terça-feira, 24 de maio de 2011

Por que o Brasil não deu certo

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Márcio Accioly

Dia desses, o “humorista” Danilo Gentili, que faz parte do programa CQC, fez pergunta ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL), capaz de fazer corar um frade de pedra, caso seu sentimento de vergonha imperasse:

“-A sua indicação para o Conselho de Ética do Senado corresponderia à indicação de Fernandinho Beira-Mar para um Ministério que cuidasse de política antidroga no Brasil?”

Fiquei sem saber onde enfiar a cabeça! Mas claro que tudo faz sentido. É só analisar como se encontra a composição daquele órgão.

Nos últimos dias, o noticiário internacional vem sendo dominado pela prisão do diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, acusado de agressão sexual, cárcere privado e tentativa de estupro. Candidato à Presidência da França, à frente de todos nas pesquisas, foi retirado preso da primeira classe de um avião, quando já deixava os EUA.

Se fosse aqui, será que a Polícia Federal iria arrancá-lo algemado (como foi feito lá fora), para deixá-lo detido uma hora que fosse? Ou ele seria condecorado e louvado como grande garanhão?

Olhem o caso de Roger Abdelmassih: condenado a 278 anos de prisão, foi solto por força de habeas-corpus concedido pelo ministro Gilmar Mendes (STF) e dizem que já se encontra no Líbano, onde poderá continuar fazendo das suas. Abdelmassih molestou milhares de mulheres antes de ser catalogado como psicopata.

E o caso da violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa? Que denunciou orgias e negociatas realizadas numa mansão no Lago Sul (Brasília), comandada pelo então ministro da Fazenda, Antônio Palocci?

Palocci, envolvido em maracutaias e tráfico de influência que rendem milhões e milhões de reais indevidamente? O ex-candidato presidencial do PSDB José Serra, juntamente com o senador Aécio Neves, ex-governador de Minas Gerais, apressaram-se em defender Palocci, pois dizem fazer parte de negócios comuns.

Aécio Neves, que foi detido com a habilitação vencida e se recusou a fazer teste de bafômetro, no Rio de Janeiro, é o mesmo que tem sido acusado de consumir cocaína em quantidades que dariam para preencher anualmente um armazém.

Não se fale em FHC, que quis entregar até a Base de Lançamento de Alcântara (MA) e chamou os aposentados de vagabundos, além de favorecer o filho, Paulo Henrique Cardoso, em desmandos e roubalheiras sem fim patrocinadas em seu governo.

Nem se fale em Luiz Inácio, Dom Inácio, que ora desfila a ignorância em palestras milionárias, tendo inspirado a feitura de livro referendado pelo MEC e que convalida expressões tais como “Nós vai” e “Nós pega o peixe”. O próprio ministro da Educação, Fernando Haddad, chama cabeçalho de “cabeçário”. Mas ainda não nos encontramos no fundo do poço. Falta muito.

É essa camarilha que “governa” o Brasil. Sob o comando de uma senhora que se diz “presidenta”, certamente por ter sido interessante “adolescenta”, bem-comportada “pacienta” (nos hospitais) e se fosse animal mamífero perissodáctilo seria uma jumenta.

No comando do Congresso Nacional, o presidente possui biografia escrita por Palmério Dória cujo título sugestivo, “Honoráveis Bandidos”, diz bem do que se trata. Ali, a história de José Sarney e de muitos que lhe são próximos, inclusive filhos, seriam capazes de demolir qualquer República.

Diante disso, vez por outra a população lincha bandidos nas ruas e é morta por eles, além de pagar contas sem fim que os milionários cartões corporativos exigem. Mas não há o que discutir: as instituições brasileiras apodreceram em conjunto.

Márcio Accioly é Jornalista.

6 comentários:

Anônimo disse...

O QUE ESTÁ FALTANDO AO POVO BRASILEIRO É O PODER DE INDGNAÇÃO(VERGONHA NA CARA MESMO)TODOS LEVAM NO DEBOCHE, ACHAM É GRAÇA. AQUELE NEGÓCIO DE 100 PESSOAS, EM FESTA OU CAMPO DE FUTEBOL, AGREDIREM APENAS UMA PESSOA É MODA AQUI, MAS, QUANDO ISTO MUDAR...O COURO COME

Pastor Ramos disse...

Sou leitor assíduo do blog. Aprecio muito os textos nele publicado. Este, de Márcio Accioly, está muito bom. Peço permissão para publicá-lo e meu blog, com os devidos créditos.

Abraços.

Anônimo disse...

Serrão;

Aqui, na minha Amazônia, se diz que neste artigo o Accioly está "cutucando onça com vara curta"!

Um fraterno abraço do seu amigo amazônida,

Roberto Santiago

Antonio D Romualdo disse...

Senhor Deus tenha misericórdia de nós! Antonio D Romualdo

Anônimo disse...

O Brasil está perdido. Ou se faz uma revolução, ou não tem mais solução. Política no Brasil é sinônimo de máfia.

OLIVEIRA PEREIRA disse...

O BRASIL NÃO DEU E NUNCA VAI DAR CERTO PORQUE OS JORNALISTAS SÃO MAL FORMADOS E FORMAM OPINIÕES DE QUEM LE OU ASSISTE DIFERENTE DA REALIDADE POR CAUSA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS E POR CAUSA DO S.T.F.
O QUE MAIS ATRAPALHA SÃO OS JORNALISTAS ANALFABETOS TODOS FALAM DE DILMA CONTRA O CONGRESSO E DO CONGRESSO CONTRA DILMA EM PAIS AONDE OS JORNALISTAS ESTUDARAM DARIAM AS NOTICIAS DILMA CONTRA O BRASIL E/OU O CONGRESSO CONTRA O BRASIL, SE O BRASIL ENTRAR EM GUERRA HOJE QUEM ESTIVER NA OPOSIÇÃO COM CERTEZA VAI LUTAR CONTRA OS BRASILEIROS.