sábado, 27 de abril de 2013

Valores e Princípios


“A Instituição será maculada, violentada e conspurcada diante da leniência de todos aqueles que não pensam, não questionam, não se importam, não se manifestam”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Marco Antonio Felicio da Silva

Afastado por alguns dias do computador e da Internet, foi com surpresa que tomei conhecimento de uma possível punição a ser aplicada ao Cel Paulo Ricardo da Rocha Paiva por ter se manifestado publicamente, ao discordar de afirmativas constantes da Ordem do Dia, relativa ao dia do Exército.

Em primeiro lugar, há que se reafirmar que a Lei 7524, de 17 de Julho de 1986, respeitados os limites estabelecidos na lei civil, dispõe sobre a livre manifestação, por militar inativo, independentemente das disposições constantes dos Regulamentos Disciplinares das Forças Armadas, sobre assunto político e externar pensamento e conceito ideológico, filosófico ou relativo à matéria de interesse público.

Sem dúvida a matéria abordada pelo Cel Paulo Ricardo Paiva é de interesse público, pois, trata de assunto atinente às Forças Armadas, à História Pátria, à Política e à Segurança nacionais e a valores e princípios, imutáveis, cultuados por gerações de militares, os quais, Ele, Cel Paulo Ricardo Paiva, por formação familiar e profissional, defende com tenacidade, corajosa e lealmente, no que é apoiado por centenas de seus camaradas, superiores, pares e subordinados.

Torna-se necessário repetir, para melhor enfatizar, que tais princípios e valores não podem ser postergados por circunstâncias conjunturais ou por quem quer que seja, investido de autoridade temporária e, principalmente, quando não é forjado, durante toda uma vida, pelas lides da caserna.

Por acaso, encontramos algo de mentiroso nas assertivas colocadas pelo Cel Paulo Ricardo Paiva?

Por acaso, não foi o atual Ministro da Defesa, quando Ministro das Relações Exteriores, que defendeu e assinou, representando o Brasil, a Declaração das Nações Unidas Sobre os Direitos dos Povos Indígenas, colocando em risco a integridade do território nacional, verdadeiro crime de lesa-pátria?

Por acaso, o revanchismo da esquerda derrotada em 64, apesar da lei de anistia, hoje no Poder, incluso representada pela Presidente da República e pelo atual Ministro da Defesa, não se faz em toda plenitude através da malsinada Comissão da Verdade, plena de ilegalidades, de “escrachos”, levados a efeito por organizações internacionais e comunistas como o MST e a Via Campezina, sem qualquer oposição firme das Forças Armadas,  perseguindo velhos militares, combatentes da luta armada e fratricida, iniciada pelos comunistas para a implantação de uma ditadura do proletariado no País?

Por acaso, é este o Estado Democrático de Direito, perpassado pela corrupção e por ilegalidades, tendo à frente Poder Executivo, caracterizado por populismo assistencialista na busca de currais eleitorais, sem um projeto de Nação, ladeira abaixo e pela desarmonia entre os poderes Legislativo e Judiciário, que devemos comemorar?

Por acaso, qual a razão dos agradecimentos a quem tem a obrigação legal de zelar pela Segurança Externa do País, provendo às Forças Armadas do que necessitam em material, recursos financeiros e pessoal instruído e adestrado em consonância com o perfil político e estratégico que o Brasil deve ostentar na defesa de seus interesses?

Caro Cel Paulo Ricardo Paiva, parabéns pelo seu patriótico alerta. Conte com a solidariedade dos que comungam dos mesmos princípios e valores. Creio que sua punição jamais virá, pois, motivos não existem. Por outro lado, teriam que punir todos aqueles que, como Você, também pensam e se manisfestam publicamente.

Marco Antonio Felicio da Silva é General na Reserva.

11 comentários:

Anônimo disse...

parabéns, nobre Gal, pelo apoio ao nobre e corajoso Cel. precisamos nos unir contra esses bandidos que estão destruindo não so povo mas também o patrimônio brasileiro.

Anônimo disse...

A solução é pegar duas L-200, Ranger, S-10.. e estacionar na garagem do local onde estiver reunida toda a corja PTralha.
Armam-se as Pick ups bomba... e aciona-se a bomba por celular...
A Bomba explode e toda a PTralhada é exterminada. Matam-se vários coelhos com uma só cajadada.
Esta dada a sugestao...

Anônimo disse...

O Gal. Enzo Peri - Comandante do Exército não possui mas sangue verde oliva em suas veias, escolheu o caminho dos covardes e entregou àqueles que bravamente construíram este país, às hienas petistas. Lembrem-se os decentes deste país estão ao lado das FFAA na luta contra os bandidos que estão no poder. Ouçam o clamor do povo brasileiro e tirem estes bandidos do poder. Nós patriotas agradecemos !

Anônimo disse...

Pode até ser um começo, 11:31AM! Nem se preocupe com a repercussão da ocorrência porque terrorismo e terroristas são bem quistos, bem chegados e bem remunerados por aqui. No final, se alguma coisa der errada, nem precisa requisitar asilo político por que o lugar é aqui mesmo. Só acho que a "cajadada" tem que vir do alto. É bom ser rápido porque o contrato de manutenção das relíquias (Mirage) do nosso arsenal expira em 26 de dezembro próximo. Já pensou! E não se vê ainda nada de novo no radar! Rsrsrs...tamo fufu!

Anônimo disse...

Apoiado, General!
Parabéns, Coronel!
Fora, bandidos PTralhas!

Anônimo disse...

Felicito o Apoio do General ao Coronel, e este pela coragem de afirmar que não concorda com os caminhos que estamos trilhando. A reserva tem que se unir, e democraticamente, via representantes políticos se manifestar na Camera Federal. Nestas próximas eleições vamos nos unir e eleger representantes que estejam preocupados com a integridade da Pátria, com a Educação dos nossos Filhos, com os Valores da Família e da Pátria. Pela Liberdade, pela Igualdade de oportunidade, e pela Fraternidade. Pelo amor a nossa Pátria e pelo nosso futuro. Saudações, TFA.

Anônimo disse...

Está na hora desses soldados largarem as canetas e carregarem os fuzis!

Anônimo disse...

As Forças Armadas são a esperança que resta aos verdadeiros cidadãos brasileiros. O comunismo está batendo, novamente, em nossas portas. As FFAA brasileiras sempre foram o esteio da Pátria e, temos certeza, que na hora certa, nunca nos faltarão. Cagliostro

Anônimo disse...

Fala sério! Isso aí não é "comunismo" nem qualquer outra ideologia política. Isso é simplesmente tomada de poder por um bando de bandidos. É o primeiro pais completamente controlado por uma Máfia. Só resta alguns poucos indignados, inclusive das FFAA, mas estes mais parecem pertencerem a Academia Brasileira de Letras do que a de Agulhas Negras. Soldado é uma vocação de patriota. É a polícia da patria. Tem o dever de defende-la com a própria vida. A pátria está sendo estuprada e a "polícia" não aparece.

Anônimo disse...

Parabéns, General! O coronel Rocha Paive merece e precisa do apoio dos verdadeiros militares brasileiros.

Ronald disse...

E por que está demorando ?