sábado, 18 de setembro de 2010

FFAA são para dissuadir ou vencer, não para perder

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Paulo Ricardo da Rocha Paiva

Preciso deixar correr a mão que escreve transmitindo a angústia, a tristeza que emana do coração do soldado. Falar pelos que já nasceram soldados, porque assim viveram e assim vão morrer. Pensar, avaliar a frustração nos marinheiros e nos aviadores, posto que são todos eles simples e crédulos guerreiros da Pátria. Pedir ao cidadão, à mídia, que os olhem como acreditam ser, pelo que juraram, pelo que os emula, já que na luta devem ser valentes, cumprir a missão vencendo o inimigo, sem lamentar derrotas.

Nossos filhos fardados precisam de ajuda, de solidariedade. Os rapazes estão indefesos, desarmados, incapazes de garantir o porvir de uma descendência que não é só deles mas de todo um povo! Em verdade, o sentimento é de que o Brasil os esqueceu e se importa pouco se vão morrer desaparelhados, absolutamente inferiorizados, com carros de combate, submarinos e aviões de caça que ainda são negociados no exterior. Para variar, o Ministério da Defesa este ano é o mais afetado pelos cortes no orçamento, uma retenção infame de R$ 5,37 bilhões.

Que alguém responda: -“Como usufruir dos investimentos em educação, na saúde, no PAC afinal, se cruzando as ruas das capitais estaduais na Amazônia estiverem os blindados das divisões de marines, se ancorados, montando guarda às nossas plataformas de exploração no pré-sal, estiverem os cruzadores de uma coalizão?” O fato é que a urgência e a emergência em termos de um “poder de dissuasão sério” estão a exigir uma mudança total de mentalidade que não comporta mais medidas paliativas de padrão convencional.

Lamentar pelo marinheiro, herdeiro da coragem de um Marcílio Dias que teve os braços amputados pelo inimigo quando impedia a arriação da Bandeira do Império. Reclamar pelo soldado, guerreiro anônimo herdeiro do Brigadeiro Sampaio, que, três vezes ferido em Tuiutí só passou o comando de sua divisão no estrito cumprimento de ordens emanadas do também bravo General Osório. Clamar pelo aviador arrojado, o falcão agressivo senhor do passado de glórias do 1º Grupo de Aviação de Caça, destacado nos céus da Itália em 1944. Por que não?

A emoldurar entretanto esta legião de heróis estava o símbolo, a marca registrada da vitória, da glória, da honra militar dos que lutaram o bom combate, enfim dos que venceram porque estavam armados para a ocasião. Cidadão civil, trabalhador anônimo e diuturno, hoje, não espere deles tal desempenho. Não se engane, serão sacrificados em missão, não poderão garantir a tua terra, a tua casa, os teus pertences. E tudo isso por quê? Porque, ao invés de desencorajar, vão ter que combater absolutamente fragilizados.

Tchê paisano, companheiro de infância, dos bancos escolares, do bate-papo entre vizinhos, você testemunhou os governantes e políticos de retórica inútil, demagogos contumazes, patriotas de ocasião discursando no melhor estilo mensaleiro:

-“Realmente, é preciso, nossas Forças Armadas estão no desmanche... é necessário... vamos providenciar a altura, fazer e acontecer. O Ministério da Defesa quer comprar aí uns yellow submarines e alguns caças. Mas isto não resolve, Amazônia e pré-sal, convencional por convencional o gap é irreversível; vão combater na selva e no mar com atiradeiras e traques de São João. Ah! Mas o TNP é clausula pétrea, Deus nos livre, podem nos incluir no eixo do mal. Sabe de uma coisa, vamos pagar para ver. A propósito quantos de nós podem se candidatar a cargos eletivos? Sim porque agora existe uma tal de ficha limpa obrigatória”.

Quanta cretinice! Um dia serão tomados de remorso pela incúria, pela desfaçatez, justiça seja feita, pela falta de brasilidade!

Paulo Ricardo da Rocha Paiva é Coronel de Infantaria e Estado-Maior. Originalmente publicado no “A RAZÃO” de Santa Maria em 14 de setembro de 2010.

6 comentários:

Nikacio Lemos Bitencult disse...

PERGUNTO : DEVO PERDER AS ESPERANÇAS DE VÊ UM BRASIL SÉRIO ?

O POVO E O MUNDO SABE QUE O GOVERNO LULA É O + CORRUPTO JÁ VISTO ATUANDO NO BRASIL. + MESMO ASSIM O POVO O MANTÉM POPULAR .

LAMENTÁVEL A FALTA DE CULTURA, HONESTIDADE E MORALIDADE DE UM POVO TAÕ BOM !!!

DENÚNCIAS E + DENUCNIAS E O POVO NÃO ESTAR NEM AI .
LAMENTÁVEL PARA O BRASIL .

INFLELIZMENTE TENHO QUE RECONHCER !!!!

Mesmo com todas as Denuncias de corrupção que já apontou Irmão e filho de Lula da Silva, seus ministros, seu Governo visto como o + corrupto na historia do Brasil e ele como mentiroso(Cumplicidade) ao negar que nada sabia sobre o mensalão do PT continua tendo sua candidata como possível vencedoras nas eleições.
Lamentável!!!
Infelizmente tenho que reconhecer Que a maioria do povo brasileiro estar Mais preocupado com o próprio bolso ao invés de se preocupar com princípios tipo: Moralidade, Honestidade e compromisso para um Brasil sério.
Que para o brasileiro é mais importante garantir o seu ao invés de garantir o melhor para Brasil para que este seja conduzido por políticos sérios e honestos.
Que no momento é muito mais relevante continuar recebendo o bolsa esmola e uma rendinha melhor mesmo que isso signifique vindo de um governo mentiroso, corrupto formado por uma quadrilha(partido) que pretende a todo custo se perpetuar no poder.
Estou cada vez mais convencido que falta muito , muito mesmo para o Brasil melhorar a cultura e educação do povo brasileiro , porque só com um povo educado, culto e bem informado já mais teríamos pessoas colocando seus interesses acima do Brasil.
É lamentável que a maioria que hoje querem Dilma no poder, não condicionem essa meta a moralidade, honestidade e seriedade.
Lamento, lamento mesmo que a maioria do povo brasileiro não esteja nem ai, se o Brasil é e continuará sendo conduzido por corruptos porque para esta maioria , o relevante é garantir o seu em primeiro lugar e em segundo lugar fica o Brasil.
Alguém precisa dizer a esta maioria, que o Brasil precisa se livrar desses corruptos porque se livrando deles o País tem real condições de melhor com solidez e prosperidade para todos com moralidade e honestidade.
Sinceramente não vejo vantagem alguma um povo se contentando com tão pouco mesmo sabendo que este pouco vem de um governo corrupto e mentiroso.
A esperança é a ultima que more!!!!
Tenho esperança que um dia seremos um povo que colocaremos em primeiro lugar os princípios como : Educação, Honestidade acima do dinheiro .
Com certeza, no dia que colocarmos a Educação, Honestidade e compromisso para se fazer um Brasil melhor, Já mais pessoas como a Senhora Dilma e Lula da Silva teriam condições e moral para dirigir esta nação.

Fica aqui minha modesta opinião

Nikacio lemos
23 anos

Anônimo disse...

Coronel Paulo Ricardo da Rocha Paiva ao término da sua exposição sobre FFAA SÃO PARA DISSUADIR OU VENCER, NÃO PARA PERDER.
Vossa Senhoria deixa uma pergunta no ar:
Quantos de nós pode se candidatar a cargos eletivos?
Eu respondo:
Todos os MILITARES podem se candidatar a qualquer cargo eletivo nas próximas eleições desde que não seja o de PRESIDENTE DA REPUBLICA, este cargo esta vedado pelos PARTIDOS POLÍTICOS, para em não darem legenda a nenhum MILITAR, principalmente se ele for OFICIAL GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS, informo-vos ainda que o TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL está conivente com os PARTIDOS E SEUS PRESIDENTES.
Digo isso com toda a clareza, honestidade, coragem e honra que possuo e posso provar o que digo, vejam a exposição abaixo:

ELEIÇÕES LIMPAS

IMPÕE DECISÕES LIMPAS DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, NA ANALÍSE DOS PROCESSOS DE SUA COMPETÊNCIA.
FATO QUE NÃO ESTÁ OCORRENDO COM OS PROCESSOS DO BRIGADEIRO ERCIO BRAGA QUE PLETEIA UMA CANDIDATURA A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PELO PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO (PTC) COMO PODE SER VERIFICADO RELATO ABAIXO:

PARTE - 1

MANDADO DE SEGURANÇA - ANDAMENTO ATÉ A PRESENTE DATA.
SERÁ QUE HAVERÁ DECISÃO DO TSE ATÉ O DIA 3 DE OUTUBRO DE 2010.

-História passo a passo do Inferno de Brigadeiro com a Justiça Eleitoral Brasileira.(PRIMEIRA PARTE)

- Inscrição no Partido PTC.
- Inscrição de Pré-candidato a Presidente da República pelo PTC.
- Inscrição de Pré-candidato protocolado no TSE.
- Mandado de Segurança, Embargos de Declaração, Agravo Regimental - ainda não decididos e
- RRCI - NEGADO INJUSTAMENTE - VEJA PARTE - 2

No dia 30 de setembro de 2009, o Brigadeiro Ercio Braga, Ex. Presidente do Clube de Aeronautica, por convite de um filiado se filiou ao Partido Trabalhista Cristão (PTC), conforme prova documento n.1 anexo.( CERTIDÃO EMITIDA PELO TSE).

Disse ao Presidente do Partido Sr. Daniel Sampaio Tourinho que a sua pretenção era se candidatar ao cargo majoritário de Presidente da República.

No dia 28 de julho de 2010, isto é, um mês e dezenove dias, após este documento de incrição dar entrada no TSE, foi juntado ao protocolo n. 21.l83/2010, cujo interessado é o Tribunal Superior Eleitoral.
Assunto: comunicação dos Partidos ao Tribunal Superior Eleitoral dos seus Editais de convocação contendo local dia e horas das suas CONVENÇÕES NACIONAIS, para conhecimento de seus membros, com direito a voto como determina os Estatutos das Agremiações Partidarias. Até o dia 28/6/2010 o PTC ainda não tinha enviado ao TSE, o comunicado sobre o seu EDITAL, COM LOCAL, DATA E HORA DA CONVENÇÃO NACIONAL, pois não consta do protocolo acima.

No dia 9 de junho de 2010, O BRIGADEIRO ERCIO BRAGA, foi a Brasilia e se inscreveu no Partido como Pré-candidato a Presidente da República, conforme prova documento n. 2, anexo.
Nesta mesma data 9 de junho de 2010, fez um oficio 001/2010 ao Tribunal Superior Eleitoral, atendendo a orientação da secretária geral do partido que obtiverá tal informação junto ao TRE/RIO, numa reunião com todos os Partidos. Encaminhou a inscrição acima em papel timbrado do Partido dando Ciência da inscrição sem contestação, tanto do Partido, bem como do TSE, que tomou conhecimento do documento e o protocolou com o n. 14.587 as 13:41hs,conforme prova documento n.3, anexo.
Após tomar conhecimento deste fato o Presidente do Partido Sr. DANIEL SAMPAIO TOURINHO, ignorou a pré-candidatura do BRIGADEIRO ERCIO BRAGA e no dia 11 de junho de 2010, na Convenção Regional em Brasilia, para o lançamento do candidato ao Governo do Estado, foi público por um jornal de Brasilia a coligação com o PT.
No dia 13 de junho de 2010, está confirmação foi reinterada na Convenção Regional do Estado do
Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

FFAA....

CONTINUAÇÃO DA PRIMEIRA PARTE 1

Antes destas duas datas das Convenções Regionais o Presidente do Partido já tinha conhecimento do Registro da pré-candidatura do Brigadeiro Ercio Braga a Presidência da República tanto no Partido, como no TSE e novamente ignorando-a, confirmou a coligação com o PT.
É como se o SR. DANIEL SAMPAIO TOURINHO, Presidente do Partido estivesse seguro de que o TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, não aceitaria qualquer interferência judicial contra a decisão tomada nestas duas Convenções Regionais, a ponto de um alto funcionário do Partido informar que se o Brigadeiro não estivesse satisfeito que procurasse o Corpo Juridico. (SR. SALIM)
O Brigadeirto Ercio Braga encaminhou ao Presidente do Partido um telegrama, solicitando a ATA da CONVENÇÃO NACIONAL que regeitou a sua pré-candidatura, não obtendo nenhuma resposta.

No dia 6 de julho de 2010, protocolo n.18.471/2010 as 15:51 o Brigadeiro Ercio Braga deu entrada no Egrégio Tribunal Superior Eleitoral de um Mandado de Segurança.

Este documento seguiu os tramites legais até a montagem concluida as 16:39. As 16:44 o CPADI liberou para distribuição, A distribuição foi feita por prevenção em 6/7/2010 ao Ministro Aldir Passarinho Junior. A distribuição por prevenção e feita quando aquele Ministro já se encontra com algum documento para sua apreciação daquela pessoa ou já despachou.
Lei 10.358 de 27 de dezembro de 2001
"Art. 253. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza:
I - quando se relacionarem, por conexão ou continência, com outra já ajuizada;
II - quando, tendo havido desistência, o pedido for reiterado, mesmo que em litisconsórcio com outros autores.
............................................................................."(
Até data acima, a unica entrada de documento do Brigadeiro Ercio Braga, foi o do protocolo n.14.587/2010 de 9/6/2010, pelo SEPRO, as 13:41, registrado e encaminhado as 13:52, para o CPADI onde foi recebido as 14:32 hs, onde ficou até aparecer indevidamente juntado no dia 28/7/2010 ao protocolo n.21.183/2010, as 14:30hs, sem nenhum despacho feito pelo Ministro Aldir Passarinho Junior. Logo a distribuição por prevenção carece de um esclarecimento pois contraria o principio transcrito no artigo 253,l, do CPC.
Na sua primeira decisão o Tribunal Superior Eleitoral, na pessoa do Exmo. Ministro Audir Passarinho Junior, Relator, apesar de reconhecer a legalidade do Mandado de Segurança, indeferiu a liminar por ser um fato INAUDITO
Aproveitou a deixa da frase usada pelo Advogado do Brigadeiro, que colocou a frase FACE NÃO TER ACATADO, (com sentido de ignorado) a sua pré-candidatura pelo Presidente do Partido Sr.Daniel Sampaio Tourinho, interpretou como se tivesse havido um INDEFERIMENTO do Partido e como não havia nos documentos apresentados nenhum documento desse indeferimento, negou provimento ao Mandado.
Considerar FACE NÃO TER ACATADO = INDEFERIMENTO é um fato INAUDITO para anais do TSE.
Decisão publicada no dia 8/7/2010 no Acompanhamento Processual e Push do Egrégio Tribunal Superior Eleitoral.
No dia 9/7/2010 após tomar conhecimento oficial desta decisão. Foi impetrado pelo Brigadeiro o Embargos de Declaração, protocolo n.18.881/2010 de 9/7/2010 as 12:42hs para o CPRO e recebido as 13:06 hs, esta seção, após a divulgação da decisão do Ministro Relator no seu canal pela internet, como ja citado acima, resolveu publicar pelo CPRO, as l5,35hs, o seguinte: aguardando publicação de decisão prevista para o dia 4/8/2010, sem contudo afirmar que esta decisão se referia a que já havia sido publicada no dia 8/7/2010 no seu Acompanhamento Processual e Push, isto é, duas horas e vinte e nove minutos(02:29hs), após o recebimento dos Embargos de declaração(12:42hs).
Este artificio foi usado pelo Exmo.Sr. Ministro para fugir do prazo de 5 dias uteis para a resposta do Embargos de Declaração que lhe impoe o art 535 e seguintes do CPC. (transcrevo).
.

Anônimo disse...

2A.CONTINUAÇÃO PRIMEIRA PARTE

“Processo de Conhecimento
CAPÍTULO V
DOS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
Art. 535. Cabem embargos de declaração quando:
— Vide art. 463, II, do Código de Processa Civil.
I. houver, na sentença ou no acórdão, obscuridade ou contradição;
II — for omitido ponto sobre o qual devia pronunciar-se o juiz ou tribunal.
Caput e incisos com redação determinada pela Lei n. 8.950, de 13 de dezembro de 1994.
- Vide Súmula 211 do STJ.
Art. 536. Os embargos serão opostos, no prazo de 5 (cinco) dias, em petição dirigida ao juiz ou relator, com indicação do ponto obscuro, contraditório ou omisso, não estando sujeitos a preparo.
- Artigo com redação determinado pela Lei n. 8.950, de 13 de dezembro de 1994.
Art. 537. O juiz julgará os embargos em 5 (cinco) dias; nos tribunais, o relator apresentará os embargos em mesa na sessão subseqüente, proferindo voto.
-Artigo com redação determinado pela Lei n. 8.950, de 13 de dezembro de 1994.” (G.N.).. e para jogar mais para a frente esta decisão INAUDITA, assim considerada pelo Exmo. Sr. Ministro Relator.
Após fugir do prazo acima estipulado pelo CPC, o EXmo Sr. Ministro Audir Passarinho Junior, ficou ciente que não houve por parte do Brigadeiro e de seu advogado a reiteração dos Embargos de Declaração, após a publicação do dia 4/8/2010, logo, no dia 13/8/2010, as 18:06hs (Registrado Decisão Monocratica de 9/8/2010 Não conhecido os Embargos de Declaração e jogando ainda para ganhar mais tempo a sua decisão para publicação oficial em 18/8/2010), decidiu não conhecer dos Embargos de Declaração, dizendo que o mesmo teria dado entrada antes da publicação. Negando dessa forma novamento com artificio inaudito para um Magistrado o Mandado de Segurança.
No dia 19/8/2010, as 17:01hs, o Brigadeiro interpos um Agravo Regimental, que esta tramitando ate a presente data sem decisão do Égregio Tribunal Superior Eleitoral.
Depois de todos os artificios usado pelo Exmo.Sr. Ministro Relator, será que esta
decisão sairá antes das eleições marcadas para o dia 3 de outubro de 2010.
SE ESTE MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E O ALERTA TOTAL PRECISAR DE PROVAS DOCUMENTAIS DO ESCRITO ACIMA, É SO MANDAR O ENDEREÇO QUE ENVIAREI POR SEDEX 10, NO DIA SEGUINTE.
ASS.Cesar Pinto Cel

Anônimo disse...

RRCI - NEGADO INJUSTAMENTE - PARTE - 2

Vejam abaixo a forma DEMOCRATICA que foi usada contra o BRIGADEIRO ERCIO BRAGA, para ter o seu REGISTRO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL (RRCI), negado pelo TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL.

Neste pais atual estas palavras DEMOCRACIA E ELEIÇÕES soam como desrespeito em primeiro lugar a Constituição Federal, depois as Leis, tais como: Codigo Processo Civil(CPC), Lei 9.504 das eleições, Lei 12.016 Mandado de Segurança e por fim os Estatutos Partidarios que para receberem licença como Agremiação Partidaria precisa encaminha-los ao Tribunal Superior Eleitoral que após aprovação autoriza o funcionamento dos Partidos.
Estes Estatutos regem as Agremiações partidaria para sempre. Podendo sofrer alterações em seus artigos conforme a necessidade de cada um e com conhecimento do TSE.
Hora numa verdadeira Democracia com Eleições isentas de preconceito e outros tipos de mazelas, como pode um Partido negar a candidatura de um MILITAR filiado a ele que Pleiteia uma Candidatura a Presidência da Republica.

Pior ainda é quando um Exmo.Sr. Ministro ALDIR PASSARINHO JUNIOR do Tribunal Superior Eleitoral, Relator de um Processo de Registro de Candidatura Individual (RRCI) baseia suas decisões sem ouvir a parte acusada por escrito e decide como se estivesse conivente com o Presidente do Partido.
O Ministro Relator após negativas encima de negativas, usando artifícios pouco recomendaveis para um Magistrado que tem por dever zelar pela verdadeira JUSTIÇA. Por achar que o RRCI, era um fato INAUDITO, para os anais do TSE, indeferiu de inicio o RRCI.
Os recursos impetrados pelo requerente, foram negados apesar de estarem corretos.
Um dos fato mais marcante destas negativas foi o MINISTRO ter aceitado uma ATA da CONVENÇÃO NACIONAL DO PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO, que foi confeccionada na SEDE do Partido em Brasilia, em uma sala no dia 30 de junho de 2010 às 0900hs, sem aviso prévio ao TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, sem EDITAL DE CONVOCAÇAO, contendo LOCAL, DIA , DATA E HORA, para conhecimento e comparecimento de seus membros com direito a voto.
Assinaram a A FALSA ATA , sòmente sete membros, sendo três membros da familia do Presidente do Partido, SR. DANIEL SAMPAIO TOURINHO, SUA IRMÃ IGNÊS SAMPAIO TOURINHO E SEU FILHO DIOGO SAMPAIO TOURINHO E MAIS QUATRO MEMBROS, sendo um de São Paulo CIRO TIZIANI MOURA um do Rio de Janeiro, CLEIO GASPAR DE SÁ FREIRE o secretário do partido em Brasilia, DIVINO OMAR DO NASCIMENTO e RIVAILTON PINTO VELOSO DA SILVA, os quais, com certeza não estavam presentes ao ato da confecção da ATA , exceto o Secretário, fato este que carece de investigação, posto que esta FALSA ATA, so foi entregue ao TSE, no dia 5 de julho de 2010, as 17:50 hs, protocolo n 18.251/2010.
Ata esta que esta em total descordo com o que determina o Estatuto Partidário.
O MINISTRO RELATOR, não vendo saida para negar provimento ao RRCI, por ser um fato INAUDITO na sua concepção, decidiu levar o RRCI ao PLENÁRIO e após mais de um mês decorrente do processo RRCI em suas mãos e sem consultar o ORGÃO do qual faz parte, decidiu dizer em PLENÁRIO que o requerente sequer provou que era filiado ao Partido. O que levou os MINISTRO DO PLENÁRIO VOTAREM COM O RELATOR, (EXMO.SR. MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR), negando provimento ao RRCI.
Continua:

Anônimo disse...

CINTNUAÇÃO SEGUNDA PARTE

No dia seguinte o requerente ciente da decisão do PLENÁRIO, encaminhou a Certidão do TSE, ao TSE, provando a sua filiação, mas o Exmo. Sr. MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR vendo que esta CERTIDÃO poderia comprometê-lo perante o PLENÁRIO, que pela decisão publicada acompanhou o voto do RELATOR por esta exposição e não vendo saída, apelou por não conhecer este documento, dizendo que o mesmo continha êrro de procedimento.
A verdade é que o Exmo Sr. MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR, teve medo de ser desmascarado perante o PLENÁRIO, pois foi por este motivo, que os outros MINISTROS votaram com o RELATOR, conforme publicação do ACORDÃO.

Após a exposição acima posso lhe dizer que a incompetência tomou conta deste PAIS, pois aqueles que tinham que dar EXEMPLO,OS MINISTRO DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ATÉ ESTE MOMENTO NÃO TOMARAM NENHUMA DECISÃO SOBRE O MANDADO DE SEGURANÇA DO BRIGADEIRO ERCIO BRAGA, POR MEDO E COVARDIA,POIS TERÃO QUE DAR UMA DECISÃO INAUDITA, DAÍ ELES PREFERIREM NÃO DAR NENHUMA DECISÃO ANTES DA PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

É NESTE ESTADO QUE SE ENCONTRA O NOSSO BRASIL, ONDE AS AUTORIDADES TEM MEDO DE SE PRONUNCIAR CONTRA O GOVERNO.

O denunciante informa que tem todas as provas documentais sobre o transcrito acima, se precisar é so pedir pelo email celcesarpinto@gmail.com
Ass.Cesar Pinto Cel.