sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Vale enxurrada: São Paulo paga compensação de R$ 1 mil por família afetada por temporal

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/


Por Jorge Serrão

A Prefeitura de São Paulo tem um sistema cínico para tentar amenizar a enxurrada de ações judiciais exigindo indenizações por perdas com as tempestades de verão. Depois de uma longa burocracia, a administração da maior cidade do País paga uma mísera “indenização” de R$ 1.000,00 para famílias que sofreram danos materiais ou até perdem tudo com as chuvas. Curiosamente, o “vale enxurrada” pode ser pleiteado uma única vez – embora as tragédias climáticas, agravadas pelo mau gerenciamento da cidade, ocorram várias vezes no ano.

Os governos estaduais e municipais não agem, preventivamente, para evitar que as tempestades produzam centenas de mortos, milhares de desabrigados, automóveis, móveis e imóveis perdidos. O advogado paulista Antônio Gonçalves dá um conselho útil aos cidadãos: “O Brasil tem um problema estrutural com o meio ambiental e a prevenção. Se o povo não ingressar na justiça ou se acomodar com indenizações pífias como as de São Paulo, a zona de conforto em que se encontra as Prefeituras e os Governos dos 26 Estados permanecerão inalteradas, enquanto o povo padece. Se Prefeitura e Governo do Estado não proporcionam um serviço de qualidade à população, logicamente que o cidadão tem o direito de pleitear seus direitos através da Justiça”.

Gonçalves defende um projeto para alertar a população sobre a necessidade do descarte correto do lixo, além de explicar as consequências de se despejar sujeira em vias públicas. “A chuva é sazonal, acontece sempre na mesma época e o governo não investe em campanhas de conscientização da população e nem em alertar a população como jogar o lixo. Governo e prefeitura não fazem uma força tarefa conjunta, mesmo sabendo em nessa época dos anos as chuvas são mais fortes e as probabilidades de acidentes aumentam”.

Drama Nacional

Eis as questões dramáticas de um Brasil sem educação e sem cidadania:

Será que os governos vão esperar a próxima tragédia para agir?

Será que os cidadãos continuarão gerando mais sujeira, ocupando áreas irregulares ou de risco, sem cobrar soluções preventivas do poder público na área de Defesa Civil?

Leia, abaixo, os artigos: A vida em compartimentos, de Arlindo Montenegro, e Doação, de João Bosco Leal.

Gastinhos secretos

Só no ano passado, a Presidência da República, sob gestão Lula da Silva, torrou R$ 105,5 milhões nos cartões corporativos.

O mais grave é que não se pode saber como foi gasto esse valor astronômico.

Nada menos que 93% das despesas são descritas como “informações protegidas por sigilo, para garantia da segurança da sociedade e do Estado”.

Nem Freud explica

Na esfera Presidencial, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) elevou em 66% seus gastos secretos.

Saltou de R$ 6,8 milhões (em 2009) para R$ 11,2 milhões (em 2010)

O motivo do aumento, porém, também por questões de seguranaça, não foi divulgado.

Farra dos cartões

Os cartões corporativos bateram recorde em 2010 ao atingir R$ 80 milhões.

Em relação a 2009, as despesas aumentaram em cerca de R$ 15,5 milhões, ou 24% do total.

O levantamento é da ONG Contas Abertas.

Ilustre despejado


Por inadimplência, o ex-dono do Banco Santos, Edemar Cid Ferreira, e sua mulher, Márcia, foram despejados ontem da mansão que ocupavam no Morumbi, bairro nobre da Zona Sul de São Paulo.

Amigão do eterno presidente José Sarney, Edemar não pagava o aluguel mensal de R$ 20 mil desde 2004 e a dívida chega a R$ 1,7 milhão.

A ordem de despejo foi dada pelo juiz Régis Rodrigues Bonvicino, da 1ª Vara Cível de São Paulo, que, em dezembro do ano passado, julgou procedente ação da massa falida da Atalanta Participações, uma das empresas ligadas ao Banco Santos que Edemar deixou falir.

Não colou

A casa onde morava o ex-banqueiro pertence à Atalanta, uma das empresas criadas por Edemar e que controla alguns de seus imóveis.

Márcia, sua mulher, é sócia da Atalanta, junto com uma empresa offshore (empresas com sede em paraísos fiscais) chamada Blue Shell, com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, que detém o seu controle.

Para tentar deixar o imóvel fora do alcance da Justiça, já que a Atalanta não tinha vínculos com o banco, Márcia fez um contrato de locação do imóvel.

Como o aluguel não foi pago, o ex-banqueiro e a esposa se ferraram...

Férias eternas?

Se pudesse, a Presidenta Dilma detonava, imediatamente, o ministro da Educação, Fernando Haddad.

Motivo: ele sairá de férias sábado, apesar de toda confusão nas inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), prejudicando milhares de estudantes em todo o país

O descanso do ministro coincide com o período de divulgação dos resultados do Sisu, isto é, a informação sobre quem conseguiu vaga no curso superior logo em sua primeira opção, e a fase de matrículas em 83 universidades e institutos tecnológicos que selecionam candidatos através do sistema, com base exclusivamente nas notas do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Mas Haddad pode se preparar que o próximo probleminha na Educação vai custar a sua cabeça...

Nudez no tablet?

O fundador da revista "Playboy", Hugh Hefner, informou no Twitter que o catálogo inteiro da publicação, desde 1953 estará disponível no iPad, a partir de março.

A dúvida é se Hefner conseguirá driblar a rígida política da Apple de não permitir conteúdo adulto na plataforma iOS - sistema operacional móvel dos iPads.

A especulação aumenta porque, no aplicativo da Playboy para iPhone, não são veiculadas fotos com nu frontal.

Aula de Escatologia
E-mail que circulava ontem, a todo vapor, no crítico mundo livre da Internet:

Na prova do curso de Química, foi perguntado:

- Qual a diferença entre SOLUÇÃO e DISSOLUÇÃO?

Resposta de um aluno:

- Colocar UM dos POLÍTICOS BRASILEIROS num TANQUE DE ÁCIDO para que DISSOLVA é uma DISSOLUÇÃO. Colocar TODOS é uma SOLUÇÃO!

E o estudante engraçadinho ainda completou:

"Se liofilizar, teremos o mais puro Extrato de Pó de Merda do mundo".

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Janeiro de 2011.

Nenhum comentário: