terça-feira, 22 de novembro de 2011

Presidente da Chevron terá de explicar a deputados por que mentiu e não tinha plano para conter vazamentos

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Alguém acredita que a poderosa petroleira Chevron – irresponsável pelo magavazamento de óleo na Bacia de Campos – possa mesmo perder a operação no Campo de Frade – como ameaça o governo Dilma Rousseff? Ou que a petrolífera, atualmente “operadora classe A”, possa ser rebaixada e perder a licença para perfurar, inclusive, no ambicioso pré-sal? Tais perguntas devem ser respondidas, nesta quarta-feira, pelo presidente da Chevron Brasil, George Buck, em audiência pública convocada pela Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados.

George Buck terá a complicada missão de explicar por que a Chevron não tinha os equipamentos necessários para cortar os tubos e fazer a cimentação completa do poço, em caso de um grave acidente, como o vazamento era de 330 barris/dia. Também fará um malabarismo para justificar porque a empresa só avisou à Agência Nacional de Petróleo um dia depois do problema, mentindo que o vazamento inicial seria de apenas 24 barris/dia. Por todas essas falhas, a Chevron corre o risco de levar um total de multas de R$ 260 milhões, incluindo indenizações e compensações ambientais

O defensor público federal do Rio André Ordacgy entra logo mais com dois inquéritos contra a Chevron. Também promete intimar o Ministério do Meio Ambiente a concluir o Plano Nacional de Contingência num prazo de 90 dias. O governo federal só não fica mais complicado com o assunto porque o providencial vazamento de óleo ajudou a conter os vazamentos de denúncias contra ministros – especialmente Carlos Lupi que deixa, temporariamente, as manchetes.

Parabéns pra você...

Os puxa-sacos do poder já podem comprar o presentinho.

A Presidenta Dilma comemora suas 64 primaveras no dia 14 de dezembro.

Quantos dossiês para provocar quedas de ministros ela vai ganhar até o dia da festa?

Recordar custa nada

O auditor aposentado da Receita Federal Luiz Otávio da Rosa Borges faz apenas umas perguntinhas para refrescar a desmemoria tupiniquim:

Você sabia que Joaquim Barbosa, Ministro do Supremo Tribunal Federal, afirmou em abril de 2009 que Gilmar Mendes (também ministro) tem capangas? Você sabia que, passados mais de dois anos e meio, continua tudo por isso mesmo?

Por isso ele sugere que se clique no link abaixo, no qual aparecerá, no título, "Supremo Tribunal Federal - tá tudo dominado? (Capangas de Gilmar Mendes)".

http://www.maoslimpasbrasil.com.br/index.php?option=com_content&view=category&id=7&Itemid=12

Viva a Amazônia

Os intelectuais, finalmente, começam a lembrar que a Amazônia pertence ao Brasil.

Em 2012, Manaus ganhará, de 27 de abril a 7 de maio, a Bienal da Amazônia.

A Fagga, mesma empresa que realiza a do Rio de Janeiro, cuidará do megaevento.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Novembro de 2011.

Um comentário:

Anônimo disse...

Aquilo comemora 64 invernos? Eu julgava que andava pelos 96!

Quanto ao maior corrupto e traidor em 500 anos de nossa Historia, vou ser muito sincero: oxalá que no mínimo fique mudo e no maximo, que vá ficar sob 7 palmos de terra pelo mal que fez com a soberania do nosso País.