domingo, 19 de setembro de 2010

O golpe dos militantes do crime organizado

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão


O candidato Luiz Inácio Lula da Silva, que jura nada saber sobre os negócios nada lícitos que acontecem na Casa Civil de sua Presidência, comprovou ontem que não tem mesmo apreço pela liberdade de expressão. Da mesma forma que seus companheiros do Foro de São Paulo – Fidel Castro e Hugo Chavez -, Lula só aceita a imprensa quando ela o elogia. Se ela o critica, a chama de “golpista”. Lula é um legítimo Odorico Paraguaçu inventado pelo Golbery do Couto e Silva, no final da década de 70, para neutralizar, no movimento trabalhista, Leonel Brizola – o mesmo que o chamou Lula de “filhote da ditadura”.

O falecido Brizola tinha razão. Ontem, em Campinas, durante discurso com sua candidata (a amiga de Erenice Guerra), o presidente proclamou que a vitória de Dilma Rousseff na eleição significará também a derrota da imprensa. $talinácio deu seus motivos para a soberba eleitoreira: “Nós não vamos derrotar apenas os nossos adversários tucanos, nós vamos derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como se fossem um partido político e não têm coragem de dizer que são um partido político, que têm candidato e não têm coragem de dizer que têm candidato, que não são democratas e pensam que são democratas”.

No tradicional estilo dos ditadores convencionais, Lula comprovou seu total desapreço por veículos de comunicação que não lhe façam elogios e que ousem criticá-lo: “Tem dia que determinados setores da imprensa brasileira chegam a ser uma vergonha. Se o dono do jornal ler o seu jornal ou o dono da revista ler a sua revista, eles ficariam com vergonha do que eles estão escrevendo exatamente neste momento”.

Vergonha é ler o que o desgoverno Lula anda fazendo. Por isso, o procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Marinus Marsico, resolveu que pedirá a abertura de investigação nos contratos de compra do Tamiflu (medicamento contra a questionável gripe suína). A revista Veja, que ontem foi alvo da irritação de $talinácio, denunciou que funcionários da Casa Civil teriam recebido, em 2009, propina pelo contrato emergencial de compra do remédio. Entre os funcionários, estaria Vinicius de Oliveira Castro, apontado como sócio de Israel Guerra, filho da ex-ministra Erenice Guerra.

Veja reproduziu a denúncia de Marco Antônio Oliveira, tio de Vinícius, e ex-diretor dos Correios, demitido do cargo por Erenice. A declaração de Marco Antônio foi gravada. Agora, para terror de Lula e seu esquema autoritário de ligações com o crime organizado, o procurador Marsico promete rigor nas investigações. Ele considera que as denúncias são graves e precisam ser apuradas, pois há indícios de tráfico de influência.

Lula tem a sorte de que a mídia - de quem tanto reclama – é lida, escutada e vista pela maioria do eleitorado, que nada consegue interpretar do que é informado. Somos um País de ignorantes que empresta popularidade a um igual, que aprendeu a usar muito bem a demagogia e a troca de favores para seduzir aqueles que o admiram. Curioso é Lula cuspir no prato em que comeu, pois foi esta mesma mídia agora criticada que ajudou a transformá-lo em um mito político, inatacável, inatingível, apesar de evidências como o mensalão e tantos outros escândalos que se sucedem e se sucederão até o fim do atual mandato.

Lula que se prepare. Tem mais escândalos para estourar. O senador Álvaro Dias (PSDB) passou o fim de semana telefonando para caciques políticos, e promete uma segunda-feira bem tensa para o governo Lula. A blindada Dilma que se prepare para tomar muito chumbo nesta reta final de uma campanha eleitoral marcada por muita baixaria e por quase nenhuma discussão realmente política – como bem interessa aos regimes de democradura como o nosso.

Filhotes da dita-dura, podem gritar à vontade. A Casa Civil já caiu. Uma hora, quem sabe, cai a outra. E o golpe, curiosamente, é dado pelo crime organizado que toma conta do governo. E não pela mídia ou por militares. Será que as forças do mal conseguirão conter o golpe dado pelos próprios militantes do crime organizado? Eis uma questão para ser respondida por especialistas em harakiri político.

Leia também o artigo: A Guerra que Dilma já perdeu antes de ganhar

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

17 comentários:

Anônimo disse...

A Casa Civil já caiu! Concordo! Mas esse doente que governa o Brasil, aformou em Pernambuco que ainda até final do mandato, com uma caneta, vai fazer muita miséria.

Essa afirmação pode significar a fuga para a frente para se manter no cargo, quando vir que não vai eleger essa, sei lá o quê, post, terrorista, ex-terrorista, sapataão, abafadora, etc, etc. Talvez mesmo criar estado de sitio!

Ele vive num mundio irreal da sua loucura como pé descalço que chegou ao Poder através de discursos demagogicos e de muito gramscismo.

Panambi disse...

"Jornalismo Independente"
"Especialista em Política"

Tu tá de brincadeira, né????

VIDALVO DE OLIVEIRA disse...

Meus amigos,
o brasil precisa com ugencia de uma revolução democ´ratica encabeçada por civis e militares a nação brasileira não pode fica desmoralizada e dominada pelo crime organizado sob o comando de orgaizações criminosas qu dezem ser partidos políticos, para o bem do brasi e dos brasileiros fora lula e sua quadrilha de vanpiros nocotraficantes e outras coisas donansas e venenosas para o povo brasileiro, viva a revolução abaixo o lula a vergonha brasileira.

Alerta Total de Jorge Serrão disse...

Panambi, quem está de brincadeira é o governo. Lula e Dilma nada sabiam sobre a Erenice? Então, tá...

Acesse disse...

http://anularvoto.blogspot.com/

Anônimo disse...

Artigo Esclarecedor

qual a diferença do branco e do nulo?
O voto branco

O voto branco simplesmente é um voto que não vai para nenhum dos candidatos, mas é um voto válido. Ao contrário do que muitos pensam, o voto branco não vai para o candidato com mais votos. Essa é uma crença que surgiu da época dos votos por cédula, quando era fácil fraudar uma cédula em branco durante a contagem para ter o voto de qualquer candidato. O voto em branco registra a vontade do eleitor de não influenciar na decisão, um voto “tanto faz”, de quem não tem preferência mas que se contenta com qualquer candidato.

O voto nulo

O voto nulo tem um papel mais contestador. O voto nulo, ao contrário do branco que significa que qualquer candidato serve, significa que nenhum candidato serve. O voto nulo representa a vontade do eleitor de que nenhum dos candidatos se eleja.
Existe uma crença por parte da população de que se mais de 50% dos votos forem nulos, a eleição é invalidada e deve ser feita uma nova eleição. Essa crença (da qual eu mesmo fui vítima) foi criada a partir de uma ambigüidade em um artigo do código eleitoral que afirma a nulidade da eleição quando da nulidade de mais de 50% dos votos. Acontece que essa nulidade se refere a votos válidos que venham a ser anulados por fraude ou outro motivo, e não os votos nulos.

Qual o efeito do voto nulo ou Branco?

Vamos supor que temos uma eleição em que 10 pessoas votem com 3 candidatos.

Candidato A recebe 4 votos
Candidato B recebe 2 votos
Candidato C recebe 2 votos
Branco e nulo são 2 votos

Qual é o resultado da eleição?
Candidato A terá 50%
Candidato B terá 25%
Candidato C terá 25%

Porque na apuração do resultado só são computados os votos válidos. Por isso o voto Nulo/Branco acaba ajudando quem está na frente, por isso que a Dilma tem 41% e dizem que hoje ela poderia vencer no 1º turno.

http://tirardovermelho.zip.net/
ACORDA BRASILLLLLLLLLLLLLLLLL

Anônimo disse...

Vc é ridículo. As tais denúncias graves na casa civil são mais ridículas ainda.
Favorecimento do único produtor mundial do tamiflu na licitação para a compra desse remédio é lorota que só um retardado pode acreditar...

Anônimo disse...

Amigo serrão:
Veja como funciona o crime organizado na coligação do PTC, com o PT, com conivência do TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, sem que a midia se importe e tambem com conivência da Corregedoria Geral do TSE.
PARTE 1
Vejam abaixo a forma DEMOCRATICA que foi usada contra o BRIGADEIRO ERCIO BRAGA, para ter o seu REGISTRO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL (RRCI), negado pelo TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL.

Neste pais atual estas palavras DEMOCRACIA E ELEIÇÕES soam como desrespeito em primeiro lugar a Constituição Federal, depois as Leis, tais como: Codigo Processo Civil(CPC), Lei 9.504 das eleições, Lei 12.016 Mandado de Segurança e por fim os Estatutos Partidarios que para receberem licença como Agremiação Partidaria precisa encaminha-los ao Tribunal Superior Eleitoral que após aprovação autoriza o funcionamento dos Partidos.
Estes Estatutos regem as Agremiações partidaria para sempre. Podendo sofrer alterações em seus artigos conforme a necessidade de cada um e com conhecimento do TSE.
Hora numa verdadeira Democracia com Eleições isentas de preconceito e outros tipos de mazelas, como pode um Partido negar a candidatura de um MILITAR filiado a ele que Pleiteia uma Candidatura a Presidência da Republica.

Pior ainda é quando um Exmo.Sr. Ministro ALDIR PASSARINHO JUNIOR do Tribunal Superior Eleitoral, Relator de um Processo de Registro de Candidatura Individual (RRCI) baseia suas decisões sem ouvir a parte acusada por escrito e decide como se estivesse conivente com o Presidente do Partido.
O Ministro Relator após negativas encima de negativas, usando artifícios pouco recomendaveis para um Magistrado que tem por dever zelar pela verdadeira JUSTIÇA. Por achar que o RRCI, era um fato INAUDITO, para os anais do TSE, indeferiu de inicio o RRCI.
Os recursos impetrados pelo requerente, foram negados apesar de estarem corretos.
Um dos fato mais marcante destas negativas foi o MINISTRO ter aceitado uma ATA da CONVENÇÃO NACIONAL DO PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO, que foi confeccionada na SEDE do Partido em Brasilia, em uma sala no dia 30 de junho de 2010 às 0900hs, sem aviso prévio ao TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, sem EDITAL DE CONVOCAÇAO, contendo LOCAL, DIA , DATA E HORA, para conhecimento e comparecimento de seus membros com direito a voto.
Assinaram a A FALSA ATA , sòmente sete membros, sendo três membros da familia do Presidente do Partido, SR. DANIEL SAMPAIO TOURINHO, SUA IRMÃ IGNÊS SAMPAIO TOURINHO E SEU FILHO DIOGO SAMPAIO TOURINHO E MAIS QUATRO MEMBROS, sendo um de São Paulo CIRO TIZIANI MOURA um do Rio de Janeiro, CLEIO GASPAR DE SÁ FREIRE o secretário do partido em Brasilia, DIVINO OMAR DO NASCIMENTO e RIVAILTON PINTO VELOSO DA SILVA, os quais, com certeza não estavam presentes ao ato da confecção da ATA , exceto o Secretário, fato este que carece de investigação, posto que esta FALSA ATA, so foi entregue ao TSE, no dia 5 de julho de 2010, as 17:50 hs, protocolo n 18.251/2010.
Ata esta que esta em total descordo com o que determina o Estatuto Partidário.

Anônimo disse...

PARTE 2


O MINISTRO RELATOR, não vendo saida para negar provimento ao RRCI, por ser um fato INAUDITO na sua concepção, decidiu levar o RRCI ao PLENÁRIO e após mais de um mês decorrente do processo RRCI em suas mãos e sem consultar o ORGÃO do qual faz parte, decidiu dizer em PLENÁRIO que o requerente sequer provou que era filiado ao Partido. O que levou os MINISTRO DO PLENÁRIO VOTAREM COM O RELATOR, (EXMO.SR. MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR), negando provimento ao RRCI.
No dia seguinte o requerente ciente da decisão do PLENÁRIO, encaminhou a Certidão do TSE, ao TSE, provando a sua filiação, mas o Exmo. Sr. MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR vendo que esta CERTIDÃO poderia comprometê-lo perante o PLENÁRIO, que pela decisão publicada acompanhou o voto do RELATOR por esta exposição e não vendo saída, apelou por não conhecer este documento, dizendo que o mesmo continha êrro de procedimento.
A verdade é que o Exmo Sr. MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR, teve medo de ser desmascarado perante o PLENÁRIO, pois foi por este motivo, que os outros MINISTROS votaram com o RELATOR, conforme publicação do ACORDÃO.

O Comentarista informa que tem todas as provas documentais sobre o transcrito acima, se precisar é so pedir pelo email celcesarpinto@gmail.com
Ass.Cesar Pinto Cel

Anônimo disse...

Vejam MAIS o que está acontecendo com MILITAR, BRIGADEIRO ERCIO BRAGA
ao tentar ser candidato a
Presidência da República pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), que teve Ignorada a sua Pré-Candidatura, e está tendo apoio total do TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL,na pessoa do Exmo. Sr. MINSTRO RELATOR ALDIR PASSRINHO JUNIOR, totalmente conivente com o Presidente do Partido Trabalhista Cristão, SR. DANIEL SAMPAIO TOURINHO.
O mesmo MINISTRO que foi RELATOR DO RRCI, negando provimento ao mesmo por se tratar de um fato INAUDITO na sua concepção.
Agora com dificuldade para negar o MANDADO DE SEGURANÇA, impetrado pelo MILITAR,desde o dia 6/7/2010.
Vai esperar até terminar as ELEIÇÕES para depois dar a decisão.
É dessa forma que o PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, em PARCERIA com a ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DO BRASILEIROS(AMB)lança a terceira CAMPANHA ELEIÇÕES LIMPAS.

ELEIÇÕES LIMPAS

IMPÕE DECISÕES LIMPAS DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, NA ANALÍSE DOS PROCESSOS DE SUA COMPETÊNCIA.
FATO QUE NÃO ESTÁ OCORRENDO COM OS PROCESSOS DO BRIGADEIRO ERCIO BRAGA QUE PLETEIA UMA CANDIDATURA A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PELO PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO (PTC) COMO PODE SER VERIFICADO RELATO ABAIXO:

PARTE - 1

MANDADO DE SEGURANÇA - ANDAMENTO ATÉ A PRESENTE DATA.
SERÁ QUE HAVERÁ DECISÃO DO TSE ATÉ O DIA 3 DE OUTUBRO DE 2010.

-História passo a passo do Inferno de Brigadeiro com a Justiça Eleitoral Brasileira.(PRIMEIRA PARTE)

- Inscrição no Partido PTC.
- Inscrição de Pré-candidato a Presidente da República pelo PTC.
- Inscrição de Pré-candidato protocolado no TSE.
- Mandado de Segurança, Embargos de Declaração, Agravo Regimental - ainda não decididos e
- RRCI - NEGADO INJUSTAMENTE - VEJA O COMENTÁRIO ANTERIOR.

No dia 30 de setembro de 2009, o Brigadeiro Ercio Braga, Ex. Presidente do Clube de Aeronautica, por convite de um filiado se filiou ao Partido Trabalhista Cristão (PTC), conforme prova documento n.1 anexo.( CERTIDÃO EMITIDA PELO TSE).

Disse ao Presidente do Partido Sr. Daniel Sampaio Tourinho que a sua pretenção era se candidatar ao cargo majoritário de Presidente da República.

No dia 28 de julho de 2010, isto é, um mês e dezenove dias, após este documento de incrição dar entrada no TSE, foi juntado ao protocolo n. 21.l83/2010, cujo interessado é o Tribunal Superior Eleitoral.
Assunto: comunicação dos Partidos ao Tribunal Superior Eleitoral dos seus Editais de convocação contendo local dia e horas das suas CONVENÇÕES NACIONAIS, para conhecimento de seus membros, com direito a voto como determina os Estatutos das Agremiações Partidarias. Até o dia 28/6/2010 o PTC ainda não tinha enviado ao TSE, o comunicado sobre o seu EDITAL, COM LOCAL, DATA E HORA DA CONVENÇÃO NACIONAL, pois não consta do protocolo acima.

No dia 9 de junho de 2010, O BRIGADEIRO ERCIO BRAGA, foi a Brasilia e se inscreveu no Partido como Pré-candidato a Presidente da República, conforme prova documento n. 2, anexo.
Nesta mesma data 9 de junho de 2010, fez um oficio 001/2010 ao Tribunal Superior Eleitoral, atendendo a orientação da secretária geral do partido que obtiverá tal informação junto ao TRE/RIO, numa reunião com todos os Partidos. Encaminhou a inscrição acima em papel timbrado do Partido dando Ciência da inscrição sem contestação, tanto do Partido, bem como do TSE, que tomou conhecimento do documento e o protocolou com o n. 14.587 as 13:41hs,conforme prova documento n.3, anexo.

Anônimo disse...

Serrão,
Esta é a primeira vez que leio os comentários, sempre leio os artigos.
Estou estarrecido com o nível dos comentários dos PeTralhas.
Vê-se que são crias do molusco-apedeuta.
Para eles eu tenho um mote: Diga-me com quem andas e eu constatarei que será idêntico aos seus.

Anônimo disse...

SEGUNDA PARTE-2

Após tomar conhecimento deste fato o Presidente do Partido Sr. DANIEL SAMPAIO TOURINHO, ignorou a pré-candidatura do BRIGADEIRO ERCIO BRAGA e no dia 11 de junho de 2010, na Convenção Regional em Brasilia, para o lançamento do candidato ao Governo do Estado, foi público por um jornal de Brasilia a coligação com o PT.
No dia 13 de junho de 2010, está confirmação foi reinterada na Convenção Regional do Estado do Rio de Janeiro.
Antes destas duas datas das Convenções Regionais o Presidente do Partido já tinha conhecimento do Registro da pré-candidatura do Brigadeiro Ercio Braga a Presidência da República tanto no Partido, como no TSE e novamente ignorando-a, confirmou a coligação com o PT.
É como se o SR. DANIEL SAMPAIO TOURINHO, Presidente do Partido estivesse seguro de que o TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, não aceitaria qualquer interferência judicial contra a decisão tomada nestas duas Convenções Regionais, a ponto de um alto funcionário do Partido informar que se o Brigadeiro não estivesse satisfeito que procurasse o Corpo Juridico. (SR. SALIM)


O Brigadeirto Ercio Braga encaminhou ao Presidente do Partido um telegrama, solicitando a ATA da CONVENÇÃO NACIONAL que regeitou a sua pré-candidatura, não obtendo nenhuma resposta.

No dia 6 de julho de 2010, protocolo n.18.471/2010 as 15:51 o Brigadeiro Ercio Braga deu entrada no Egrégio Tribunal Superior Eleitoral de um Mandado de Segurança.

Este documento seguiu os tramites legais até a montagem concluida as 16:39. As 16:44 o CPADI liberou para distribuição, A distribuição foi feita por prevenção em 6/7/2010 ao Ministro Aldir Passarinho Junior. A distribuição por prevenção e feita quando aquele Ministro já se encontra com algum documento para sua apreciação daquela pessoa ou já despachou.
Lei 10.358 de 27 de dezembro de 2001
"Art. 253. Distribuir-se-ão por dependência as causas de qualquer natureza:
I - quando se relacionarem, por conexão ou continência, com outra já ajuizada;
II - quando, tendo havido desistência, o pedido for reiterado, mesmo que em litisconsórcio com outros autores.
............................................................................."(
Até data acima, a unica entrada de documento do Brigadeiro Ercio Braga, foi o do protocolo n.14.587/2010 de 9/6/2010, pelo SEPRO, as 13:41, registrado e encaminhado as 13:52, para o CPADI onde foi recebido as 14:32 hs, onde ficou até aparecer indevidamente juntado no dia 28/7/2010 ao protocolo n.21.183/2010, as 14:30hs, sem nenhum despacho feito pelo Ministro Aldir Passarinho Junior. Logo a distribuição por prevenção carece de um esclarecimento pois contraria o principio transcrito no artigo 253,l, do CPC.
Na sua primeira decisão o Tribunal Superior Eleitoral, na pessoa do Exmo. Ministro Audir Passarinho Junior, Relator, apesar de reconhecer a legalidade do Mandado de Segurança, indeferiu a liminar por ser um fato INAUDITO
Aproveitou a deixa da frase usada pelo Advogado do Brigadeiro, que colocou a frase FACE NÃO TER ACATADO, (com sentido de ignorado) a sua pré-candidatura pelo Presidente do Partido Sr.Daniel Sampaio Tourinho, interpretou como se tivesse havido um INDEFERIMENTO do Partido e como não havia nos documentos apresentados nenhum documento desse indeferimento, negou provimento ao Mandado.
Considerar FACE NÃO TER ACATADO = INDEFERIMENTO é um fato INAUDITO para anais do TSE.
Decisão publicada no dia 8/7/2010 no Acompanhamento Processual e Push do Egrégio Tribunal Superior Eleitoral.

Anônimo disse...

TERCIRA PARTE-3

Na sua primeira decisão o Tribunal Superior Eleitoral, na pessoa do Exmo. Ministro Audir Passarinho Junior, Relator, apesar de reconhecer a legalidade do Mandado de Segurança, indeferiu a liminar por ser um fato INAUDITO
Aproveitou a deixa da frase usada pelo Advogado do Brigadeiro, que colocou a frase FACE NÃO TER ACATADO, (com sentido de ignorado) a sua pré-candidatura pelo Presidente do Partido Sr.Daniel Sampaio Tourinho, interpretou como se tivesse havido um INDEFERIMENTO do Partido e como não havia nos documentos apresentados nenhum documento desse indeferimento, negou provimento ao Mandado.
Considerar FACE NÃO TER ACATADO = INDEFERIMENTO é um fato INAUDITO para anais do TSE.
Decisão publicada no dia 8/7/2010 no Acompanhamento Processual e Push do Egrégio Tribunal Superior Eleitoral.
No dia 9/7/2010 após tomar conhecimento oficial desta decisão. Foi impetrado pelo Brigadeiro o Embargos de Declaração, protocolo n.18.881/2010 de 9/7/2010 as 12:42hs para o CPRO e recebido as 13:06 hs, esta seção, após a divulgação da decisão do Ministro Relator no seu canal pela internet, como ja citado acima, resolveu publicar pelo CPRO, as l5,35hs, o seguinte: aguardando publicação de decisão prevista para o dia 4/8/2010, sem contudo afirmar que esta decisão se referia a que já havia sido publicada no dia 8/7/2010 no seu Acompanhamento Processual e Push, isto é, duas horas e vinte e nove minutos(02:29hs), após o recebimento dos Embargos de declaração(12:42hs).
Este artificio foi usado pelo Exmo.Sr. Ministro para fugir do prazo de 5 dias uteis para a resposta do Embargos de Declaração que lhe impoe o art 535 e seguintes do CPC. (transcrevo).
“Processo de Conhecimento
CAPÍTULO V
DOS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
Art. 535. Cabem embargos de declaração quando:
— Vide art. 463, II, do Código de Processa Civil.
I. houver, na sentença ou no acórdão, obscuridade ou contradição;
II — for omitido ponto sobre o qual devia pronunciar-se o juiz ou tribunal.
Caput e incisos com redação determinada pela Lei n. 8.950, de 13 de dezembro de 1994.
- Vide Súmula 211 do STJ.
Art. 536. Os embargos serão opostos, no prazo de 5 (cinco) dias, em petição dirigida ao juiz ou relator, com indicação do ponto obscuro, contraditório ou omisso, não estando sujeitos a preparo.
- Artigo com redação determinado pela Lei n. 8.950, de 13 de dezembro de 1994.
Art. 537. O juiz julgará os embargos em 5 (cinco) dias; nos tribunais, o relator apresentará os embargos em mesa na sessão subseqüente, proferindo voto.
-Artigo com redação determinado pela Lei n. 8.950, de 13 de dezembro de 1994.” (G.N.).. e para jogar mais para a frente esta decisão INAUDITA, assim considerada pelo Exmo. Sr. Ministro Relator.
Após fugir do prazo acima estipulado pelo CPC, o EXmo Sr. Ministro Audir Passarinho Junior, ficou ciente que não houve por parte do Brigadeiro e de seu advogado a reiteração dos Embargos de Declaração, após a publicação do dia 4/8/2010, logo, no dia 13/8/2010, as 18:06hs (Registrado Decisão Monocratica de 9/8/2010 Não conhecido os Embargos de Declaração e jogando ainda para ganhar mais tempo a sua decisão para publicação oficial em 18/8/2010), decidiu não conhecer dos Embargos de Declaração, dizendo que o mesmo teria dado entrada antes da publicação. Negando dessa forma novamento com artificio inaudito para um Magistrado o Mandado de Segurança.
No dia 19/8/2010, as 17:01hs, o Brigadeiro interpos um Agravo Regimental, que esta tramitando ate a presente data sem decisão do Égregio Tribunal Superior Eleitoral.
Depois de todos os artificios usado pelo Exmo.Sr. Ministro Relator, será que esta
decisão sairá antes das eleições marcadas para o dia 3 de outubro de 2010.
SE ESTE MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E O ALERTA TOTAL PRECISAR DE PROVAS DOCUMENTAIS DO ESCRITO ACIMA, É SO MANDAR O ENDEREÇO QUE ENVIAREI POR SEDEX 10, NO DIA SEGUINTE.
ASS.CESAR PINTO CEL

Anônimo disse...

Carta Polis

O presidente Lula beira os 80% de aprovação com base na soma dos conceitos “bom”’e “ótimo” de seu governo,atribuído pelos levantamentos dos institutos de pesquisas.

Porém – vale indagar –não estariam tão distantes o “bom” do “ótimo” que não poderiam ser somados ?

O “bom” precede o “ótimo”, pois expressa uma condição anterior, e menor na escala da excelência.

É como subir aos céus sem ter passado pelo purgatório.Não se conquista a ótima etapa celestial sem se ter sido um bom candidato à subida.

Os institutos presentearam Lula com a extinção da etapa antecedente de medida de sua aprovação popular.

Preferiram juntar conceitos obrigatoriamente superados pela linguística,pela filosofia pela sabedoria popular e pela lógica.

No afã (prazeroso, para os institutos de pesquisa) de agradar o poderoso da hora (porque já vinham agradando a outros antes agradando a outros antes de Lula),decepou-se a ordem gradual e natural das coisas, e até a dialética tão cara aos petistas.

Pois não existe o “ótimo” sem antes ter havido o “bom”, como não existe “ódio ’ sem ter havido antes a“ raiva”.

Se os institutos se dispusessem revelar o estado real da aceitação apresentariam separadamente os dois conceitos, e dariam a Lula o estímulo de conquistar o estágio final – o do “ótimo!” – com prêmio definitivo e consagrador, e em status de legitimidade.

Como está sendo apresentado hoje, o resultado parece mais auto-outorga.

Lula visa o consenso. Mas o consenso é inimiga da unanimidade, e a unanimidade é inimiga da maioria.

A relatividade é o meio de se chegar lá. Porém, Lula quer a totalidadde.

Esperança disse...

Os petralhas são tão ignorantes que não têm nem capacidade de raciocínio.
É a lavagem cerebral aplicada pelo partido.

Paulo Figueiredo disse...

Serrão,
a ESQUERDOPATIA é uma doença muito grave, turva a mente, confundindo a visão, o raciocínio e a sensatez. O pior, é altamente contagiosa. Vide o grande número de doentes que reagem mal aos fatos.

Agora atacam a mídia, mas quando Lula acabou de ser eleito para o segundo mandato, largou o povo esperando e correu para a GLOBO para dar entrevista exclusiva no Jornal Nacional e agradecer a força que o império dos Marinhos lhe deu.

Durante o segundo mandato, inteiro, a mídia foi absurdamente condescendente com suas mentiras e bravatas baratas. Não o contestou quando mentiu que pagou a dívida externa e nem desmentiu suas presepadas internacionais, mesmo quando petistas roubaram as imagens de aplausos na ONU, dadas à outra pessoa, para direcioná-las, falsamente, para Lula.

A mídia nestes últimos 6 anos mostra Lula o dia inteiro em todos os telejornais, sempre de maneira positiva. No último ano era ele e Dilma, direto.

A mídia se calou criminosamente para preservar os “esquerdopatas” que mataram CELSO DANIEL e mais 7 TESTEMUNHAS. A mídia fez vistas grossas para o enriquecimento avassalador dos filhos de Lula. Agora o pagamento do “ébrio – mor” é este. Total INGRATIDÃO.

A JOGADA de Lula é esperar que os banqueiros, que racharam o bico de tanto lucro no seu desgoverno, corram para defendê-lo, já que a grana do poder financeiro é quem financia a mídia e dá o tom de pauta.

Os membros do maior poder de uma república, o PODER AQUISITIVO, não estão nem ai para ele ou para quaisquer outros aprendizes de ditadorzinho de republiqueta. Já ganharam os seus e não dão a mínima, pois o poder está sempre com eles.

Abraço.

Marc disse...

Falando em Golbery, tive o privilégio e o prazer de conviver com ele uns dois ou três anos.
Extremamente culto, articulado e patriota (hoje é um palavrão).
Não fosse ele, os governos militares teriam endurecido muito mais.