quarta-feira, 20 de março de 2013

CVM aplaca ira de investidores facilitando que minoritários escolham seus representantes na Petrobrás

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net
Temendo que denúncias de investidores saiam do controle e se transformem em processos judiciais de alta combustão, a Comissão de Valores Mobiliários (órgão que fiscaliza o mercado de capitais no Brasil) tomou ontem uma decisão para acalmar os acionistas minoritários da Petrobrás - que ameaçam jogar no ventilador da Justiça algo mais sujo que óleo negro.

A CVM resolveu que, na próxima assembleia geral da estatal de economia mista, eles poderão escolher, livremente, seus representantes para os conselhos de administração e fiscal. A decisão impede manipulações para escolhas de nomes feitas pelo governo (usando petistas que aparelham os fundos de pensão).

A CVM deixou claro, por escrito, que não vai deixar que se repita a armação feita pelo governo na assembleia geral ordinária da Petrobrás no ano passado. A CVM proibiu a interferência de quaisquer acionistas que não se insiram no conceito de minoritário que a lei buscou proteger. Como a CVM não permite que pessoas vinculadas ao controlador façam indicações, em nome dos minoritário, para os conselhos de administração e fiscal, o governo contará com “pedrinhas no sapato” para questionar atos lesivos à boa gestão corporativa da Petrobrás.

Na prática, dois grandes empresários perdem suas boquinhas no Conselho de Administração da Petrobrás: Jorge Gerdau Johannpeter (grupo Gerdau) e Josué Gomes da Silva (Coteminas). Os dois foram reconduzidos aos cargos de conselheiros, no ano passado, porque a União (acionista majoritária) manipulou os votos dos fundos de pensão de estatais. Agora, Previ (Banco do Brasil), Funcef (Caixa Econômica), BNDES, e a Petros (Petrobrás) perdem influência direta na indicação de conselheiros. 

Os fundos de investimento BlackRock e Polo Capital, reunindo outros acionistas minoritários da Petrobrás, devem agora ter fôlego para emplacar o nome de Mauro Cunha, do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, como um de seus legítimos representantes.

Desarmando a bomba?

A Petrobrás resolveu tirar de sua listinha negra do programa de desinvestimentos a venda da polêmica refinaria de Passadena, nos EUA, que custou absurdos US$ 1,2 bilhões.

Como a empresa é alvo de investigações sobre irregularidades em sua compra, a direção da Petrobrás achou melhor manter tudo sob sua guarda, para que fatos constrangedores viessem à tona com a alienação da refinaria.

Assim, segundo a presidente Maria das Graças Foster, só ficam na lista de ativos à venda as refinarias na Argentina e no Japão, e os blocos de exploração de óleo e gás no Golfo do México e na Tanzânia.

Esconde-esconde



Ministério Sem Defesa

Militares sugerem que o Ministério da Defesa mude de nome para Ministério da Censura.

Isso porque o ministro Celso Amorim acaba de baixar uma ordem proibindo qualquer celebração de 31 de março de 1964 em unidades militares ou qualquer outro local sob jurisdição das Forças Armadas (como as Vilas Militares e as agremiações militares).

Na verdade, a proibição imposta por Celso Amorim é uma censura ordenada pela chefona em comando das Forças Armadas, Presidenta Dilma Rousseff.

A censura de Dilma aos militares é apenas mais evidência escancarada de que o revanchismo ideológico prevalece e que a democracia está mais ameaçada que nunca no Brasil.

Onda judicial revanchista

O Consultor Jurídico informa que  a Procuradoria-Geral da República quer entrar na Justiça com novas ações contra militares para responsabilizar agentes do Estado pelos crimes cometidos durante a ditadura (1964-1985).

Até o fim do primeiro semestre de 2013, pelo menos dez ações devem ser apresentadas em cortes federais.

A patrulha ideológica do MPF insiste em rasgar a Lei de Anistia e ainda comete o rigor seletivo de só investigar os agentes do Estado e não os agentes da violência e do terror que desejavam implantar um regime realmente autoritário no Brasil, pela via do socialismo-comunismo.

Quebra de soberania

Os revanchistas defendem uma quebra de soberania do Judiciário brasileiro ao defenderam a posição da Corte Interamericana de Direitos Humanos, que em 2010 sentenciou que o Estado brasileiro deveria punir crimes praticados por seus agentes no combate à Guerrilha do Araguaia, entre 1972 e 1975.

Os paladinos ideológicos pregam a criativa tese de que a anistia não se aplica ao que consideram crime permanente (só que eles não aplicam a mesma noção transviada de Direito a crimes hediondos cometidos pela turma do terror e luta armada para comunizar o Brasil).

Com tal criatividade supostamente jurídica, querem driblar a decisão de 2010, do Supremo Tribunal Federal, que julgou improcedente, por 7 votos a 2, a ação da Ordem dos Advogados do Brasil que tentava revisar o perdão concedido a representantes do Estado, policiais e militares.  

Comissão da Mentira

Por que a Comissão Nacional da Verdade não publica em seu site o verdadeiro autor da morte de Edson Luís, ocorrido em 1968 no restaurante Calabouço, no Rio de Janeiro?
O cronista Felix Maier cobra que os comissários bolcheniquins informem que o crime foi cometido por Antônio Carlos Pinto Faria Peixoto, falecido em 15 de Julho de 2012 e, na época do crime, militante do PCB.

Meier lembra que o nome do executor de Edson Luiz foi revelado pelo historiador Carlos Ilich Santos Azambuja, no texto A parcialidade escancarada, que critica a reticência de Elio Gaspari sobre o assunto que confirma as atrocidades da esquerda radicalóide que desejava implantar o comunismo no Brasil pela via armada e pelo terrorismo:

“Por que Gaspari, um historiador, evita dizer o nome desse seu colega, de Faculdade e de partido, que disparou a arma? Esse é um segredo de polichinelo, embora jamais o autor da morte tenha sido processado por esse crime”.

Nas ondas do rádio nos States

Nesta terça-feira, de 16h 30min até 16h 52, o editor-chefe deste Alerta Total foi entrevistado ao vivo pelo programa Cada Tarde, da Rádio Actualidad (1020 AM), de Miami, na Flórida.

O jornalista Agustin Acosta leu na íntegra, traduzido do português para o espanhol, o artigo A verdade foi enterrada antes de Hugo Chávez, publicado em nossa edição de 10 de março.

Depois, Acosta entrevistou Jorge Serrão sobre a farsa no velório de Chávez e sobre o Foro de São Paulo - tema tabu na imprensa (principalmente a tupiniquim).

F1 capimunista

O Rio de Janeiro teve destruído seu autódromo Nelson Piquet, em Jacarepaguá, para a construção do Parque Olímpico para os jogos do Rio 2016.

Por enquanto, a construção de um novo circuito em um terreno do Exército, em Deodoro, é apenas uma promessa a perder de visto.

Por isso, soa como piada socialista a ideia genial dada pelo ministro dos Esportes do Brasil, o comunista camarada Albo Rebelo, do PC do B, para que o Brasil ajude o chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, a construir um autódromo na Ilha Perdida dos Irmãos Fidel, incluindo Cuba no calendário dos carrinhos de corrida.

Leia, abaixo, o artigo de Humberto Freire Filho: um autorama para os irmãos Fidel

Esforço do maratonista

O cadeirante Jaciel Paulino participa, domingo que vem, da 23ª edição da Meia Maratona de Lisboa.

Considerado um dos melhores maratonistas do Brasil e campeão da última edição da Maratona Internacional de São Paulo, Jaciel viaja para Portugal como um dos favoritos, após a quarta vitória na São Silvestre.

Jaciel é maratonista e velocista da ADD/Fast Wheels, equipe masculina de atletismo da ADD - Associação Desportiva para Deficientes - entidade sem fins lucrativos com o intuito de promover o desenvolvimento da pessoa com deficiência por meio do esporte, educação e cursos de capacitação.

Cabralcídio


Diabólica

Gracinha de Dilma para Francisco, no Vaticano:

"O papa é argentino, mas Deus é brasileiro".

Faltou a Presidenta complementar,se tivesse sinceridade: "Só que o Diabo nos governa". 

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Março de 2013.

10 comentários:

Anônimo disse...

É tão grotesca que, ao abrir a bôca, a asneira vem logo à tona

Anônimo disse...

Imprensa internacional destaca os pecados capitalistas da comunista Dilma Rousseff em Roma.

Aquí : http://ucho.info/imprensa-internacional-destaca-os-pecados-capitalistas-da-comunista-dilma-rousseff-em-roma

E aqui: http://ucho.info/mordomia-pps-cobra-do-planalto-informacoes-sobre-custos-da-viagem-de-dilma-rousseff-a-roma

Anônimo disse...

Foi falar dos pobres! O que temos por aqui e em grande abundâcia? Bastou dar R$ 70 reais aos mais necessitados e tirou de imediato 22 milhões de brasileiros da fome! Loucura de uma mente demente!

Mas dinheiro para estadios, Mundial, Copa, Jogos Olimpicos, por "lei" nem o TCU controla as despesas, isso não falta! Daí sermos a Nação com maior taxa anual crescimento de milionários

De fato, basta abrir a boca que sai logo asneira e imensa demagogia.

Anônimo disse...

Sobre o seu lesbianismo não assumido, dilma se recusou a explicar o que quis dizer com esta frase: "opções diferenciadas das pessoas" devem ser compreendidas.

"A presidente não deixou claro a que "opções diferenciadas" ela se referia.

http://noticias.br.msn.com/especial/escolha-do-novo-papa/story-bbc.aspx?cp-documentid=256814777

Anônimo disse...

Essa terrorista bulgara continua praticando livre, descaradamente e oficialmente, terrorismo de estado. Ainda se julga na guerrilha urbana pra derrubar uma democracia militar. Louca da porra! Ou como diz o Claudio Humberto "porralouca"!

Cedeu ás nossas custas, um jatinho dos Taxis Aéreos da FAB, militares soviéticos, para levar o lider dos MST e Via Campesina, mais seus companheiros terroristas, à Venezuela para chorar o chavez. E nós otários brasileiros, pagamos e calamos.

Nossos generais têm merda nas veias!

Quando chegar o momento exato, eles vão nos caçar como ratos e também vão morrer como fdp que são!

Vem no claudio Humberto:

20/03/2013 | 00:00

Líder do MST chorou Chávez por nossa conta

O líder porralouca do MST, João Pedro Stédile também integrou a comitiva de "caroneiros" que choraram Hugo Chávez por nossa conta em Caracas, Venezuela. Com sete deputados de "esquerda", Stédile embarcou num jatinho extra cedido pela Presidência da República "a pedido do Congresso", sem constar da lista de convidados oficiais publicada no Diário Oficial. Mal chegou, deu entrevista na TV local."

http://www.claudiohumberto.com.br/principal/

Anônimo disse...

Por que razão essa vaca não se hospedou na nossa luxuosa embaixada em Italia, como fez o Vice-presidente do país mais poderoso do mundo, Joe Biden, que é católico, chegou domingo a Roma com irmã, filha e assessores no Air Force One. Estão hospedados na embaixada americana. Pobretões.
(Claudio Humberto)

Anônimo disse...

Ela tem toda razão
o Papa e Argentino,
Deus é Brasileiro e
o Diabo e Petista.

Anônimo disse...

"RIO – A Moody’s rebaixou nesta quarta-feira as notas do BNDES, de seu braço de investimento em participações, BNDESPar, e da Caixa Econômica Federal, citando como motivo o envolvimento das instituições nas "políticas anticíclicas" do governo brasileiro. A agência de classificação de risco diminuiu o rating de longo prazo do BNDES, do BNDESPar e da Caixa de A3 para Baa2, ambos com perspectiva estável. O rebaixamento representa uma queda de dois níveis no sistema de classificação da agência."

(...)

http://oglobo.globo.com/economia/moodys-rebaixa-notas-de-bndes-bndespar-caixa-7901435

Joaquim Caldas disse...

Dilma,Lula e o PT nem o Diabo aguenta! O Deus é brasileiro,mas está encurralado.

HOMERO VIANNA disse...

Dilma não está só convicta que Deus é brasileiro. Jura que Ele nasceu numa estrebaria de Garanhuns.