terça-feira, 26 de junho de 2012

Lewandowiski recua e libera voto no limite do prazo para julgamento do mensalão ocorrer em agosto

Segunda Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão

Alguma pressão da “opinião suprema” ou da “opinião publicada” deve ter feito o ministro Ricardo Lewandowiski ter voltado atrás na vontade inicial de ontem e hoje ter resolvido, finalmente, liberar seu voto no processo do mensalão. Assim, apertando sua própria burocracia, o STF publica, até sexta-feira, no Diário Oficial do Judiciário, a pauta do julgamento para 1º ou 2 de agosto – que agora pode até se transformar no mês do desgosto para 38 mensaleiros, caso sejam condenados.

O Regimento Interno do STF previa que, 48 horas antes do julgamento, o processo precisava ser pautado por meio de publicação no Diário de Justiça, para a ciência dos advogados e dos réus. Sempre que o documento é liberado pelo revisor, é preciso dar um prazo de 24 horas até a publicação formal da pauta. Para que tudo isso ocorresse até sexta-feira, último dia do semestre no STF, Lewandowski deveria ter devolvido o processo ontem. Mas, como existe jeitinho para tudo, com a liberação de hoje, a burocracia do STF se rende e publica o caso a tempo no DO, antes das sagradas férias de meio de ano dos magistrados.

Amigo pessoal da família de Luiz Inácio Lula da Silva, Ricardo Lewandowski recebeu o relatório do ministro Joaquim Barbosa no fim de dezembro do ano passado e levou cerca de seis meses para revisar a ação do mensalão. Mesmo assim, ao liberar o voto hoje, reclamou: “É o voto-revisor mais curto da história do Supremo Tribunal Federal. A média para um réu é de seis meses. Eu fiz das tripas coração para respeitar o que foi estabelecido pela Suprema Corte." O amigo Lula deve ter ficado meio triste com tanta velocidade forçada na reta final da avaliação do caso...

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 26 de Junho de 2012.

3 comentários:

Anônimo disse...

Se cagou!

Anônimo disse...

A verdadeira historia do pedofilo lugo, escrita por um conhecido jornalista paraguaio. Texto extensoi, pelo que apenas coloco um "cheirinho".

Tão bizarra como a do fdp do canceroso, pois nunca tinha conhecido o poder do dinheiro. Traiu quem o apoiou, traiu tudo e todos que o ajudaram a chegar ao poder.

È este fdp que a louca terrorista defende.

"(...)

Mal eleito e empossado, sucedem-se escândalos e se revela seu procedimento. Filhos impensados para um supostamente casto Bispo. Vários. Todos jamais reconhecidos ou amparados, gerados com mulheres as mais pobres e sem instrução alguma, uma delas com apenas 16 anos quando da gravidez. Se traíra a sua Igreja, por qual razão não nos trairia? E traiu.

Não passou um mês sequer durante seus três anos de governo sem que viajasse a um país qualquer. Com razão ou sem nenhuma, para conferências esvaziadas ou cerimônias de posse de mandatários sem importância ou relevo para o Paraguay. As pompas do poder o abduziram como a nenhum déspota de república bananeira do Caribe. Os comboios de limusines com batedores estridentes, as festas e beija-mãos, os eternos e maviosos cortesãos do poder, as belas mulheres, as mesas fartas, os hotéis cinco estrelas, a riqueza, a opulência, os "negócios". O despojado ex-bispo tornou-se grande estancieiro. O presidente que tomou posse calçando prosaicas sandálias como símbolo de humildade, revelou-se um homem vaidoso e fetichista. Como que a vestir a mentira em que ele próprio se tornou, passou a enxergar elegantes e bem-cortadas túnicas encomendadas à alfaiates da celebérrima e caríssima Savile Row, templo londrino da moda masculina. No detalhe, o estelionato (mais um): colarinhos eclesiásticos. Afeiçoou-se a lindas e jovens, digamos, "modelos", que floriram sua vida e a banheira Jacuzzi que mandou instalar na austera e velha residência presidencial. Muitas delas o precediam mundo a fora, esperando-o em hotéis fantásticos e palácios, nas vilegiaturas internacionais. Viajavam com documentos oficiais. Kaddafi auspiciava passaportes diplomáticos a terroristas, Lugo a prostitutas.

(...)

http://www.movimentobrasileirosunidos.blogspot.com.br/2012/06/fernando-lugo-o-bispo-de-san-pedro.html

Coronel Humberto Pinto disse...

Ilustre Jornalista
JORGE SERRÃO

A liberdade está em jogo.