sábado, 13 de abril de 2013

O avião Brasil está em pane


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Ênio Mainardi

Quem conhece aviação sabe: do ponto A, de onde o avião decola até o ponto B, seu lugar de destino, ocorrem muitos problemas. O voo nunca sai como ele é rigorosamente planejado. Pode haver ventos fortes, de través, que empurram o aparelho para a esquerda ou para a direita. Tempestades, com termais que fazem o avião subir e descer, violentamente. É preciso então o piloto corrigir a deriva, recolocá-lo em sua rota original e chegar inteiro ao seu destino.  

Este papo de avião é só para comparar os percalços de um voo, no caso o avião Brasil em queda e a atitude profissional que se exige do piloto, o Estado, evitando um desastre fatal em que nos espatifaremos todos lá no chão, no meio de um incêndio sem sobreviventes.  

A Dilma não sabe voar, nunca tirou brevet, reconheçamos. Seus 39 ministérios tem cada um sua rota particular, voltada para os bons negócios que seus funcionários podem auferir.  

O parlamento é um conjunto esdrúxulo de políticos picaretas – muitos dos quais estão sendo processados, apenas ocupando as vagas de senador por acordo prévio com quem financiou suas campanhas e depois mudou de emprego, deixando a herança de uma boca-livre.  

Tudo se arrasta, estamos meteorologicamente no meio de um CB (cumulus ninmbus, nuvem violentíssima que costuma derrubar aviões).  

Os partidos, totalmente sem base ideológica – só fisiológica, com acertinhos de cargos e comissões que justificam suas manobras, que chamam de “políticas”.  
As câmaras de deputados e as lideranças das duas casas do legislativo, com as mãos sujas. O sistema democrático, envolvido no maior conto do vigário já havido neste país: os bolsas-disso, bolsas-daquilo, subsidiadas por esmolas do Estado, que em troca de sua subserviência e ignorância querem, exigem seus votos despolitizados, sem conteúdo.  

A justiça, o STF, esse ainda tem alguns ministros que honram a sua toga. Outros, indicados pela politicalha. Mas o funcionamento da justiça está sob a iluminação de acusações pesadas aos juizes-ladrões e as corporações de advogados que lhes dão cobertura começam a perceber o fim do baile na Ilha Fiscal.  

A federação dos estados é injusta e faz prevalecer a vontade dos capitães-do-mato, que exploram as desigualdades na representação política, à seu favor pessoal.  

Ainda metaforicamente, a verdade dura é que o avião Brasil está “batendo” e estamos perdendo altitude.  

As bancadas evangélicas são o melhor 3x4 de tudo que é porcalhão na política, fedendo demagogia pura.  

Os sindicatos, o BNDES, a Petrobrás...tudo aos pedaços. Essa falsa democracia brasileira esgotou seu modelo de injustiças e de pura bandidagem.  

E onde está o Exército?  

Não caberia ao Exército uma posição de mediação moralizadora, recolocando as perspectivas deste país de maneira mais justa, generosa? O Exército tem base constitucional para uma intervenção saneadora.  

Precisamos mesmo que continuar vivendo com esse PT porco que aparelhou tudo?  
Com esse Lula que manda na presidente, desavergonhadamente?  

Temos dois pilotos, cada um com um manche na mão, cada qual puxando o país numa direção. Na direção deles, não da nossa." 
Enio Mainardi é Jornalista.

7 comentários:

Julio de Andrade disse...

Excelente, é isso que queremos que o exército se envolva, que mostrem a essa corja que o Brasil não é o quintal da cada deles. Pelo amor de Deus façam alguma coisa, o que está acontecendo aui já passou de todos os limistes, educação e saúde sucateados, violência sem controle, impunidade em todos os níveis, impostos os mais altos do planeta, só para sustentar essa bandidagem que está instalada em Brasília, as forças armadas não podem lavar as mãos, o PT e PMDB mais os partidos de aluguel estão acabando com o Brasil.
Vanda Magalhães Vieira

Anônimo disse...

Ainda é cedo; tudo tem a sua hora própria.
E a hora própria para o Brasil fazer nova faxina ainda não chegou.

macanudo disse...

Concordo plenamente!! É um verdadeiro escárnio com a Nação Brasileira. Este bando de cafajestes está apenas se locupletando com a corrupção reinante neste País, não importando com o amanhã, pois eles já sugaram (e ainda estão sugando) as nossas riquezas. Bando de larápios, aproveitadores!! Comunistas emperdenidos!! Cadê os comandantes militares!!!??? Não temos mais!!! Que saudades do Garrastazu Médici!! Chega desses
canalhas que hoje comandam o Brasil!!! Esta cambada de larápios está passando dos limites!!! PE neles!!! Sempre PE!!

Fausto Ferraz disse...

Parabéns Serrão por vocalizar o pedido de um dos MAIORES publicitários da história do Brasil. Que venha os militares saneando nosso País, instaurando um junta governativa e REFUNDANDO nossa democracia ! Esta que temos, é como jogar no cassino do AL CAPONE,e como bem diz o grande advogado Dr. Ribas,está tudo viciado !
BRASIL ACIMA DE TUDO !!

Fausto Ferraz

Anônimo disse...

Também quero e espero uma intervenção rigorosa das FFAA.
É imperioso e premente que as Três Armas, agindo com harmonia, disciplina e rigor, criem um NOVO MOMENTO INSTITUCIONAL no país.
E que os primeiros a irem sumariamente para a cadeia sejam os políticos corruptos. Sobrarão poucos, o que é muito bom.
Clamo por uma enérgica e decisiva Intervenção Militar.

Anônimo disse...

Não vejo a hora de ter o prazer de ouvir na tv, "interrompemos nossa programação para informar que as forças armadas acabam de invadir o congresso e se dirigem agora para o Palácio que passára a ser chamado de Palácio da Nova Alvorada". - Não consigo mais viver com minha família nessa pocilga!

Marcelo Duarte Lins disse...

É muito mais arrasto que sustentação. Resultado: O avião não voa!