quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Dilma, Petrobras e Gemini: tudo a ver

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

Em 8 de setembro de 2010, baseado em documento oficial da Presidência da República, o Alerta Total publicou o artigo “Você aposta na ignorância da Dilma?”.

Conforme se vê no citado documento, em maio de 2009, o engenheiro João Vinhosa denunciou a Gemini àquela que – na condição de Ministra de Minas e Energia e Presidente do Conselho de Administração da Petrobras – avalizou a criação de tal espúria sociedade, criada pela Petrobras para produzir e comercializar Gás Natural Liquefeito.

Apoiado em explícitas denúncias de corrupção publicadas no jornal do sindicato dos trabalhadores na indústria de petróleo (Sindipetro), Vinhosa declarou que era impossível Dilma não ter conhecimento das acusações contra a Gemini. Afinal, tais denúncias incluíam uma charge com uma mala de dinheiro na qual estava gravado o nome da sócia da Petrobras na Gemini.

Além disso, em referido documento (no qual se destaca o carimbo de recebimento da Presidência da República), Vinhosa afirmou: “a Ouvidoria-Geral da Petrobras informou-me que a categórica carta por mim enviada a V. Exª. em 22 de março de 2007 foi protocolado sob o número 07028/2007. Saliento que, por meio de tal carta, coloquei à disposição de V. Exª. o Dossiê Gemini – conjunto de documentos que comprovam, de maneira absolutamente incontestável, a prática de atos extremamente lesivos ao interesse nacional na área sob seu comando.”

Devido à robustez das comprovações, é compreensível que Dilma procure não se manifestar sobre a Gemini.

O que não dá para compreender é porque a oposição não cobra uma manifestação de Dilma a respeito das graves acusações segundo as quais a constituição da Gemini foi um crime de lesa-pátria.

Será que a apuração do caso Gemini – cuja principal figura é a própria Dilma – é menos importante que saber se o contador envolvido na quebra de sigilo da Receita Federal tem ligações com o PT?

Para trazer mais transparência ao caso Gemini, recomenda-se a leitura do o artigo “Procura-se Dilma Rousseff ”, publicado no Alerta Total em 9 de novembro de 2009.

Em referido artigo, Vinhosa declarou que “Apesar de ter sido citada nominalmente (de maneira extremamente desabonadora) não se tem notícia de nenhuma manifestação dela sobre a espúria sociedade. A mais recente tentativa de localizá-la está sendo feita por meio de carta datada de 03 de novembro de 2009, que está sendo protocolada na Presidência da República”.

Conforme declarado, tal carta foi protocolada na Presidência da República em 16 de novembro de 2009, o que pode ser comprovado pelo recibo abaixo. E, para melhor entendimento da questão, encontra-se transcrito, logo em seguida, o artigo “Procura-se Dilma Rousseff”, no qual é possível ler a íntegra da carta. Confira também: Dilma, ó Dilma, onde estás que não respondes?

2 comentários:

Webmaster disse...

Serrão: A mídia Brasileira na sua grande maioria é MEDÍOCRE e GOLPISTA. Graças a Internet estamos lançando o site www.wikileaks.com.br que colabora em fazer um arquivo vivo de tudo o que acontece nos arquivos do Brasil.

Para não caírmos na desgraça de guerras sujas e não autorizadas como foi a de Richard Nixon no Vietnã valorizando assim a DEMOCRACIA BRASILEIRA na sua plenitude.

Segue o link do documento entitulado DIÁRIO DE GUERRA NO AFGANISTÃO com mais de 90 mil documentos secretos do exército Americano publicado na íntegra pelo WIKILEAKS & renomado jornal independente Ingles "The Guardian".

http://www.guardian.co.uk/world/the-war-logs

Oxalá o congresso Brasileiro tenha o brio e a honra de publicar os documentos do período 1920-1984 pois eventualmente os mesmos serão vazados pela wikileaks.com.br.

Anônimo disse...

Somente o Alerta aborda este assunto? A relevância que deveria estar nas manchetes, parece blindada para o conhecimento do público. Como o valor na fonte de um botijão de gas de cozinha = 6 Reais, enquanto pagamos 40 e mais.
E isto o governo revolucionário!