveira Cordeiro, a determinar que ele é o pai da moça.

Perde e ganha

O goleiro Bruno de Souza Fernandes promete processar o Estado, e espera ser solto em breve:

Tá acabando o prazo. Eu acho que eu vou processar o Estado, senhor. Por tudo que fizeram comigo. Tá f... Eu perco de um lado e ganho do outro. Só que eu perdi mais que ganhei”.

A ameaça de Bruno foi feita em em vídeo gravado dentro do presídio Nelson Hungria, em Contagem, exibido ontem, com exclusividade, pelo "Programa do Ratinho", do SBT.

Chamada ao além?

O advogado que defende o goleiro Bruno, Ércio Quaresma, soltou ontem uma de suas pérolas em entrevista à Globonews.

Segundo ele, como não há provas de que a ex-amante do atleta está morta, Eliza Samúdio será chamada como testemunha de defesa dos acusados.

Quaresma afirma ter indícios de que ela não está morta, pois soube de movimentações recentes no cartão de crédito da jovem.

Where is Sucupira?

Morra, Odorico! Ou viva, Odorico? Eis a questão...

Estréia hoje, nos cinemas, o sensacional “O Bem Amado”, filmaço de Guel Arraes.

Mas no teatro da política real, Odorico Paraguaçu já nos atormenta há quase oito anos no puder...

Diferença é que Odorico da ficção acaba no cemitério, por obra do Zeca Diabo, enquanto o Odorico da nossa triste realidade enterra a soberania do Brasil.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Julho de 2010.

8 comentários:

Anônimo disse...

Seu Serrão: esta edição do Alerta está tocando em tanta ferida... o Brasil está na fila do SUS. E os médicos estão em greve ou fazendo estagio em Cuba?
Militar candidato pelo PT é uma vergonha para o Exército! Ou estarão querendo entrar na política para agir como o Chavez e o Fidel Castro?

Anônimo disse...

Detesto abordar esse assunto da ameaça à integridade territorial e soberania do país na região amazônica, muita bobagem já se disse a respeito e muitos embustes foram criados por pessoas sem escrúpulos.

No entanto, enquanto que aqui no Brasil nossos políticos, ignorando advertências, colaboram para o possível desastre que se desenha para o futuro, lá fora fabricam-se aos poucos os precedentes e a base legal para isso para uma intervenção. Me refiro, neste último caso, á independência unilataral de Kosovo, apoiado pela Europa e EUA, e ontem ratificado pela Corte Internacional em Haia.

Anônimo disse...

LULLA FIM DE FEIRA

O Lulla “Fim de Feira” já tem um emprego certo, a partir de 01 de Janeiro de 2011 (caso precise AINDA de grana, é claro...). Pelas lágrimas de crocodilo derramadas na última “entrevista” dada à TV Record, Lulla tem emprego garantido nas novelas da Globo, no teatro, no cinema. Um novo Lima Duarte surge no cenário teatral “deçepaiz”....Vivaaaa!!

Anônimo disse...

Blog do Ucho

Todos são iguais perante a lei sem distinção de qualquer natureza”. Eis o mais importante preceito constitucional abrigado pela nossa Carta Magna, que em tese, mas nem sempre na prática, é preservada pelo Supremo Tribunal Federal.

Ministro do STF, Gilmar Mendes, em sua passagem pela presidência do órgão, ganhou os holofotes ao conceder dois habeas corpus seguidos ao banqueiro oportunista DD, cujo nome a Justiça, em decisão que remonta aos anos de chumbo, nos proíbe de citar. Na ocasião, sem qualquer explicação convincente, Gilmar Mendes determinou o fim do uso de algemas em acusados pela Justiça que não apresentem riscos à sociedade.

Afastado das atividades esportivas por conta do desaparecimento de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza está preso na região metropolitana de Belo Horizonte, mas não tem direito ao mesmo tratamento que Gilmar Mendes exigiu que fosse dado a qualquer brasileiro, depois da prisão do banqueiro. O goleiro Bruno não tem se beneficiado da decisão do polêmico ministro do STF, pois em todos os deslocamentos a polícia tem colocado algemas no goleiro.

Passado um mês do início das investigações, a Polícia Civil de Minas Gerais ainda trabalha apenas com indícios e o depoimento de um menor viciado em drogas. Considerando que tecnicamente indícios não levam à condenação e o corpo da suposta vítima ainda não foi encontrado, Bruno de Souza continua na condição de inocente. Mesmo assim, as algemas têm sido frequentes em seu cotidiano prisional. Sem contar que o goleiro se entregou à polícia no Rio de Janeiro.

Ao prender o banqueiro na cidade Maravilhosa, o delegado federal Protógenes Queiroz, que comandou a Operação Satiagraha, tinha em mãos uma enorme quantidade de provas contra aquele que se tornou o inimigo público número 1 do País.

Há quem diga que a Justiça é cega, mas tal folclore torna-se ainda mais utópico e chicaneiro quando o ministro Gilmar Mendes e seus pares optam por um silêncio obsequioso diante do que vem acontecendo com Bruno de Souza e todos os acusados no caso Eliza Samudio.

Essa distorção interpretativa da lei pode ser explicada pela abissal diferença entre os valores cobrados pelos advogados do banqueiro e pelo defensor do goleiro. Até porque, quando retoma a visão, a Justiça normalmente se embaralha em cifras estratosféricas.

Compartilhe:

Esperança disse...

O "isento" José Pelé de Alencar disse que vai recorrer.

Wikileaks disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ua3IeOwFwhs

Neste video mostra-se nitidamente a decadencia do maior exercito do planeta que junto com o exercito Brasileiro se omite diante tanta crueldade...

Luiz Gonzaga disse...

OS AMIGOS DO LULA ESTÃO MATANDO NO IRÃ!!!


Campanha – Abaixo assinado

Diferentemente de outros casos de apedrejamento no Irã, quando mulheres condenadas por adultério são abandonadas pela família, os filhos de Sakineh lançaram uma grande campanha por sua mãe. Sajad, seu filho de 22 anos, que inicialmente escreveu uma carta aberta ao governo pedindo a libertação de sua mãe, recebeu um comuniado do governo pedindo que desligasse seu telefone celular e não falasse com a mídia. A inteligência iraniana o convocou duas vezes na semana passada.

O site freesakineh.org, destinado a reunir assinaturas contra a execução da iraniana, já reuniu mais de 120 mil adeptos à libertação de Sakineh. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e uma série de outras figuras públicas já deixaram seus nomes na página.

Assine você também:

http://www.liberdadeparasakineh.com.br/


Links para ler:

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,ira-pressiona-mulher-condenada-ao-apedrejamento-a-dar-nomes-de-defensores,584651,0.htm

Inglês: http://freesakineh.org/

Ronald disse...

Boa noite Jorge,
Hoje foi um dia sobrecarregado ao extremo e somente agora, já passa das 22:30, posso aprender mais um pouco na páginas do ALERTA.

Estou querendo acreditar que o próximo mês nos brindará com fortes e emocionantes situações em nossa política.

Acho que os debates serão decisivos -- mais uma vez --, no processo de esclarecimento do que o partido sindicalista está tramando contra a Nação, toda sua podridão e pilantragem.
É fato notório que a política brasileira é torpe e vil mas este partidinho do ABC conseguiu colocar todo mundo no chinelo -- desde a cachorrada sarnenta até o idealizador da Paulipetro (alguém ainda se lembra?) passando pela velha escória de políticos vagabundos do Norte e do Nordeste, além de todos os outros vermes que promovem sua pilantragens nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Agora, Jorge, você pegou pesado comparando o velho Odorico com o chefão stalinista-farofeiro(by A. Nunes). O carregador de isopor não limpa nem as botas do velho Paraguaçu. O cachaceiro será lembrado somente como o presidente mais boçal e imbecil de toda nossa História.

Os textos aqui postados, hoje e DESDE SEMPRE, deveriam ser distribuídos em escolas, colégios e universidades.

Parabéns a todos : Jorge Serrão, Arlindo Montenegro, Sueli Guerra, Gen. Barbosa de Figueiredo e João Bosco Leal e obrigado por dividirem vossos conhecimentos com um mero pagador de impostos adepto da democracia e da liberdade.

Sds