domingo, 21 de agosto de 2011

Carta de um Sargento ao Comandante do Exército

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Sarides Ferreira de Freitas

Militar age, executa ou produz seus deveres, sob ORDEM. Livre do jugo da subordinação, se esquiva, se omite; seja por comodismo, descaso ou medo. Há honrosas exceções.  Nenhuma idéia, nenhum movimento, é bom suficiente para sensibilizar e mobilizar adeptos. Em número que realmente possa fazer diferença! Nem pensar! Aqui nunca vingou nada que se plantou. A mente dos militares são terras inférteis.

A Esquiva, a Omissão, o Comodismo, o Descaso e o Medo, não fazem parte da rotina da Caserna. Porque então esta dubiedade no agir. Todos os militares sabem que a Esquiva, a Omissão, o Comodismo, o Descaso e o Medo praticados fora da Caserna, permitiram a degradação da Nação, das FFAA e da Família Militar.

Não temos representantes no Congresso Nacional, a Presidente nos despreza, não há lobby pelas FFAA. Ou articulamos ou breve estaremos iguais ao Povo Cubano!

Enviei uma carta ao Comandante do Exército; isto em si, não significa nada! É só uma carta. E se milhares de cópias forem enviadas? Com certeza surtirá o efeito desejado. A atual conjuntura exige Atitude singular dos militares.

Faça valer seu “juramento”... Ou então desonre–o com: A Esquiva, a Omissão, o Comodismo, o Descaso e o Medo e deixe para seus filhos o pesadelo do Totalitarismo.

As FFAA só atuam em defesa da Pátria por aclamação popular; como em 1964.

O povo está entorpecido. Façamos a vez do povo.

A Carta

Excelência!

É com extremada contrariedade, robusto constrangimento, exacerbada revolta e imensurável insatisfação que me dirijo a Vossa Excelência, dado o pressuposto, de que meu apelo cairá na vala comum das tergiversações que tem norteado as ações dos Guardiões da Nação e da Constituição Federal, peço vênia!

Nos últimos tempos todas as autoridades, mesmo aquelas sob o compromisso do Sagrado Juramento, estão violentando nossa Lei Maior, estão tratando a Constituição Federal, como uma indigna prostituta.

O Supremo Tribunal e o Congresso Nacional estão a serviço do Executivo e ambos denegam o dever maior, qual seja o de “Guardiões da Constituição Federal”. Vão além: são useiros e vezeiros em estuprá-la. O Procurador Geral da República e o Ministério Público, omissos.

General!

Há muito, os Três Poderes não são independentes! Só não vê o cego, o mal intencionado ou aqueles que se locupletam neste mar de lama...

Creio piamente que Vossa Excelência não está enquadrada na cegueira, na má intenção ou no locupletar. Destarte, ouso indagar: o que vos impede de agir em defesa da nossa Pátria, como preceitua os vossos deveres, incluso o “Sagrado Juramento.” Se eu, simplório, sei que as vossas atribuições não se restringem a defender a Nação somente de inimigos externos, sendo os internos mais execráveis, por serem apátridas traidores e com maior rigor devem ser expurgados. Com infinita propriedade Vossa Excelência detém a extensão da fidelidade que Vosso Cargo imputa.

Se factível, rogo justifique a prolongada tergiversação.

Ainda há tempo de remissão.

A Lei prevê revisão anual dos nossos soldos em janeiro.

LEI No 10.331, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2001. Regulamenta o inciso X do art. 37 da Constituição.

Art. 1º As remunerações e os subsídios dos servidores públicos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União, das autarquias e fundações públicas federais, serão revistos, na forma do inciso X do art. 37 da Constituição, no mês de janeiro, sem distinção de índices, extensivos aos proventos da inatividade e às pensões.

Ferindo o preceito constitucional, o governo tem distribuído esmolas, com índices fajutos, em datas aleatórias, sem nunca nos contemplar com a revisão constitucional.

Por dez janeiros, com a vossa cumplicidade, esta regra constitucional não foi cumprida. Gerando uma defasagem de 135%. Creio ser redundante enunciar: “o presidente da república não pode deixar de cumprir a constituição,” sem arcar com as consequências; com STF e Congresso Nacional a soldo do Executivo, recai sobre vossos ombros restabelecer a normalidade democrática. Não sabemos em nome do que, não o faz.

Senhor!

A Tropa não espera que um governo comunista a remunere bem. A Tropa quer que o seu Comandante cumpra o papel precípuo de Comando: ser responsável pelo destino dos subordinados. Ser responsável pelo sustento da Tropa é responsabilidade intransferível. A Tropa não é formada por bandoleiros, mercenários, a Tropa serve ao País. Existem Leis que a amparam. Estão à espera de quem as façam valer. Este é o meu apelo; o apelo da Tropa.

“A Defesa da Pátria não pode se subordinar à vontade política - de indivíduos, autoridades ou partidos – e nem aos interesses econômicos – nacionais ou transnacionais. Na defesa da Pátria e dos Poderes Constitucionais, a “iniciativa” (prevista no Artigo 142 da CF), deve ser dos comandantes das Forças Armadas, em cumprimento do dever de ofício. Agir de forma contrária significa incorrer em crime de responsabilidade ou até de prevaricação, dependendo do caso.”

“Nada mais perigoso do que se fazer Constituição sem o propósito de cumpri-la. Ou de só se cumprir nos princípios de que se precisa, ou se entende devam ser cumpridos – o que é pior (...).. No momento, sob a Constituição que, bem ou mal, está feita, o que nos incumbe, a nós, dirigentes, juízes e intérpretes, é cumpri-la. Só assim saberemos a que serviu e a que não serviu, nem serve. Se a nada serviu em alguns pontos, que se emende, se reveja. Se em algum ponto a nada serve – que se corte nesse pedaço inútil. Se a algum bem público desserve, que pronto se elimine. Mas, sem na cumprir, nada saberemos. Nada sabendo, nada poderemos fazer que mereça crédito. Não a cumprir é estrangulá-la ao nascer'”. Pontes de Miranda, em magistério revestido de permanente atualidade.

General!

Não há dignidade em uma Nação , quando os direitos Constitucionais são violados, sob o olhar complacente de quem, por dever de ofício, deve coibir tal prática.

Não há segurança nacional, quando propriedades são destruídas por vândalos, financiados pelo governo federal com verbas públicas.

Não há segurança nacional, quando por opção ideológica, o Comandante em Chefe das Forças Armadas, nega recursos financeiros para manter os poderes dissuasórios, compatíveis à grandeza territorial e as incalculáveis riquezas

Descumprir uma vírgula da Constituição Federal é crime! Neste desgoverno, todos estão descumprindo-a.

“Por isso, na hora de decidir se age ou não na defesa da pátria e da soberania, o comandante militar não precisa ficar com a dúvida. Quando tiver a obrigação de cumprir o que define a Constituição, não corre risco de ser acusado de “golpista” – como é o temor geral pós-64, que apavora as legiões.”

“O servidor público militar que tiver medo de cumprir a Lei Maior, deve mudar de profissão ou passar para o lado do crime organizado, cuja lei é a barbárie. Não serve para “servir” às Forças Armadas.”

Vossa Excelência sabe que por vossa omissão, os melhores quadros das FFAA estão renunciando à sua vocação primeira, para não passarem pelo constrangimento de na ativa, virar CAMELÔS!

Contando com a vossa aquiescência, nós , os deserdados dos reajustes salariais, que os políticos concedem a si mesmos , esperamos ansiosos , que nos próximos janeiros, Vossa Excelência nos agracie com a revisão anual insculpida na Lei Maior. Por ver a Constituição ser tratada como uma hetera, lesado pela queda do poder aquisitivo dos meus vencimentos, ignizado, extravasei! Dê um basta nesta inconstitucionalidade. “Ultima ratio”.

“Sol lucet omnibus”.

Reivindicar um direito não é crime. Não somos litigantes desonestos, queremos apenas o que a inflação tomou. Só não temos quem advogue por nós. Estamos ÓRFÃOS... Sem ARRIMO...

Se não houver pressão da base, a cúpula permanecerá estática, somente uma ação provoca reação, ou lutamos por nossos diretos ou pereceremos (na mendicância).

Tergiversação, conduta permanente dos descompromissados com a honra!

Todo brasileiro que tenha recursos para isso está autorizado e solicitado desde já a reproduzir este aviso e fazê-lo publicar no órgão de mídia de sua preferência, assim como a divulgá-lo por quaisquer outros meios ao seu alcance. Preservado o Teor e a Fonte.

Sarides Ferreira de Freitas é 2º Sargento Reformado do EB.

20 comentários:

Anônimo disse...

Faz agora na reserva, queria saber por que não fez isso na ativa?

Carlos Bonasser disse...

Na defesa do autor, digo que na ativa não se faz como quer o anônimo por que além das bestiais sanções temos o corpo da caserna sob o jugo das consequências disciplinares radicais, num caso como este.
As consequências dos que na cúpula estão, serão as mais perversas dadas justamente à falta do conhecimento, adquirido por ocasião do desfrute da reserva como tudo indica nos argumentos do autor.
O que de fato ocorre é que os Oficiais Generais em cargo de direção estão sempre em busca de algum cargo na reserva, por isso se perfilham aos que no desgoverno estão.
Revisem a época de 1999 a 2001, quando houve a revisão da LRM, em que pelos cálculos nossos soldos ficariam constitucionalmente normais, embora estiavessem acima do tal teto máximo, eram previstos em Lei, eles ignoraram em prol do argumento de colocariam em cheque os cofres públicos, pura balela.
Como eles, do poder, achavam que ao conceder tal reajuste, constitucional, poderia vir a onerar o erário, então convenceram os atuais Ministros Militares a refazerem os cálculos e deu no que deu e hoje além de não cumprirem os reajustes em janeiro, nunca se manifestaram sobre a diferença daquela época.
Infelizmente é na reserva que ainda mesmo sob o risco de ser alcançado pelo Regulamento disciplinar, se pode falar ou escrever algo acerca da caserna e sua, já aparelhada, administração (vide ministério da defesa). Os nossos Oficiais Generais e, sobretudo os Comandantes das forças estão, não sei a que preço, a serviço do pseudo Presidente/partido politico, esqueceram que estão a serviço do Estado ou estão como disse anteriormente, vislumbrando alguma Petrobras, arrastando para a areia movediça da desgraça os seus subordinados.
O autor tem razão em seus argumentos e se o faz na reserva/reforma o faz bem, visto que na ativa além de não conseguir a profundidade pretendida, sofreria as augrurias do RDE.
Um forte abraço a todos e que nossos Comandantes acordem com a coragem e responsabilidade que corresponde ao cargo que ocupam.
Carlos Bonasser
Suboficial da reserva- Marinha do Brasil

jorge vanderley pedroso da silva disse...

Anonimo ja diz tudo. Eu quando fui da ativa escrevi até pra jornal. Basta conferir ao invés de se intitular como anonimo coloca o rosto pra fora fica escondido.

Anônimo disse...

Melhor editar o texto e apagar as linhas que dizem que podem se tornar camelôs. Algum vigarista pode ler isso e entrar com projeto no congresso para regulamentar a profissão, exigindo curso superior ou 5 anos de experiência anterior comprovada para exercê-la.

Anônimo disse...

Esse tal novo ministro de defesa, "ratito" amorim, não mudou nem um milésimo o que pensa dos militares. Escusam de tentar branquear um canalha que não cumprimenta militares só por ser agora ministro de defesa.

Mas "defesa" de quê e de quem se o inimigo vive e mora cá dentro das instituições de poder legislativo, executivo e judiciário? As FA estão totalmente desarmadas e comandadas por Loucos generais melancias que prestam vassalagem ao louco do lulla e ao PT?

Este "ratito" amorim, está em plena sintonia com o psicopata lulla, pois era até sua nomeação, seu braço direito na organização terrorista que lulla está criando com dinheiro de origem duvidosa!

Ninguém o viu discordar do psicopata quando esse se referindo ás FA, afirmou:

"Estou c… e andando para esses caras"; "tiveram de me agüentar”, "viviam enchendo meu saco pedindo migalhas de reajuste”, "eu enrolava", "nunca dava o que eles pediam", "dava uma esmola qualquer", etc.

Logo, ele vai enrolar, nunca dando o que eles pedem quanto muito dará uma esmola qualquer, mas dinheiro para os Jogos 2014 avaliados por alto em 50 bilhões de reais haverá sempre dinheiro, para os jogos militares que custaram mais de R$ 1,5 bilhões houve sempre dinheiro, para Jogos Olímpicos, haverá outras dezenas de bilhões de reais, para o trem-bala, mais dezenas de bilhões de reais, para a corrupção institucionalizada, outras centenas de bilhões de reais anuais, mas dinheiro para melhoria de soldo dos militares, nada! Nem para o rancho sequer! Não há dinheiro e esse palhaço do amorim, nada irá dar além de promessas, pois o psicopata do lulla que o nomeou, afirmou:

"Eu não sei se cabe a esses militares gostarem ou não gostarem", disse Lula, que está na Colômbia. "Ela (a presidente Dilma Rousseff) é a chefe suprema das Forças Armadas, indicou o ministro e acabou, não se discute. Estou c… e andando para esses caras (os militares). No meu governo, tiveram que me agüentar e viviam me enchendo o saco pedindo migalhas de reajuste. Pediam uma coisa, eu enrolava e nunca dava o que eles pediam; depois dava uma esmola qualquer e não me sacaneavam mais. Não tenho medo deles; nunca tive."

Logo, por sintonia e sincronia com seu chefe, esse tal amorim, está também se caga..o para os militares.

Qual a dúvida? È preciso um desenho "the finger" para entenderam melhor?

http://www.alertatotal.net/2011/08/respeitar-para-ser-respeitado.html

Anônimo disse...

Desde generais a sargentos, todos na reserva são herois a falar. Queriamos era vê-los na ativa botando esta petralhada que tomou conta do Brasil, todos daqui para fora, nomeadamente legislativo, executivo, judiciario, governadores, perfeitos, empresarios. Esses que medem a sua honra pelo dinheiro e com altos cargos que ganharam fechando os olhos à corrupção!

Mas, infelizmente todos falam depois!

Anônimo disse...

É... "falam depois",apos vestirem o "pijama."Entretanto,falam,revelam a indignação dos indignados por conta do que estar aí corroendo como um cancro as nossas instituições.E pasmem, com a omissão(proposital?)dos que deveriam preservá-las.E o pior é que a maioria já está narcotizada ou zumbificada,não mais se indignam,são mortos que caminham.Até quando?
Ora, como não se indignar com as mentiras deslavadas,o cinismo e hipocrisia dos políticos que nos (des)governam? - Só estando morto!
Bem falou Napoleão(não o de hospício):"Há duas alavancas para mover o homem - interesse e medo".
No entanto,o interesse parece que os move em direção contrária a honra. E o medo? - Bem, este os faz engolir a afronta do "cara" ao dizer que está "c.. e andando para eses caras...".Aliás,já os chamou de "bando de generais".Lembram-se?

Anônimo disse...

O Nobre Militar,somente se manifesta na aposentadoria,pois a Lei agora não permite a sua exclusão.
Se fosse Oficial,não correria o risco da perda do posto,pois a Lei os beneficia,assim como o corporativismo existente em relação aos oficiais,tal qual nas Policias Militares estaduais.

Assad disse...

Anonimo ao invés de questionar o Nobre Sargento EB, que na Refrma se sentiu mais a Vontade para escrever a Carta, que apesar de somente na Reforma, mas escreve, não se arrependerá por não ter escrito, pelo menos a fez, diferente de alguns como Vc que além de ficar em cima do muro, por não ter Coragem, ou por ter no sub conciênte a culpa de colocar essa gente no poder, pois o morno é condenado, talvez seja seu caso, ainda tem a petulancia de criticá-lo, se vc é merecedor do Respeito, do Do Respeito que o Nobre Sargento pleiteia, não se acanhe nem se constranja, nem seja mais um, tb escreva ao General, a presidente ou pelo menos para aquele deputado que vc votou.

ramos disse...

excelentíssimo senhor general, é esse o legado que vossa excelência vai deixar para os seus filhos e netos. provalvelmente futuros oficiais generais! inclinar a cabeça para essa exgeguileira mais suja que pau de galinheiro.

ramos disse...

excelentíssimo senhor general, é esse o legado que vossa excelência vai deixar para os seus filhos e netos! inclinar a cabeça para essa ex-guerilheira mais suja que pau de galinheiro.

ramos disse...

exselentíssimo senhor general, é esse o legado que vossa excelência vai deixar para seus filhos e netos:inclinar a cabeça para essa ex-guerrilheira, mais suja que pau de galinheiro.

ramos disse...

exselentíssimo senhor general, é esse o legado que vossa excelência vai deixar para seus filhos e netos:inclinar a cabeça para essa ex-guerrilheira, mais suja que pau de galinheiro.

Anônimo disse...

O amigo quer ganhar mais? vai trabalhar e produzir! Quem trabalha não aguenta mais pagar tanto imposto
para pagar a gigantesca folha de pagamento de funcionários do governo!

Anônimo disse...

O amigo quer ganhar mais? vai trabalhar e produzir! Quem trabalha não aguenta mais pagar tanto imposto
para pagar a gigantesca folha de pagamento de funcionários do governo!

ramos disse...

Anônimo,presta um concursso público para fazer parte da lista de fucionários do governo! Se você tiver capacidade é claro!

Farda Suja disse...

Vamos quebrar TUDOOOOOOOOOOOOOO!

Farda Suja disse...

Vamos quebrar TUDOOOOOOOO!
Está é a solução.

Anônimo disse...

Os recrutas e marinheiros estão deixando a Marinha para se tornarem Guarda Municipal aqui em Belem.

hermes cavalheiro disse...

ASSOCIAÇAO DOS TRABALHADORES RURAIS DO VALE DO RIO GUAPORE NO ESTADO DE RONDONIA.VEM MUI.RESPEITOSAMENTE, E RESPONSAVELMENTE.CONCORDARMOS,COM A CARTA,DO SRG,AO SEU COMANDATE,POIS AFINAL,NOS,LIDERES DA VALE DO RIO GUAPORE. AS VEZES,FICAMOS,UM POUCO MEIO PRECUPADO.SOBRE,OS FATOS,QUE ESTAO OCORRENDO,COM AS INSTITUIÇOES,DO NOSSO PAIS BRASILEIRO.POIS AO FUNDARMOS,ESSA.HOJE VALE DO RIO GUAPORE,FOMOS PERSEGUIDOS,E ACUSADOS,POR A POLICIA FEDERAL,E AS ONGS CRIMINOSAS,QUE SEDIZEM,PROTETORAS,DOS INDIGENAS,ENTAO FOMOS CONDENADOS,POR O MPF DO ESTADO DE RONDONIA.AO CHEGAR,AOS CONHECIMENTOS DAS AUTORIDADES,COMPETENTES,EM BRASILIA-DF.FOMOS.ANOSCENTADOS,ENTAO SR,JUIZ FEDERAL,SENDO UM DIRETOR,DO MINISTERIO PUBLICO FEDERAL DO ACRE-AC.NOS ANOSCENTOU,ENTAO POR MAIS 3 ANOS,UM GRUPO DE DELEGADOS.FEDERAIS DE JI-PARANA-RO.NOVAMENTE,FIZEREAM,AS MESMAS ACUSAÇOES,SENDO TOTALMENTE MENTIRA,E COM ABUSO DE PODER,E CLARO.ENTAO FOMOS NOVAMENTE,CONDENADOS.ENTAO DESESPERADOS,PEDIMOS SOCORRO.PARA AS FORÇAS ARMADAS,SENDO,PARA O EXERCITO BRASILEIRO,E SEGURANÇA NACIONAL,E FORÇA NACIONAL.ENTAO DAI,FOMOS CONTEMPLADOS.POR A NOSSA DILMA RUSSEFF.POR ELA,NOS OUVIR,AS NOSSAS SUPLICAS,DESESPEROS,POR MAIS 30 ANOS,DE SOFRIMENTO,ENTAO FOMOS ESPULSOS DAS NOSSAS TERRAS DA UNIAO FEDERAL,TERRAS,PACIFICAS DE REFORMA AGRARIA,EM NOMES FANTASMAS,SEFEADOS.POR PADRES,E ONGS,E EMPRESARIOS,SENDO EM CONJUNTO,COM O MINISTERIO AGRARIO,EM NOMES DE LARANJAS,COM UM FATURAMENTO,BILHONARIOS,POR ANO.ENTAO COMO VAI SER,COM,NOS AGORA.QUE CONSEGUIMOS,COLOCAR,AS FORÇAS ARMADAS,E ATE HOJE,CONTINUAMOS,COM A MESMA,ESPERANÇA.DESEJAMOS,SUCESSO,AO SENHOR DA CARTA.PARA O SEU COMANDANTE,E VAMOS IMPLORAR,OS SENHORES GENERAIS DO EXRCITO BRASILEIRO,QUE NAO DEIXEM,QUE UM PAIS BRASILEIRO,QUE E UM DOS MAIS ALTO PAIS DO MUNDO,EM BENÇAO DE DEUS,E EM RIQUEZAS NATURAIS,E, EM LEIS,E QUE E A DEMOCRACIA,NAO DEIXE,DE NOS DAR O MESMO DIRETO,DE SERMOS,CIDADAOS DO BEM,ASSIM COMO FOMOS ACOLHIDOS,POR A NOSSA GRANDE PRESIDENTA DILMA RUSSEFF, E VARIOS OFICIAIS,DO EXRCITO BRASILEIRO,E O DSG,E TAMBEM DO MD.ENTAO NOSSO MUITO OBRIGADO,E A TODOS,DO BEM,PARA SER SUCESSO,EM NOSSO PAIS,BRASIL.NOSSO MUITO OBRIGADO,AO ALERTA TOTAL,HERMES CAVALHEIRO