domingo, 21 de outubro de 2012

Dirceu e Lula: o censor e o cabo eleitoral dos fichas sujas

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Mara Montezuma Assaf

Prestem atenção no discurso que o PT está fazendo em diferentes regiões do país. Falam de ventos da mudança, do novo Brasil, do anseio pelo novo etc. Que novo é esse que nos será imposto pelo governo petista? Depois de ler um artigo que José Dirceu escreveu (em 20/10) no Diário da Manhã (GO), onde ele acentua que a liberdade de imprensa só será plena no Brasil quando marcos regulatórios forem adotados (!), ficou-me a certeza de que o próximo avanço que o PT dará para sedimentar de vez o seu "governo progressista" no Brasil, é impondo-nos a censura nos meios de comunicação.

A grande e positiva repercussão do julgamento do mensalão na população mostrou aos petistas que eles não estão tão seguros como pensavam e que não tem mais tempo a perder...portanto creio que eles vão agir e muito rápido. Preparemo-nos , pois, para a reação!

Debate eleitoral na TV Bandeirantes: sem dúvida, o preparo, as argumentações e a postura de Serra se contrapunham a um Haddad nervoso, inseguro e de boca seca. Procurei nos jornais algum comentário sobre a atuação de ambos: silencio total, ninguém ousou fazer qualquer comparação entre um e outro, nem mesmo para dizer um absurdo qualquer, como "o Haddad foi melhor que Serra".

Limitaram-se a comentar que os candidatos de enfrentaram e que o tema mais abordado foi a Saúde. Não obstante as pesquisas levaram Haddad às alturas, como se ele tivesse arrasado com seu oponente. A verdade é que estamos vivendo a mais indecente campanha eleitoral em São Paulo, onde encontramos as digitais de Lula e Dirceu por todo o caminho. Espero que os paulistanos deem o troco nas urnas,

Se é que se pode confiar nestas urnas eletrônicas cujo modelo ultrapassado e pouco confiável só é usado no Brasil e na Índia...Até na Venezuela de Chavez as urnas oferecem a comprovação através do voto impresso. Mas não aqui não, né Lula!

Lula está fazendo campanha eleitoral gravada em vídeo pela reeleição como prefeito de Macapá de Roberto Goes (PDT/AP) que foi preso pela Polícia Federal em 2010 devido à Operação Mãos Limpas.

O texto de Lula é este:“Aqui em Macapá, apoio o Roberto para prefeito. Porque é preciso que toda cidade seja um pequeno pedaço do novo Brasil que estamos construindo. Um Brasil forte e cheio de vida, onde as pessoas caminham com uma confiança cada vez maior para realização dos seus sonhos. E para que este Brasil continue melhorando, é necessário garantir o avanço de cada município brasileiro. Por isso, dia 28, vote 12. Vote Roberto”.

É bom que se explique que Roberto Goes foi preso pela PF numa operação que investigava um suposto esquema de desvio de verbas federais no Amapá por políticos, funcionários públicos e empresários . Diante disso , só me resta perguntar: a lei da Ficha Limpa, não vale no Amapá?

É até plausível saber que Lula defende a reeleição de alguém com ficha suja ... Mas que o TSE não invalide a campanha do distinto candidato é abominável! Esta lei é fruto do esforço da população, não pode ser tratada como se nada valesse.

Mais preocupante ainda é Lula querer construir este tal Brasil novo de que ele tanto fala, contando com o apoio de um corrupto! Com isto ele está peitando e desautorando o STF que está julgando a mais famosa quadrilha de corruptos de todos os tempos no universo político brasileiro e que por um acaso, é formada por ilustres petistas!

Mara Montezuma Assaf é Professora Aposentada.

Um comentário:

augusto disse...

A grande imprensa já está toda dominada, estão trabalhando escancaradamente para o governo. Eu vejo mais o Obama nos EUA, que nossos candidatos. As pesquisas são dirigidadas para enganar a população. A coisa está ficando cada vez mais séria.