terça-feira, 12 de março de 2013

Respeito ao direito dos Corinthianos na Bolívia


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antonio Goulart

Fui informado, nesse final de semana, que as condições em que os doze presos brasileiros estão sendo tratados na Bolívia são desumanas. Muito me entristece essa informação, não apenas por ser corinthiano, mas, antes de tudo, por ser brasileiro. Afinal, essa situação não simboliza o desrespeito com os torcedores, mas sim com todos nós, brasileiros, principalmente, se considerarmos que o responsável pelo disparo do sinalizador, que culminou na trágica morte do jovem Kevin Espanha, já se entregou à polícia brasileira. Mesmo assim, nada parece esclarecer e muito menos resolver a questão no país vizinho e, enquanto isso, brasileiros inocentes são mantido presos.

Estou cobrando a presença de autoridades brasileiras no julgamento, que será essa terça-feira (12/03). Já fiz contato com o nosso Ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, para saber quais providências podem ser tomadas para que seja assegurado a esses homens um tratamento de acordo com as leis que regem os Direitos Humanos. Muitos desses brasileiros, agora aprisionados, são pais de família, trabalhadores, não eram criminosos e nem em seus piores pesadelos poderiam imaginar, que a felicidade de assistir a um jogo da Libertadores, teria esse desfecho ao final do segundo tempo: dividir uma cela com falta d’ água para higiene pessoal e com risco de ser roubado por parte dos outros presos.

Foi necessária a visita dos nossos deputados federais na Bolivia, especialmente Walter Feldman, para que tais condições fossem constatadas. Coincidentemente, eles estavam lá para a reunião da CPI do Trabalho Escravo e aproveitaram para visitar nossos 12 brasileiros. E o que foi que encontraram? Condições subumanas da mesma forma. Por isso, farei o que estiver ao meu alcance para que não haja mais injustiças relacionadas a esse julgamento. Artefatos como os sinalizadores  devem ser coibidos  nos estádios e os responsáveis, punidos. Inocentes jamais poderiam pagar pelo crime que não cometeram.

Antonio Goulart é vereador pela cidade de São Paulo e membro da torcida Gaviões da Fiel.

18 comentários:

Anônimo disse...

É no sofrimento que se tira a melhor da consciência! Não como aqui, aonde punição vem com ares de "me desculpe por fazer isso com você", senhor bandido. No Brasil, o marginal vem sempre adornado com aura de injustiçado. Muito bem Bolívia, jogue esses vagabundos na mesma prisão que usa para seu próprio povo. Nada de mordomias! E não se preocupe com a culpabilidade individual, pois como grupo, são cúmplices. Nenhum iria tentar ou tentou evitar o ato irresponsável. As conseqüências é que farão a diferença na percepção deles sobre tal ato. É assim que se aprende! Jmv

Paulo Figueiredo disse...

O cara que vai para a Bolívia praticar crimes deveria saber o que estava fazendo. O problema é o mau costume; aqui faz-se e desfaz-se e nada acontece; foi preciso que os bolivianos dessem exemplo aos brasileiros de que crime é crime e pronto. O resto é pura desfaçatez de quem está acostumado aos “jeitinhos”.

Anônimo disse...

Sinceramente,
12 vagabundos a menos que infestam os nossos estadios.
Parabens policia Boliviana.
Os torcedores que vao aos estadios brasileiros para torcerem pelos seus clubes agradecem.
E nada de privileios coloca eles juntos com os outros presos bolivianos para vermos se ele são tao valentes como gostam de mostrar aqui no Brasil durante os eventos esportivos

Anônimo disse...

Que monte de asneiras. Não há inocentes neste grupo de 12 vagabundos; se não são culpados por uma coisa, o são por muitas outras.
Espero que o governo boliviano os julgue e condene à prisão perpétua. É assim que ser acaba com essas hordas de fanáticos criminosos.

Anônimo disse...

Anotem o nome do autor deste excremento e cuidem para não elegê-lo no próximo pleito.

Anônimo disse...

Anotem o nome do autor deste excremento e cuidem para não elegê-lo no próximo pleito.

Anônimo disse...

Anotem o nome do autor deste excremento e cuidem para não elegê-lo no próximo pleito.

Anônimo disse...

Anotem o nome do autor deste excremento e cuidem para não elegê-lo no próximo pleito.

Renato Martins Barcellos disse...

Já anotei...

Anônimo disse...

O culpado já se entregou à polícia? Que gracinha! Refere-se, acaso, ao menor que se apresentou como carta de alforria para os marmanjos da turma abestalhada? Essa foi uma manobra das mais abjetas, que só mereceu repúdio dentro e fora do nosso país!

Anônimo disse...

Tinha que ser curintianu um estrupício destes, para querer defender um bando de maloqueiros que quebram tudo quando o timeco consegue ganhar alguma coisa à base de roubalheira, apito amigo ou macumaba braba !!!!!!!!!!

Ronald disse...

Chega dessa porra de politicamente correto : fez merda, tem que pagar. Até um país de merda como a Bolívia consegue mostrar ao Brasil que lei é para ser cumprida.
Eu adoraria ver essa escumalha condenada por alguns anos.
Como representantes desse clube bandido estes marginais servirão como exemplo.
Que apodreçam na cadeia boliviana.
Sds

Anônimo disse...

Cocordo com o que foi dito acima! É revoltante a instituição que querem impingir a marteladas como sendo coisas do "povo" brasileiro! O povo não é isso aí que esses canalhas apregoam! Existe uma parcela muito grande e expressiva do verdadeiro povo brasileiro que é real e séria! Até os "atrasados" (pensam assim) bolivianos tem mais noção de cidadania e respeito pelas leis e pela vida!

CARLOS TADEU AMES disse...

Eu pensava que tudo estava perdido...mas ainda existem pessoas, conforme os comentários, corretas e que estão, assim como eu, com o "saco" cheio de ver barbaridades e impunidades.

Anônimo disse...

Somente um que também faz parte da torcida, e ainda quer aparecer por ter se elegido através desta torcida formada por muitos bandidos, que em jogos dentro do Brasil fazem o que querem, destroem e matam pessoas de outras torcidas para colocar tal artigo e ir tentar libertar esta guangue. Que a Bolivia faça justiça deixando apodrecer como exemplo para todos outros que acham que sempre podem fazer o que quiser, a começar pelo ex-presidente que se diz corintiano e também acha que pode sempre cometer qualquer golpe e não pagar por nada. O menor simplesmente foi um laranja plantado para levar a culpa, porque "de menor" aqui pode matar e nada acontece.

Anônimo disse...

fui verificar porque uma pessoa escreveria tal comentário desses, parei de ler pois verifiquei que é vereador e membro da gavioes da fiel,parei de ler essas asneiras....Só acho que bandido e assassino deve puxar muitos anos de cana, a justiça da bolívia deu uma lição a brasileira.

Anônimo disse...

Aos porcos na segunda e aos bambis de plantão morram de inveja o Corinthians conquistou o status que possui de campeão da libertadores e Bi mundial da Fifa cambada de coitados. Infelizmente uma série de irresponsábilidades permitiu que a vida de um jovem fosse ceifada e o culpado deveria e deve pagar por isto mas lembrem acima de ser corinthiano é um grupo de Brasileiros presos por ir assistir uma partida de futebol onde poderia ser qualquer um inclusive eu que sempre que posso vou ao estádio, quanto a situação das leis do nosso país, bom são pessoas eleitas por vocês mesmo que legisla este monte de leis ridículas que permite uma série de injustiça é a democrácia os representantes do povo no poder.
Este estardalhaço todo é simplesmente por se tratar de corinthianos e quando se trata de qualquer coisa relacionada ao Corinthians vira manchete o sinalizador tem que ser proibido pelo regulamento da MEDIOCRE Comebol e fiscalizado pela polícia local devidamente informada pelo clube mandante coisa que até esta descrito no regulamento mas não é feito assim como um monte de parágrafos que é alterado a maneira desta instituição que em décadas nunca fez nada por este torneio mas o torcedor Brasileiro venera. Ao Sr vereador relaxa da mesma forma que tem antes de políticos que pensem no bem estar das pessoas, torcedores de outros clubes eleitos por eles mesmos só não deixe de dar auxílio tanto para os que estão presos de forma injusta e gratuíta como aos familiares que também deve estar passando por maus momentos pois no meu caso sou um trabalhador pai de familia e no caso deles também. Por muito menos estão matando Brasileiros em outros países e este monte de m.... pessoas não postam nada mas fazer oque assim é o Corinthians amados por muitos e odiados pela corja.

Anônimo disse...

Creio que independente de time do coração, o Brasil está deixando seus filhos no olho da rua, isso sim! Se fosse aqui um estrangeiro dar cabo de um brasileiro, a policia aqui não está nem aí! Os corinthianos não tiveram a intenção de matar e se fosse assim, todo mundo que entrou com fogo de artificio no campo devia ser preso. Estão presos porque são brasileiros e o brasileiro lá fora não vale nada! Não vale nem para os nossos governantes, que não estão fazendo naaaaada!