quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Soluções imediatas para o Brasil

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Gil Cordeiro Dias Ferreira

Que venha o novo referendo pelo desarmamento. Votarei NÃO, como da primeira vez, e quantas forem necessárias. Até que os Governos Federal, Estaduais e Municipais, cada qual em sua competência, revoguem as leis que protegem bandidos, desarmem-nos, prendam-nos, invistam nos sistemas penitenciários, impeçam a entrada ilegal de armas no País e entendam de uma vez por todas que NÃO lhe cabe desarmar cidadãos de bem.

Nesse ínterim, proponho que outras questões sejam inseridas no referendo:

• Voto facultativo? SIM!

• Apenas 2 Senadores por Estado? SIM!

• Reduzir para um terço os Deputados Federais e Estaduais e os Vereadores? SIM!

• Acesso a cargos públicos exclusivamente por concurso, e NÃO por nepotismo? SIM!

• Reduzir os 37 Ministérios para 12? SIM!

• Cláusula de bloqueio para partidos nanicos sem voto? SIM!

• Fidelidade partidária absoluta? SIM!

• Férias de apenas 30 dias para todos os políticos e juízes? SIM!

• Ampliação do Ficha-limpa? SIM!

• Fim de todas as mordomias de integrantes dos três poderes, nas três esferas? SIM!

• Cadeia imediata para quem desviar dinheiro público (elevando-se para a categoria de crime hediondo? SIM!. Atualização dos códigos penal e processo penal? SIM!

• Fim dos suplentes de Senador sem votos? SIM!

• Redução dos 20.000 funcionários do Congresso para um quinto? SIM!

• Voto em lista fechada? NÃO!

• Financiamento público das campanhas? NÃO!

• Horário Eleitoral obrigatório? NÃO!

• Maioridade penal aos 16 anos para quem tirar título de eleitor? SIM!

Um BASTA! na politicagem rasteira que se pratica no Brasil? SIM !

Gil Cordeiro Dias Ferreira é Administrador.

4 comentários:

Manoel Vigas disse...

Saudações.
Sr. Gil Cordeiro Dias Ferreira

Suas intenções são boas,
entretanto faltou dizer:

QUEM IRÁ COMPUTAR OS VOTOS DO DITO REFERENDUM ?

URNAS VICIADAS,

FRAUDULENTAS

E

SEM COMPROVAÇÃO ?

DESCULPE, JÁ CHEGAMOS AO FUNDO DO POÇO.

AGORA EM 2011 SÓ PAREDÃO RESOLVE.

Atenciosamente.
Manoel Vigas

Anônimo disse...

Creio que este senhor está se referindo ao que normalmente se pratica nos países que compõem o primeiro mundo.

Aqui è inviável!

Primeiro porque nenhum político neste governo terrorista aceitaria tal nobre gesto de democracia.

Segundo, porque as urnas eletrônicas são comprovadamente 100% manipuláveis, por "lei" sem direito a recontagem de votos e agora sendo biométricas, o PT e o governo saberiam na hora em quem o eleitor fulano de tal votou.

Somos o c* do mundo em corrupção, falta de democracia e de Ética. Somos uma nação soviética! Que dizer mais?

Luciano disse...

Outras sugestões, Sr. Ferreira:

Voto distrital puro com recall nos distritos;

Para a posse de Ministro de Estado, exigência de formação superior na área, como por exemplo engenharia ou física para Ciências e Tecnologia;

Exigência de provas de certificação para cidadãos que quisessem se candidatar, com validade de 4 anos, com questões de matemática, português, conhecimentos gerais, direito constitucional e administrativo;

Exigência de residência contínua e ininterrupta de 6 anos ou mais em um domicílio eleitoral para se candidatar no mesmo. Prova de residência de no mínimo 4 anos para eleitores.

Exigência de 1º ou 2º grau completo para votar e/ou ser votado. Afinal, são obrigações de todos.

Extinção pura e simples dos cargos de confiança, de maneira que permaneçam no máximo 1000.

Redução do número de partidos políticos para 3, no máximo.

marcelo disse...

As penas devem ser proporcionais aos crimes praticados para que sejam justas, correto?
Um sujeito que disse que vai matar outra pessoa e mata, qual a pena proporcional que esse criminoso merece? Resposta correta: vida por vida, para que a pena seja proporcional.
Da mesma forma, para os crimes hediondos não há outra alternativa a não ser a pena de morte, como ocorre em diversos países.
Não existe coisa mais desumana, por exemplo, do que violentar ou abusar de incapaz. Logo, para quem é desumano, não se deve aplicar os supostos "direitos humanos", pois comprovadamente tal cidadão, embora seja da espécie humana, não é nem um pouco "humano" (é pior do que animal, um monstro). Vide o que os EUA fazem com os terroristas em Guantânamo.

Outrossim, se houver o desarmamento da população de bem (como os crimes organizado e desorganizado querem), todo aquele que for encontrado com arma de fogo é BANDIDO (ou mais bandido do que os demais), correto? Portanto, as polícias deverão ter amplos poderes para atirar sem que tenham que dar explicações para ninguém, pois nenhum bandido porta uma arma de fogo para brincar de bang-bang, mas para tirar a vida alheia mesmo que não seja preciso. Vejam que, de um tempo para cá esses vermes estão matando os indefesos sem dó nem piedade (com tendência da crueldade piorar cada vez mais).
Chega de acuar a Polícia e de desmoralizá-la, pois, caso contrário, assistiremos mais e mais execuções sumárias, em plena luz do dia, nas ruas e praças de nossas cidades, dos cidadãos que pagam seus impostos e procuram levar uma vida digna.