segunda-feira, 25 de março de 2013

Até quando aceitaremos a impostura?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Humberto de Luna Freire

Até quando o brasileiro vai aceitar trabalhar duro, pagar altos impostos e ver seu dinheiro ser usado pela quadrilha oficial em turismo funerário, para cultuar a personalidade de um aprendiz de ditador que encarnava o que há de mais podre na política sul americana - esse já resgatado pelo Diabo? Foi representado nas exéquias por um boneco de cera que ainda assim conseguiu atrair vários admiradores, inclusive dois do Brasil, o presidente de fato e a presidente de direito, fotografados e exibidos para o mundo, postados ao lado da urna funerária. Ambos com cara de condoídos patetas.

Até quando essa mesma quadrilha formada por ateus e pseudos comunistas vão usar o nosso dinheiro para fazer turismo religioso e hospedarem-se em hotéis de luxo? Fizeram proselitismo diante do recém eleito Papa, usando-o politicamente e de maneira desrespeitosa frente aos católicos, além de descaradamente pregar a política do faça o que eu digo mas não faça o que eu faço. Coincidentemente as "presidentas" das duas republiquetas sub equatorianas persentes, sem dúvidas, contribuíram para sujar o ambiente. A chaminé da capela Cistina deveria ter expelido fumaça negra por ocasião da chegada das duas à Roma.

Até quando os miseráveis e analfabetos que compõem a maioria do eleitorado brasileiro vão continuar dando 60% de aprovação para esse governo corrupto, antes de perceberam que estão sendo usados? Na minha opinião, até que falte o dinheiro para a compra das consciências e mentes.

Espero que, não por maldade mas para o bem do país, esse momento logo chegue, assim veremos o castelo desmoronar e o Brasil tomar um novo rumo, com a implantação de sérios programas de inclusão social. Longe dessa falta de vergonha chamada de bolsa-família que não passa de uma disfarçada compra de votos, formação de verdadeiros currais eleitorais.

Até quando nossa oposição congressual continuará covardemente omissa, deixando que as ratazanas lá homiziadas, em conluio com a esgotosfera planaltina, desfiem a Bandeira Nacional para aquecer suas tocas?

Imaginem só. Os comandos militares, que na minha opinião também estão sendo omissos, foram ordenados por uma guerrilheira através de um pau mandado, que já destruiu a credibilidade do Itamarati, a retirar do calendário o dia 3l de Março. É verdade que para uma sociedade hoje quase que totalmente alienada e comandada por seguidores assíduos da cartilha de Antônio Gramsci essa data, se comemorada como deveria, seria um sério obstáculo às suas sujas pretensões.

Para mim, que aos 15 anos de idade vi em plena rodovia (BR-230) um pecuarista ser retirado de seu automóvel e morto a pauladas por um bando de foras da lei agregados das Ligas Camponesas, o dia 31 de Março tem um significado especial. Infelizmente hoje, 50 anos depois, os mesmos bandidos, com as mesmas superadas ideologias continuam atuando sob a sigla de MST e com apoio financeiro dessa MEGAQUADRILHA que tomou conta do poder.

No dia 31 de Março, que a dona Dilma goste ou não goste, no 16° andar do meu prédio, na minha sacada, será desfraldada a Bandeira Nacional.

Humberto de Luna Freire Filho é Médico.

4 comentários:

Rafael disse...

Tenho acompanhado seus comentários, sempre precisos, de forma simples, mas de uma objetividade impar e venho me solidarizar com o Senhor. Estamos a mercê desse grupo ideológico que está nos levando a ruina, quer seja como país, quer seja como humanos, pois com certeza está havendo muita omissão por parte de diversos setores da nossa sociedade. Que Deus nos proteja e possa nos livrar o quanto antos desses discipulos do Exu de nove dedos de garanhus.

Anônimo disse...

Caro Sr. Humberto, sou da reserva da Marinha e após minha passagem para essa parcela hasteio uma enorme bandeira nacional bem no meio do meu jardim e explico aos desavisados o por que desta atitude.
este ano não será diferente, já mandei prepara-la para o grande dia, de repente postarei uma bela foto daquele memorável dia.
Um abraço.

Anônimo disse...

Caro Sr. Humberto, sou da reserva da Marinha e após minha passagem para essa parcela hasteio uma enorme bandeira nacional bem no meio do meu jardim e explico aos desavisados o por que desta atitude.
este ano não será diferente, já mandei prepara-la para o grande dia, de repente postarei uma bela foto daquele memorável dia.
Um abraço.

macanudo disse...

Eu também vou hastear a Bandeira do
Brasil, junto com a da PE!!!