domingo, 20 de novembro de 2011

Basta de Boi, Bestas e Bostas de Vazamentos!


Artigo no Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão

Governo de coalizão - baseado em partidos que se juntam apenas pelo fisiologismo - normalmente redunda em colisão. Ainda mais quando os principais partidos do esquema desgovernista (PT e PMDB) são especialistas em fabricar dossiês de intrigas contra seus supostos aliados, companheiros de partidos e, lógico, contra aqueles que consideram inimigos. O “fogo amigo” queima até o rabo e o filme do mais santo diabinho político.

Nem sendo imortal se escapa da chamuscada. Vide o exemplo vivíssimo do companheiro José Sarney. O acadêmico presidente do Senado contratou a consultoria carioca Prole para fazer uma pesquisa e apontar como seria possível melhorar sua imagem pessoal perante a opinião pública. O probleminha é que Sarney não gastou um tostão de seu rico bolso para pagar pelo serviço. Os R$ 24 mil saíram dos cofrinhos do Senado Federal. E o que acontecerá com Sarney por este pequeno uso de dinheiro público para fins particulares? Nada!

O mesmo deve acontecer com a petroleira Chevron – responsável por um dos maiores desastres ambientais da história do Brasil. A transnacional alega que cometeu um erro e cálculo na injeção de lama pesada para impedir o retorno do petróleo. Mas a Polícia Federal investiga se a falha não foi outra – bem mais grave. Suspeita-se que a Chevron tenha perfurado além da profundidade permitida no Campo de Frade, para atingir, sem permissão, a camada pré-sal.

Logicamente, a empresa nega a sujeirinha. Triste é a imagem do oceano de óleo vazado há 12 dias, sem que um esquema de emergência para conter, depressa, o problema. A “sorte” é que o poço vazado fica a 120 Km do litoral do Rio de Janeiro. Se fosse mais perto, e a corrente marítima se dirigisse na direção da terra firme e não do oceano Atlântico, teríamos uma tragédia ambiental de proporções inimagináveis.

No alto-mar, as baleias jubarte e outros bichos devem ser afetados. Problema para o Bob Esponja. Só causam espanto a timidez do Greenpeace em fazer festinha contra o problema, e a nossa abestada e amestrada mídia eletrônica que minimiza o desastre o máximo que pode. Até quando tal omissão controlada vai durar só o Grande Geólogo do Universo pode nos dizer.

Tentando sobreviver politicamente no mar de lama que a cerca na Ilha da Fantasia do Podre Poder, a Presidenta Dilma Rousseff ainda não se pronunciou, de forma contundente, sobre o tema. Queria o quê? A ex-presidenta do Conselho de Administração da Petrobrás nem fala direito sobre o vazamento do escândalo Gemini. Que dirá falar mal da Chevron – outra sócia minoritária da estatal de economia mista na exploração daquele poço onde ocorreu o vazamento.

O desgoverno petralha, na verdade, está com medinho é de outro vazamento. Teme-se o troco pela troca de “fogo amigo” que queima Carlos Lupi e que já incinerou outros cinco ministros em onze meses de gestão da ex-guerrilheira e ex-brizolista Dilma Dynamite (como lhe chamam os coleguinhas da The Economist e Newsweek). A próxima vítima dos vazamentos de corrupção seria ninguém menos que Fernando Haddad – o ministro da Educação que Lula impôs como pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, em 2012.

Nosso povo sem memória já não canta, com tanta freqüência, as músicas de Noel Rosa. Mas todos – com ou sem maldade – se perguntam: “Onde está a honestidade? Onde está a Honestidade?”. Ainda bem que a Dilma sancionou a Comissão da Verdade. Quem sabe ela não vai descobrir quem se deu bem com a grana roubada do cofrinho do Ademar e de tantos outros assaltos a bancos ocorridos nos tempos da guerrilha urbana e rural que queria implantar o comunismo no Brasil, nos anos 60 e 70? Quem sabe...

Pena que já não esteja entre nós o comandante da Inteligência do Departamento da Ordem Política e Social naqueles tempos que a Comissão da Verdade promete vasculhar. Do contrário, o ex-senador Romeu Tuma seria obrigado a revelar quem era o “Agente Boi”. Seria terrível descobrir a verdadeira identidade do sindicalista que se escondia neste bovino codinome. Seria tenebroso revelar como o Boi (sempre cheio de fogo) mugia, naqueles tempos de dita-dura, para praticar seu “fogo amigo” contra supostos aliados e inimigos.

Deus queira que Tuma e o “General" Golbery (criador da criatura Boi) não vazem da camada pré-sal para fazer tais revelações. Seria tão assustador quanto o vazamento de óleo na Bacia de Campos. Ou mais linfomático que o vazamento de dossiês na Explanada dos Ministérios fisiológicos da companheira Dynamite...

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


© Jorge Serrão 2006-2011. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Novembro de 2011. A transcrição ou copia deste texto é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

7 comentários:

Anônimo disse...

Jorge

Seus posts são extremamente contundentes! Dá um soberbo prazer os ler e saber que o governo mais seus capangas e arapongas que sabem ler, também os lêm.

Ontem, a televisão da Globo, patética e putativamente mostrou como já tinham fechado a fenda por onde sai o grude!

A fenda tem 300 metros, mas eles apenas mostraram 50 cm dessa fenda por onde o grude sai e depois em uma outra imagem sabe-se lá de onde, pode-se ver um objecto quadrado no fundo do ocenano e a voz do putativo locutor chapa branca com voz de fêmea aluada dizendo que o vazamento está contido!

Pode? A TV Globo lembra-me a antiga radio soviética com sua propaganda indecorosa onde enaltecia as virtudes do regime soviético!

Chateia-me chamarem-me de otário, de estupido! E esse locutor da Globo com voz de fêmea aluada, è especialista em branquear porcaria do governo da terrorista tal como já fazia com lulla.

O vazamento continua, vai continuar e, mais cedo ou mais tarde as correntes marítimas vão trazer esse grude para nossas praias, pois è impossível fechar uma fenda com 300 metros a 1.500 de profundidade!

Estão gozando conosco! Assim não! O que è demais, cheira mal!

Anônimo disse...

A terrorista querendo manter o analfabeto, bronco e mentiroso lupi, está certamente a cumprir ordensdo psicopata lulla. Vai mantê-lo até janeiro! Terrorismo de estado è isso!

Quanto ao soviético fernando haddad, ministro da Educação que lula impôs como pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, em 2012, chegou a exprimentar nele mesmo ou em alguém da sua familia o membro fálico que acompanhava o kit sexual para crianças? Ou o membro fálico de borracha è só para os outros e filhos dos outros?

E ensino método cubano que no Nordeste faz escola? Se gosta tanto de Cuba e dos seus ditdores, porque não vive lá?

Esse tal "General" golbery ao fazer do paicopata lula seu afilhado político, mostrou seu lado soviético e pobreza de inteligência!

Pelo mal que fez ao Brasil, direta e indiretamente, que toda a terra lhe seja leve por cima da campa!

sicário disse...

Jorge...

O governo de mentira e de mentiras, quer mais uma comissão...de verdade! De "comissão" eles entendem, deixando a desejar a tão propagada verdade.
A esquerdopatia, somada a apatia jornalística comprada com dinheiro público, fez com que a imprensa nacional desse preferência a uma invasão de morro com hora marcada, deixando de informar sobre o vazamento de óleo no poço em alto mar.
Vazamento que, diga-se de passagem, foi provocado por uma "sócia" da Petrobrás, a competentíssima empresa nacional que ano após ano nos dá a auto-suficiência na produção de óleo, o mesmo óleo que continuamos importando, refinando e pagando valores altos pelo combustível.
Enquanto o óleo se espalha pelo mar, lembro que o acéfalo desdedado afirmava que o Brasil tinha tecnologia para perfurar a milhares de metros e que poderia encontrar caixas pretas de certo avião da Air France que havia caído no mar mas hoje, sabemos que a tal tecnologia nacional não só não encontra caixas pretas como também precisa da ajuda de empresas estrangeiras para perfurar e que também estas são incapazes de minimizar os estragos provocados pela incompetência geral.
Enquanto o poço jorra, a vida marinha sofre...ainda não ouvi, li ou soube de manifestação orquestrada a favor da natureza.
Onde estão os atores da globo, ecologistas de ocasião,tão conhecedores da causa, os mesmos que se posicionaram contra o Código Florestal e contra a usina de Belo Monte? Até agora nada...
Será que a empresa que paga os salários, também paga o senso crítico?

Abs.

Sicário

ps: a tal invasão da Rocinha, só teve precedentes quando os EUA invadiram a Etiópia e as câmeras de TV estavam na praia prontas para receber os invasores.

Esperança disse...

Quem sabe o tal "Boi" logo fará companhia a Golbery e a Tuma, seus grandes amigos!

Anônimo disse...

Jorge Complementando o ¨ps¨de Sicario (10:12); a transmissão ao vivo da invasão da Embaixada dos EUA ,em Teerã , para resgate dos refens, esqueceram q o inimigo tambem assiste tv. Creio q o exemplo cai perfeitamente para a invasão da favela da Rocinha. Grato. CO/CWB/PR

Anônimo disse...

É interessante esse vazamento de petróleo, justamente quando as autoridades do rio estão em guerra contra a divisão da grana que ninguém sabe para onde vai. O governador disse que a saúde vai falir, pior do que já está. O minc dando um passeio de helicóptero da globo e fazendo terrorismo. Tudo isso não é muito conveniente.
intruder.

Anônimo disse...

10:12 AM
2:13 PM

Têm razão, qualquer guerra existe desde que a midia ao serviço da Oligarquia Financeira Transnacional ou Nova Ordem Mundial esteja lá para a relatar, obedecendo a inconfessáveis interesses políticos e econômicos.

Quantas guerras aconteceram no nosso tempo sem que tenhamos conhecimento direto dela, permanecendo cautelosa e convenientemente no completo anonimato? Bastantes! Muitas chegaram ao conhecimento publico só após acontecerem e, se elas correram a favor dos interesses dos Senhores do Mundo, pois nem todas as guerras são fáceis e rápidas com vitórias ou derrotas garantidas.