segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Reeducar é Preciso!

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Maynard Marques de Santa Rosa

No Brasil, o pensamento esquerdista tornou politicamente corretas duas atitudes que são fatais para o futuro da sociedade: rebeldia e hedonismo.

O apelo à rebeldia, imanente ao ideário esquerdizante, nasceu do jacobinismo francês, antecipando-se em meio século ao manifesto comunista de 1848; e ajustou-se à doutrina revolucionária como artifício que predispõe à violência.

Aproveitando o instinto de insatisfação inerente a todas as pessoas, a rebeldia “científica” avança furtivamente e com roupagem familiar, como no “slogan”: “a luta continua!”.

O hedonismo é o apelo ao prazer. No tempo de Epícuro, emergiu como forma de lassidão, em resposta às agruras da vida. Agora, é usado sutilmente para massificar a sociedade, por meio de sugestões de comportamento egoísta, fazendo alastrar-se o desregramento.

Com esse fim, valores sem valor são inculcados profusamente pela mídia, ganhando espaço no subconsciente coletivo, sob a idéia-força: “o que importa é ser feliz!” - ainda que à custa da felicidade alheia.

Um corolário é a busca incessante de novos direitos pessoais, sem a contrapartida dos deveres requeridos por esses mesmos direitos.

Assimiladas pela juventude, sem o antídoto da educação familiar, essas sugestões estimulam a violência sistêmica e o consumo de drogas. O crescimento contínuo dessas anomalias compromete a segurança e pode afetar a saúde pública e a própria economia do País.

É fato que a subversão contínua da cultura cristã brasileira pela ideologia gramscista tem preterido valores essenciais, colocando em risco o futuro dos nossos filhos.

Se é verdade que “quem sabe faz a hora”, é chegado o tempo de reagir. O modelo asiático é profícuo de exemplos que destacam a força do trabalho, a disciplina social e o estímulo à poupança como indutores de progresso.

Para reverter o estágio de fascinação a que foi conduzida a nossa sociedade, longo e penoso será o trabalho de substituição dos condicionamentos indesejados pelos arquétipos naturais do caráter nacional.

Portanto, não será possível recuperar a harmonia social sem a reeducação da juventude. E as atitudes a serem revigoradas são originárias da própria cultura pátria: amor ao trabalho, ao saber e à família; respeito ao próximo e cumprimento do dever.

Maynard Marques de Santa Rosa é General de Exército na Reserva.

Um comentário:

Manoel Vigas disse...

Saudações.

NESSA ALTURA DOS ACONTECIMENTOS, ......
.....FALAR EM DISSONÂNCIA COGNITIVA É CHOVER NO MOLHADO.

A CASA CAIU ! ! !

“....colocando em risco o futuro dos nossos filhos.” (....E NETOS )

Por favor, a alvorada já tocou.
Já colocaram HÁ TEMPOS em risco o futuro dos nossos filhos e netos !!!

LEMBRA,?

.... DE TRISTE MEMÓRIA, DA DUPLA GG ( geisel / golbery ) ?

LEMBRA DA FATÍDICA MANHÃ DE 12 DE OUTUBRO DE 1977 ?

SIM, .....

......daquela época para cá os BRASILEIROS foram transformados em “povo de segunda classe”

“ . . . é chegado o tempo de reagir.”

QUEM ?

QUEM VAI REAGIR ?

REAGIR COMO ?
( SERIA COM ARTIGO POLITICAMENTE (in)CORRETO NO ALERTA TOTAL ? )

Frase sem sujeito é incompreensível ! ! !
(já dizia a professorinha)
Representa apenas um amontoado de letras . . . sem sentido.


“ O modelo asiático é profícuo de exemplos que destacam a força do trabalho, a disciplina social e o estímulo à poupança como indutores de progresso.”

Quanto ao “MODELO ASIÁTICO”, obrigado.
De COMUNISMO PETRALHA e ESCRAVIDÃO DAS CONSCIÊNCIAS já estamos cheios ! ! !


LEMBRANDO:

Infelizmente,
..... mas muito infelizmente mesmo, não cabe mais aos CIVIS tal atitude de REAÇÃO.

E é bom lembrar aos MILITARES que assumam as suas RESPONSABILIDADES, pois foram os mesmos militares que hoje reclamam que na época DESARMARAM a população.

E sabemos que um povo DESARMADO é refém do CRIME, da malversação do PODER PÚBLICO e da DESORDEM ! ! !

POBRE BRASIL ! ! !

NOTA:

SERÁ QUE AINDA EXISTE ALGUÉM TÃO INGÊNUO E DESINFORMADO QUE ESPERA UMA SOLUÇÃO DEMOCRÁTICA VIA URNAS ELETRÔNICAS (brasileiras) SEM COMPROVAÇÃO DE VOTO ?

Atenciosamente.
Manoel Vigas