terça-feira, 6 de novembro de 2012

O grande erro dos militares nos idos de 1964

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Silvio Gama

Eu estava, sexta-feira passada, na sede da Academia Alagoana de Letras, durante o velório no qual pranteávamos o falecimento do confrade Ib Gato Falcão e, contava a um grupo de amigos que ele gostava de me chamar de general, em tom de brincadeira, pensando que a promoção me agradava.

Nesta ocasião, um jornalista que fazia a cobertura do velório dirigiu-se a mim e comentou:

– Professor, tenho acompanhado sua vida literária e nunca soube que o senhor pertence ao Exército. Aproveitando a oportunidade e porque o acho perfeitamente integrado à vida civil, desejo saber como o senhor vê a Revolução de 1964.

Pergunta inoportuna, mas se para ela eu não desse resposta, poderia, o meu silêncio, ser interpretado como uma fuga para evitar uma opinião contrária. Resolvi encarar o curioso e respondi:

– Da Revolução eu acho que foi uma aventura apressada de uma camarilha que desejava entregar o nosso Brasil nos braços de uma ditadura comunista. Porém da Contra Revolução que ela ensejou, acho que foi uma atitude acertada do Exército, atendendo ao clamor popular.

– Mas a Contra Revolução instalou uma ditadura militar que permaneceu por mais de vinte anos. Ponderou ele.

– Chamam de ditadura um governo democrata que manteve a autonomia dos três poderes; Que respeitou os direitos individuais de todas as pessoas de bem; Que prendeu bandidos e delinqüentes que se escondiam atrás de um falso idealismo, onde o individualismo interesseiro predominava; Que mais trabalhou, comparando-se as suas atividades com as de todos os governos que o antecederam.

– Mais só uma pergunta, coronel ...( o meu modo decidido e firme com o qual eu dava as respostas, já estava fazendo com que ele colocasse os pontos nos is)..., em sua opinião a Contra Revolução cometeu erros?

– Cometeu um só. O de não ter feito com o bando de assassinos, ladrões de bancos e de carga de caminhões, seqüestradores iguais aos que, hoje, atormentam à nossa população, o mesmo que Fidel Castro fez em Cuba – e que eles tanto aplaudem: eliminação sumária. Só assim estaríamos livres dessa horda de ladrões que, comprando a democracia, situaram-se no poder; saqueia o erário público; se auto premiam com indenizações bilionárias por prejuízos morais inexistentes; incentivam o enriquecimento ilícito e, o que é pior, estão, pelo mau exemplo, promovendo o esfacelamento da ética e da moral na sociedade.

Silvio Gama, Coronel Reformado, é renomado escritor, autor de vários livros, em prosa e poesia. Membro da Academia Alagoana de Letras. Aspirante de Artilharia, da Turma TUIUTI - 08 Jan 44, da antiga Escola Militar do Realengo.

7 comentários:

julio disse...

Caríssimo Coronel, lavou a minha alma a vossa resposta. Também escrevo em prosa e verso,e lhe pergunto: a contra-revolução quando se dará de novo?

Anônimo disse...

Também acho. Faltou exatamente isso. Vejam se na Rússia alguém cobra indenização dos sucessores dos comunistas assassinos a sangue frio da indefesa família real e de mais n milhões de indefesos de fome, frio, trabalhos forçados e bala na nuca.

Anônimo disse...

Parabens prezado coronel. Também penso assim essa foi a grande falha.
Isso que sempre explico aos que ainda acreditam que queriam implantar uma democracia naqueles anos.

cesar pinto cel - averdadedasmentiras-unknown disse...

Caro amigo Serrão:
Discordo do Coronel em um ponto, a contra revolução não cometeu nenhum erro, simplesmente deixou que o futuro mostrasse a faceta da nova Democracia apregoada pelos vilões da história. (os facicomunistas, que queriam dominar o País).
Eles agora estão caindo na vala que cavaram durante anos de domínio do poder ( por enquanto 10 anos).
Senão vejamos:


Reunião do Secretário de Segurança Pública da Policia de São Paulo, com os representantes da Segurança do Governo Federal.

Assunto:
Combate ao crime organizado no Estado de São Paulo;

A MENTIRA

Combater a lavagem de dinheiro dos bandidos, (traficantes e contrabandistas de armas e munições) dentro do Estado de São Paulo.

A VERDADE

Vamos acabar com a demagogia e a hipocrisia dos políticos ( Presidentes, Governadores e Prefeitos), eleitos pelo povo, para governar este País.
Nós não aquentamos mais. Todos sabem que o exemplo vem de cima.
O crime organizado é próprio da classe política, principalmente daqueles que detém o poder, e quem está no poder hoje é o PT.
Significado de Organizar no Dicionário Online de Português. O que é organizar: v.t. Pôr em ordem, arrumar; dispor para funcionar. Constituir em organismo.
Tudo que é organizado é feito por pessoas profundamente conhecedoras dos conceitos de organização, e que têm o poder nas mãos e não são bandidos comuns que chefiam estes tipos de crimes. Os bandidos comuns que complementam estas quadrilhas, não têm capacidade para isso, servem sim, como vassalos dos intelectuais.
"O que é Vassalo. Conceito e Significado de Vassalo: Vassalo significa súdito de um soberano. É um conceito próprio da Idade Média e está... (e está aqui representado pelos nossos pobres brasileiros a mercê dos Senhores Feudais que dominam a Política Brasileira e o crime organizado).
"Um intelectual é uma pessoa que usa o seu "intelecto" para estudar, refletir ou especular acerca de ideias, de modo que este uso do seu intelecto possua uma ...Origem do termo - Universidade e Intelectuais - Política e Intelectuais"
Vamos acordar, povo brasileiro, senão daqui a pouco nós também seremos súditos do Senhores Feudais, que hoje dominam a Política Brasileira. (Presidente, Governadores e Prefeitos - Senadores, deputados e vereadores e menbros de Diretórios Nacionais dos Partidos Políticos).
continua:

cesarpintoCel disse...

Continuação:
VEJAMOS COMO PROCEDER PARA ACABAR COM ESTES CRIMES E OUTROS DO COLARINHO BRANCO.
EXEMPLO:
Primeiro:
Combater o crime de lavagem de dinheiro do Processo nº 470 - Mensalão, que foi efetuado por quadrilhas do colarinho branco, que estão hoje no domínio do poder político.
Por enquanto, o Supremo Tribunal Federal, está dando exemplo de austeridade, coragem e honra no julgamento do Mensalão, vamos esperar para ver o final deste Processo e a Dosimetria das penas aos réus e como ficarão os Partidos Políticos, envolvidos e seus aliados.
Segundo:
Acabar com os privilégios políticos;
O dia em que os Políticos brasileiros perderem as imunidades parlamentares, (em conseguência o forum privilegiados) e a quebra dos sigilos bancários e fiscais( imposto de renda), seus e dos familiares, sem necessidadede de autorização judicial, por ocuparem cargos pùblicos, eles pensarão duas vezes ao se candidatarem a Cargos eletivos.
E NÓS NÃO TEREMOS MAIS CRIMES ORGANIZADOS NESTE PAÍS.
O Mensalão é o divisor de aguas, entre os crimes de colarinho branco, privilégio dos detentores do poder (únicos responsáveis pelo crime organizado) e os crimes comuns.
Novamente aparece a LEI DO RETORNO, implacável, infalível, divina, tarda mas, não falha.

Marcos F disse...

Caro Coronel,
A meu ver, o erro foi não cumprir a Lei. Havia Lei para prendê-los, condená-los, e - como até hoje - nós não tivemos a coragem de criar uma lei anti-terrorismo. Terror, sabe V.Sa. é terror - como o que sentíamos à epoca, ao entrar numa agência bancária.

Anônimo disse...

A sua resposta, Coronel, coincide com a minha opinião. Infelizmente para o Brasil e Brasileiros, a permissão para que essa corja retornasse ao país foi o grande erro cometido. Hoje, o perigo vermelho ronda novamente o nosso Brasil. Cagliostro