sábado, 23 de julho de 2011

Revanchismo ou Vendeta

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Valmir Fonseca

Em recente texto, aventamos a hipótese de que inflama a mente da esquerda nacional um virulento revanchismo ou vendeta contra a Nação brasileira.

Esta acusação poderia ser rebatida não fossem as incontestáveis ações de desmantelamento da sociedade brasileira como um dos suportes da nacionalidade e da soberania desta terra.

Impossível, não visualizar uma motivação torpe que anima os algozes deste povo, o desvirtuamento dos costumes, a preocupação em dividir para desmoralizar e, provavelmente, depois incutir novos parâmetros morais.

E como observamos, cumprem à risca e com êxito os seus propósitos.

É flagrante que mergulham a sociedade brasileira num turbilhão de insensatez, incendiando ânimos, açulando espíritos, promovendo diferenças, incitando ao ódio e ao menosprezo.

As recentes reportagens da TV Band sobre a situação atual da Reserva Raposa Serra do Sol são um exemplo gritante. Lá, ficaram explícitos como prejudicar e desunir sem fazer força. No acirramento da pretensão de pequena parcela de indígenas conseguiram tumultuar, empobrecer e desmoralizar os agricultores e... os indígenas.

Chamou - nos atenção as palavras pretensiosas e até ameaçadoras do cacique macuxi Vice – Presidente do Conselho Indigenista de Roraima que foi entrevistado, e que não fosse pelo vistoso cocar, poderia ser qualquer um de nós.

Vimos como aquelas comunidades indígenas de há muito abandonaram a vida na selva e, certamente, nem pescar quanto mais caçar sabem. Seu esporte agora é chafurdar no lixo das cidades como Boa Vista.

No Mato Grosso do Sul, emerge um novo campo de atrito para alimentar a sanha da esquerda, como se abriu na área de Alcântara, antiga base de lançamento, posição privilegiada e estratégica, e que foi desmantelada para gáudio dos revanchistas da esquerda, falsamente condoídos com os quilombolas, apoiados em decisões que contrariam o próprio espírito da lei que destinava para aquelas comunidades algumas áreas do território nacional. Decisão por si, já eivada de incorreções.

Ao reescrever a nossa história, menosprezando lídimos exemplos de coragem, de cidadania, e ao disseminar falsos heróis, tripudiam na memória nacional, abrindo caminho para o turvamento das consciências, para o sepultamento do bom - senso e para a subversão da honra.

De há pouco, por coniventes leis com a bandidagem, praticamente ninguém poderá ser preso, mesmo em ato flagrante. No entanto, não se atreva a chamar de veado a um escandaloso homossexual. Se assim o fizer, o pesado braço da lei cairá sobre a sua cabeça.

Por um lado, tolerância zero, para o outro a tolerância infinita. Não custa perguntar, quantos arrolados no Mensalão foram presos? Alguém foi condenado por alguma CPI? As Comissões Éticas do Congresso condenaram alguém? O Batistti foi extraditado? O Pagot será penalizado? E o Ministro Nascimento?

Por tudo, salta aos olhos que existe um complô, que está em marcha uma determinação para prostrar de quatro esta Nação. Não duvidem, sofremos uma terrível vingança. Para muitos isto é um revanchismo.

Nós concordamos com a hipótese de revanchismo, pois a canalhice e os erros são tantos que devem ser propositais. Tanta incúria e tanta esbórnia só podem ser friamente planejadas.

A desconstrução da Nação é a desgraça que se abate sobre todos nós, e o pior, com o nosso beneplácito.

Que os céus tenham piedade de nós, pois eles não têm.

Valmir Fonseca Azevedo Pereira, Presidente do Ternuma, é General de Brigada Reformado.

2 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

Estimado Jorge Serrão,

Vendo essa reportagem da Revista Veja sobre a nave espacial para o planeta Marte, denominada de Robô Curiosity, produzimos uma matéria no nosso Blog Brasil Republicano, sob título de States, PTralhas e FFAA do Brasil, face da atual realidade vivida dentro dos quartéis e neste lastimoso momento da conuntura brasileira.

Quando os soldados brasileiros estão sendo humilhados e até não dispõem nem mesmo de comida para sobrevivência. Isto é um acinte à dignidade humana.

Estão, aduzimos este breve comentário:

Enquanto os States estão enviando naves para exploração do planeta Marte, faltam, não apenas armas e equipamentos, mas comidas para nossos soldados nos quartéis.

Os políticos roubam, conforme nós todos reportamos na atual conjuntura, também humilham as FFAA e os Oficiais Generais brasileiros ficam calados, como uns covardes e não tem coragem de colocar a SRA. Presidente no seu devido lugar.

Isto não é uma simples vergonha, mas uma decepção. Não sòmente para tropas, mas para todos brasileiros que tem amor pelas FFAA do Brasil, pelos valores da Pátria e pela Soberania Brasileira no contexto das nações livres e soberanas.

Vide matéria a respeito do Jorge Serrão, no Alerta Total.

Att. mAdeiro

Ronald disse...

Eu espero sinceramente que em nova atitude de defesa dos interesses nacionais movidas as FFAA não tenham absolutamente o menor constragimento em aniquilar integralmente toda a coluna canalha, se necessário caçando seus familiares e impedindo que NENHUMA indenização seja paga a qualquer tempo contra familaires destes traídores da pátria.

Teria sido esse o grande erro da contra-revolução de 1964 ? Talvez. Talvez estejamos pagando um preço caro por termos permitidos que tais vagabundos fossem curtir o exílio no exterior para depois voltar e além de receberem gordas indenizações, acabarem se tornando políticos a serviço da vagabundagem sindicalhista e da sub-reptícia PTralhada.

Comunista só pode ficar em dois lugares : na cadeia ou numa cova rasa.

Sds