domingo, 25 de julho de 2010

Festança e perversão mental


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Arlindo Montenegro

Os cofres do planalto central já estão abertos para financiar uma semana de turismo no México, para um grupo de jovens militantes comunistas escolhidos a dedo. Moços e mocinhas do PT, PcdoB, PV, PSOL, mst, vão aparecer como "legítimos" representantes da vontade do "povo brasileiro", na Conferência Mundial da Juventude.

De 23 a 27 de Agosto, atendendo a convocação globalitária da ONU, a moçada vai reencontrar a galera já conhecida de outros encontros turísticos preparatórios em Moscou, Nigéria, San Salvador, Zimbawe e claro, na Bahia! O documento final, já elaborado para a aclamação contempla a linha de ação para a militância.

Que forma de governo defender, que tipo de legislação perseguir e como "ONGorganizar-se". Tudo sob o rótulo de Metas e Objetivos do Milênio para o desenvolvimento. A declaração final, preparada por peritos conhecedores de programação neurolingúistica, esta datada de 17 de Junho, simulando um consenso amplo e conhecido por todas as criaturas viventes.

O "Comitê" (palavrinha do agrado de comunistas) Organizador é integrado por "delegados" de 18 países e um monte de ONGs, além das agências da ONU "mais comprometidas com a reengenharia contrária ao cristianismo" e promotoras da religião de Gaia, no Programa para a Juventude da ONU.

Podem crer, amizades! A linguagem é sedutora: muito moralismo político, que nem a ética do PT, muita generalização – palavras e conceitos grandiloquentes que se encaixam em qualquer interpretação. Muita "convivência pacífica", muita "liberdade", muita "tolerância", como direito da juventude com direito a todos os direitos! Sem contrapartida.

O Estado aparece como o "grande educador" da juventude e formulador das políticas públicas.

Os deveres e direitos dos pais nem ao menos são lembrados. Sumiram do mapa! A família sumiu do mapa! Assim, os pais, professores e policiais que se preparem para lidar com esta juventude com todos os direitos e nenhum dever, a não ser o de militantes a serviço das políticas do estado.
Foram organizados para pensar assim com os "komsomols", a juventude comunista dos soviéticos, foi assim com a juventude hitlerista, é assim com os "pioneiros" e a juventude comunista de Cuba. As palavras de ordem do estado e do partido conduzem os militantes. Os jovens acreditando ser o próprio Estado.

Todas estas ideias "progressistas" estão presentes nas novelas e nas artes e nas cartilhas escolares distribuídas pelo Ministério da Cultura. A fonte, os laboratórios onde são engendradas é a mesma UNICEF, aquela agência admirável que a Rede Globo promove com a campanha "Criança, esperança". É só ter coragem e ler as "Diretrizes Internacionais para a Educação Sexual".

Apenas para exemplificar, no dia 27 de Agosto, a ONU lançou o "Guia de Educação Sexual para o Poder dos Jovens", elaborado com assessoria da UNICEF, Organização Mundial da Saúde e como não poderia deixar de ser o "Fundo para a População das Nações Unidas" que mais acertadamente deveria ser conhecido como fundo para a redução da população.

O caderno Guia de Educação Sexual tem 98 páginas e orienta o trabalho educativo em quatro grupos, com conteúdos específicos, todos contra a ordem natural. A perversidade e a perversão estão presentes nos quatro blocos que fazem parte dos mesmos Objetivos do Milenio para o Desenvolvimento, cuja data limite foi o ano 2.000, com a justificativa de acabar com a pandemia de aids.

Entre os 5 e 8 anos, as escolas deverão iniciar as crianças na masturbação e mentalização sobre "os papéis do gênero e suas variações" em outras palavras, homossexualismo. Sir Bertrand Russel já aconselhava isto e mais, para as escolas públicas inglesas, na década de 1950: aulas práticas de sexo infantil até o inicio da puberdade.

Voltemos à ONU/UNICEF: doutouradas em masturbação, as crianças a partir dos 9 anos vão receber aulas sobre os "efeitos positivos e negativos dos afrodisíacos" (drogas também???) e deverão aprender a lutar contra a "homofobia, transformismo e violências" contra os gêneros e variações. Continuamos com a exaltação da homossexualidade que não multiplica a espécie.

A partir dos 12 anos, os jovens "sociólogos" do sexo vão ser instruídos sobre as "profundas razões para abortar"! A partir dos 15 anos ganharão o diploma de doutores em violência sexual e promotores do "direito ao aborto e direito de acesso ao aborto seguro". Tudo com as bençãos dos padres da teologia da libertação. Logo, logo a pedofilia será consagrada como prática sadia!

O grave: tais políticas são aprovadas e executadas pelo Ministério da Educação, com pleno conhecimento das autoridades do governo socialista do Brasil. O resultado está nos jornais. Mas o PT, o presidente e a candidata “não sabem”. Sãso os falsos apedeutas da perversão mental.

(Ref. Juan C. Sanahuja, em: http://www.noticiasglobales.org)

Arlindo Montenegro é Apicultor.

2 comentários:

guerreira disse...

Arlindo,
Seria interessante que seus leitores fossem à página http://www.infojovem.org.br VEJAM BEM: ORG! Quem são os "parceiros" dessa Conferência Mundial da Juventude? Além do Ministério de Ciência e Tecnologia, o Instituto Empreender (OSICP) e a Universidade da Juventude, dos quais nunca ouvi falar. E, como não a ousar chamá-los "ONGs" (pois estas são NÃO GOVERNAMENTAIS, ou seja, não recebem dinheiro de governos) inventaram um nome "interessante": "Organização da Sociedade Civil de Interesse Público" . O interesse público é desses governos capimunistas e isto, Arlindo, acontece ás escâncaras e pessoas que pesquisam, como eu, só encontram em seus artigos informações dessas conspirações. Vou repassar para minha lista seu artigo. Abraços tristes

Ronald disse...

Prezado Sr. Montenegro,
Seus posts são sempre de enorme valia e utilidade para mim pois muito ali aprendo diariamente.
Este post de hoje, contudo, me deixou literalmente de cabelo em pé...

A cada dia que passa eu tenho mais nojo da ONU.

E pensar que ganhei rios de dinheiro mandando turistas brasileiros para a cidade que abriga esta nefasta organização e, lá, uma visita à mesma era obrigatória. Se fosse hoje, eu cortaria esta da agenda ou o faria explicando aos meus queridos clientes o mal que aquela orgão propaga para o planeta.
Não imagino como as senhoras da teceira idade me olhariam quando eu dissesse o que foi abordado no seu post de hoje...
A coisa tá ficando feia...Mais ainda.
Sds