quarta-feira, 25 de maio de 2011

Inimigos sugerem que empresa de Palocci ajudou a esquentar caixa dois de campanha da Dilma


Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

A situação política de Antônio Palocci Filho deve se tornar insustentável, em curto prazo, obrigando a Presidenta Dilma Rousseff a abrir mão de seu braço direito para preservar o resto do corpo no poder. A próxima tacada dos inimigos do Ministro da Casa Civil é revelar que o dinheiro de caixa dois da campanha presidencial passada ajudou a engordar o patrimônio de Palocci. A suspeita é que a grana tenha sido “esquentada” com notas fiscais dadas pelas empresas para as quais o superconsultor trabalhou. O medo do governo é que tal suspeita acabe comprovada.

Os inimigos de Palocci têm acesso privilegiado às informações fiscais das empresas Projeto (de Palocci), Anagrama (do parceiro sérvio Branislav Kontic) e Epoke Consultoria (pertencente a outro parceiro, o franco-argentino Luis Favre, “prestador de serviços de informação”). A operação contra Palocci pretende associá-lo, nos negócios, a alguns petistas de peso: José Dirceu, José Genoíno, Marta Suplicy e Elói Pietá. Como os ataques a Palocci se aproximam demais da cúpula do partido, ontem, o ex-Presidente Lula da Silva resolveu assumir a liderança da defesa do companheiro Palocci.

Na tentativa de despistar que os ataques a Palocci venham de dentro do próprio PT – cujos membros não escondem, publicamente, a falta da ligação pessoal de Dilma e do Planalto com o partido -, a petralhada resolveu arranjar um bode expiatório para a crise palocciana. Apontaram um responsável por vazar as informações empresariais de Palocci. Nos bastidores da mídia amestrada, lançaram suspeitas sobre o secretário de Finanças de Gilberto Kassab na prefeitura de São Paulo, Mauro Ricardo Machado Costa, que foi também secretário de Fazenda do Estado de São Paulo quando José Serra era governador.

Na linha de blindagem a Palocci, Lula tem hoje uma reunião com líderes da base governista na casa do senador José Sarney (PMDB-AP). Extalinácio quer garantir que o Congresso não fará qualquer movimento para investigar a evolução patrimonial de Palocci. Lula também está preocupado com a evolução do escândalo na Prefeitura de Campinas (SP), que atinge um de seus melhores “amigos”. O pecuarista José Carlos Bumlai é um dos focos da apuração sobre suposto esquema de propina entre a empreiteira Constran e a Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A - empresa responsável pelo planejamento, execução e operação dos serviços de água e esgoto em Campinas.

Primeira dama

O Ministério Público obteve provas de que o Palácio dos Jequitibás, sede do Poder Administrativo de Campinas, era o centro da corrupção.

Uma das comandantes dos esquemas era a a primeira-dama de Campinas, Rosely Nassim Santos Jorge.

As denúncias de fraudes foram confirmadas em janeiro deste ano, pelo ex-presidente da Sanasa, o engenheiro eletrônico Luiz Augusto de Aquino, que abriu a boca no esquema de delação premiada.

O sistema

Luiz Augusto de Aquino revelou que a coordenação geral do esquema ficava com a esposa do prefeito de Campinas e também chefe de Gabinete, Rosely Nassim Jorge Santos.

Contou que o diretor técnico da Sanasa, Aurélio Cance Junior, era responsável pela arrecadação de dinheiro de obras.

Depois de admitir que cuidava, pessoalmente, do valor que entrava nos contratos de serviços prestados à Sanasa, Aquino informou que os diretores comercial José Elias Marin e administrativo financeiro Luiz Landes da Silva Pereira não participavam da arrecadação, mas evitavam qualquer impasse no negócio.

Meses depois do início do esquema, Aquino relatou que Landes deixou a Sanasa, e foi substituído por Marcelo de Figueiredo, que além de participar do esquema, também recebia o dinheiro.

Carinho resolve?

Ontem, em reunião com a petralhada, Extalinácio soltou uma de suas pérolas para justificar os ataques a Palocci – que ele afirma virem da “oposição”:

No meu governo, eu comecei a apanhar depois de um ano e seis meses. O bombardeio ao governo da Dilma começou muito cedo, primeiro quando a imprensa começou a dar matérias me separando dela. Agora, com esse ataque ao Palocci, estão testando a Dilma, porque ele é seu principal ministro. A oposição hoje vem principalmente de setores da imprensa, porque no Parlamento é muito fraca”.

Lula prometeu pedir a Dilma que seja mais carinhosa com os petistas...

Acusação direta

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, acusou a prefeitura de São Paulo de vazar os dados sobre o faturamento da Projeto Consultoria, empresa do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci:

O governo sabe de onde veio essa história. Quando, no ano passado, se denunciaram questões do senhor José Serra, não se focou no conteúdo, se focou no vazamento. E houve vazamento agora na prefeitura de São Paulo. Foi a demonstração, via notas fiscais de ISS (Imposto Sobre Serviços), que permitiram a verificação desses recursos que ele auferiu pelo seu trabalho”.

Gilberto Carvalho reclamou que "alguém" da prefeitura de São Paulo levantou os dados da empresa de Palocci e os vazou para a imprensa, com o objetivo de fazer "luta política" e prejudicar o governo Dilma Rousseff.

Dito pelo não dito

A Prefeitura de São Paulo nega participação no vazamento de dados sobre o faturamento da empresa do ministro Antonio Palocci:

"Em relação às reportagens publicadas hoje na imprensa, nas quais o ministro da Secretaria Geral da Presidência Gilberto Carvalho teria acusado a Prefeitura de São Paulo de vazamento de dados da empresa que possui como sócio o ministro Antonio Palocci, a Secretaria de Finanças da Prefeitura de São Paulo informa que todos os acessos ao ambiente da empresa Projeto no sistema da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços, realizados no período de 1º de janeiro de 2010 a 17 de maio de 2011, foram realizados pela própria empresa ou por servidores da Secretaria de Finanças, de forma motivada para realização de procedimentos demandados pelo próprio contribuinte (retificação de lançamento e pagamento de tributo). A Prefeitura de São Paulo não se recusa a prestar qualquer esclarecimento sobre o caso, porém, lamenta que tais declarações tenham sido feitas sem a correspondente comprovação dos fatos".

Onze anos de impunidade

O jornalista Antonio Pimenta Neves, de 74 anos, passou em claro a primeira noite na prisão após o Supremo Tribunal Federal finalmente decidir que ele terá que cumprir preso a pena de 15 anos pelo assassinato da namorada, a também jornalista Sandra Gomide.

Pimenta não quis comer nada, passou a noite andando de um lado para o outro na cela e, de manhã, recusou o café com leite, pão e manteiga da delegacia do Bom Retiro, no Centro de São Paulo.

Pimenta será levado logo mais a uma penitenciária para finalmente cumprir a pena por ter matado Sandra com dois tiros, um deles pelas costas, em um haras na cidade de Ibiúna, onze anos atrás.

Quem tem recursos não vai preso...

Apesar de condenado, em 2006, Pimenta Neves obteve o direito de recorrer da sentença em liberdade até que o último recurso.

Pimenta nunca negou o assassinato, mas jamais cumpriu um dia da pena.

Além disso, seus defensores conseguiram reduzir a pena inicial de 19 anos e meio de prisão.

Ampla, extensa e intensa defesa

Ontem, a 2ª Turma do STF confirmou a decisão do ministro Celso de Mello que negou provimento ao Agravo de Instrumento (AI 795677) com o qual a defesa do jornalista pretendia contestar no Supremo a condenação de Pimenta Neves.

O parecer do relator Celso de Mello, decano do STF, foi emblemático:

"É um fato que se arrasta desde 2000 e é chegado o momento de se por termo a este longo itinerário já percorrido. Realmente esgotaram-se todos os meios recursais, num primeiro momento, perante o Tribunal de Justiça de São Paulo; posteriormente, em diversos instantes, perante o Superior Tribunal de Justiça, e também perante esta Corte. Esta não é a primeira vez que eu julgo recursos interpostos pela parte ora agravante, e isto tem sido uma constante, desde o ano de 2000. Eu entendo que realmente se impõe a imediata execução da pena, uma vez que não se pode falar em comprometimento da plenitude do direito de defesa, que se exerceu de maneira ampla, extensa e intensa. O jornalista valeu-se de todos os meios recursais postos à disposição dele. Enfim, é chegado o momento de cumprir a pena. Acolho a proposta da eminente ministra Ellen Gracie, no sentido de que comunique ao juiz competente da Comarca de Ibiúna para que se promova, desde logo, a imediata execução da pena privativa de liberdade imposta à parte ora agravante".

Inexplicável

A ministra Ellen Gracie reclamou que o caso Pimenta Neves é um dos delitos mais difíceis de se explicar no exterior:

"Como justificar que, num delito cometido em 2000, até hoje não cumpre pena o acusado?".

A ministra qualificou como um exagero a quantidade de recursos apresentados pela defesa do jornalista, embora todos estejam previstos na legislação brasileira.

Rasgando dinheiro

Com o endividamento com o governo federal corrigido pelo IGP-FGV, os Estados brasileiros começaram o ano pagando mais juros do que no início do ano passado.

Segundo relatório de execução orçamentária que os governos estaduais e o DF enviam ao Tesouro Nacional, as despesas dos Estados com juros da dívida, subiram 30,7% nos dois primeiros meses de 2011, na comparação com o mesmo período de 2010.

Só em juros foram torrados R$ 2,901 bilhões – grana que deixa de ser investida em benefício público para favorecer o esquema financeiro.

Genética Médica

Está no ar o site do Manifesto pela Vida (http://www.manifestopelavida.com.br/) que tem o objetivo de recolher o maior número possível de assinaturas para que o Projeto de Genética Médica seja regulamentado.

A idealização do projeto é do Instituto Canguru e visa ajudar milhares de pessoas com doenças genéticas que dependem dessa regulamentação para ter acesso ao tratamento pela rede pública de saúde.

O instituto Canguru (http://www.institutocanguru.org.br/), Grupo de Apoio a Erros Inatos do Metabolismo e Doenças Raras, lidera a campanha.

Festival de Brasília

O mais antigo festival de cinema do país, o Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, abriu as inscrições até dia 30 de junho.

Não haverá mais distinção entre película e digital, como suporte, e foi criada uma mostra competitiva de curtas de animação.

O filme vencedor da 44ª edição leva o prêmio de R$ 250 mil.

Vale assinar?

Aviso aos consumidores de imagens sensuais de alto nível.

A Playboy colocará na internet todas as imagens de seus os 57 anos de existência.

A assinatura para o iPlayboy é de US$ 8 mensais ou US$ 60 por ano.

Triste conclusão

Comentário feito por um policial, ontem à noite, na delegacia do Bom Retiro, quando Pimenta Neves se apresentou para cumprir pena:

Pimenta na delegacia dos outros é refresco”.

Tomara que o presídio não seja um refresco para quem ficou 11 anos curtindo a impunidade...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 25 de Maio de 2011.

2 comentários:

Anônimo disse...

Está mais que confirmado. Vivemos mesmo numa ditadura civil dos corruptos, defesa dos corruptos como ponto de honra, inaugurada por um bronco que fez apologia à ilícita e ignóbil prática da zoofilia e continuada pela terrorista que de democracia, tudo desconheçe e rejeita.

dilma e lulla só aceitam governar através de decretos leis. Legislatura, JAMAIS. Temos agora o exemplo da terra. dilma vai vetar!

Se isto não è ditadura..!

José disse...

Em quarta-feira, 5 de janeiro de 2011, Jorge Serrão, no seu Blog Alerta Total, escreveu um excelente artigo sobre lulla, palocci e dilma.

palocci, dilma e lulla, estupenda troika da corrupção!

Depois dizem que não bruxos! Eu acredito neles!

http://www.alertatotal.net/2011/01/lula-tem-computador-ligado-em-rede-com.html