terça-feira, 25 de outubro de 2011

General Villas Bôas denuncia que índios Tikuna plantam coca e refinam droga na fronteira Peru-Brasil

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

O Brasil corre o risco de virar produtor de cocaína na Amazônia, deixando de ser rota internacional da droga. O perigo é que índios Tikuna – que já mantêm uma perigosa milícia na região – tragam para nosso País um laboratório de refino de coca idêntico ao que operam no Peru, bem próximo de nossa fronteira.

O risco de o Brasil produzir cocaína foi manifestado ontem, na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, pelo Comandante Militar da Amazônia. O General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas revelou que as policiais do Brasil e do Peru detectaram uma grande área de produção de coca na fronteira entre os dois países. A plantação é numa reserva dos índios Tikuna. Resta aguardar se o caso ficará na mera revelação, ou se vai se transformar na abertura de um IPM (Inquérito Policial Militar).

O General Villas Bôas também informou aos senadores que o Exército Brasileiro jáidentificou, na região amazônica, indícios da presença de cartéis mexicanos de drogas. O militar comentou com os senadores que a organização criminosa mexicana tem um modus operandi mais violento. A audiência com o militar foi convocada pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Fernando Collor (PTB-LA). O ex-presidente quer uma ampla discussão sobre a vigilância das fronteiras brasileiras na Amazônia e no Sul do Brasil.

Palestrando

O cacique Lula baixa hoje na Cidade do México.

Receberá o prêmio Amalia Solórzano, concedido a uma personalidade que se destacou no trabalho pelo desenvolvimento do seu País.

Lula também participará da IX Cumbre de Negócios, na cidade de Querétaro, evento que vai debater os rumos do México.

Vai, Polegar

O narcovarejista Alexander Mendes da Silva será transferido para o presídio federal de Porto Velho, em Rondônia.

Quem livrou o Rio de Janeiro de abrigar o Polegar foi o desembargador Manoel Alberto dos Santos.

Foragido desde 2009 e apontado como chefe do tráfico de drogas na Mangueira, Polegar foi dedado na cidade de Pedro Juan Caballero, na divisa do Brasil com o Paraguai, na terça-feira passada.

Quase Foi-se

O destino do Orlando Silva no Ministério dos Esportes pode ser selado logo mais à noite.

Dilma tem jantarzinho no Alvorada com FHC, e os riscos de manter Orlando para sua estabilidade política devem entrar no cardápio de conversinhas.

Ontem, em Manaus, Dilma e seu Extalinácio vestiram os cocares, e a Presidenta admitiu que Orlando não agüenta mais uma denúncia...

Logo, só falta a petralhada vazar mais uma para a mídia amestrada para a queda do representante da foice e do martelo no time da Dilma...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 25 de Outubro de 2011.

6 comentários:

Anônimo disse...

"General Villas Bôas denuncia que índios Tikuna plantam coca e refinam droga na fronteira Peru-Brasil"

Enquanto luís inácio e similares não tiverem o mesmo destino que Gaddafi na Líbia, o Brasil JAMAIS terá solução.

É claro, se acharem a ideia acima radical demais, podemos deixar as coisas como estão. A escolha é nossa!

Anônimo disse...

tá feia a coisa! um general denuciando, pega sua turma e cai dentro seu general ou vai esperar as policias forças auxiliares combater este crime? chama a pf,força nacional que é tudo ex pm e facil,é só ir ao congresso e falar, quando for leve ou convide o general que foi tirado do comando da amazonia nosso futuro presidente, general heleno.

Anônimo disse...

Enquanto o corrupto lulla mandar quer diretamente, quer indiretamente no Brasil, nosso País tem todas as condições possíveis e necessárias de virar produtor de cocaína na Amazônia e não apenas nesse estado, deixando de ser rota internacional da droga e assumindo-se como produtor.

Não tarda que ele negocie uma porcentagem de lucro por cada quilo de cocaína produzida no Brasil.

Quanto ao cartel mexicano se ter instalado por aqui, o melhor è a nossas FA os deixaram sossegados, pois senão os soldados serão decapitados. Se as nossas FA nem atacam a guerrilha da LCP, vão se meter com os mexicanos? Desde que seja uma região já vendida por lulla e dilma à Oligarquia Financeira Transnacional, porque criar aborrecimentos e fazerem viúvas?

Solange Frota disse...

Fora as pistas clandestinas , o garimpo, as madeiras, o tráfico de animais...ah esses índios, tudo em Reserva heim!

Anônimo disse...

Concordo totalmente com o anônimo das 11:44.

Kadaffi, Saddam, Ceacescu, Mussolini, para tanta traição, crime lea-pátria, corrupção desmedida, só está mesmo faltando esse lulla.

Ronald disse...

Índios...escória da raça humana, vagabundos, inúteis e imbecis.
Por que não são sumariamente dizimados ?????