domingo, 7 de agosto de 2011

Sinais Sinistros

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Arlindo Montenegro

No círculo de relações afetivas, conto com um moço de meia idade. Ele, como a maioria dos comuns, vive afastado desta pauleira de informações sobre os satanistas conspiradores vitalícios contra a essência da vida e das nações. Já fez turismo por meio mundo, percebendo que os humanos buscam deixar pistas marcantes do seu conhecimento em grandes obras de arte cheias de simbolismo, na engenharia e na organização para o bem estar. Tudo que de um momento para outro pode ser destruído por um míssil com ogiva nuclear. Mas a essência, o transcendental é indestrutível.

Bem que gostaria de comentar somente os aspectos produtivos e benéficos das ações que embalam a vida da gente como se estivéssemos num berço ou numa rede. Mas nasci quando começava a Segunda Guerra Mundial e talvez por isto mesmo, fui acostumado a degustar o último bocado limpando o prato e encher os olhos com as últimas luzes do dia, como se fosse a última refeição e a última visão. Habituado a agradecer antes de adormecer.

Em cada possível manhã seguinte, o vício de buscar a notícia sobre as guerras e a humanidade, tornou-se repetitivo. Em mais de meio século buscando compreender as relações humanas, somente nos últimos anos tive acesso aos documentos que identificam a fonte de decisões que afetam a segurança das gentes, que afetam a esperança e a fé imorredoura na vitória das utopias humanas. Esta identificada a estirpe dos que se acreditam herdeiros em linha direta dos escolhidos pelo próprio Deus, para transformar os comuns num só grupo obediente, dividido por habilidades servis, incapaz de pensar e fazer escolhas. Incapaz de gerir a própria vida.

Poderia como muitos fixar o a atenção nos fatos imediatos, depois de consumados e dedicar-me a emendar sonetos. Isto seria fazer como os que apresentam noticiários de televisão e outras mídias, mostrar os fatos com molduras de encomenda para desviar a atenção do alicerce, do que sustenta a tal engenharia social. Há muito mais além das bordas do mingau. Acreditava-se no século passado que o Fort Knox guardava a maioria do ouro que lastreava o dólar. Num tempo que não se sabe direito, quando o lastro ouro da moeda brasileira foi escamoteado pelos governantes, o ouro do tesouro nacional foi transportado para o Fort Knox. Os jornais noticiaram isto num rodapé.

Agora, dizem, as toneladas de ouro que são utilizadas para, dizem mais uma vez, “regular o comércio internacional e liquidar os saldos entre países” está sob controle da London Bullion Market Association, sediada em Londres. E no Fort Knox, já era sabido há alguns anos, resta zero em ouro e os EUA devem toneladas ao mundo inteiro, principalmente à China, Japão, Brasil... Daí a pressa de ter aprovada a emissão de papel pintado de verde, para manter a ilusão da moeda forte.

Há uma notinha interessante neste engodo: "Em outubro de 2009, a China recebeu um carregamento de barras de ouro. (...) o governo chinês pediu que os testes de garantia da pureza do metal...” São feitos quatro furinhos nas barras para análise. Pois bem, os chineses descobriram que as barras cuja guarda original fora Fort Knox, continham núcleos de tungstênio recobertos por uma camada de ouro verdadeiro. Uma fraude de aproximadamente 6.5 toneladas de ouro.

Saiu da Rússia a informação de que o socialista francês Strauss-Kahn, foi defenestrado do FMI, porque queria revelar a farsa ao mundo, isto é, provar que no Fort Knox, se existe ouro ainda, é falso. Em 2009, o site ViewZone.com informava que o ouro dos EUA havia sumido. E mais recentemente, o deputado Ron Paul, declarou: "Eu acho que é uma possibilidade."

Uma possibilidade tão real, como a previsão de Alex Jones sobre o início da terceira guerra mundial, citando informantes situados nas oficinas do complexo militar industrial norte americano. O conflito tem data marcada entre Outubro e Novembro, com a participação de tropas mobilizadas pela pacífica ONU, incluindo as da OTAN. O alvo inicial a Síria com imediata ocupação da Líbia.

Na seqüência a guerra cobrirá todo o norte da África e Oriente Médio. Os grandes navios de guerra, aviões, armamento sofisticado, satélites, já estão a posicionados. Uma febril logística envolve os cérebros militares, comerciantes e banqueiros nos EUA, na Europa, na Rússia e na China. Estamos no limiar de uma carnificina dantesca que alguns importantes meios de comunicação vão transmitir em tempo real.

Encerro com a transcrição da fonte, onde existem outros detalhes curiosos: “A capacidade dos povos americanos para saber a verdade sobre estes assuntos, tem sido minada por falsidades dos órgãos de comunicação controlados deixando as nações americanas despreparadas para o terrível colapso econômico (PROVOCADO), que agora se acredita acontecerá mais cedo do que pensam os analistas.”

Fonte: Whatdoesitmean.com - © May 31, 2011 EU and US all rights reserved. Permission to use this report in its entirety is granted under the condition it is linked back to its original source at WhatDoesItMean.Com.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

Um comentário:

Anônimo disse...

Serrão;

Li o "Sinais Sinistros", do grande Arlindo Montenegro. Despertou-me a curiosidade de pesquisar a fonte, ao final informada pelo Arlindo (Fonte: Whatdoesitmean.com - © May 31, 2011 EU and US all rights reserved. Permission to use this report in its entirety is granted under the condition it is linked back to its original source at WhatDoesItMean.Com.), porém, para surpresa minha, o antivirus do meu pobre PC bloqueou o acesso àquele "site" por conter um famigerado "cavalo de troia". Assim, meu amigo Serrão, por favor, mesmo sabendo que nem você nem o Arlindo tem culpa pelo tal "cavalo de troia, peço que alerte os leitores sobre a possibilidade de serem atingidos pelo "malware" do "link" indicado pelo Arlindo.

E, como sempre, receba um fraterno abraço deste seu amigo amazônida,

Roberto Santiago