quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Decisões burocráticas irrelevantes da última reunião do Alto Comando do Exército viram piada

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Vira motivo de ironia o resumo da última reunião do Alto Comando do Exército, ocorrida durante os dias 28 a 30 de junho. Enquanto a Força Terrestre vive momentos de sucateamento, com promessas de que tudo estará a mil maravilhas, no futuro, com a Estratégia Nacional de Defesa, os 15 Generais de quatro estrelas gastaram o precioso tempo em reunião para definir mudanças burocráticas no fardamento dos militares.

A ata oficial da 275º RACE, publicada em 9 de julho, é mesmo hilária, pois seus assuntos poderiam ser resolvidos em simples despacho do Comandante do Exército, General Enzo Peri. Os temas decididos são irrelevantes para justificar a reunião. Nada de debater propostas salariais viáveis para serem apresentadas ao Governo, ou uma paliativa mudança na política de promoções e movimentações, para compensar a ausência de reajustes.

Algumas decisões importantes da reunião: liberação do uso do guarda-chuva. (falta ainda definir a cor e a partir de quantos milímetros o guarda-chuva vai poder ser aberto). Extinção da continência da praça parada para oficial-general e comandante de OM. Camiseta verde substituindo a camuflada e a branca. Uso de capacetes brancos para motociclista fardados. Volta do desconfortável coturno de couro preto (torturantes em marchas de longa distância). Redução dos números de bolsos do uniforme camuflado. E por aí vai...

Como bem ironizou um oficial, por e-mail, só faltou definir o uso de papel higiênico verde oliva, exclusivo para Generais...

Cachorro morto fede?

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em Brasília, receberá uma dossiê desagradável.

Cinco páginas de denúncias de maus tratos a um oficial do Exército, em São Paulo.

Quem assina o documento é a mulher do militar que virou vítima de perseguição depois que denunciou irregularidades.

Ela denuncia que o marido se encontra em total estado de isolamento, sendo tratado de forma diferenciada pela maioria dos oficiais que trabalham no recinto, sendo obrigado a ouvir pilhérias dos mesmos a respeito de sua situação

Orgulho hetero?

Os vereadores da Câmara de São Paulo aprovaram ontem, em segunda votação, o Dia do Orgulho Hetero.

Dos 39 vereadores em plenário, 20 votaram contra o Dia Hetero, mas como a votação foi simbólica, e não nominal, o projeto foi aprovado.

O texto de Carlos Apolinário (DEM), que teve apoio da bancada evangélica, precisa ser aprovado pelo prefeito da cidade, Gilberto Kassab.

Caso seja sancionado, a data será realizada no terceiro domingo dos meses de dezembro.

Nada custa tentar...

O Deputado Federal Ivan Valente (PSOL/SP) protocolou ontem, em Brasília, um pedido para que a Procuradoria Geral da República investigue o Ministro dos Transportes Paulo Sérgio Oliveira Passos por suspeita de peculato, corrupção passiva e formação de quadrilha.

Valente juntou documentos que comprovam a relação do Ministério dos Transportes com um esquema ilegal de cobrança de recursos de comerciantes da Feira da Madrugada, em São Paulo.

Difícil é que o Procurador-Geral acate alguma denúncia...

Sem o ar da Graça

Sempre cotada para ser presidenta da Petrobras, a diretora de Gás e Energia da empresa, Graça Foster, daria amanhã, às 11 horas, uma entrevista coletiva à imprensa.

Detalharia os projetos do Plano de Negócios 2011-2015 da Companhia na área.

A Gerência de Imprensa da Petrobrás informou que a coletiva foi cancelada, até segunda ordem.

Bela inauguração

A atriz Maitê Proença inaugura a programação do Quarta às Quatro 2011, na Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro.

Com o tema De João do Rio a Drummond, a crônica da cidade, o programa, realizado na Biblioteca Nacional, estreia a sexta temporada com a palestra A Crônica Feminina.

No encontro, Maitê vai mostrar o olhar da mulher, eternizado nos textos do gênero, sobre a cidade do Rio de Janeiro.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 3 de Agosto de 2011.

5 comentários:

Luciano disse...

Se o exército fosse uma grande empresa, eu diria que tem diretores sobrando, com nada para fazer. Quanto ao dia do orgulho hetero, não faça pilhéria do projeto. Pergunte-se porque tanta gente protestou e 20 vereadores votaram contra. Ser heterossexual já é crime para essa gente?

Anônimo disse...

15 generais de 4 estrelas bem vermelhas, pagos a peso de ouro, pois alimentam-se bem e ceretamente jamais è de salchiças como as forças especiais, gastam seu tempo com pilhérias desse calibre? 15 porrasloucas melancias, sem caracter, sem vergonha, juntam-se e recebem certamente ajudas de custa e são renumerados pela presença para discutirem camisetas, guarda-chuvas, coturnos e posivelmente cuecas?

Por que não discutiram, o aumento do soldo dos militares de base? Por que não discutiram o sucateamento? As munições 7,62 fora de prazo de validade? O rancho que não existe para os soldados e deveria existir, pois militares mal alimentados, são terreno fertil para lavagens cerebrsis dos bolcheviques melancias.

Que vergonha! Essas 15 porraloucas deveriam ser rebaixados a soldados rasos para limparem latrinas! Militares sem vergonha ou não seriam melancias! Ou então com sua farda de gala, teriam alguma utilidade como porteiros em prostíbulos.

A proposito, o tema do Coronel Ustra, foi equacionado e enquadrado para discussão nessa "reunião" de alto nível? Não? Ele não è um valoroso militar não melancia? Isso è crime? Tabu? Algum desses 15 "generais" 4 estrelas conquistou suas valorosas estrelas vermelhas em terreno de combate impedindo a morte de milhares de soldados com as tacticas aprendidas na "Escola de Guerra"? Ou foi no tradicional puxa-saco, corte e costura, vassalagem, ar condicionado e wisky 12 anos?

Anônimo disse...

Ainda temos militares com saco grande, nada de enucos como 15 generais.

"Carta ao General Tulio Cherem, Comandante da ESG

Curitiba, 31 de julho de 2011

Excelentíssimo General de Exército Túlio Cherem Comandante da Escola Superior de Guerra

Lamento muito ter que devolver a esta tradicional e antes prestigiosa instituição militar o "Certificado de Conferencista" a mim consedido em 03 de abril de 2007, pela minha insignificante contribuição ao tema "Amazônia Brasileira: Ameaças e Defesa da
Soberania" ministrado dentro do Ciclo de Extenção - Amazônia Brasileira no Século XXI abordando especificamente "A Questão de Alcântara", uma afronta ao Brasil e humilhação para nossas FFAA.

Nesta oportunidade fui informado que todo o participante das atividades da ESG, fosse ele ouvinte, aluno, conferencista ou professor teria que no mínimo possuir o 3º grau completo, isto é, um diploma universitário e como esta regra e a disciplina agora foram quebradas com o convite para um apedeuta sem o curso primário completo e que tranformou o Estado Brasileiro no maior lupanar de todos os tempos - (Comandante do Exército vira alvo de investigação-31/07/2011) - abordar no dia 29 de agosto de 2011, uma sexta feira negra, o tema "Brasil o Pais do Futuro", também me dou ao direito de fazê-lo devolvendo tal certificado.

Sei que meu ato é estéril e patético, porem, muito mais patético foi transformar a Escola Superior de Guerra em um anti-circo onde desta feita a platéia foi colocada no picadeiro."

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=11039&Itemid=141

J.Seixas disse...

Nada contra a "gayzada." Mas, direitos iguais. Se eles tem o dia deles, nós podemos ter o nosso. Dou até uma sugestão para a nossa comemoração: mulher só entra desacompanhada, de preferência com pouca roupa e sem preconceitos. Homem para entrar tem que levar duas "gatas" além da dele, que no caso é opcional. A dele poderá ser escolhida no local. Terminantemente proibida a entrada de gays e similares!!! Bebidas à vontade. Mas drinks com nomes afrescalhados, tais como Bloody Mary, Daikiri. Manhattan, Martini, Alexander são proibidos aos homens. O resto é ir e se divertir à vontade. Se a idéia vingar, me convidem.

Aureo disse...

Uma informação simplória de quem só tem acesso à parte visível do iceberg....