sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Negócio: US$ 53 milhões de dólares foram transferidos de Brasília para Paris às 14h 30min de ontem

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão

Exclusivo - Uma prova de grandes negócios sempre acontecem em fins de governo. Por volta das 14h 30min desta quinta, final de feira, nada menos que US$ 53 milhões de dólares foram transferidos de Brasília para Paris. Todo mundo achou isto esquisito no Banco Central. Pode ser que a grana acabe na África ou em bancos de paraísos fiscais. Claro, depois de ser dividido com parceiros franceses.

Só falta ao inteligente investidor faturar os R$ 200 milhões da Mega Sena da virada. Pode ser que o transferidor de dólares esteja protegendo o patrimônio, temendo medidas de impacto na economia brasileira até março. Investidores com informações privilegiadas se resguardam contra pequenas traições em grandes negócios. O certo é que houve um movimento de troca de Real por moeda norte-americana, pagando impostos dentro da lei e da ordem econômica, para enviar muito dinheiro para fora.

Pequenos governos e grandes negócios à parte, nem deixou o poder – ou o poder lhe deixou -, Luiz Inácio Lula da Silva já vocifera contra o risco imediato de ser vítima de traições. Ouvidos sempre atentos e indiscretos da Ilha da Fantasia cercada de políticos por todos os lados escutaram Lula esbravejar que não vai toletar traidores, tão logo passe a Presidência para Dilma.

Lula mandou um recado ameaçador aos agora inimigos – até ontem pretensos aliados ou parceiros de negócios político-econômicos. Advertiu, iradamente, que será capaz de produzir e soltar na mídia catálogos de dossiês revelando esquemas montados por aqueles que ousarem atacá-lo ou a seus familiares.

Lula perdeu a estribeira com o vazamento da informação, na Folha de S. Paulo, de que seu filho Fábio Luiz – conhecido como Lulinha – mora há três anos em um apartamento alugado por R$ 12 mil reais, com tudo pago pelo Grupo Gol, que faturou milhões vendendo livros didáticos ao governo federal. Lulinha admitiu que o pagamento do aluguel era feito por Jonas Suassuna, dono do Grupo Gol, mas que também é seu sócio na próspera empresa Gamecorp.

Lula que se cuide! E seus inimigos que se cuidem mais ainda. Quem deve se preocupar muito é o ex-ministro Ciro Gomes. Espiões de Lula identificaram que Ciro pode ser uma fonte de ataques ao Presidente-saideira. O cearense, que agora trabalhará no governo do irmão Cid, ficou revoltado e ameaçou rebeldia verbal contra Lula e parceiros próximos, só porque a quase-Presidente Dilma e o PSB lhe rifaram do pretendido Ministério da Saúde. Pobre Ciro!

Rico Lula! Cada vez mais se vangloriando. Ontem proclamou que “fez o impossível ao eleger uma mulher para a Presidência da República”. Termina seu governo triunfante na verborragia. Mas preocupante em seu íntimo. Sem o poder Presidencial, ele perde o foro privilegiado. Vira um réles mortal. E precisa tomar cuidado ao cantar de galo. O $talinácio de ontem será o frágil Galinácio de amanhã. C´est la vie...

Lula não joga para perder. Só gosta de ganhar. Sabe muito bem que brigar é sempre muito perigoso. Quem tem a perder tem medo de prejuí$o$. Ainda bem que o ano termina logo mais. Tomemos todas as saideiras com o Lula. De preferência com as melhores champanhes e frases francesas, adequadas á conjuntura e perfil de quem sai e de que, entra. São traduzidas não por pedantismo, mas porque o sóbrio leitor $talinácio não domina o francês:

Abondance de biens ne nuit pas. (Dinheiro nunca é demais).

Plus on a, plus on veut avoir. (Quanto mais se tem, mais se quer).

Petit à petit l’oiseau fait son nid. (De grão em grão a galinha enche o papo).

Plaie d’argent n’est pas mortelle. (Quem perde só o dinheiro, não se perde por inteiro).

Selon le vent, la voile. (Não procures mais do que podes).

À l’oeuvre on reconnaît l’artisan. (Queres conhecer o vilão, põe-lhe a vara na mão).

Enfim, como diria o imortal Ibrahim Sued (1924-2005), em seu excelente francês da Praça Paris carioca: “"Ademã, que eu vou em frente”. Será que Lula, também?

Feliz 2011! Se deixarem...

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 31 de Dezembro de 2010.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Educação Homossexual?



Edição de Vídeo no Alerta Total – www.alertatotal.net


Por Jorge Serrão

Audiovisual “Encontrando Bianca”, produzido pelo MEC, é um dos símbolos máximos da subversão de todos os valores morais e naturais da sociedade. O material didático elaborado pelos educadores petralhas, em nome de combater uma suposta “homofobia”, na verdade, tenta legitimar o homossexualismo, como um comportamento natural de uma minoria que deve ser impositivamente aceito pela maioria. O grave é que tal “conceito” é imposto às crianças de 7 a 10 anos que não têm como se defender do processo de lavagem cerebral educacional.

Quem for contra tal argumento educativo recebe o rótulo preconceituoso de “homofóbico”. O vídeo acima – que circula na internet – é um dos mais sérios alertas contra a estratégia da Nova Ordem Mundial de instituir um senso comum modificado para que a maioria seja obrigada a aceitar anti-valores humanos.

Nele, André Lázaro (Secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade -- SECAD/MEC) fala sobre o filmete "Encontrando Bianca". Um convénio firmado entre Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) produziu um kit educativo, composto de vídeos, boletins e cartilhas, que será distribuído para 6 mil escolas da rede pública em todo País.

Quem for contra o status quo imposto pela Oligarquia Financeira Global se torna um “inimigo” - que deve ser combatido, para ser neutralizado, destruído ou cooptado. Esta última é a hipótese ideal para o esquema hegemônico.

Assim, os valores humanos caminham para a autodestruição, viabilizando que a Nova Ordem Globalitária se consolide no campo psicossocial.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Dezembro de 2010.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Brasil como peça central na rota de tráfico de drogas criará problema entre EUA e Dilma

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Por Jorge Serrão

Se os informes diplomáticos vazados pelo WikiLeaks estiverem certos, a futura Presidenta Dilma Rousseff terá sérios problemas com as drogas. Não apenas com aquelas que escalou em seu ministério. Mas porque o Brasil já é classificado pela diplomacia norte-americana como “peça central na rota do tráfico de drogas no mundo”. A Interpol, a DEA norte-americana e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) vão pressionar o Brasil a assumir uma postura mais agressiva contra o comércio de drogas.

O Itamaraty não sabe onde enfiar a cara depois que o governo da Argélia denunciou que a droga que sai do Brasil na direção à Europa é um dos pilares do financiamento da rede terrorista Al-Qaeda. Entre as maiores fontes de renda atual da organização está a cobrança de "pedágio" para os carregamentos de drogas vindos dos portos brasileiros de Santos e da região Nordeste, que têm a Europa como destino final. Em 2009, o UNDOC identificou que cerca de 10% de toda a droga que chegou à Europa de navio e 40% da que chegou à França usou o Brasil como rota.

Agora, documentos vazados pelo WikiLeaks revelam que o Itamaraty estaria "preocupado" com a "conexão entre o governo boliviano e os produtores de coca". Em 17 de dezembro de 2009, um telegrama da Embaixada dos EUA em La Paz estima em 175 o número de aviões suspeitos de carregar cocaína que cruzaram a fronteira entre Bolívia e Brasil, em apenas dois meses. A denúncia será motivo de dores de cabeça para o futuro ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Elito, e para quem for comandar a Abin – Agência Brasileira de Inteligência.

Em um outro telegrama, de 19 de fevereiro, o governo americano informa que o Itamaraty vê com grande preocupação a relação entre o governo boliviano e os produtores de coca. Em uma reunião entre o embaixador americano no País, Thomas Shannon, e a subsecretária de Política da chancelaria, Vera Machado, a brasileira não esconde o temor. Shannon escreveu: "(Vera) Machado acredita que a situação na Bolívia se estabilizou, mas se mantém preocupada sobre as conexões entre o governo e os produtores de coca. Ela (Vera) admitiu a ameaça para a região do tráfico de drogas, mas identificou como principal fonte o problema do consumo nos países ricos".

Olho na África

Serviços de inteligência dos EUA monitoram, com pente fino, as relações políticas entre políticos do Brasil e alguns países africanos cujos dirigentes têm relações com tráfico de drogas.

O alvo preferencial não é Moçambique - onde dirigentes da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) comandam o tráfico de drogas e armas, tendo brasileiros como parceiros.

O olho atento da Águia norte-americana está em Angola, nos negócios com pedras preciosas que fazem a riqueza de brasileiros em ritmo de aposentadoria.

Ele não sai?

Recado do companheiro $talinácio, chorando, durante festinha preparada para ele na na Praça do Marco Zero, em Recife:

Sinceramente, deixo apenas a Presidência, mas não pensem que vocês vão se livrar de mim. Porque eu estarei nas ruas deste País, ajudando a resolver os problemas do Brasil”.

O quase-ex-presidente justificou sua boa intenção:

Deixar de fazer política, para mim, seria o mesmo que deixar de me alimentar ou respirar. Não, essa hipótese de abandonar a política não existe. Eu não posso jogar pela janela a experiência acumulada de fazer um governo que é considerado muito bem-sucedido".

Emprego para ele

O humorista mexicano Roberto Gómez Bolaños, de 81 anos, ajuda a preparar o longa metragem "O Chapolin Colorado".

Roberto Gómez Fernández cuidará do roteiro do filme sobre o caricato personagem que ficou famoso pelo bordão: “Não contavam com sua astúcia”...

Por que não chamar o futuro desempregado $talinácio para interpretar o popular personagem de malha vermelha com coração amarelo no peito e anteninhas de vinil?

Vestidinho vermelho?

Previsão maldosa do jornalista Gilberto Simões Pires, editor do site Ponto Crítico.com:

Se levarmos em consideração a enorme paixão que o PT sempre mostrou pelo intervencionismo, ninguém duvida de que Lula entre o ano de 2011 vestido de mulher. E pedindo para ser chamado de Dilma. A conferir”.

É, Gilberto, a nova Presidenta usando barba é que não vai ficar bem na foto...

Seguro pra quem precisa...

O Grupo Bradesco Seguros, maior conglomerado de seguros da América Latina, ganhou o prêmio de Melhor Campanha Publicitária de 2010, promovido pela publicação Meio & Mensagem (M&M), com a campanha “Vai que”, veiculada no segundo semestre do ano em âmbito nacional.

As peças publicitárias usam da sabedoria popular para evidenciar o que as pessoas já sabem: imprevistos acontecem e podem causar grandes transtornos e neste casos é melhor ter um seguro.

No caso imprevisto de a Dilma se sair melhor que o antecessor, será que as companhias de seguro tem algum produto customizado para o quase ex-talinácio?

Marginália do MST

Denúncia do jornalista Julio Cesar Castro - ameaçado de morte ontem de madrugada por um dirigente radical do MST, em Minas Gerais:

Por conta de meus artigos questionando a posição da DN do MST, e a indicação irregular por oportunistas do Movimento, de bolsistas (jovens de classe média urbanos) no PRONERA, que é especifico para filhos de trabalhadores rurais, na universidade Metodista de BH, hoje às 2h desta madrugada fui ameaçado de agressão física e de ser ´eliminado´ por um dirigente do Movimento em Minas, um brutamonte de nome Cristiano (vindo da região norte do estado). Tive de ligar para a polícia pedindo proteção. É para vc ver como agem estes marginais. Se algo me ocorrer, saiba vc também que estou sendo ameaçado de morte aqui”.

Julio Castro é autor de vários artigos políticos, publicados no Correio da Cidadania, criticando as imposturas do MST.

Botando na nossa poupança

Os juros altíssimos da Era Lula prejudicaram a remuneração de quem tem um dinheirinho na popular caderneta de poupança.

A redução da taxa juro real fez com que o rendimento da caderneta de poupança, descontado o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caísse de 58,8%, de 1995 a 2002, para 21,6% no período de 2003 a novembro de 2010.

Será que o mitomaníaco $talinácio terá coragem de contestar os números da consultoria Economática?

Exemplo raríssimo

Bispo de Limoeiro do Norte (CE), dom Manuel Edmilson da Cruz, recusa comenda no Senado.

Vídeo já começa a fazer sucesso no YouTube – como bom exemplo político a ser seguido:

http://www.youtube.com/watch?v=ZNuFlHAWwxo&feature=player_embedded

É brinquedo, não!

A elevação da alíquota de importação de diversos brinquedos, de 20% para 35%, deve ajudar a indústria nacional a reequilibrar o mercado brasileiro do setor, em que a participação dos chineses já chega a 60%.

A previsão otimista é do presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), Sinésio Batista da Costa.

A regra vale para o Mercosul, já que os chineses respondem por 92% do mercado argentino, por 98% do paraguaio e por 99% do uruguaio.

Coisa de Pamonha...

Um voo da Webjet que seguiria para Curitiba (PR) precisou retornar para Ribeirão Preto (SP), na segunda-feira, por um motivo técnico inusitado.

Uma caixa de isopor, cheia de pamonhas quentes, gerou um superaquecimento no bagageiro da aeronave.

Certamente, entre os 18 passageiros que desistiram de seguir viagem após o pouso de emergência, estava o pamonha que levou a carga inconveniente...

Cultura estatal

Estão abertas até o dia 21 de janeiro de 2011 as inscrições para a seleção pública de Festivais de Música, Festivais de Cinema e Difusão de Filmes do Programa Petrobras Cultural (PPC).

Será destinado um total de R$ 9 milhões para este edital, e os projetos serão selecionados por uma comissão formada por profissionais ligados à área de música e cinema.

As inscrições devem ser feitas apenas pela internet, pelo site www.hotsitespetrobras.com.br/ppc.

Jura que é verdade?

O cantor Elton John, homossexual assumido, virou pai?

Jornais ingleses divulgam que ele seu marido, David Furnish, conseguiram isto com a ajuda de uma mãe de aluguel.

O bebê, do sexo masculino, nasceu no Natal com 3,6 quilos e se chama Zachary Jackson Levon Furnish-John.

Pensando bem, se Lula pariu a filha da mãe do PAC, porque Elton John não pode fazer algo perecido?

Vida que segue...


Ave atque Vale!


Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 29 de Dezembro de 2010.

O mundo se desmonta em procedimento normal

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net


Por Márcio Accioly

Apesar da internet, e do conforto midiático que o avanço tecnológico propicia, a maioria das pessoas permanece alienada. Desinformada, deliberadamente ou não, com relação a questões tidas como banais. É certo que existe forma de controle mundial, mas ela salta aos olhos num país como o Brasil onde o analfabetismo é ponto crucial.

Antes da internet, a imposição tornava-se mais aceitável por dissolvida. Subordinados à força dos jornais impressos, emissoras de rádio e telejornais, todos nós tínhamos as notícias do dia anterior impressas e a manipulação dos fatos da atualidade na opinião grosseira ou sutil de tradicionais grupos dominantes. Alguma coisa mudou.

Foi sempre assim: o cidadão imprensado pensava participar. Mas estava e está tão somente condenado a pagar despesas dispostas por negociatas. Os controladores se debatem numa dialética rasteira e aprisionam o poder público através de marionetes escolhidas para supostamente governarem.

Agora, na derrocada das organizações partidárias (na constatação de serem todos iguais), ressuscitou-se ancestral prática do “pacto de governabilidade”. Há anos é assim! Consiste no agrupamento de vivaldinos, a fim de que não se vejam excluídos do bônus dos impostos arrecadados, considerando que os que trabalham devem pagar o pato.

Arrecada-se e arrecada-se, amontoando-se bilhões e bilhões para gastança em que não se observa qualquer preocupação com o retorno de serviços a contribuintes massacrados. O dinheiro público é uma farra. A vida, para alguns, é boa!

Recentemente, um estudo realizado pela Universidade de Maryland, nos EUA, constatou “que os telespectadores do canal de notícias norte-americano Fox News são mais passíveis de acreditar em informações falsas”.

Que dizer de um país inteiro recentemente “educado” por Xuxa, Renato Aragão, Roberto Carlos, novelas imorais, partidas de futebol e o Jornal Nacional? Hoje, nós temos o noticiário imediato vindo de qualquer parte do planeta, até mesmo no celular, mas a deseducação remete a sites pornográficos e itens de consumo imediato.

Mesmo assim, bem-vinda internet! Ela consegue multiplicar opiniões, desnudar falsos ícones e causar tantas apreensões que as chamadas autoridades passam o tempo inteiro tentando controlá-la. Está tudo ali, é só pesquisar. E mesmo em qualquer língua estrangeira, a tradução simultânea consegue socorrer e oferecer peculiar visão.

Na televisão brasileira, não! O jornalismo não obedece às próprias regras, pois jamais escuta o outro lado. A Rede Globo (e demais emissoras) tem ficado o dia inteiro no “aquecimento global”. A neve desmontando a Europa e os EUA, os cientistas mais respeitáveis falando sobre a queda da atividade solar, mas nada importa.

O Brasil e o mundo irão descobrir que entramos numa nova Era Glacial porque não se tem como eliminar contratempos naturais. A natureza tem suas próprias regras e domínio. O ser humano não tem como se esquivar.

Este final de 2010 já é marco histórico para a ciência. As tempestades de neve congelando regiões do planeta vão se tornar mais freqüentes, embora os governos ainda insistam em ignorar. As erupções vulcânicas indicam a possibilidade de reversão geomagnética, linguagem que a maioria das autoridades desconhece.

As regiões mais centrais do planeta irão sofrer com enchentes e deslocamentos da crosta terrestre, em função da redução da força magnética (por conta de erupções vulcânicas e diminuição da atividade solar). Será que teremos invasão de povos amigos?

O mundo, afinal, não dispõe de regras fixas nem de manual de instruções em que se confie. De tudo que vemos e lemos e presenciamos, praticamente nada sabemos ou alcançamos. Seguimos à deriva numa nau repleta de loucos, inteiramente perdida.

Márcio Accioly é Jornalista.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

CD-ROM "Direito à memória e à verdade" para escolas abre primeira crise militar da Era Dilma

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/
Por Jorge Serrão

Os radicalóides petralhas vão arranjando um jeitinho de gerar uma crise militar logo no comecinho do governo da chefona-em-comando Dilma Rousseff. Em mais uma provocação contra as Legiões, a Secretaria Especial dos Direitos Humanos e pelo Ministério da Educação (MEC) decidiram enviar às escolas públicas de ensino médio do País o CD-ROM "Direito à memória e à verdade". É mais uma peça de propaganda na guerra psicológica contra as Forças Armadas que vai provocar reações iradas nas casernas.

O material “ideológico-educativo” contém 10.505 imagens, trechos de 380 filmes e documentários, além de 4.892 canções que marcaram o período de 1964 a 1985 - que os educadores do governo Lula-Dilma chamam de reação popular aos “porões da ditadura militar”. O documento foi encomendado pelo governo petista ao Projeto República, um centro de documentação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), coordenado pela historiadora petista Heloísa Starling. Outro responsável pela elaboração do CD-ROM é o historiador Augusto Carvalho Borges.

Uma das aulas - voltadas para fazer a cabeça de mais de 7 milhões de estudantes – pretende transformar em heróis e mártires as chamadas “vítimas da repressão”. O curso digital fornecerá uma lista e a biografia dos 384 desaparecidos políticos. O CD-ROM inclui parte do conteúdo do livro "Direito à memória e à verdade", lançado pela Secretaria de Direitos Humanos em 2007, e que abriu uma crise entre os comandantes militares, o ministro da Defesa Nelson Jobim, e os ministros Paulo Vannuchi (Direitos Humanos) e Tarso Genro (então na Justiça e agora futuro governador do Rio Grande do Sul).

Na apresentação do CD-ROM, os ministros Fernando Haddad (Educação) e Paulo Vannuchi (Direitos Humanos) deixam claras suas intenções: "Estamos, ambos ministros, convencidos de que somente dando visibilidade aos fatos ocorridos em nosso passado recente poderemos ajudar na construção da memória nacional e contribuir ativamente na construção de nosso futuro". Vannuchi e Haddad avaliam que o material é "mais um passo no reconhecimento, pelo Estado brasileiro, de sua responsabilidade nas graves violações aos direitos humanos ocorridas durante os anos do regime militar".

Leia, abaixo, artigo de Arlindo Montenegro: A Guerra do Fim do Mundo.

Ação Psicológica

Já sabendo que é vítima de uma guerra psicológica revanchista, o Exército Brasileiro promove ações psicológicas para valorização de sua imagem institucional.

Uma das melhores peças de propaganda do EB acaba de ser premiado no Festival Internacional de Filmes Militares ("Eserciti e Popoli"), em Bracciano, na Itália, como melhor documentário na categoria Missão de Paz.

Trata-se do filme que relata a experiência do Exército Brasileiro na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti.
Clique no link oficial e veja o belo filme Haiti - A experiência brasileira na Minustah:

http://www.facebook.com/video/video.php?v=156729077707046

Protesto necessário


Um pequeno grupo de estudantes secundaristas e da Universidade de Brasília (UnB) protestou ontem, em Brasília, contra o aumento salarial dos parlamentares aprovado por eles mesmos e que passa a valer a partir do próximo ano.

Tomaram porradinhas de cacetete e uma banhos de spray de pimenta da PM do Distrito Federal,

O grupinho prometeu realizar nova manifestação durante a posse de Dilma, no próximo sábado, e outra em 8 de janeiro.

Quasi braziliani

Até sexta-feira deve ocorrer uma definição sobre o caso Cesare Battisti.

Só falta resolver uma pequena pendência entre o Itamaraty e o governo italiano para que o governo proclame que o terrorista italiano vai ficar no Brasil.

Battisti tem tudo para passar o ano novo fora da Penitenciária da Papuda...

Desligando

A operação saideira de Lula já está a pleno vapor.

Ontem, foram desligados os telefones especiais do Presidente em seu apartamentão, em São Bernardo do Campo.

Os números reservados do Lula, apenas por coincidência, tinham o final 13 – numa demonstração de puxasaquismo da companhia Telefônica...

Difícil fazer o jogo

Ontem foi inferno tentar fazer apostas ou pagamentos em casas lotéricas.

O sistema da Caixa caiu o tempo todo, e, em Brasília, já tinha gente falando em sabotagem técnica.

Especialistas farão uma varredura hoje no sistema para ver o que atrapalha as loterias da Caixa na véspera da Mega Sena da Virada, que vai pagar o prêmio recorde de 180 milhões.

Gato Angorá em faniquitos

Por falar em loteria, o futuro ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos de Dilma, Wellington Moreira Franco, está PT da vida com a Veja e com a presidenta da Caixa, Maria Fernanda Coelho.

Tudo porque a revista revelou, na reportagem “Quase deu zebra”, que ele e o PMDB foi investigado por causa de uma denúncia de que os números sorteados na Mega Sena da Virada de 31 de dezembro do ano passado estariam “viciados”.

Moreira Franco era diretor de Loterias da Caixa naquela época...

Fato grave

O consultor da Caixa escalado para apurar a denúncia, Max Mauran Pantoja, revelou que as bolas daquele sorteio de R$ 144 milhões não foram conferidas previamente – como manda o procedimento padrão da Caixa.

O prêmio saiu para dois ganhadores, muito sortudos, mas Pantoja assegura que os números sorteados não foram os mesmos apresentados na denúncia contra o PMDB e Moreira.

Na próxima sexta-feira, 31, ocorre mais um sorteio da milionária loteria...

Vida que segue...


Ave atque Vale!


Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Dezembro de 2010.

A Guerra do Fim do Mundo

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net


Por Arlindo Montenegro

As especulações são tantas e de natureza tão variada, que nenhuma análise pode ou deve merecer confiabilidade, sem que se identifique a fonte. No virar das páginas do último ano, enquanto se consolida a cubanização da Venezuela, o povo cubano amarga os piores momentos de miséria, fome e repressão, enquanto os ditadores do Partido Comunista negociam as fatias da restauração da economia capitalista, resguardando o controle sobre tudo e todos.

Controle do estado sobre a opinião pública, sabe-se agora com mais clareza, é uma ferramenta sistematicamente utilizada, com metodologia sistematizada no decorrer do último século por todos os governantes. O que muda é a dinâmica: violentamente repressiva entre os ditos revolucionários ou subvertendo e comprando consciências, entre os "democratas". Daí a necessidade de identificar as fontes primárias de qualquer informação, para aproximar-se do significado dos fatos.

Ora essa! E pra que saber destas coisas? Sou andorinha só, buscando sobreviver. O estado é poderoso, está armado, pode aumentar seus gastos sem limite e mandar a conta para nós, exigir mais trabalho, legislar em causa propria. Estas são as inferências do lido e ouvido. Mas se pode insistir, enquanto existe algum resquício de liberdade, em saber sobre o terreno que pisamos, antes de cair na areia movediça que engole os incautos.

Pouco antes do Natal, o jornal suiço "Le Temps", publicou algumas declarações de um professor brasileiro que atuava como representante especial da OEA no Haiti: "Não será a comunidade internacional ou ONGs que resolverão os problemas do Haiti". "Basta da comunidade internacional querer dar lições". "O Haiti não é uma ameaça internacional. Não estamos em situação de guerra civil. O Haiti não é nem o Iraque nem o Afeganistão. E, no entanto, o Conselho de Segurança (da ONU), diante da falta de alternativa, impôs a presença dos capacetes azuis desde 2004, após a saída do presidente (Jean-Bertrand Aristide)".

Foi bastante dizer o que pensava, para ser destituído sem a mínima formalidade de um comunicado oficial. Uma fonte diplomática teria informado à agência Efe, no sábado, sobre a decisão. Ao saber da destituição, o brasileiro Ricardo Seitenfus disse: "Imagino que eu seja um espírito livre demais para a organização."(Site Terra, ANDRESSA TUFOLO). O secretário-geral da OEA, o socialista chileno José Miguel Insulza, insulta a nossa inteligência desde o affaire hondurenho.

Os fatos ganham significado diante do sensacionalismo do wikileaks, cujas revelações bombásticas revelam apenas que a diplomacia funciona mais como um clube de comadres. O conteúdo já era sabido. O tratamento é o mesmo de desprezo à opinião pública, que paga as custas, mas fica alheia aos métodos e resultados, mutáveis apenas quanto à coloração política do momento. Como no momento interessa aos controladores políticos a política coletivista, os fatos reforçam os foros patrocinados para fomentar tais políticas.

O site de esquerda Opera Mundi aborda a notícia destacando outros aspectos da declaração do Professor Ricardo Seitenfus: "Trata-se, para a ONU, de congelar o poder e de transformar os haitianos em prisioneiros de sua própria ilha". E mais, sobre a independência do Haití em 1804: ..." um crime de lesada altivez para um mundo inquieto. O Ocidente foi, então, um mundo colonialista, escravista e racista que baseia sua riqueza na exploração de terras conquistadas. Então, o modelo revolucionário haitiano deu medo às grandes potências"... "Existe uma relação maléfica e perversa entre a força das ONG e a debilidade do Estado haitiano".

Anunciam os arautos do terrorismo que o ano de 2013 será catastrófico, devido as atividades do sol. A NASA e a Academia Nacional de Ciências dos EUA publicaram o relatório sobre um acontecimento solar esperado para 2012 com devastadoras consequências para a Terra, atingindo satélites, transmissão de dados, telefones e redes de energia.

Unindo tudo quanto já propalam na Europa encontramos Daniel Cohn-Bendit, o estudante alemão que liderou a revolta de Maio de 68 que uniu toda a juventude esquerdista na França agora, deputado do congresso europeu em Bruxelas, liderando ativistas verdes que, seguramente participarão do Forum Social Mundial. Intelectuais verdes e esquerdistas já estão de malas prontas, com projetos e diretrizes para o encontro anual, desta vez em Dakar, no Senegal.

Mais um encontro de reflexão sobre o socialismo do século XXI, para anunciar a derrota do imperialismo capitalista e a vitória esmagadora do capimunismo, sasamento da economia capitalista negando Marx e estado totalitário como queriam Lenin, Stalin, Trotsky, os Harriman, a Escola de Frankfurt, os Castro, Kissinger e o núcleo forte dos banqueiros internacionais chefiados pelas casas Rotschild e Rockfeller.

Como todas as disciplinas, todo o conhecimento, todo o saber e toda decisão está interligada e interdependente, os mortais sobrevivem do seio que os amamenta, da nutrição material propiciada pela economia: que criou o sistema para trocas entre nações, que financia todas as formas de terrorismo, toda forma de estado e se impõe a qualquer tipo de governo.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

Aquecendo ou não, o gelo glacial chegou

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net


Por Márcio Accioly

Passado o impacto do noticiário a respeito da morte do ex-governador de São Paulo (1987-91), Orestes Quércia (PMDB), está na hora de juntar fragmentos aqui e ali, para entender o que de fato aconteceu ou acontece. É que foram tantos elogios ao finado por parte da chamada classe política que ficamos, digamos assim, perdidos.

Pensava-se, antes de sua morte, que Orestes Quércia fosse um ladrão. Pilantra igual a boa parte do que vimos por aí, esta parte preocupada apenas em assaltar cofres públicos e se locupletar em vários cargos que ocupa.

Pelo menos sempre se acreditou nisso e a razão de existir do PSDB está baseada no fato de Quércia ter sido supostamente um ladrão. Não um bom ladrão como aquele Dimas que dizem ter sido crucificado ao lado de Jesus e a quem o chamado filho único de Deus teria garantido levar para o céu no dia mesmo da sua morte.

Mas, segundo diziam o ex-presidente FHC (1995-2003), o então senador Mário Covas e o depois governador de São Paulo Franco Montoro, Quércia estava mais para Gestas, o ladrão ruim também crucificado ao lado do Cristo e que por isso mesmo teria descido ao inferno tão logo exalado o último suspiro.

Pois não é que de repente o ex-governador de São Paulo José Serra, o atual, Alberto Goldman e o governador eleito Geraldo Alckmin se derramaram em elogios à figura do morto? E nós ficamos sabendo, mais uma vez, que o Brasil somente não se arruma porque essas pessoas, que chamam umas às outras de salafrários, morrem.

São tantas as coisas que se afirmam e se inventam e se desmentem mais tarde que temos de nos referir a “1984” de George Orwell, publicação que explica direitinho como tais desmentidos e, ainda, como também certas manipulações ocorrem.

Aliás, a igreja católica é mestre na invenção de coisas sem sentido e depois procura deixar o dito pelo não dito e quem quiser que absorva, pois fica tudo resumido a questões de fé. E fé não se explica.

É mercadoria que enriquece pastores e bispos a promover em muitas ocasiões mortes horrendas sabiamente “justificadas” em nome de suposto Criador do céu e da Terra. Triste de quem duvidar. O próprio dia de Natal, quando se celebra o nascimento de Cristo, foi invenção bem bolada do papa Liberius (352-366), no século IV.

No dia 25 de dezembro cultuava-se o deus-sol Mitras, data estabelecida pelo imperador romano Aureliano (214-275). A data se espalhou pela Pérsia, Ásia Menor e Roma. As comemorações abrangiam ainda as terras germânicas e a Bretanha. De maneira que sempre foi data muito popular.

No ano 354 da era cristã, Liberius determinou que no 25 de dezembro seria celebrado o nascimento de Jesus Cristo e, dessa forma, capitalizou a popularidade da festa pagã em homenagem a Mitras. Ou o papa ou sua assessoria, quem quer que seja, acertou na mosca.

Os mais radicais, por conta disso (e eles sempre existem), costumam dizer que tudo na igreja católica é falso: desde a moralidade que serve como biombo para situação de desavergonhada pedofilia, até mesmo a data adotada como do nascimento de Jesus.

Com base em tais desencontros é que ficamos mais uma vez confusos com o posicionamento de nossa chamada classe política em determinados assuntos. Boa parte de bem estudados cientistas diz que o mundo mergulhou numa nova era glacial. O gelo na Europa e nos EUA está aí atestando a veracidade do fato.

Na campanha presidencial brasileira, em 2010, todas as vezes que a candidata Marina falava em “aquecimento global” eu saía no quintal para soprar um pouco e dar a minha contribuição, ainda que modesta, na tentativa de esfriar o planeta.

Agora não se sabe mais que fazer, pois a Terra está esfriando e o negócio é grave. A Rede Globo, no entanto, continua dizendo que o caso é de aquecimento e o comentarista Arnaldo Jabor, juntamente com Miriam Leitão, Renato Machado e outros votados garantem que o calor está batendo na porta.

Como a Terra muda de órbita a cada 11 mil e 500 anos (e isso é comprovado), conclui-se que a Rede Globo está errada e o país inteiro desinformado. O frio chegou. Por via das dúvidas, já tem muita gente acendendo uma fogueirinha.

Márcio Accioly é Jornalista.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Fontes primárias do mensalão, terceirizações cresceram 61% no segundo reinado de Lula

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Por Jorge Serrão

O quase-ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem grandes chances de se ferrar se tentar defender a tese de que não existiu o mensalão (pagamento de propinas a políticos, com recursos vindos de negócios diretos com o poder público). Um relatório anual do Tribunal de Contas da União tem tudo para atrapalhar a estratégia de Lula. Os números oficiais desnudam o crescimento com os bilionários gastos com terceirizações – que são as principais fontes de recursos, na forma indireta, para pagar os mensalões que Lula jura não existirem.

Só em 2009, o governo Lula torrou R$ 14,1 bilhões. O gasto pode ser ainda mais escandaloso quando for fechado o balanço de 2010. Afinal, é no ano eleitoreiro que as empresas prestadoras serviços ao governo precisam doar mais para as campanhas. Também é na véspera eleitoral que as parceiras da administração pública formam seus caixa dois para investimentos ocultos nas campanhas. O "Relatório e Parecer Prévio sobre as Contas do Governo da República", nas edições de 2006 e 2009, elaborado pelo TCU, pode deixar o quase ex-rei $talinácio completamente nu.

Em termos reais, descontada a inflação, foi de 61% o aumento da despesa de terceirização no segundo mandato de Lula, até 2009. O ritmo de aumento dos gastos de terceirização é de mais de R$ 2 bilhões por ano. A terceirização pode atender a dois esquemas básicos do sistema político do Crime Organizado. O pessoal contratado acaba servindo de “clientela política” (emprego em troca de votos). A terceirização também gera recursos excedentes para as empresas parceiras do Estado. Manipulando os números de prestadores de serviços ou o valor do salário a eles pagos, sobra dinheiro vivo para pagar “mensalões”.

É assim que o esquema petralha prospera financeiramente, para cumprir o objetivo de tomar de assalto e lucrar, cada vez mais, com a máquina do Estado. Se houver uma auditoria nas empresas terceirizadas, indentificando quem se beneficia direta e indiretamente dos esquemas, a casa cai. Mas como isso dificilmente acontecerá no Brasil da impunidade, Lula e seu esquema vêm com tudo para reconquistar o poder em 2014 ou a qualquer hora que bem desejarem.

Terceirizando

Apenas em "Locação de Mão de Obra" - que inclui apoio administrativo, técnico e operacional, vigilância ostensiva, e limpeza e conservação -, o governo torrou R$ 3,3 bilhões em 2009.

Só os chamados "Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica" consumiram R$ 9,8 bilhões em 2009.

Tais serviços incluem despesas de manutenção e conservação de bens imóveis; serviços técnicos profissionais; limpeza e conservação; vigilância; manutenção e conservação de máquinas e equipamentos; manutenção e conservação de veículos; manutenção de software; transporte de serviços, etc.

Vingança do Aldo

Não será fácil sufocar a candidatura do camarada Aldo Rebelo (PC do B-SP) à Presidência da Câmara.

A petralhada terá dificuldades em sustentar o nome do deputado Marco Maia (PT-RS) que atropelou a candidatura do líder governista Cândido Vaccarezza (PT-SP) – que era o preferido do Planalto.

A grande pergunta no Congresso é saber quem pode ser novo “Severino Cavalcanti” (representante do baixo clero da Câmara), se a turma da Dilma não contiver o racha na base aliada.

O craque Severino Cavalcanti (PP-PE) foi eleito presidente da Câmara em 2005, porque os aliados de Lula se dividiram.

Vagabundagem remunerada
Mesmo no recesso, os suplentes poderão assumir as vagas abertas com a renúncia de deputados eleitos vice-governadores ou licenciados que assumirão cargos no ministério de Dilma Rousseff ou secretarias de governos nos Estados, além da vaga que será deixada pelo deputado Michel Temer (PMDB-SP), eleito vice-presidente.

Sem precisar trabalhar, pelo menos 12 suplentes terão direito de assumir o cargo, receber o salário de janeiro, usar verba indenizatória, contratar assessores sem concurso público e usufruir de auxílio moradia.

A previsão é que as renúncias aos mandatos e os afastamentos aconteçam na próxima sexta-feira, último dia, de acordo com a legislação, para o deputado que for tomar posse em Executivos estaduais ou no federal.

Em um mês de vagabundagem, os suplentes custarão R$ 114 mil aos cofres públicos.

Vida que segue...


Ave atque Vale!


Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Dezembro de 2010.

Cristianismo X Drogas & Associados

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net


Por Arlindo Montenegro

Uma das coisas que temos certeza neste país é que nunca, nem tão rapida e organizadamente nos desenvolvemos tanto, chegando ao nível de competir com os países mais civilizados, na importação, transformação e exportação de drogas que transformam a lucidez em estupidez.

Comércio envolve circulação de dinheiro, esta mercadoria controlada pelos banqueiros, os principais interessados e beneficiados com o movimento de trilhões de dólares anuais que a empresa "Droga & Associados" ativa em todo o planeta.

Os beneficiados satélites são as indústrias químicas que fornecem os solventes, gasolina, cal, lança perfume, cola de sapateiro, tintas, fluidos diversos que afetam o sistema nervoso central, no mesmo caminho da maconha, haxixe, extase, cocaína e toda a família que pariu o bastardo crack.

Os beneficiados são os governantes alinhados à nova ordem mundial, que pregam o combate às drogas, mas de fato fomentam o consumo e até fazem propaganda aberta para a legalização, enquanto alimentam o comércio associando-se aos bandos terroristas produtores.

Nos últimos oito anos o consumo de drogas no Brasil aumentou. Em 1997, os levantamentos feitos nas dez maiores capitais do país, pelo Departamento de Psicobiologia da Unifesp e pelo CEBRID, constatou que 65% das crianças do ensino fundamental e médio, já haviam consumido drogas "pelo menos uma vez".

Em 2010, a situação calamitosa encontra usuários de crack na quase totalidade dos municípios brasileiros. Alguém pode afirmar que isto não resulta na violência registrada nas escolas, nas ruas, nos lares? Alguém em sã consciência poderia dizer que isto não resulta da incapacidade dos governantes para fortalecer a família, proteger e assegurar o que a lei define? Alguém poderá afirmar que os políticos e as leis que elaboram nada têm a ver com isso?

O que encontramos em 2010, revelado pelo mesmo governo, depois de ouvir jovens matriculados no ensino superior nas 27 capitais do país é que 49% da moçada consome drogas. Das Nações Unidas vem a informação de que este país e o segundo maior consumidor de cocaína das Américas, só perdendo para os Estados Unidos. Nos últimos anos foi constatado "o aumento de atividades de grupos ligados ao tráfico de cocaína nos estados da região Sudeste do país."

Com a "disponibilidade de derivados de cannabis [maconha e haxixe] do vizinho Paraguai... a prevalência anual do uso de maconha aumentou..." menos que o aumento do uso de cocaína e crack, segundo uma autoridade paulista, "até os mais ricos estão se viciando... artistas..." pessoas jovens "viciados nessas porcarias de químicas que deixam loucos,fora de si e principalmente causa agressividade contra seus familiares que tentam tirar eles desse vício maldito."

A URSS contribuiu para isto. Cuba contribuiu para isto. Os agentes do socialismo fabiano e agentes das seitas secretas originadas na Europa e EUA, contribuíram para isto, acelerando processo nos últimos anos. A estupidez, a ignorância, o conformismo, todas as políticas ditas "progressistas" e proclamadas como essenciais na promoção dos "direitos humanos", nos conduzem para o curral da nova ordem mundial.

O Rei da Venezuela dá o exemplo: quem não obedecer suas ordens pode ser preso e até executado. Seguindo seus mentores reis de Cuba, o "paredón" está próximo. Todas estas políticas, originárias de planejamento estratégico estratégico multi secular, envolvem outras áreas, como alimentos, fármacos, vacinas... umas poucas pessoas obcecadas, enseguecidas no exercídio do poder, estão formulando decisões contra a liberdade e direito das gentes.

Este punhado de pessoas utiliza o dinheiro como droga exponencial para a corrupção. Eles promoveram o comunismo, o nazismo, as guerras do mesmo modo como promovem a droga e emburrecimento dos nossos jovens, do mesmo modo como promovem o que dizem ser "direitos humanos" para impor comportamentos submissos, sem censura.

Eles financiam o terrorismo em todas as suas formas. A defesa do estado de direito, a informação continuada e ação no seio da família e da sociedade é uma das formas de combateer o tráfico de todas estas "drogas", no momento em que o chefe da igreja católica "pede aos governantes para agir contra a cristianofobia", o que não lhes interessa, porque o cristianismo (com exceção dos teólogos da libertação) vai na contra mão das drogas, na contra mão das infâmias contra a família.

http://www.drogas.org.br/drogas/

http://www.naturalnews.com/030799_food_freedom_Wickard_vs_Filburn.html#ixzz18jloeiMM

Arlindo Montenegro é Apicultor.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Não aos segredinhos de injustiça

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

Os vícios republicanos tupiniquins se superam a cada dia. Por aqui, quem tem poder tem sempre uma possibilidade de garantir a impunidade, quando necessário. Não bastasse a tradicional morosidade dos processos judiciais, políticos, autoridades e supostos “poderosos” contam agora com mais um mecanismo de “proteção”. Artimanhas para impedir a identificação de quem é processado ou investigado é a mais recente e lamentável novidade da (in)Justiça brasileira.

O Estadão de sábado denuncia uma das práticas mais graves e lesivas ao espírito público, sobretudo quando aplicada no e pelo Judiciário. Pior ainda porque o mau exemplo vem de cima. Além de aceitar o questionável “segredo de Justiça”, sempre que é conveniente, o Supremo Tribunal Federal agora aceita que processos tramitem em caráter confidencial, tendo apenas as letrinhas iniciais dos nomes de quem é investigado. Trata-se do verdadeiro e anti-republicano “segredo de injustiça”.

O argumento do STF é que, em alguns processos, é preciso preservar "a honra e a intimidade das pessoas". Como bem denunciou a reportagem do Estadão, apenas com as iniciais dos nomes fica praticamente impossível saber quem está sob investigação. Em um levantamento apenas dos últimos 50 inquéritos entregues ao STF, o Estadão descobriu que, em 42 processos, o tribunal não publicou o nome dos investigados. Desses, 28 não estavam em segredo de Justiça.

Pelo menos no STF, o decano ministro Celso de Mello condena, previamente, tais segredinhos: "Nada deve justificar, em princípio, a tramitação, em regime de sigilo, de qualquer procedimento que tenha curso em juízo, pois deve prevalecer a cláusula de publicidade". Mas se o novo “jeitinho jurídico” virar moda, o “segredo de injustiça” se tornará, cinicamente, aplicável a qualquer processo – principalmente se envolver partes poderosas que se tenha interesse de proteger.

A revelação do novo “segredinho de injustiça” quase ofusca o positivo balanço do Conselho Nacional de Justiça sobre um aumento no número de juízes punidos por desvio de conduta. O Globo de sábado informou que o CNJ condenou 45 magistrados desde 2005, quando foi instalado. Só no ano de 2010 foram 21 sanções. Houve 15 aposentadorias compulsórias e cinco afastamentos provisórios. Até um juiz acabou posto em disponibilidade.

No Brasil, a sanção máxima para um magistrado em um processo administrativo é a aposentadoria compulsória. O juiz é proibido de trabalhar, mas recebe vencimentos proporcionais ao tempo de serviço. Para perder o cargo em definitivo, o punido precisa ser condenado pela Justiça em processo criminal. Só depois da condenação final, quando não couberem mais recursos, o “punido” perde o direito ao salário. Como os processos são meio lentos no Brasil, o desvio de conduta no Judiciário acaba compensando...

O Brasil precisa de muitos consertos e aperfeiçoamentos institucionais. De imediato, é preciso que os segmentos esclarecidos da sociedade não sejam coniventes com os “segredinhos de injustiça”. Se a moda se “institucionalizar”, a impunidade vai se ampliar ainda mais e o Crime Organizado vai governar absoluto.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 26 de Dezembro de 2010.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Feliz Natal

O Alerta Total deseja a todos os seus leitores um Feliz Natal.

Voltamos com nossa edição normal no domingo.

Que o exemplo de Jesus renasça sempre em nossos corações!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O Pretérito do Futuro Galinácio

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

Lula não é do mal. O problema é que ele se acha o BEM”. As sábias e irônicas palavras de Arnaldo Jabor, hoje de madrugada, no Jornal da Globo, precisam de um complemento político-psiquiátrico. Lula tem certeza de que é o Deus da política tupiniquim. Não fosse assim, o quase Galinácio não teria falado tantas bobagens em menos de 24 horas.

O Cara exagerou na dose (sic). Usando e abusando da capacidade profética divina, o ainda $talinácio resolveu prever o futuro. Tocou no tema que o obseca: a distante eleição presidencial de 2014. Ontem, Lula elegeu o adversário para a disputa. Segundo o iluminado profeta de copo, será o senador Aécio Neves. Sim, aquele galã mineiro, netinho do Tancredo Neves, queridinho dos banqueiros Rothschild, atualmente no PSDB e, futuramente, nem o Deus original sabe direito o partido.

No jantar de saideira com os ministros de seu governo, noite adentro de quarta-feira, no Palácio da Alvorada, Lula tocou no nome de Aecinho, fazendo de tudo para fingir que nem pensa em ser, novamente, candidato presidencial. Mitomaníaco como de costume, $talinácio do Bem destilou sua malvadeza: “Aécio se comporta como se já tivesse sido eleito em 2014. Mas, se Dilma fizer um bom governo, como nós esperamos, ela terá todo o direito de ser reeleita”. Vestindo uma calça preta e um terninho cobre, Dilma ouviu o que $talinácio falou na festinha.

Sem ainda se recuperar direito dos efeitos etílicos do jantar de quarta, Lula voltou a falar de futuro de tarde, durante discurso na entrega de um trecho incompleto da ferrovia Norte-Sul, ligando Palmas (TO) a Anápolis (GO). Deus pediu aos brasileiros que rezem pela Dilma - que os médicos juram estar curada do tratamento com quimioterapia contra um câncer linfático, depois da retirada, em abril de 2009, de um tumor de dois centímetros da axila: “Primeiro eu quero que vocês apoiem a presidenta Dilma. Apoiar ela de coração. Segundo, a gente tem sempre que estar fazendo a nossa reza para que ela esteja com saúde e que ela possa fazer mais e melhor do que eu fiz".

Contrariando o que falou na noite de quarta e na quinta, o doce e divino $talinácio fingiu que não falaria de futuro em seu discurso de despedida à nação, em cadeia obrigatória de rádio e televisão. Lula foi tão bem na leitura do texto (escrito por propagandistas) que merecia tirar o lugar do William Boner no Jornal Nacional. Falando palavras que não eram dele, o futuro Galinácio inflou números para mostrar que foi “o Cara”.

Causou um problema para os chefetes da mídia amestrada nacional. Jornalões e televisões insistem no machismo de tratar Dilma como “Presidente”. O quase Galinácio proclamou que Dilma será mesmo nossa “Presidenta” - tratamento que o Alerta Total vem dando, em homenagem ao fato de termos uma mulher no cargo máximo do poder no Brasil. Será que, a partir de agora, a mídia amestrada dará o tratamento digno à sucessora de $talinácio?

Isto pouco importa. Importante mesmo foi o que Deus falou no discurso de saideira. O chefão encerrou o pronunciamento evitando revelar o que fará ao deixar o cargo: “Não me perguntem sobre o meu futuro, porque vocês já me deram um grande presente. Perguntem, sim, pelo futuro do Brasil e acreditem nele. Minha felicidade estará sempre ligada à felicidade do meu povo”. Com um discurso peronista destes, Lula poderia cantar de galo como candidato presidencial na Argentina. O problema é se valeria a pena trocar Dona Mariza pela Cristina...

As previsões divinas de Lula virarão realidade? Nem o Deus de verdade sabe. O certo é que ele deixa mesmo o poder, e a falta do poder pode deixá-lo Bem-Mal. Rapidinho, ele será coisa do passado. Hoje, desfruta de popularidade recorde. Amanhã, pode ser vítima do fatal esquecimento popular. Ainda mais se a Dilma der certo – como ele jura estar torcendo.

É enorme o risco de Lula se transformar, rapidamente, no Pretérito do Futuro – sendo preterido pelo eleitorado em próximos pleitos. Como tal risco é enorme, assim que deixar o poder, Lula se dedicará a usar e abusar da rica máquina de propaganda que montou. Só precisa tomar cuidado para não trombar com a sucessora. A história mostra que não convém brigar com uma brizolista. E a estatística foi fatal. Todos os protegidos que Leonel Brizola ajudou a eleger o traíram.

Será o Galinácio candidato a ser vítima da maldição brizolista que transforma em pretérito o futuro dos aliados traidores?

Que o Deus verdadeiro responda se quiser – antes abençoando todos nós em mais um Natal.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 24 de Dezembro de 2010.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Missa do Galinácio

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

Deus está deixando o poder no dia 31 de dezembro. Mas Deus já está em campanha permanente para voltar daqui a quatro anos – ou a qualquer momento, em edição extraordinária, caso seja requisitado. Deus só quer tirar um tempinho para tomar uns negocinhos, enquanto lhe sobra tempo para concluir os negoções que fechou, secretamente, durante os oito anos em que usou a abusou da imperial caneta que controla os destinos do Diário Oficial.

Deus é o cara. Ninguém duvida. Mas, de daqui a pouco em diante, precisa tomar muito cuidado. Alguns deuses costumem perder a majestade quando termina o mandato deles no Olimpo. A perda de poder é cruel. Quem canta de galo agora costuma ficar deprimido quando descobre que não manda mais no galinheiro ou no pardieiro. Apesar de seu grande poder simbólico, $talinácio tem tudo para virar um mero Galinácio – sem terreiro para continuar cantando, pelo menos do jeito com que se acostumou nos últimos anos.

Aproveitando a proximidade do Natal, mandemos rezar uma Missa do Galinácio. Ideal é uma cerimônia sem choro, nem vela. Por enquanto, tudo é alegria para nosso Deus. Quando o novo ano começar, o galinheiro será comandado por outros bichos. Os franguinhos do PMDB cresceram mais ainda. Os pintinhos petralhas que se cuidem. A única coisa certa é que, de fora da asa do Deus-quase-Galinácio, a Dilma tem muito a Temer.

No discurso, o ano vai terminando lindamente. Logo mais, Deus fará o último pronunciamento oficial à Nação. Será mais uma linda peça produzida pelo Bolcheviquepropagandaminister. Além do balanço de sua gestão celestial, Deus pedirá ao povo que nele crê que apóie a moça que vai representá-lo, por uns quatro anos. Nos seus dez minutos em rede de rádio e televisão, Deus proclamará: "Mostramos que é possível e necessário governar para todos, e quando isso acontece é um ganho para o País”.

A bem informada agência Thompson Reuters informa que Deus dirá à nação que sua trajetória de vida - um operário pobre, com pouco estudo, que chegou à Presidência da República - serve para que todos possam alimentar seus sonhos e se superar. Deus fechará o divino discurso em tom triunfal: "Agora, estamos provando ao mundo e a nós mesmos que o Brasil tem um encontro marcado com o sucesso".

A charge de hoje da Folha de S. Paulo retrata, com exatidão irônica, o que podemos esperar do governo Dilma, sem o Lula cantando mais de Galo. A imagem é de uma Presidenta tendo por trás um ministério que mais parece um museu de cera. E a chefona-em-comando que se cuide, porque o Genérico, que também sofre de racaídas divinas, está PT da vida com ela, depois da atravessada de samba com os comandantes militares.

O genérico não perdoa... Sorte da nova presidenta que terá um novo profissional de inteligência para lhe antecipar eventuais problemas. Com a experiência de quem comandou as forças de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti - assumindo o cargo em 2006, após a morte do general Urano Bacellar em Porto Príncipe -, o General do Exército José Elito Carvalho Siqueira assumirá o Gabinete de Segurança Institucional, no lugar de Jorge Armando Félix. Oriundo da turma de 1969, Elito dará prioridade à segurança presidencial e trabalhará, nos bastidores, para aproximar o GSI do Ministério da Defesa. A nova missão será nada mole.

Mudando de assunto, ao apagar das luzes legislativas, o Senado deixa prontinho um projeto de lei do senador petista Delcídio Amaral que estimularia o retorno de dinheiro ilegal de brasileiros no exterior. O valor giraria entre US$ 50 bilhões e US$ 100 bilhões. Caso seja aprovada, a lei permitirá que pessoas físicas e jurídicas declarem seus bens e valores nas declarações de 2011, ano-base 2010. Bastaria pagar um imposto de 5% (se for cota única) a 10% (parcelado) sobre o valor repatriado. A quem interessa tal projeto? Deus, certamente, deve saber...

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Dezembro de 2010.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Perigoso Continuísmo Generalizado

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

A malvada Clara vai assassinar o iludido e apaixonado italiano Totó. O crime será segunda-feira que vem, em horário nobre televisivo. Numa prova de que a política imita a “Passione”, a bondosa Dilma fuzilou seu atual-futuro ministro da Defesa. O justiçamento de Totó Jobim, sem misericórdia, aconteceu anteontem. Mas o cadáver continuará insepulto, fingindo que ainda tem força para dirigir os chefes das três forças.

A quase chefona-em-comando Dilma Rousseff obrou na farda genérica de Nelson Jobim. Ontem, o ministro virou motivo de piada nos e-mails de turmas de militares. Todos interpretaram como um sinal de desprestígio de Jobim o fato de Dilma ter chamado, para uma conversa individual sem a presença do ministro, cada um dos três chefes militares.

Foi no teretetê com um-por-um que Dilma comunicou que aceitaria a permanência deles nos cargos de comando do Exército, Marinha e Aeronáutica. Como o Palácio do Planalto deixou vazar na mídia amestrada, Dilma cobrou “lealdade” de Enzo Peri, Juniti Saito e Júlio Moura Neto. Eles devem retribuir o pedido, com a promessa de reaparelhamento das forças hoje fracas de equipamentos de primeira linha.

Sem querer querendo, como diria o Chapolim Colorado da televisão, Dilma avacalhou com a Estratégia Nacional de Defesa. A END instituiu que os chefes militares são diretamente subordinados ao Ministro da Defesa. Seguindo a tradição institucional brasileira, que a END deformou, Dilma deixou claro que quem manda nos chefes militares é a Presidente da República. Mesmo que nem tenha assumido ainda.

Dilma atravessou Jobim. Tirou-lhe o suposto poder de “intermediário”. Certamente, Jobim já está PT da vida com a futura chefona-em-comando. Mas não vai manifestar seu desconforto publicamente. Vai ficar quietinho no cargo. O problema é que Totó Jobim, claramente, foi enganado pela maldosa Clara – que deve ter se lembrado dos tempos da dita-dura, quando brilhava no papel da guerrilheira Stella.

Clara deixou claro que Jobim não vai negociar, sozinho, a modernização das Forças Armadas – como vinha fazendo no governo do General $talinácio. O Totó da Defesa ainda será obrigado a amestrar o Gato Angorá colocado na Secretaria de Assuntos Estratégicos. Dilma também não gosta do Moreira. Mas ele agora é bichinho de estimação do vice Michel Temer. Logo, todos terão de aturar Moreira interagindo com as grandes empreiteiras que cuidarão do reaparelhamento das Forças Armadas.

Triste final de uma novela que apenas está começando. O primeiro capítulo é de uma profunda tristeza institucional. Manter os mesmos chefes militares no cargo é uma “ditadura”. A própria carreira militar condena a falta de rotatividade no poder. A permanência de atuais chefes é um retrocesso imperdoável. Já gerou confusão no Alto Comando do EB – onde outros generais (desejosos de comandar a força) estão Pts da vida.

Uma coisa é certa. O continuísmo generalizado é péssimo e perigoso para qualquer regime. Pior ainda para o nosso onde inexiste democracia – a segurança do direito pelo exercício da razão pública. As malvadezas da Clarinha virão nos próximos capítulos.

Releia o artigo de domingo: Cueca blindada para quem precisa

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.
© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Dezembro de 2010.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Lula criará instituto global e novo grupo de esquerda para substituir Foro de São Paulo

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Por Jorge Serrão

O Instituto Luiz Inácio Lula da Silva, que terá uma pomposa sede bairro paulistano do Ibirapuera, será o instrumento do quase-ex-Presidente para alavancar um inédito projeto político global. Além de tomar muita cervejinha e caipirinha, sem o assédio da imprensa, assim que deixar o poder, Lula vai fundar um novo fórum de esquerda para substituir o desgastado Foro de São Paulo. Criado por ele e Fidel Castro em 1990, o “clube” se desgastou com revelações sobre ligações com as FARC e outros grupos narcoguerrilheiros na América Latina.

A política internacional será apenas uma fachada para a atuação de Lula. Na verdade, o foco dele são lucrativos negócios – aos quais seu santo nome não aparece diretamente ligado. O principal deles será uma estreita relação com a África, a partir de Angola, para o uso de recursos da exploração de diamantes em projetos sociais e de desenvolvimento. Lula também será estrela em palestras. Já teria quatro agendadas para 2011, recebendo um cachê médio de US$ 250 mil dólares.

Embora tenha se especulado que Lula poderia ocupar uma pasta ministerial especial no governo Dilma Rousseff, ligada à exploração do Pré-Sal, isto não deve mais acontecer. Lula tentará influir no governo apenas pela via dos bastidores. Vai seguir o exemplo de seu companheiro José Dirceu de Oliveira e Silva – que semana passada admitiu nunca ter deixado o Palácio do Planalto, apesar da cassação e da exoneração da Casa Civil ainda no primeiro governo $talinácio.

De concreto, Lula avisou ontem que pretende tirar de um a três meses de férias. Em discurso de 23 minutos, ontem à noite, na Praça da Apoteose, durante a festa "Obrigado, presidente Lula: o povo do Rio agradece", o futuro-ex-Presidente comunicou, oficialmente, que vai continuar participando da vida política do País depois do fim do seu mandato, no dia 31. Uma de suas prioridades será ajudar políticos aliados nas eleições municipais de 2012.

A outra prioridade, já anunciada semanas atrás, será a limpeza final de seu nome com o escândalo do Mensalão. Ontem, após advertir que “a História vai julgar", Lula levou milhares de pessoas ao delírio com seu discurso: "Vocês viram o que aconteceu comigo em 2005? Mais uma vez se tentou truncar o mandato de um presidente democraticamente eleito. Fui para uma reunião com os senadores Renan Calheiros e José Sarney e disse que não ia ser derrotado e nem me mataria como Getúlio (em agosto de 1954) ou renunciar como Jango (no movimento militar de 1964). Os meus inimigos iam ter que me derrotar nas ruas e nas portas das fábricas".

Irmão Temer

A alta cúpula da Maçonaria norte-americana anda procurando altos membros da Maçonaria brasileira para falar mal de um maçom que terá muito poder a partir de 1º de Janeiro.

O alvo é o vice-presidente Michel Temer – que, durante a campanha, até negou fazer parte da Maçonaria.

Os maçons dos EUA estão preocupados com as investidas da maçonaria inglesa no governo brasileiro, usando como trampolins Michel Temer, e o marido-maçom da melhor amiga de Dilma, Colin Foster (casado com Maria da Graça Foster, diretora da Petrobras).

Quem vai engrossar


O chefão Lula aproveitou ontem a última reunião do ano com a Executiva Nacional do PT para ordenar que o partido centre fogo no marco regulatório dos meios de comunicação, com o seguinte recado:

"Quero ver quem vai afinar, hein?"

Até o fim do ano, o governo pode enviar o projeto ao Congresso.

Sempre ameaçando

O futuro ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, repetiu ontem que o governo não vai vigiar a mídia, mas com uma ponta de ameaça:

"Agora, não é sensato simplesmente achar que a imprensa pode tudo e o cidadão, o político - porque político também é gente -, não tem direito a nada".

Ou seja, a petralhada quer bater, sem perdão, na mídia que não controla – principalmente na Internet.

Acredite quem quiser

Lula alegou que nem ele nem Dilma nunca planejaram censurar a liberdade de expressão.

Mesmo discurso de Franklin Martins, jurando que o marco regulatório "vai garantir a concorrência, a competição, a inovação tecnológica e o atendimento ao direito da sociedade à informação".

O problema é acreditar no que eles falam.

Mídia faturando

Em dez meses deste ano, a mídia nacional arrecadou R$ 21,1 bilhões.

O faturamento dos veículos com venda de espaço publicitário cresceu 20,6% entre janeiro e outubro de 2010, em relação ao mesmo período do ano passado.

São os últimos números do Projeto Inter-Meios, da revista Meio & Mensagem.

Crescendo

O maior índice de crescimento é o da internet (28,8%), que abocanhou R$ 933,7 milhões no período e já tem 4,4% do total das verbas publicitárias.

A TV por assinatura também se saiu bem, com faturamento 26% maior que o do ano passado, chegando a R$ 804 milhões.

O governo federal, injetando recursos sem parar na mídia amestrada, colaborou bastante para o excelente resultado financeiro da mídia tuíniquim.

Faturamentos

A publicidade no cinema cresceu 14,3% (faturamento de R$ 72,6 milhões entre janeiro e outubro de 2010); em revistas, 15,8% (R$ 1,5 bilhão); e no rádio, 11,8% (R$ 879 milhões).

Os jornais patinaram mais uma vez, com meros 5,3% de crescimento (R$ 2,7 bilhões).

A TV aberta mantém a maior fatia do bolo (63,2%), tendo faturado R$ 13,4 bilhões até outubro, valor 25,7% superior a 2009.

Novo jornal

É sigilo o nome do grande investidor na criação de um jornal exclusivo para rodar em iPad, a partir do ano que vem, aqui no Brasil.

O diário de notícias de interesse geral será tocado pelos jornalistas Joaquim Castanheira e Leonardo Attuch, de saída da revista Istoé.

O nome da nova publicação eletrônica também é segredo.

Eike-bala

O Valor de hoje revela que o bilionário Eike Batista negocia com os coreanos a participação em um dos consórcios para construção do Trem-Bala RJ-SP.

A obrinha que terá um preço inicial de R$ 33 bilhões também interessa a grandes empreiteiras nacionais – como a Odebrecht, que também articula com japoneses e franceses a formação de um consórcio.

O trem, em si, é menos importante que os negócios imobiliários e comerciais que vão gravitar em torno da obra –mo que desperta a cobiça de gigantes do setor imobiliário e da área de transportes e construção.

Vida que segue...


Ave atque Vale!


Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Dezembro de 2010.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Diretora da Petrobras confirma que Dilma sabia da denúncia de corrupção na Gemini

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/

Por Jorge Serrão

Dilma Rousseff e diversos outros integrantes do Conselho de Administração da Petrobras sabiam da denúncia de corrupção feita pelo sindicato dos petroleiros (Sindipetro) envolvendo a empresa Gemini – sociedade formada pela Petrobras (40%) e uma multinacional (60%) para produzir e comercializar gás natural liquefeito (GNL). O caso Gemini é um dos calcanhares de Aquiles da quase Presidenta Dilma – que foge publicamente do tema sempre que pode.

É o que se conclui das palavras usadas pela Diretora de Gás e Energia da Petrobras Maria das Graças Foster na resposta à carta encaminhada pelo engenheiro João Vinhosa em 22 de novembro de 2010. Em tal resposta (carta DG&E n° 75/2010, de 2 de dezembro de 2010), a Diretora também confirmou o recebimento de outra carta postada aos Conselheiros da empresa em 26 de fevereiro de 2010. No documento, foi destacada a mais explícita denúncia de corrupção que pode ser imaginada: a charge de uma mala recheada de dinheiro contendo o nome do corruptor. No caso, a charge ilustra matéria publicada pelo jornal do Sindipetro em 23/03/06, e o nome escrito na mala é o da sócia majoritária da Gemini.

Ninguém pode cometer a ousadia de negar: a carta da Diretora Foster ao engenheiro João Vinhosa reforça impressionantemente as evidências de que a Gemini se transformou numa caixa preta, blindada de maneira inexpugnável por aqueles que teriam o dever de apurar as acusações. Passando muito longe da verdade, Graça Foster escreveu que “todos os esclarecimentos sobre o assunto lhe foram exaustivamente prestados, não restando mais nada a ser acrescentado (...). a Petrobras sempre respondeu os pleitos de V.Sa., conforme demonstrado abaixo”. Quem ler o documento constatará que as palavras da Diretora serão totalmente pulverizadas, a ponto de não lhes restar o menor resquício de credibilidade.

A manifestação do Diretor Ildo Sauer

Em sua vã tentativa de demonstrar que todos os esclarecimentos já foram prestados, a Diretora Foster afirmou:

“A correspondência n° 090/2004, de 22.03.2004 enviada pelo SINDIPETRO/RJ (em atendimento a pleito seu) foi respondida por meio da Carta DGE 040/2004, de 15.05.2004, pelo então Diretor de Gás e Energia, Dr. Ildo Sauer”.

Vinhosa esclarece que a resposta do Diretor Sauer foi dada no início de 2004, época em que a Gemini ainda nem existia.

Naquele tempo, a sociedade era apenas um projeto que, para se concretizar, dependia de autorização do CADE.

Além do mais, no início de 2004, nada se conhecia sobre o potencial danoso da futura sociedade.

Denúncia do Sindipetro

Naquela oportunidade, o Sindipetro manifestou uma única preocupação: o fato de a Petrobras estar se associando a uma empresa acusada de graves crimes contra o interesse público.

Na resposta ao Sindipetro, o Diretor Sauer lavou as mãos, afirmando que, relativamente aos processos judiciais contra a sócia majoritária da Gemini, “estão todos eles sub judice, não havendo ainda, em qualquer deles, sentença condenatória contra essa empresa”.

João Vinhosa constata que o histórico dos atos lesivos ao patrimônio público praticados pela sócia da Gemini foi, de maneira por demais temerária, desconsiderado pela Petrobras.

MP pensou diferente...

O Ministério Público Federal não compartilhou da mesma tranqüilidade demonstrada pela Petrobras.

A posição do MPF ficou registrada em Representação que questionou a reputação da sócia majoritária da Gemini.

Apesar de ter determinado o arquivamento da Representação (pelo mesmo fato legal: ainda não havia transitado em julgado sentença condenatória contra a sócia da Gemini), o MPF foi bastante enfático ao se referir ao histórico da empresa, declarando:

São pertinentes as preocupações levantadas pelo representante, pois a empresa, de fato, está envolvida em diversos episódios de malversação de recursos públicos. E todos os fatos que levaram à conclusão de ser a empresa representada ‘notória espoliadora do Estado’ já estão sendo apurados em autos próprios”.

Frágil avaliação

João Vinhosa destaca a fragilidade da avaliação da idoneidade de um sócio baseada “na inexistência de sentença condenatória”.

O engenheiro lembra que a sócia majoritária da Gemini continua ainda sem ter sido condenada em última instância, apesar de ter recebido, em setembro de 2010, a maior multa já aplicada no país (R$ 2,2 bilhões).

A empresa foi acusada de um crime inegavelmente hediondo: formação de cartel objetivando, entre outras coisas, fraudar licitações e superfaturar contra nossos miseráveis hospitais públicos.

A posição do Tribunal de Contas
Na carta, a Diretora Graça Foster destacou foi considerada improcedente a reclamação do engenheiro João Vinhosa junto ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Vinhosa contesta a interpretação de Graça Foster:

Junto ao TCU, eu denunciei que a Gemini havia contratado sem licitação sua sócia majoritária para todos os serviços necessários a levar o GNL até o cliente. Tais serviços, que incluíam a liquefação do gás natural, o armazenamento do produto e o transporte do GNL aos clientes foram contratados por um período de cinco anos, que poderá ser eternizado, bastando para isso que a sócia majoritária faça uso da cláusula de preferência incluída no Acordo de Quotistas vinculado ao Contrato Social”.

Vinhosa frisa que o TCU só considerou improcedente sua denúncia pelo fato de a Gemini não ser uma entidade controlada pela União e, portanto, não estar obrigada a obedecer às normas de licitações e contratos da Administração Pública:

Em outras palavras, o TCU se tornou impedido de fiscalizar a Gemini por causa de uma desastrada (digamos assim) divisão acionária na qual a Petrobras, monopolista da matéria prima, optou por deter apenas 40% da sociedade”.

Auditoria interna

João Vinhosa também considera frágil o argumento apresentado pela Diretora Foster de que a Gemini é “periodicamente auditada pela Auditoria Interna da Gaspetro”:

Ora, até onde existe isenção quando o sócio minoritário audita uma empresa que contratou o sócio majoritário para prestar todos os serviços necessários à sua operação? Considerando que, para justificar a associação, a Petrobras afirmou que quem detém a experiência em liquefação, armazenamento, transporte e logística de gases é a sócia majoritária, lícito torna-se depreender que citada auditoria não terá condições técnicas de chegar aos pontos nos quais as distorções são mais passíveis de serem maquiadas”.

Além disso, Vinhosa pergunta: “Como confiar numa auditoria interna, considerando que o próprio sindicato dos trabalhadores na área denunciou – sob as vistas complacentes da direção da Petrobras – a corrupção explícita envolvendo a Gemini?”.

E-mails da Ouvidoria da Petrobras

Para demonstrar que “a Petrobras sempre respondeu os pleitos de V. Sa.”, a Diretora Graça Foster relacionou três ridículos e-mails.
Vinhosa propõe que seja obrigado a provar em juízo os termos da correspondência encaminhada em 14 de maio de 2007 à Ouvidora-Geral da Petrobras Maria Augusta Carneiro Ribeiro, que não se dignou a responder:

O tendencioso E-mail a mim encaminhado pela Ouvidoria-Geral da Petrobras em 27/04/07 reforça, impressionantemente, minha previsão segundo a qual o dinheiro público corre extremo perigo com a constituição da Gemini (...) Repleto de falsidades e distorções, tal E-mail torna evidente que o “alto poder de convencimento” da sócia da Gemini já contaminou a Petrobras (...) Nada mais falso. Saliento que tal mentira, por ser utilizada com a finalidade de influenciar na avaliação da reputação de uma empresa acusada de espoliar os cofres públicos, é por demais comprometedora”.

Carta a Gabrielli

Em sua carta, a Diretora Foster abusa da defesa do indefensável e tenta justificar a omissão da Ouvidoria-Geral da Petrobras:

Relativamente a sua carta datada de 26.02.2010 encaminhada ao Presidente José Sérgio Gabrielli de Azevedo, a Ouvidoria-Geral, considerando mera repetição dos mesmos fatos relatados desde 2004 para o MPF, TCU, Órgãos do Governo Federal, Mídia, etc., decidiu apenas registrar o relato, sem todavia responder, por entender que os esclarecimentos já prestados eram suficientes”.

João Vinhosa sustenta que nenhum dos “esclarecimentos” oficiais foi suficiente.

Até Dilma recebeu

João Vinhosa lembra que a carta de 26.02.2010 não foi enviada somente ao conselheiro Gabrielli.

Ela foi dirigida, individualmente, aos conselheiros do Conselho de Administração da Petrobras: Dilma Rousseff, Guido Mantega, Silas Rondeau, Sérgio Gabrielli, Francisco Roberto de Albuquerque e Luciano Coutinho.

O texto também, foi integralmente transcrita no artigo “Petrobras: Conselho de Administração sob suspeita”, amplamente divulgado na internet e publicado em vários blogs.

Sabiam de tudo...

João Vinhosa considera que os conselheiros da Petrobras tinham total conhecimento do que fora denunciado:

Considerando que a Ouvidoria-Geral – órgão ligado diretamente ao Conselho de Administração da Petrobras – afirmou que o relatado na carta por mim encaminhado aos conselheiros é mera repetição de fatos já conhecidos, lícito torna-se inferir que os conselheiros já conhecem todos os fatos contidos na carta e seus anexos, inclusive o Dossiê Gemini: maio de 2009”.

Denúncia do Sindipetro

No que se refere às denúncias do Sindipetro, sobre sua carta de 26.02.2010, João Vinhosa transcreve trechos, que já eram conhecidos dos conselheiros - conforme confirma a carta da Diretora Foster:

O Sindipetro-RJ não fez por menos: acusou explicitamente a prática de corrupção na Petrobras no “caso Gemini”.

Referidas acusações de corrupção foram divulgadas em diversas matérias publicadas no jornal do sindicato.

Charge sugestiva

Numa das matérias, datada de 23/03/06, encontra-se uma charge bastante sugestiva.

Um homem com uma mala recheada de dinheiro com o nome da sócia da Petrobras.

Em outra, publicada em 03/08/07, sob o título “Petrobrás entrega mercado de GNL aos EUA”, uma charge mostra a mão do Tio Sam acionando um cilindro de gás de onde jorra dinheiro.

Outra entrevista

João Vinhosa também recorda da entrevista dada em 16/05/08 ao jornal do sindicato dos previdenciários pelo secretário-geral do Sindipetro, Emanuel Cancela.

Entre as graves palavras do líder petroleiro, se destacam:

O que nos perguntamos é o que moveu o governo a referendar um negócio como este. O que está por trás disto? Tem alguma coisa suja no meio desta história. Vamos insistir junto ao Ministério Público e incluir esta questão na Campanha pela Nacionalização do Petróleo e Gás”.

Perguntinhas sem resposta

Para demonstrar que a Diretora Graça Foster passou muito longe da verdade ao afirmar que todos os esclarecimentos sobre o assunto já foram prestados, o engenheiro João Vinhosa a desafia a apresentar os esclarecimentos que foram prestados sobre os pontos a seguir enumerados:

1 – O que foi esclarecido sobre o fato de um pior desempenho da Gemini acarretar aumento da lucratividade de sua sócia majoritária?

2 – Qual esclarecimento foi dado sobre o preocupante fato: se a sócia majoritária superfaturar os serviços por ela prestados à sociedade, a uma diminuição de lucratividade da Gemini corresponderá um aumento da lucratividade da prestadora de serviços?

3 – Considerando que o consumo de GNL em regiões distantes da unidade de liquefação (situada em Paulínia) favorece extremamente à sócia majoritária – que passa a faturar mais com o frete – como a Petrobras vê o estímulo ao consumo nessas regiões, por exemplo, Brasília e Goiânia?

4 – Qual foi a reação da Petrobras diante da desmoralizante mala de dinheiro ilustrada no jornal do Sindipetro?

5 – Qual foi a reação da Petrobras diante das categóricas palavras do diretor do Sindipetro Emanuel Cancella?

6 – O que a Petrobras esclareceu sobre a brecha facilitadora de superfaturamento deixada no Acordo de Quotistas?

7 – Qual é o preço que a Petrobras cobra pelo gás natural que ela fornece à Gemini?

8 – Qual é o preço que a Petrobras cobra pelo gás natural que ela fornece à concessionária estadual do estado de São Paulo?

Ex-conselheiro do extinto Conselho Nacional do Petróleo, João Vinhosa ainda se reserva o direito de voltar a questioná-la em outra oportunidade:

Vida que segue...


Ave atque Vale!


Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Dezembro de 2010.