quarta-feira, 27 de março de 2013

Lula dá entrevista amestrada ao Valor Econômico, mas não fala de Mensalão e muito menos do caso Rose


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net
Luiz Inácio Lula da Silva tem três objetivos bem definidos no curto prazo. O primeiro, prioritário, é fechar grandes negócios, aqui e lá fora, para conseguir uma montanha de dinheiro para investir na campanha à reeleição de Dilma Rousseff. O segundo, também urgente, é criar um isolamento político do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, forçando-o a desistir da disputa pelo Palácio do Planalto em 2014. O terceiro é fingir que tudo vai no melhor dos mundos com sua saúde – numa tentativa de enganar a si mesmo.

A máquina de propaganda lulista já opera a bilhão por hora. Hoje, Lula ganha uma generosa primeira página do Valor Econômico, focado nas classes A-B, dando sua primeira entrevista exclusiva a um jornal brasileiro desde que deixou a Presidência da República. Na matéria amestrada, no jornal que é uma sociedade entre as Organizações Globo e o Grupo Folha, Lula manda o recado de que a prioridade em todos os estados é reeleger Dilma Rousseff.

Lula até ensaia o discurso mentiroso de que, por ser amigo de Eduardo Campos (hoje o concorrente mais perigoso de Dilma), não pretende abalar a relação entre ambos, pedindo para o neto de Miguel Arraes desistir de entrar na disputa presidencial:

“Minha relação de amizade com Eduardo Campos e com a família dele, que passa pela mãe, pelo avô e pelos filhos, é inabalável, independentemente de qualquer problema eleitoral. Eu não misturo minha relação de amizade com as divergências políticas. Segundo, acho muito cedo pra falar da candidatura Eduardo. Ele é um jovem de 40 e poucos anos. Termina seu mandato no governo de Pernambuco muito bem avaliado. Me parece que não tem vontade de ser senador da República nem deputado. O que é que ele vai ser? Possivelmente esteja pensando em ser candidato para ocupar espaço na política brasileira, tão necessitada de novas lideranças. Se tirar o Eduardo, tem a Marina que não tem nem partido político, tem o Aécio que me parece com mais dificuldades de decolar. Então é normal que ele se apresente e viaje pelo Brasil e debata. Ainda pretendo conversar com ele. A Dilma já conversou e mantém uma boa relação com ele”. 

Lula também aproveita a entrevista estrategicamente cavada para se antecipar a críticas sobre suas viagens internacionais de negócios junto com empresários ou bancadas por grandes empreiteiras: “Se alguém tiver um produto brasileiro e tiver vergonha de vender, me dê que eu vendo. Não tenho vergonha de continuar fazendo isso”. Lula também se vangloriou da atividade de palestrante, que lhe rende muito dinheiro: “Há pouca gente com autoridade de ganhar dinheiro como eu”. O inconsciente dele parece sincero em tal declaração...
Ouro grande drible que Lula deu nos repórteres que o entrevistaram. Embora indagado com jeitinho, Lula não falou no caso Rosemary Nóvoa Noronha, sua melhor amiga e afilhada política, que foi afastada da chefia do Gabinete da Presidência da República em São Paulo, e sob investigação na Operação Porto Seguro, da Polícia Federal, por crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica, tráfico de influência e formação de quadrilha.
O Rosegate é estrategicamente abafado – da mesma forma como ocorreu com o hediondo crime de tortura, sevícia e assassinato de Celso Daniel. Rose planeja até ser candidata a deputada federal, com o apoio de Lula – que vai aparecer como candidato ao senado por São Paulo em 2014, se a saúde permitir. Da mesma forma que o caso Rose, Lula não falou do Mensalão, elegando que só dará sua opinião como cidadão quando o processo chegar totalmente ao fim.
Mais uma vez, como de costume, Lula dá uma entrevista exclusiva e só fala o que lhe interessa.
Se tiver estômago, veja a matéria completa de Lula no jornal Valor Econômico:

Sem voz

No seminário "Novos Desafios da Sociedade", realizado ontem em São Paulo, Lula brincou com o fato de continuar muito rouco, para induzir o raciocínio de que vai muito bem de saúde:

"Me desculpem a garganta, está cansada e fiquei rouco. Não se preocupem, não é um câncer".

Se Lula está realmente bem e totalmente recuperado só o tempo dirá...

Releia o artigo dominical deste Alerta Total: O Arakiri baiano no Condomínio Petralha

Sem Graça...

Na entrevista ao Valor, Lula aproveitou até para dar uma indireta alfinetada em uma pessoa a quem obrigada a engolir em uma briga intestina.

Lula fez ironia com o comportamento da “presidenta” da Petrobrás, Maria das Graças Foster, comparando a ação dela com a dureza de Dilma:

A Dilma é assim e é assim que ela é boa para o Brasil. A mesma coisa é a Graça [Foster]. É uma mulher muito respeitada também. Não brinca nem é alegre, mas cada um tem seu jeito de ser”.
Lula tem uma bronquinha com Graça porque ela tenta, mas não consegue, detonar a turma de José Sergio Gabrieli – amigo e um poderoso afilhado do chefão petista.

Dia do Fico



Ainda de fora

A conselheira do Conselho Nacional do Minitério Público (CNMP) Claudia Chagas decidiu ontem prorrogar por mais sessenta dias o afastamento do procurador de Justiça e ex-senador, Demóstenes Torres, de seu cargo no Ministério Público de Goiás.

A relatora do caso entendeu que, como as investigações no CNMP sobre o envolvimento de Demóstenes Torres ainda estão em curso, “a presença do requerido no MP/GO, exercendo as atribuições de procurador de Justiça, é inconveniente ao serviço e pode vir a colocar em dúvida a credibilidade da instituição perante a sociedade”.

O prazo final sobre o afastamento do procurador, decidido em janeiro deste ano, terminaria no próximo domingo, 30/3, e Demóstenes voltaria às atividades no MP/GO na segunda-feira, 1º de abril - o famoso Dia da Mentira...

Piada Séria



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Março de 2013.

7 comentários:

Jurandir D'almeida disse...

MAIS UMA MATÉRIA PAGA COM DINHEIRO ROUBADO DOS BRASILEIROS ..... O POVINHO BURRO...

Anônimo disse...

LECH WALESA DIZ QUE MINORIA GAY “PERSEGUE E CASTIGA” HETEROSSEXUAIS

Walesa, considerado o herói na luta contra o comunismo e símbolo da chegada da democracia à Polônia, disse há algumas semanas que os homossexuais “deveriam se sentar na última fila do Parlamento ou até mesmo atrás de um muro”, e não pretender impor suas posturas minoritárias frente à maioria da população.

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2013/03/26/lech-walesa-diz-que-minoria-homossexual-persegue-e-castiga-heterossexuais.htm

O texto é auto-explicativo!

Anônimo disse...

Até que enfim esse imbróglio provocado pelas minorias, desrespeitando a Democracia e a Constituição, quer goste ou não do Feliciano, está servindo para expor a vergonha de mensaleiros, bandidos condenados, participar da Comissão de Constituição e Justiça. Justamente por ter bandidos na CCJ é que temos penas ridículas para bandidos, ficando o cidadão de bem, desprotegido, inclusive com o apoio dessas minorias que querem impor suas vontades no grito. Sim, a maioria da imprensa também.
LECH WALESA DIZ QUE MINORIA GAY “PERSEGUE E CASTIGA” HETEROSSEXUAIS

Walesa, considerado o herói na luta contra o comunismo e símbolo da chegada da democracia à Polônia, disse há algumas semanas que os homossexuais “deveriam se sentar na última fila do Parlamento ou até mesmo atrás de um muro”, e não pretender impor suas posturas minoritárias frente à maioria da população.

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2013/03/26/lech-walesa-diz-que-minoria-homossexual-persegue-e-castiga-heterossexuais.htm

O texto é auto-explicativo!

luiz disse...

SERRÃO, Eu já vi o enredo desse filme, e a coisa não terminou nada bem...

CADÊ OS GENERAIS DESSE PAÍS???

MARCHA PELA JORNADA NACIONAL DE LUTAS DA JUVENTUDE percorre as ruas do centro da cidade para 'denunciar o racismo e violência da polícia de SP, o sistema de inclusão nas universidades estaduais proposto pelo governador tucano e pedir democratização dos meios de comunicação e da Reforma Agrária'; participaram do protesto a União Nacional dos Estudantes (UNE), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a Nação Hip Hop Brasil

Anônimo disse...

Entrevista paga do analfa gatuno. Povo burro merece.

Anônimo disse...

Jorge

Ontem escreveu que o Exercito vai proteger o Papa quando nos visitar.

Estou totalmente de acordo, por que eles e a Inteligência militar estão bem preparados.

Ainda pensei que a soviética ABIN fosse encarregada disso. Eles estão contaminados. "Acordos culturais" foram feitos com Cuba, Venezuela e Putin. Isso pode num serviço de Inteligência que se preze? Acordos culturais com o inimigo que deveria combater? Só mesmo por aqui! Pelos vistos ainda bem que não vai ser.

Tenho guardado um artigo publicado em 04 de abril 2005 de Regina Céli Assumpção, que passo a transcrever.

No final, indico o link onde a noticia "estava", pois ela sumiu, mas nada que a Inteligência militar não consiga recuperar.


"Audiência discute intercâmbio com serviço secreto de Cuba

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional vai ouvir nesta quinta-feira (7) o diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Mauro Marcelo, que vai prestar esclarecimentos sobre a aproximação entre o órgão que dirige e a agência de serviço secreto de Cuba.

Para o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), que solicitou a audiência pública, o intercâmbio entre os governos brasileiro e cubano deve ser explicado à sociedade em razão de notícias de desrespeito aos direitos humanos por parte do serviço secreto de Fidel Castro. O deputado também quer informações sobre a possibilidade de funcionários da Abin participarem de cursos do serviço de inteligência de Cuba.

A reunião será às 10 horas, no plenário 3.

Reportagem - Regina Céli Assumpção

Data de Publicação: 4 de abril de 2005"


http://www.direito2.com.br/acam/2005/abr/4/audiencia-discute-intercambio-com-servico-secreto-de-cuba
Data de Publicação: 4 de abril de 2005

Anônimo disse...

“Acho que empresário corrupto tem que ter medo do PT, pessoas que degradam o meio ambiente têm que ter medo do PT, pessoas que praticam corrupção têm que ter medo do PT, aqueles que querem manter relações com o Estado entrando pela porta dos fundos têm que ter medo do PT…” (Candidato Dom moluscone, Caros Amigos, 2001)
E pelo jeito conseguiu... tudo e como sempre bem ao modo do ParTido com um aparelhamento sem fim!