terça-feira, 16 de abril de 2013

O Rio vai entupir


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Haroldo P. Barboza

Não estou me referindo a nenhum dos rios de nossa região. Estes já estão (propositalmente) entupidos desde os anos 40. O volume de lixo cresceu muito por 4 fatores principais:

A – a população aumentou.
B – aumentou exponencialmente a falta de educação e a escassez de artefatos recicláveis.
C – aumentou o desvio de verbas destinadas ao serviço de limpeza pública.
D – a promessa de limpeza continua sendo um excelente trampolim eleitoral.

Estamos falando da cidade do RJ, que está em evidência pela aproximação de grandes eventos esportivos em 2014 e 2016. A mídia vem noticiando com muita propriedade sobre a possibilidade de caos nos transportes e na rede hoteleira com a chegada de quase 200.000 pessoas para estes eventos.

Nosso aeroporto está saturado e as obras paliativas em andamento, mesmo se terminadas a tempo, não evitarão os grandes transtornos em nosso terminal internacional que é mais obsoleto em terra do que no ar. Apesar de “terminal”, é aí que começam os problemas dos turistas que nos trazem divisas.

A quantidade disponível de táxis não é suficiente para evitar que os clientes fiquem mais de 20/30 minutos aguardando um veículo. Para minimizar, as autoridades do aeroporto serão capazes “em regime especial” de liberar o uso de carros mal conservados, os táxis “piratas” e as vans degradadas e manobradas com altos riscos de acidentes.

Na parte de hotelaria, certamente ainda não temos 50.000 leitos disponíveis para abrigar tal quantidade de visitantes. Mesmo com ajuda de Niterói e adjacências não devemos chegar a 100.000 camas. Uma enorme parcela vai acabar alugando “quartos” em favelas (com bela vista para o mar poluido), dormindo em albergues e até mesmo em colchões de campanha nos jardins da Quinta da Boa Vista e em barracas nas praias.

Se você pensa que isto é o pior, prestem atenção a um evento (que a mídia não alardeia pois não envolve construção de estádios superfaturados) que vai acontecer em meados de 2013 e deverá trazer transtornos quase 10 vezes maiores. É o encontro mundial da juventude Católica, com previsão de 2 milhões de visitantes.
Tem vaga na casa do seu cachorro para um casal sem filhos?

Nossa sociedade é um colosso. Sobrevive no fundo do poço!

Haroldo P. Barboza é Professor de Matemática (infantil) / Informática e diversão para 2,5a. idade! - Vídeos educativos. Mais: Xadrez, Sudoku, Sinuca e Bocha. Autor dos livros: Brinque e cresça feliz  /  Sinuca de bico na cuca.

2 comentários:

Anônimo disse...

É só chamar e pedir ajuda às Forças Armadas. Já pensaram: barracas para dez praças, servindo de albergue bem guarnecido de segurança; caminhões e viaturas, como táxi suplementar; cozinhas de campanha, como restaurantes e cantinas adicionais.
Do jeito que as coisas estão não seria uma má ideia. Afinal, as pobres FA(Forças Armadas)bem poderiam faturar um troquinho.

Anônimo disse...

Multipliquem esta quantidade de gente pela quantidade de dejetos produzidos por pessoa, e verão um número assombroso. Conclusão: estamos na merda! De fatos e de factoides.