quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Banco do Brasil terá de explicar como editor do Alerta Total foi vítima de fraude em conta corrente

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Da Redação

O Banco do Brasil foi acionado para explicar, de modo convincente, como o jornalista Jorge Serrão foi vítima de uma operação fraudulenta na conta corrente usada exclusivamente para receber doações para o Alerta Total. No dia 27 de dezembro passado, sem autorização do cliente, o BB permitiu três saques (no valor total de R$ 94,06) na conta 9042-5. Foi para a operação número 49555, de “débito em conta”, feita via Internet, por um fraudador, no dia 12 de dezembro. O SAC do BB prometeu ontem uma “resposta urgente”, no máximo até o dia 19 de janeiro, para a reclamação com o protocolo 8811534.

A fraude expôs a total vulnerabilidade do cliente em qualquer operação feita via Internet. O fraudador “autorizou” o débito na conta de Jorge Serrão para efetuar o pagamento da assinatura de três revistas da Editora Abril. A Veja, a Contigo e a VIP foram contratadas, via Internet, em benefício de um laboratório de análises clínicas. Curioso é que o assinante fica situado na Avenida Braz de Aguiar, em Belém, no Pará. A conta que sofreu o saque sem autorização do cliente fica em uma agência no Shopping Ibirapuera, na bem distante cidade de São Paulo.

Ao saber da fraude, o manezão jornalista perdeu seu tempo e se deslocou, pessoalmente, à agência do BB, para pedir uma explicação sobre o problema. Recebeu a gélida informação de que o saque fora feito, supostamente, com sua autorização. Por sorte, o saque ocorreu quando o cliente tinha na conta o bilionário saldo de R$ 116,70. O prejuízo seria ainda maior se a conta estivesse desprovida de saldo. O lesado seria forçado a pagar os juros pela falta de dinheiro.

Na agência, o cliente explicou que, por sorte, jamais movimentou a conta para uma compra sequer, conforme mostra seu histórico de movimentações da conta. O argumento de nada adiantou. O funcionário do BB alegou que o correntista lesado teria de resolver o problema diretamente com a Editora Abril S/A – que recebeu os pagamentos no dia 27 de dezembro. Insatisfeito, o jornalista fez uma segunda reclamação de protesto, desta vez por telefone, ao Serviço de Atendimento ao Cliente do BB.

Já a Editora Abril S/A, beneficiária dos três pagamentos, foi mais rápida na solução do problema. Atendeu à reclamação do cliente – que é assinante de três publicações da editora há alguns anos – e prometeu devolver o dinheiro o mais depressa possível. O SAC da Abril confirmou que as assinaturas em favor do laboratório em Belém do Pará foram feitas no dia 12 de dezembro, via Internet. Os valores retirados indevidamente da conta de Jorge Serrão foram de R$ 46,28 pela revista Veja, R$ 35,50 para a Contigo e R$ 11,98 para a Vip.

Se o otário do jornalista – que assina vários jornais e revistas – não tivesse estranhado a operação indevida na conta do BB, no próximo dia 27 de janeiro, sofreria novos saques não autorizados em sua conta. O mais grave é que o cliente corre o risco de ser vítima de novas operações fraudulentas idênticas. Estranho é que, em todas as operações bancárias corriqueiras, os atendentes dos bancos querem saber até os dados numéricos do neto do papagaio da sogra do cliente.

Nesse caso, o BB autorizou o saque da conta sem consultar o cliente previamente se ele realmente tinha feito tal compra. O BB terá de explicar quais procedimentos de segurança adota em tais operações de débito via Internet. Se não adota, já passou da hora de adotar.

Dedo arrancado não dói no bolso

Metalúrgicos do ABC ensaiam um protesto contra a Rede Globo e especialmente seu novelista Silvio de Abreu.

Tudo por causa do capítulo de ontem na novela Passione, em que o bandido Fred descobriu que seu falecido pai havia armado um golpe de mestre para receber indenizações milionárias do INSS e da Metalúrgica Gouveia.

O pai do pilantra teria cortado o próprio dedo em um torno mecânico para ter direito aos benefícios.

Ainda bem que tais sacanagens só acontecem na ficção novelesca, mas os metalúrgicos do ABC ficaram PTs da vida com a malvadeza do escritor Silvio de Abreu.

Cuide-se

A Secretaria de Assuntos Legislativos e o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça (DPDC) lançaram um debate público sobre privacidade e proteção de dados pessoais no Brasil.Por meio de um blog, que ficará no ar por 60 dias, a população poderá contribuir com sugestões.

A proposta é consultar a sociedade civil sobre os termos do projeto que propõe um marco regulatório sobre o uso de informações pessoais.

Culpa da chuva?

A presidenta Dilma Rousseff embarca às 10 horas para o Rio de Janeiro, para ver, pessoalmente, junto com o governador Serginho Cabral (que ontem estava viajando), os estragos causados pelas trombas d´água na Região Serrana do Rio de Janeiro.

Curioso é que, no ano passado, na gestão Lula-Dilma, os R$ 450 mil previstos para "apoio a obras preventivas de desastres/contenção na estrada Cuiabá (Petrópolis)" - área destruída pelas chuvas - não foram liberados pelo governo federal.

Outros R$ 21,7 milhões para "obras de pequeno vulto de macrodrenagem" também não chegaram a Nova Friburgo – que foi devastada pelo temporal.

Verdadeiros culpados

São Pedro e seu chefão Deus deviam ser responsabilizados administrativa e criminalmente por mandarem tanta água para locais que o governo federal deixou sem recursos públicos.

Ou, então, a Presidenta Dilma devia soltar uma nota oficial, condenando o governo de seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, por não ter mandado as verbas para as obras contra enchentes.

Deus, São Pedro e FHC também deviam responder, perante a Comissão da Verdade, sobre os crimes hediondos que cometeram.

Crônica da Tragédia anunciada

O Globo de hoje critica que, apesar das recorrentes tragédias causadas pelas chuvas, o governo federal mantém a tradição de investir pouco - e bem menos do que promete - para evitá-las.

Embora tenha previsto R$ 425 milhões para o Programa de Prevenção e Preparação para Desastres em 2010, o Ministério da Integração Nacional só aplicou R$ 167,5 milhões, ou 39% (inclusive os restos a pagar, ou seja, as despesas de anos anteriores honradas depois).

Os dados da má gestão constam de levantamento do Contas Abertas no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo (Siafi).

Marketagem

Dilma assinou ontem medida provisória que libera R$ 780 milhões para os estados atingidos pelas chuvas nos últimos dias, incluindo o Rio e São Paulo.

Serão R$ 700 milhões para a área de defesa civil do Ministério da Integração Nacional e R$ 80 milhões ao Ministério dos Transportes, para recuperação de pontes e estradas.

Dilma ontem falou por telefone com os governadores Sérgio Cabral e Geraldo Alckmin.

Petralhada recolhida

Na terça-feira, deputados petistas meteram o pau nos tucanos de São Paulo.

Atribuíram a José Serra e Geraldo Alckmin a culpa pelas enchentes na capital.

Ontem, diante da tragédia de maior vulto patrimonial e humano no Rio de Janeiro, os críticos desapareceram de cena.

Sequer ensaiaram um protestinho contra Extalinácio, cujo governo não mandou verbas de combate às enchentes na Região Serrana do RJ.

Passport

O Ministério de Relações Exteriores confirmou ontem que têm passaporte especial Fábio Luis, Sandro Luis, Marcos Claudio e Luiz Claudio.

A emissão dos passaportes dois últimos já tinha sido divulgada.

Novidade foram os benefícios para Sandro e Lulinha, coitadinhos, que não mereciam ficar de fora do privilégio.

Misterinho

O Itamaraty não informou quando os documentos foram emitidos.

O Ministério das Relações Exteriores ainda avalia se vai divulgar a lista dos netos do ex-presidente Lula que também têm passaporte diplomático.

A área jurídica do ministério estuda se, por serem menores de 18 anos, eles podem ter seus nomes divulgados.

Cana da Shell

O Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), maior instituição de pesquisa em cana-de-açúcar do mundo, foi transformado em uma Sociedade Anônima (S.A.).

A entidade, com sede em Piracicaba (SP), terá como maior acionista individual a Copersucar, que criou o centro em 1969 e o controlou sozinha até 2004, quando abriu a entidade de pesquisa para o todo o setor sucroalcooleiro.

Como a Cosan detém 20% do CTC, e ela é sócia da anglo-holandesa Shell em uma joint venture para cuidar do setor de cana, já dá para ver quem vai mandar no pedaço das pesquisas com cana e etanol...

Era Dilma

Com o objetivo de trazer à discussão temas atuais, prestando sempre um serviço à comunidade, o Ibmec/DF traz para Brasília o professor Dr. José Niemeyer dos Santos Filho para ministrar a palestra “A era Dilma sobreposta a era Obama”.

O evento será realizado no dia 17 de janeiro, às 19h30, na própria Faculdade, localizada no Setor Comercial Norte, quadra 2, Edifício Corporate Financial Center, 2º andar.

A presença deve ser confirmada pelo telefone (61) 3878-7777 e a inscrição é um 1kg de alimento não perecível, que será doado ao Abrigo dos Excepcionais da Ceilândia.

Chora...

O Bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, não se conforma de ter perdido a parada comercial para ficar com o antigo prédio da Manchete, na rua do Russel, no Rio de Janeiro.

Comprado pela BR Properties por R$ 260 milhões, o edifício já se valorizou em mais de 30%., e agora se transformará em um greenbuilding corporativo, com certificado Tripe A, o nível mais alto.

O Grupo Renta Engenharia comanda as empresas responsáveis pelo retrofit do imóvel tombado, projeto original de Oscar Niemeyer.

Derivative House

A revista Risk, de notícias e análises de gestão financeira, elegeu o Deutsche Bank como Derivatives House of the Year.

O prêmio mais importante da publicação foi recebido pela terceira vez pelo Banco, desde 2003.

A homenagem da Risk acompanha os reconhecimentos realizados em dezembro de 2010, quando a revista International Financing Review (IFR) nomeou o Deutsche Bank como Bank of the Year e Derivatives House of the Year.

Nova direção

Alencar Burti é o novo presidente do Conselho Deliberativo do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP).

Eleito em 1º de dezembro de 2010, Burti substitui Abram Szajman, presidente da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio).

Na mesma eleição foram definidos os nomes dos diretores executivos: Bruno Caetano, diretor Superintendente, Ricardo Tortorella, diretor Técnico e Regina Bartolomei, diretora de Administração e Finanças.

Estudantes maduros

Em Sampa, a Universidade São Judas abre as inscrições para o curso “Universidade Aberta à Maturidade” referente ao primeiro semestre de 2010.

Inspirado no projeto francês da Universidade de Toulouse, o curso existe desde 1994 e é indicado a pessoas que tenham a partir de 40 anos e todas aquelas que desejem ampliar seus conhecimentos sobre o envelhecimento e temas da atualidade.

As inscrições devem ser realizadas até 31 de janeiro, das 9h às 20h, e as aulas acontecem na unidade Mooca, da Universidade.

Inclusão carnavalesca

Neste ano, o Carnaval de São Paulo terá mais acessibilidade para deficientes visuais, graças a uma iniciativa pioneira da Prefeitura de São Paulo, São Paulo Turismo (SPTuris) e o Complexo Educacional FMU.

O projeto “Carnaval Paulistano - Só Não Vê Quem Não Quer” levará 45 pessoas cegas e com baixa visão para acompanhar de perto os ensaios, a concentração e os desfiles de três tradicionais escolas de samba de São Paulo: Rosas de Ouro, Mocidade Alegre e Camisa Verde e Branco.

Eles poderão tocar nos instrumentos e entender como são e como funcionam, antes de cairem na folia.

A atividade será realizada nos dias 23 de janeiro (Mocidade Alegre), 30 de janeiro (Rosas de Ouro) e 2 de fevereiro (Camisa Verde e Branco).

Mongólia em fotos

O jornalista Haroldo Castro, que esteve duas vezes na Mongólia para realizar reportagens, apresentará uma palestra na terça-feira, 1º de fevereiro de 2011, sobre a viagem Expedição Fotográfica na Mongólia.

O premiado fotógrafo, coordenador da viagem, falará sobre o roteiro que inclui como ponto central da jornada as festividades do Naadam, as chamadas Olimpíadas das Estepes.

Será na Latitudes – Viagens de Conhecimento, na rua Clodomiro Amazonas, 1158 Lj 62/63 - São Paulo.

Senta pra rir

Após o grande sucesso das temporadas anteriores e de sua turnê pelo Japão, o humorista Diogo Portugal volta ao Teatro das Artes para a 4ª temporada do seu espetáculo Senta pra Rir, no dia 3 de fevereiro.

Durante todas as quintas-feiras o humorista divertirá a exigente plateia paulistana, demonstrando porque é um dos grandes nomes da chamada nova geração do humor.

Com divagações bem-humoradas, Portugal traz convidados diferentes a cada apresentação, já tendo divido o palco com ele Danilo Gentili, Fabio Rabin, Marcelo Adnet, Marcelo Madureira, Marcelo Mansfield, Paulinho Serra, Rafinha Bastos, entre outros, sempre garantindo boas risadas em torno de assuntos do nosso cotidiano.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Janeiro de 2011.

Um comentário:

Anônimo disse...

O Último Discurso

http://www.youtube.com/watch?v=KsfIvl6IjLw

Boa Sorte a Todos