sábado, 18 de setembro de 2010

A Bolsa ou a vida!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Arlindo Montenegro

Pra começo de conversa, lembro a moral do "fio de bigode", a palavra que durante um certo tempo substituía qualquer papel passado, contrato firmado, com o fundamental crédito do exemplo moral. Valores e princípios que acompanhavam como sombra a imagem de um cidadão no relacionamento ético com os outros. Respeito esquecido.

Agora vale aquela relação do "leão" que exibe suas garras e ataca a presa que lhe serve de alimento. Grandes cérebros, técnicos, científicos e acentuadamente no mundo dos valores econômicos e empresariais, alimentam os leões desta selva e logo são devorados ou esquecidos e desprezados como um limão podre depois de espremido.

Isto acontece com as Erenices, que se enriquecem e contribuem para as negociatas que enriquecem seus parceiros e partidos. Isto acontece com os Landim, que contribuem para formar um império à sombra do estado, como aquelas empresas a serviço de Hitler. Eike é o menino empresário, lambuzado pelo ouro negro que um dia vai jorrar, mas no papo já rende a maior fortuna sob controle de um cidadão brasileiro.

Ele sabe que a parceria com os poderosos do momento, que a lambança com o governo do estado totalitário, pode naufragar com uma simples penada dos controladores locais ou dos sócios mundiais. Neste jogo, os truqueiros atraem os ignorantes, presenteiam com um litro de cachaça e envolvem com muita conversa. Enquanto o sujeito trabalha, bebe.

Quando está embriagado e quer descansar, cobra a conta. Aí é dispensado, fica no limbo. Rico mas sem poder, recorre à justiça. Mas que justiça? Aquela que defende exclusivamente o interesse dos poderosos? Landim,cobrando os valores do trabalho intelectual ignorado pelo leão, será reconhecido pela justiça como o caseiro?

Aqui nos deparamos com o estado de direito, em contraposição ao estado da mentira coletivista. Aqui encontramos raízes culturais que remontam à fundação do Brasil, que estão presentes em outras culturas, que pouco a pouco, encontram nas liberdades universais, provadas tradicionalmente como ferramentas essenciais à evolução das relações éticas e civilizadas, o grande freio contra o poder dissoluto e totalitário do estado contra as pessoas.

Na sociedade entre partes, desapareceu aquela cultura do fio de bigode. Foi substituída pelo ambicioso projeto de poder total, como se o "patrão" estivesse investido da posse do empregado, um objeto de utilidade descartável e não mais um semelhante, respeitável e digno de viver, crescer, compartilhar à mesa do banquete.

O escravo, carregado pelos navios negreiros, propriedade do fazendeiro, limitava-se no exercício da força de sua capacidade física. O empregado contratado (mão de obra) espera-se que fique no limite de sua capacidade física, sem que o intelecto e a criatividade sejam medidas de mérito. Assim acontece nas altas esferas. A exceção vai para as empresas que apenas começam a valorizar o indivíduo que se destaca do coletivo.

Com a ascensão do coletivismo o conflito atinge aquele que se destaca. E o jogo sujo dos mais ambiciosos e menos competentes, barra o processo da evolução de civilizações, fortalecendo o crescimento do paternalismo, o gigantismo do estado e a proximidade do governo total sobre contingentes drogados, felizes com o circo, as pipocas e o cachorro quente ou o hambúrguer, que é oferecido como ração pelo trabalho coletivo.

Insurgir-se, fazer oposição, nem pensar. Os controles são cada vez mais estritos. Até o pensamento e a opinião, como diz um dos cafajestes poderosos é um problema que deve ser eliminado:"O problema do Brasil é o monopólio das grandes mídias, o excesso de liberdade e do direito de expressão e da imprensa." Que nada! O problema do Brasil é a canga do comunismo que nos quer transformar em manada.

O problema do Brasil é a memória encurtada pela ignorância e outras drogas. É a mentira, a corrupção e a submissão às ideias importadas e tidas como novo evangelho. É a associação com ditaduras assassinas e genocidas. É a pretensão de grandeza. É a falta de educação. É a anarquia institucional que vicia toda a cultura. E outros tantos que sabemos, mas temos pouca força espiritual para encarar.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

4 comentários:

Lucas disse...

Dilma é Lésbica, garante suposta ex-amante.

"Dilma Rousseff é Lésbica, mas nunca quis assumir nosso romance publicamente"


A declaração é de Verônica Maldonado, uma doméstica que afirma ter tido um longo romance com a atual candidata à presidencia da república, Dilma Rousseff.


"Nos relacionamos durante mais de quinze anos, mas quando surgiu essa oportunidade em Brasília, ela nunca mais quis saber de mim"
Verônica afirma possuir fotos, cartas e outros documentos que comprovam a relação duradoura e pretende pleitear na justiça o direito à uma pensão mensal.


"Afinal nós tivemos um relacionamento durante mais de qinze anos, período em que deixei de trabalhar, estudar, apenas para ficar com ela. Acho que tenho direitos como qualquer outra mulher!"


Segundo o advogado de Verônica, Dr Celso Langoni Filho, a possibilidade de ganho de causa é concreta, uma vez que sua cliente é capaz de comprovar a existência de uma relação estável e duradoura. Ele cita o caso da Justiça de Pernambuco, que tomou uma decisão inédita este mês ao reconhecer a união estável de duas lésbicas para fins de pagamento de pensão.


"A decisão da juíza Paula Maria Malta, da 11ª vara da família e registro civil da capital pode abrir jurisprudência para que outros juízes sigam o parecer". Afirma, Celso Longoni.


Em sua decisão, a juiza alegou que o artigo 226 da Constituição diz que a família é um bem da sociedade e que tem proteção especial do estado. A lei se refere ao relacionamento entre homem e mulher, mas não fala em pessoas do mesmo sexo.



Continue lendo aqui>>>… Postado por movimento da ordem vigilia contra corrupção às 9/18/2010 04:34:00 PM 0 comentários

Anônimo disse...

Leiam

http://aluizioamorim.blogspot.com/

Anônimo disse...

por falar na vida sexual de d. dilma, seria o mesmo que eu achar que o serrão é gay..certo? se eu falar só aqui, tudo bem mas se for publicada pela folha ou estadão e der na rede globo, ah meu amigo! será gay mesmo não sendo!!!
Acho que deu pra entender..ah outra coisa..e o mensalão de mato grosso do sul com um peéssedebista metido até o pescoço? não consegui assistir ainda na big midia...mas esse o deputado fala mesmo! diz que comprou até promotoria estadual com 300 mil reais mensar...garanto que o serra não sabia..que tal a midia perguntar pra ele no jornal nacional??
mas pergunta hein??

Anônimo disse...

Gente, que espécie de blog é esse? O PSDB já chegou ao fundo do poço de montar um blog tão primário como esse???

Apelar pela opção sexual, acusações sem prova, usar termos históricos de forma equivocada (totalitarismo, anarquia) só pode ser coisa do PSDB. Coisa de gente desesperada que não tem ARGUMENTOS.

Vamos ver se há democracia aqui, poste meu comentário.
Bruna
PS: eu sou advogada. Peloamordedeus para de falar de Direito e Constituição, pq vc não sabe NADA.