segunda-feira, 19 de julho de 2010

Instituto de Arquitetos do Brasil condena Lula e congressistas por aprovarem obras sem licitação para a Copa 2014


Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net (atualizado nesta Segunda)

Por Jorge Serrão


O Instituto de Arquitetos do Brasil condena publicamente a sanção de Lula da Silva à Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2011 que isenta, da lei de licitações, as obras para a realização da Copa 2014 e das Olimpíadas de 2016. Em nota, o IAB denuncia “a falta de transparência e controle na elaboração e no desenvolvimento dos projetos de arquitetura e urbanismo, compromete a qualidade do projeto e impede a avaliação consistente da viabilidade econômica, social e ambiental desses empreendimentos”.

O IAB bate forte: “São bilhões de reais dos cofres públicos gastos na construção desses empreendimentos sem que a Administração Púlica e as empresas contratadas divulgam o real custo desses projetos e obras. Nossa grande preocupação, além desses aspectos, consiste na falta de transparência do processo de contratação e dos critérios adotados. Há que se atentar para o fato de que a infraestrutura e os sistemas de transportes não possuem caráter transitório e, portnato, não devem ser projetados desconsiderando os contextos específicos das cidades brasileiras. Uma oportunidade singular de crescimento e desenvolvimento para nossas cidades não pode ser transformada em motivo de favorecimentos inescrepulosos de qualquer natureza”.

Além do risco de distribuição de obras para as empreiteiras amigas, sempre com termos adititivos para tornar tudo muito mais caro, sobrando dinheiro para o pagamento dos consagrados mensalões por fora, o esquema que a turma do $talinácio montou para a próxima Copa privilegia a Fifa e os parceiros dela com isenções fiscais que podem R$ 900 milhões. O papo oficial de que o País pode arrecadar R$ 10 bilhões em impostos federais, com o evento, não serve de argumento para sustentar tanta facilidade para a Fifa, cujos dirigentes têm a cara de pau de afirmar que as copas não dão lucro.

Seminário di grátis

Estudos recentes apontaram uma generalizada falta de infra-estrutura tecnológica das 12 cidades-sede da Copa de 2014, no comércio, na rede hoteleira e um desconhecimento do ambiente eletrônico e digital por parte dos gestores públicos e privados.

Por isso, no próximo dia 5 de agosto, a cidade de São Paulo receberá o evento “Seminário Copa 2014”.

Será realizado no auditório da Fecomercio, localizada na Rua Doutor Plínio Barreto, 285 – Bela Vista.

Os convites são gratuitos e podem ser retirados no site: http://www.projeto2014.com/.

Falso democrata

O presidente da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Alejandro Aguirre, qualificou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como um dos "falsos democratas" da região.

Segundo ele, tal postura de Lula tornou-se evidente com a estreita relação do presidente brasileiro com os irmãos Fidel e Raúl Castro, de Cuba.

Também é justificada pelos vínculos de Lula com líderes eleitos democraticamente, mas que "estão se beneficiando da fé e do poder que o povo neles depositou para destruir as instituições democráticas":

"Esses governos não podem continuar a se chamar de democráticos. O voto é componente sumamente importante na democracia, assim como a atuação dos governantes. Eu vi governantes com uma grande delicadeza com o presidente Castro, o que representa um grande apoio moral a esse governo, que violou os direitos humanos por meio século"

“EUA foram incompetentes”

A afirmativa acima foi feita pelo presidente Lula com relação ao fato de os Estados Unidos não terem conseguido conter o vazamento de petróleo no Golfo do México, conforme publicou às fls.27 o jornal O GLOBO de 16 de julho de 2010 (sexta-feira).

Não dá para avaliar o que é mais preocupante: se o presidente acredita no que falou, ou se fez mais uma piada de mau gosto, expondo-se ao ridículo, como de costume.

Na mesma matéria, Lula faz um autêntico “samba do presidente doido”, ao afirmar que “é preciso saber qual o país da Europa tem petróleo no fundo do mar. O pouco que tem no Mar Morto (sic) está acabando.”

Diante dessa categórica manifestação, não dá para saber se Lula desconhece que a Noruega e o Reino Unido são importantes produtores de petróleo no mar ou se desconhece que os mesmos se localizam na Europa, continente no qual – segundo os conhecimentos geográficos do presidente – se localiza o Mar Morto.

Papo furado

Além de demonstrar mais uma vez sua conhecida ignorância, Lula insinuou que a Petrobras tem tecnologia para evitar que semelhante desastre ocorra aqui, e ainda fez gracinha, declarando que “190 milhões de brasileiros estarão ajudando a Petrobras a tirar, da forma mais carinhosa possível, o nosso tão cheiroso e admirado petróleo do pré-sal”.

Ora, se a Petrobras tivesse conhecimento tecnológico para conter vazamento em águas profundas, ela teria a obrigação moral de colaborar para minimizar o problema da BP que já está sendo considerado o maior desastre ambiental do mundo.

Mais: caso demonstrasse competência real para conter vazamento em águas profundas, o valor comercial da Petrobras subiria a níveis incalculáveis.

Como deixou passar a oportunidade de demonstrar a competência tecnológica que Lula está alardeando, a tendência das ações da Petrobras – bem como de todas as empresas cujas reservas se encontram em águas profundas – é se tornarem extremamente desvalorizadas.

Equívoco

Por falar em incompetência tecnológica, foi esse o argumento utilizado pela Petrobras, ao constituir a empresa Gemini (sociedade na qual detém 40% das cotas e um grupo privado norte-americano os outros 60%).

A Petrobras justificou tal associação – que transformou o grupo norte-americano no maior beneficiário de nosso gás natural liquefeito – com a alegação que não dominava a elementar tecnologia de liquefação e transporte de gás no estado líquido.

Detalhes no “Dossiê Gemini”, de autoria do engenheiro João Vinhosa, ex- conselheiro do extinto Conselho Nacional do Petróleo.

Tal dossiê, que Dilma Rousseff não se dignou a receber, será publicado em fascículos pelo Alerta Total, em breve.

ACM institucional

Nesta terça-feira, completados três anos da morte de Antônio Carlos Magalhães, seu nome será emprestado a um instituto, em Salvador, em cerimônia religiosa marcada para acontecer às 11h, no Largo da Vitória.

O Instituto Antonio Carlos Magalhães foi idealizado pela família do senador e concebido pelo jurista paranaense Fernando Borges Mânica, que é doutor em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Além de preservar a história da longa trajetória política de Antonio Carlos Magalhães, a instituição promete se dedicar ao trabalho social e a incentivar a participação de jovens na vida pública.

Bienal do livro

Propondo um exercício de cenários, a Câmara Brasileira do Livro vai realizar o Fórum Internacional do Livro Digital, integrando a programação oficial da 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

O evento vai acontecer no auditório Elis Regina, no Parque Anhembi nos dias 10 e 11 de agosto de 2010.

Além do Fórum, compõem ainda a programação que antecede a Bienal do Livro as convenções anuais da ANL (Associação Nacional de Livrarias) e ABDL (Associação Brasileira de Difusão do Livro).

Palestrantes de fora

O Fórum Internacional do Livro Digital será composto por três palestras apresentadas por especialistas renomados na área.

Um deles é o americano Mike Shatzkin, fundador e CEO da The Idea Logical Company. Presta consultoria com vasta experiência em toda cadeia produtiva do livro - redação, edição, agenciamento, venda, marketing, produção e gestão.

O palestrante inglês John B. Thompson, autor de Books in the Digital Age (Livros na Era Digital) - ainda não traduzido para o português -, também participa do Fórum.

O outro é Jean Paul Jacob, engenheiro eletrônico brasileiro, considerado guru do mundo digital.


Citado como um dos 50 “Campeões de Inovação” pela revista Info, profetizou o fim do livro, a exemplo do que já havia feito na década de 1980, quando decretou o fim do vinil diante do aparecimento de CDs e DVDs.

Acadêmica

O escritor Wandelino Teixeira Leite Netto pede para botar na agenda o próximo evento da Academia Niteroiense de Letras:

Dia 21 - Quarta-feira, Projeto “Conversa Literária”, mediado por Gilson Rolim, entrevistando Márcia Pessanha.

Será a partir das 17 horas na sede da Academia (Rua Visconde do Uruguai, 456 - Centro), com entrada franca

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 19 de Julho de 2010.

3 comentários:

Anônimo disse...

MUSEU DA CORRUPÇAO

http://www.muco.com.br/home.htm

Anônimo disse...

Onde estão os juristas brasileiros que não entulham o STF com ações para afastar de vez esta cambada do poder?
São crimes de lesa pátria, são crimes contra as leis vigentes! É o escárnio da nação! E tudo parece passar batido...

Anônimo disse...

Até o Ibama já baixou a portaria, para que os técnicos não possam mais embargar obras que o estado considere prioritárias.
Também não precisa mais licitação: o patrão decide.