quinta-feira, 16 de maio de 2013

Prioridades da Omissão da Verdade são derrubar a Lei de Anistia e mudar ensino dos militares


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net

A “Omissão da Verdade – que hoje completa um ano – já deixa claro um de seus mais importantes objetivos revisionistas e que vai criar atritos diretos com a área militar. O Grupo pretende propor uma “revisão drástica” no ensino das academias militares – principalmente na disciplina História. O presidente da CV alega que é preciso compatibilizar o ensino militar com a “democracia que estamos tendo (sic)”. A intenção é criar uma espécie de “Novas Forças Armadas”, naquela ótica mais adequada à Nova Ordem Mundial.

Outra prioridade estratégica da “Omissão da Verdade” é gerar uma pressão política para a derrubada da Lei de Anistia de 1979 – gerando mecanismos para punir os agentes do Estado acusados de “Repressores e torturadores”, porém poupando aqueles membros da luta armada que praticaram crimes hediondos e atos de terror explícitos. Os militares mais antigos não aceitam nem o revisionismo unilateral da anistia e muito menos a intervenção no ensino de suas academias. Mas como tendem a sair de cena com a reserva, reforma ou morte, num futuro próximo, tendem a virar “votos vencidos” pelo Foro de São Paulo.

A Omissão da Verdade, no entanto, parece contar com a complacência dos atuais comandantes militares. Os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica não largam os ossos de seus cargos desde o primeiro governo Lula. Trata-se de uma estranha demonstração de apego ao poder, totalmente avessa às tradições das três Forças. Até nos tempos da “ditadura” tão apregoada pela esquerda, havia rodízio natural entre os oficiais-generais de quatro estrelas e membros dos altos-comandos.

Com o fortalecimento do Ministério da Defesa – ocupado por um diplomata com o perfil abertamente ideológico-esquerdista de um Celso Amorim, os chefes das três forças se encastelam no poder de seus cargos e não entram em polêmicas sobre o regime pós-64. Autoritariamente, até impedem, oficialmente que as Forças Armadas celebrem, publicamente, a data de 31 de Março. Também impedem que instalações militares sejam usadas pelos militares da reserva ou por civis com tais fins.

A própria Omissão da Verdade comemora o fato de manter “uma boa relação” com o Ministério da Defesa (claro!) e com os três comandos militares (inteiramente submissos ao governo da turma do Foro de São Paulo, parecendo oficiais do alto escalão da velha União Soviética, que parece ter morrido no Leste europeu, mas renasce na América Latrina). Só não vê quem não quer o processo de desconstrução das Forças Armadas no Brasil rumo ao modelo estabelecido pelo Consenso de Washington (1989) que determinou a extinção do Estado Maior das Forças Armadas e sua substituição pelo Ministério da Defesa – preferencialmente com “civis” no comando.

O presidente da Omissão da Verdade, sociólogo Paulo Sérgio Pinheiro, promete um “relatório final contundente”, para reconstituir a veracidade dos crimes negados por seus autores diretos e mandantes. A intenção manifesta da CV é que “a impunidade dos mandantes e autores dos crimes da ditadura não prevaleça”. Tal hipótese só é viável juridicamente com a derrubada da Lei de Anistia ou se for aplicado um rigor seletivo apenas contra os agentes do Estado, livrando os criminosos com carteirinha ideológica de esquerda. Postura mais stalinista é impossível!

Em 29 de abril passado, o sociólogo Paulo Sérgio Pinheiro, claramente rasgou a Constituição, ao finalmente explicitar que o relatório final da CV pretende embasar processos criminais contra aqueles que forem apontados como violadores dos direitos humanos que agiram no período fixado pelo artigo 8º das Disposições Transitórias da Constituição de 1988. A intenção revanchista da CV vai diretamente de encontro ao que está claramente escrito na própria Constituição.

Pinheiro deixou claro ontem que o relatório final da CV fará recomendações para que o Brasil respeite uma decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) que, desde 2010, questiona a validade de nossa Lei de Anistia de 1979. Só um analfabeto legal e político não lê que está claro no artigo 8º das Disposições Transitórias da Constituição de 1988 que a Anistia não pode ser derrubada, como desejam os sete bem remunerados membros da CV, com suas visões revanchistas e revisionistas da História.

A Omissão da Verdade não quer saber de apurar nem tornar públicos os 119 atentados terroristas e assassinatos praticados pela esquerda entre 1964 e 1985. O regime dos militantes foi muito mais covarde e violento que o tal regime militar. Quem tiver dúvidas sobre tal verdade que leia o “Orvil: Tentativas de Tomada do Poder” (Editora Shoba, 2012). O livrinho de 922 páginas foi organizado pelo Tenente Coronel Licio Maciel e pelo Tenente José Conegundes do Nascimento, com rigorosa revisão do General Geraldo Luiz Nery. Tudo baseado em fatos oficiais, reais, objetivos – que a Omissão da Verdade covardemente quer apagar da História do Brasil.

A Presidenta Dilma Rousseff, marcada por seu espírito revanchista, pretende renovar o prazo de atuação da CV. Inclusive, sua amiga e advogada Rosa Maria Cardoso da Cunha deve ser a nova coordenadora dos trabalhos. Desde 16 de maio de 2012, cada um dos sete membros da Comissão Nacional da Verdade embolsam o valor mensal de R$ 11.179,36 (onze mil, cento e setenta e nove reais e trinta e seis centavos) pelos serviços prestados contra a soberania nacional do nosso Judiciário, pregando a derrubada da Lei de Anistia de 1979 - cujos efeitos são plenamente reconhecidos pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro.

A tal Comissão da Verdade é inútil. Tem propósito tático revanchista. Mas seu real plano estratégico é atingir psicossocialmente os militares. A intenção é manter alarmadas as forças armadas, atendendo a um objetivo dos verdadeiros inimigos externos do Brasil. Os membros da Oligarquia Financeira Transnacional investem nos agentes conscientes ideológicos para impedir que os militares, guardiões constitucionais da soberania do Brasil, tenham condições de cumprir seu papel.

Enquanto perdemos tempo com as CVs da vida, ultrajando a memória militar, não construímos um Projeto Nacional soberano para o Brasil... Na Verdade, sem necessidade de Comissão, Começões ou Omissões, precisamos olhar para a frente e não repetir os mesmos erros de um passado de um Brasil que não consegue se desenvolver e se tornar uma Democracia de Verdade.

Imagens fundamentais

Revejam o debate entre o General Luiz Eduardo da Rocha Paiva e a advogada Rosa Cardoso sobre a “Omissão da Verdade”, no último dia 30 de abril, no Canal Futura:



Leia, abaixo, o artigo de Sérgio Vaz de Aquino: Vamos falar e difundir a Verdade

Livros recomendados

Vale a pena uma leitura atenta dos livros da coleção “Brasil – só ama quem conhece”.

João Guilherme Ribeiro e seus filhos editam esse material fundamental para nossas crianças não serem enganadas pela historiografia reformista da Nova Ordem Mundial globalitária.

São textos para motivar a criança a gostar de História, para que, ao conhecer o passado, saiba seu lugar no presente e encare o futuro com orgulho e confiança.



Médicos cubanos, a verdade

Muitos dos “médicos cubanos” que o governo brasileiro pretende trazer de volta ao Brasil, na verdade, são militantes brasileiros de movimentos sociais formados na Ilha de Fidel.

Além do curso de Medicina, aprendem a ser “revolucionários” – o que os torna aptos a retornar à República Sindicalista do Brasil.

Veja alguns depoimentos de nossos “cubanos”...


Porcaria Geral
 


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 16 de Maio de 2013.

36 comentários:

Anônimo disse...

Ou as briosas FFAA reagem agora ou será tarde.
Quem viver, verá.
FFAA, socorram-nos.

Anônimo disse...

tudo somente com o interesse de explorar o brasil. para que não deixemos de ser colônia. lutemos contra esta tal nova ordem mundial.
o povo está enxergando que estão cada vez mais escravizados. e que esses políticos não tem o menor respeito pelo povo.

Politica sem Medo disse...

Tambem Serrao, nem sei como se permite que uma Conissao da Verdade seja instalada e conduzida por elementos claramente suspeitos de comprometimento com um partido de revanchistas. Aceitar essa comissao e se ajoelhar perante o inimigo e dizer: Pode me matar, use suas lancas e acabe de vez com nosso sofrimento, voce tem o poder nas maos e pouco esta se incomodando em ser imparcial. Seu intuito e a vinganca. De que?, ja que estao todos vivos, usufruindo das benecies do erario e enriquecendo ilicitamente. Chega de opressao, afunde de vez o pais para que possa haver um recomeco das cinzas, Bando de psicopatas do PT. Escravos do dinheiro facil!

Anônimo disse...

Fico sinceramente espantado com a atitude tanto dos civis como dos militares perante a ofensiva da Komissão da verdade, pois todos sabem que ela apenas e unicamente está perseguindo os militares e poupando assassinos como a dilma.

Ela è uma terrorista assassina. Não foi, è! È para todos os casos práticos, tal como estão acusando os militares de serem assassinos e não de terem sido.

Uma medida, dois pesos?

E o que esse panaca Komissário vermelho do peri, faz?

Rebola e goza? No chão? No tapete? Na cama? No tampo da sua mesa de trabalho? Na caserna?

Deixemo-nos de lamente, de choradeira, peguem em armas enquanto ainda têm munições e deitem abaixo este regime soviético!

Queira ou não queiram, se os militares de colhões avançarem, a classe civil sairá para as ruas para vos defender e apoiar. Tudo o resto, è conversa para boi dormir!

Vocês militares è que têm armas, não nós civis. O apoio logístico è vosso, não nosso. Nós apenas damos o corpo nas ruas para vos apoiar e defender.

Sempre foi assim!

Anônimo disse...

ARTIGO ESCLARECEDOR .
Contratação dos médicos cubanos: o que há por trás disso?
Aquí : http://notalatina.blogspot.com.br/

Marcio disse...

PUSERAM A BESTA DO APOCALIPSE PARA OS GOVERNAR...
AGORA, AGÜENTEM!
Por incrível que pareça, nos 20 países que se submeteram ao regime comunista e nos atuais constatou-se ser sugestivo a lembrança da Besta apocalíptica: destruição da nação, atraso geral ético-moral- cristão-financeiro e cultural, miséria, opressão violenta aos trabalhadores sob baixos salários e péssmia alimentação e altos índices de mortes por violência e desmedida tirania.
As fracassadas totais atuais Cuba e Coreia do Norte são exemplos acabados dos ideais do PSUV para a Venezuela, bem mais avançado, senão sedimentado, e do PT-Lula , para o Brasil, inclusive com as bênçãos de falsos religiosos Judas Iscariotes bispos e sacerdotes traidores de Cristo e da Igreja católica, defensores do Chávez bolivarianista e do Lula-Dilma-PT.
Quem vota nesses partidos acima quiseram isso para si, família e a sociedade como um todo, podendo ser como eles, considerado um doente mental, já que os comunistas sofrem da patologia da IDEIA FIXA, DA OBSSESÃO de que apenas eles têem solução para tudo...
Sim, têem a solução, de eles serem os carreiros, o povo sendo a boiada sob a canga, focinheira e por cima o chicote e o ferrolho para deixarem de ser otarios e acreditarem em entes ambulantes de ideias e comportamentos de satanistas...
Se não forem eles mesmos as legiões infernais sob formas humanas, castigando a todos por terem trocado Jesus Cristo por Karl Marx!...

Anônimo disse...

Não sei como os militares não se unem e reagem à altura do que está acontecendo!

Ronald disse...

O anônimo das 11:24 foi preciso no seu comentário.

FFAA JÁ !!!!

Pra ontem.

Anônimo disse...

nobres, honrados generais, O POVO BRASILEIRO CLAMA PELA SUA AJUDA, salve-os dos PSICOPATAS que se instalou no poder.

Jurandir D'almeida disse...

O ÚNICO ERRO, A ÚNICA INCOMPETÊNCIA DOS MILITARES, FOI NÃO TER EXTERMINADO COM ESSES COMUNISTAS TERRORISTAS QUE HÁ DEZ ANOS ESTÃO DESGOVERNANDO E ROUBANDO DESCARADAMENTE O BRASIL..

Anônimo disse...

cadê os generais de coragem, honra? se o Enzo Peri não tem coragem ou está comprado deixem pra lá. e avancem! o povo é que quer. o brasil é dos brasileiros e querem esta corja vermelha longe daqui.

Anônimo disse...

sou um soldado de honra e luto pela paz e harmonia, a minha arma por enquanto é a palavra, mas pego em arma de verdade se preciso for.

faço minhas as palavras deste cel.

Um código de honra para os soldados (ou para os verdadeiros heróis)

Mário Monteiro Campos - Coronel Dentista Ref EB.

“O soldado é um profissional que usa as armas e/ou a força para, em princípio, garantir a Justiça; mas o código de honra proposto abaixo pode ser usado por qualquer cidadão que tenha consciência da sua responsabilidade quanto à Paz Social. Qualquer cidadão comum que age como um soldado honrado, também merece o mesmo título de honra do soldado, que é o título de "Herói de Verdade".
Porém, um soldado que contraria o seu próprio código de honra é um soldado sem honra; e um soldado sem honra pode ser o pior tipo de covarde: aquele que usa sua força e suas armas para cometer ou ser conivente com as injustiças. E é por causa deste outro tipo de soldado, ou de pessoas, sem princípios éticos e sem honra, que o soldado honrado deve estar pronto para lutar.
Um soldado de honra deve ter como princípio básico a manutenção da PAZ e a prevenção da guerra, ou da violência. Mesmo com este princípio básico, um soldado de honra não se omite nem se acovarda diante de uma injustiça; e não espera ordens superiores para agir...
Um soldado de honra deve lutar, sempre que necessário, pela Justiça e pela Liberdade.
Um soldado de honra deve, acima de tudo, proteger os mais fracos dos mais fortes - com a sua própria vida, se for necessário.
Um soldado de honra não escolhe raça, cor, credo ou nacionalidade, para proteger; muito menos se aproveita de sua posição, de portador de armas, para discriminar quem quer que seja; privilegiando uns em detrimento de outros.
Um soldado de honra não aceita ordens que venham ferir os seus princípios - pois isso seria uma demonstração de covardia. Se ele está disposto a morrer pela sua honra, por que aceitaria uma ordem mesquinha, ou hedionda, de um burocrata interesseiro?
Um soldado de honra não esquece do seu código de honra e nem de seu propósito maior. Muito menos dá desculpas do tipo: não posso fazer nada; não tenho autorização; minhas ordens são outras...
Um soldado de honra tem, acima de tudo, seus princípios de honra e, baseado neles, não tem como cometer erros.
Um soldado de honra é um herói, por natureza, e sabe da sua condição. Por isso, um soldado de honra coloca os interesses dos seus protegidos acima de seus próprios interesses pessoais.
Comandantes honrados cobrarão estes princípios de seus soldados; e saberão que terão uma tropa honrada, não só sob seu comando, mas que também saberão agir corretamente, independente de ordens, quando for necessário.
O dia em que todos os exércitos do mundo forem compostos apenas por soldados de honra e por comandantes honrados, não haverá mais nenhuma necessidade de guerras no mundo.
Mas é claro que os governantes tiranos e ditadores - que usam os seus exércitos para dominação e conquistas, ou para impor suas ideologias, crenças, preconceitos e discriminações - jamais vão querer soldados de honra sob seu comando. Portanto, não espere que este código de honra seja difundido por este tipo de governante, ou por comandantes igualmente inescrupulosos ou covardes.
A única forma deste código de honra chegar aos soldados dos exércitos do mundo será através da divulgação por pessoas conscientes da importância de se ter, em nosso mundo, apenas soldados honrados; que possam ser os verdadeiros guardiões da Paz, da Justiça e da Liberdade; e não meros instrumentos do poder para manter povos oprimidos e subjugados pela força.”

Ronald disse...

Ver esse vídeo com essa nordestina me embrulhou o fígado !!!!

É para esse tipo de gente que meu dinheiro vai sob forma de remuneração da palhaçada ora batizada de CV ?

Coitada, mulher sem homem dá nisso ! Por que ela não contrata um desses dançarinos de salão, dublês de prostitutos para dar o que ela precisa ?

Anônimo disse...

Tânia SP
Este bando precisa que alguém os enfrente, eles são covardes tanto quanto o seu chefe Lula/Dilma.
Militares vão p/ as RUAS E O POVO OS SEGUIRÁ!!!
O anonino das 11:24 está corretíssimo, nós não temos armas, mas temos BOCA P/ GRITAR E O CORPO P/ APOIAR E DEFENDER!!!
Chega destes malditos peçonhentos no poder, a cada dia é uma q eles aprontam, roubam, estupram a Constituição e ninguém faz nada, vamos todos p/ RUAS.
Pergunto a mim mesma todos os dias prq os militares não fizeram paredão c/ esta corja? Hj estaríamos em paz...ainda é tempo!?!? Tem q começar pelo chefe e destruir este tal "foro de SP" pra ontem.....

Paulo Figueiredo disse...

Tanto quanto a aberração que formou esta tal “comissão”, que de comissão não tem nada, este programa também foi um circo montado; pois como a comissão, foi totalmente capenga. Todos contra o general. Até a disponibilização do tempo de fala foi desigual, como o próprio general se manifestou. A Dra. Rosa Cardoso usou o seu tempo para falar o que bem entendeu sem ser interrompida ou contestada pelo “apresentador” (totalmente parcial). Por estas e muitas outras, esta “comissão” desmoraliza-se. Com o apoio da mídia reacionária.
A VERDADE é uma só: Esta turma está querendo é mais dinheiro, além do que já receberam.

Anônimo disse...

acho que as FFAA não vão fazer nada enquanto o povo não ir às ruas pra pedir intervenção.

pessoal, vamos marcar outra marcha
com Deus pela nossa liberdade.

tem que ser pra este fim: pedir que as FFAA intervenha.

Anônimo disse...

vamos lutar para ter um governo militar. somente eles interessam por um povo educado, seguro e saudável. estes que estão no poder, usam os jovens e os pobres como massa de manobra pra se perpetuar no poder, enriquecer a si e seus familiares ás custas das altas taxas tributárias pagas por nós. deixaram o povo se transformar em ignorantes sem uma educação de qualidade de propósito para explorá-los. ACORDEM POVO!

fonseca disse...


Em todo país comunista não é permitido servir à Deus,pois elles são anti religião seja ela qualquer se seja.Aqui além dos ardís usados até agora,encontra-se em franco desenvolvimento a submissão dos líderes religiosos.Primeiro a católica,agora os evangélicos sendo que presbíteros,luteranos,batistas e outras denominações menos pentecostais,já rezam pela cartilha "politicamente correto" de determinação de valores.Logo logo,o futebol terá sua chance de se "politizar corretamente".Espero que pudesse o antigo ditado "futebol,religião e política não se mistura(am).
Na tchecoslováquia pelo menos elles não conseguiram amestrar a religião.Aqui,conseguirão amestrar este trinômio nacional?

Acho que;diante da total alienação da sociedade dita esclarecida,SIM.!!!.fonseca

Anônimo disse...

vejam com eles são bonzinhos para o povo de fora. a nossa saúde está caindo aos pedaços. vejam como eles tem respeito por vc cidadão.


Governo brasileiro doa US$ 10 milhões para a saúde da Palestina


Nada contra os palestinos, um povo sofrido que luta desesperadamente pelo direito de ter sua própria terra, em absoluto. O que não se entende é como o Brasil, com todos os problemas e dramas enfrentados por sua população na área da saúde, resolve sair por aí usando o dinheiro do contribuinte em iniciativas que não lhe trazem nenhum benefício. Confira a historinha abaixo.

Alexandre Padilha, nosso ministro da Saúde, inaugurou neste sábado (04/05) um centro médico na cidade de Dura, no sul da Cisjordânia, construído inteiramente com o meu, o seu, o nosso dinheiro, doado a custo zero pelo governo brasileiro ao governo da Palestina.

Considerando a medida uma "contribuição" aos "esforços pela paz" na região, Padilha explicou que dos US$ 10 milhões doados pelo Brasil à Autoridade Palestina, US$ 4 milhões saíram dos cofres do Ministério da Saúde, e estão sendo investidos em centros de reabilitação e de tratamento materno-infantil.

- Foi uma cerimônia bastante emocionante - disse o ministro depois da visita de três dias a Israel e Palestina, acrescentando que "os palestinos em Dura ficaram muito agradecidos pela nossa contribuição, que faz parte da colaboração do Brasil para ajudar na construção do Estado Palestino".

Muito emocionados e agradecidos devem ter ficado também todos os brasileiros que já passaram pela experiência de buscar socorro médico nos hospitais e postos de saúde por esse Brasil afora, menos, é claro, os que morreram nas filas de espera e no chão de seus corredores, é claro...

Anônimo disse...

fhc, sarney, collor, lula, dilma, devem ser todos julgados por crime de alta traição e consequentemente pagarem com a vida o mal que fizeram à soberania do Brasil. No minimo! No máximo, seria justiça popular, tão do agrado desses canalhas, desses bastardos políticos sem Honra pela Nação que um dia "se" governaram.

A vida dá tantas voltas, que talvez com um pouco de sorte, eles paguem com a vida o mal que fizera, fazem e continuam a viver.

Quando o Poder Popular que o PT e o MST querem colocar nas ruas, os políticos que se cuidem. Esse Poder Popular dá para os dois lados. O problema è esse, è a guerra civil. Só os bolivarianos não conseguem entender.

Gramsci e o Brasil.
"A Amazônia já não é nossa

(...)

Para Jaguaribe, “é absolutamente evidente que o Brasil está perdendo o controle da Amazônia”, sendo “urgentíssima uma apropriada intervenção federal” na região, especialmente através de “formas eficazes de vigilância da região e de sua exploração racional e colonização”. Cita como referência “um importante acervo de dados, contidos em relatórios” entregues à Abin (a agência de informações que sucedeu o SNI). Lamenta que “as autoridades superiores, entretanto, não vêm dando a menor atenção” a esses relatórios.

“Sem prejuízo das medidas neles sugeridas e de levantamentos complementares”, considera “indiscutível a necessidade de uma ampla revisão da política de gigantescas concessões territoriais a ínfimas populações indígenas, no âmbito das quais, principalmente sob pretextos religiosos, se infiltram as penetrações estrangeiras”. Diz que enquanto a Igreja Católica “atua como ingênua protetora dos indígenas, facilitando, indiretamente, indesejáveis penetrações estrangeiras, igrejas protestantes, nas quais pastores improvisados são, concomitantemente, empresários por conta própria ou a serviço de grandes companhias, atuam diretamente com finalidades mercantis e propósitos alienantes”.

Está certo o novo padrasto da Amazônia que o objetivo dessa ação é “criar condições para a formação de ‘nações’ indígenas e proclamar, subseqüentemente, sua independência — com o apoio americano”. Em “última análise” (permitindo-se, contudo, excluir “a eliminação dos índios adotada no século 19 pelos EUA”), o novo guru amazônico vê “duas aproximações possíveis da questão indígena: a do general Rondon, de princípios do século 20, e a atual, dos indigenistas”.

(...)

http://www.acessa.com/gramsci/?id=698&page=visualizar

Anônimo disse...

olha as piadas do Reagan sobre o comunismo

quinta-feira, 16 de maio de 2013
PIADA DE REAGAN SOBRE COMUNISMO- ASSISTAM

http://www.youtube.com/watch?v=_LIFyD0GR_I
LEIAM E SORRIAM


Pura verdade. infelizmente o comunismo submeteu a população soviética a um padrão de vida miserável, onde não havia praticamente nada disponível ( inclusive não havia batatas e nem liberdade religiosa). É uma pena um regime tão totalitário que matou só na União soviética 25 milhões de pessoas seja considerado esperança por alguns ignorantes


Fonte:http://gracanopaisdasmaravilhas.blogspot.com.br/2013/05/piada-de-reagan-sobre-comunismo-assistam.html

Anônimo disse...

as pessoas precisam deixar de idolatrar o che guevara. ele era um doente mental, mais precisamente um PSICOPATA que matava pessoas indefesas. quem mata pessoas indefesas, não é herói e sim COVARDE.

Anônimo disse...

lá alemanha, eles devem defender os "direito humanos". aqui se defende o "direito dos manos". que vergonha!
vejam aqui o pedido de ajuda da dilma ao presidente da alemanha para a "comessão da verdade".



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/dilma-pede-presidente-da-alemanha-ajuda-para-comissao-da-verdade-8375908

Anônimo disse...

Espero que nas forças armadas desponte um novo general tipo olympio mourao filho.

Anônimo disse...

A terrorista bulgara, libertou-nos!

Libertou-nos da Liberdade!

Anônimo disse...

E se os militares fizerem levantamento de rancho, já que a comida nem è boa para porcos? Talvez seja boa para generais nomeados pelo traidor lula e a vaca bulgara!

E se não fizerem formatura na parada?

E se deixarem de fazer a continência aos covardes dos oficiais?

E se os soldados, TODOS, ficarem detidos? Quem faz o trabalho braçal? O oficial covarde e bastardo?

Desobediência militar JÁ!

E se esses planos estiverem com os soviéticos petistas infiltrados nas FA?

Anônimo disse...

renan calheiros e o Senado, prestaram total vassalagem ao beijaram o olho do cu da dilma ao apoiarem a MP dos portos, que lhe dá todos os poderes, mas não para a sua modernização!

Ao PMDB, prometeu R$ 1 bilhão. E aos outros?

Anônimo disse...

Hoje, na Argentina onde foi receber 7 diplomas de doutor "honoris causa" sem nunca ter lido um livro, só mesmo a Argentina podia descer ao nivel da merda de vira lata ao atribuir 7 titulos de doutor, o maior traidor do Brasil em 500 anos de sua Historia, lula abriu a sua cloaca e gagou sobre a DEMOCRACIA, significado que desconhece:

"BUENOS AIRES - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a atacar nesta quinta-feira, 16, a imprensa brasileira - e, também, a da Argentina - durante a inauguração da Universidade Metropolitana da Educação e Trabalho (Umet) em Buenos Aires. Repetiu a frase dita dois dias antes, no Brasil - "Às vezes tenho a impressão de que a imprensa está exilada dentro de meu país" - e acrescentou:"Quando nós os criticamos, eles a imprensa brasileira) dizem que estão sendo atacados. E quando nos atacam, falam em democracia!"

Quando esse bastardo e ladrão souber entender que DEMOCRACIA não è sinônimo de ditadura, então poderá levantar-se do chão e deixar de andar de quatro, como os cachorros!

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,hoje-falam-mal-de-mim-e-da-dilma-diz-lula-sobre-a-imprensa,1032557,0.htm

Anônimo disse...

Onde é o proximo evento dos 10 anos do PT? Que tal um carro bomba no estacionamento...

Anônimo disse...

O que essa vaca bulgara quer, e exige, são as prioridades da Omissão da Verdade são derrubar a Lei de Anistia e mudar ensino dos militares.

omissão da verdade e dilma, são uma única identidade, sinônimos putativos e soviética para além de bastardamente esse tresloucada bulgar ser revanchista!

Será por os soldados a terem despido no caminhão deixando exposto todo seu corpo de jovem quando chegou ao quartel depois de presa? È daí que veio o ódio aos homens e claro, aos militares também?

A Merkel andava nua na praia e nem por isso deixou de gostar de homens e trabalhava para a STASI, sob a ordens de Putin! E era boazona pelada!

Anônimo disse...

Basta ser um cidadão regularmente informado e que acompanhe os acontecimentos para antever com clareza o perigo que estamos correndo. Com a licença do anônimo das 10:38, repito: Ou as briosas FFAA reagem agora ou será tarde. Quem viver verá. FFAA, socorram-nos. E acrescento. As FFAA serão vítimas também.

Policarpo disse...

Caro Serrão,

Os agentes do estado que combateram o terrorismo revolucionário têm feito um bom trabalho de divulgação histórica da sua luta, principalmente, nos meios independentes.

Porém, é necessário enfatizar cada vez mais o lado financeiro que motiva a esquerda. Uma verdadeira 'indústria da ditadura' foi montada no Brasil, com ramificações na imprensa, nas academias e nas ongs. Milhões de reais são sugados anualmente para este buraco negro.

Neste artigo, você revela o salário dos Comissários. Pois bem, que os agentes usem o acesso à informação, para cobrar da CNV os valores gastos com salários, diárias, viagens e convênios. Publique-se os valores, publique-se os nomes dos beneficiários.

Policarpo disse...

Caro Serrão,

Os agentes do estado que combateram o terrorismo revolucionário têm feito um bom trabalho de divulgação histórica da sua luta, principalmente, nos meios independentes.

Porém, é necessário enfatizar cada vez mais o lado financeiro que motiva a esquerda. Uma verdadeira 'indústria da ditadura' foi montada no Brasil, com ramificações na imprensa, nas academias e nas ongs. Milhões de reais são sugados anualmente para este buraco negro.

Neste artigo, você revela o salário dos Comissários. Pois bem, que os agentes usem o acesso à informação, para cobrar da CNV os valores gastos com salários, diárias, viagens e convênios. Publique-se os valores, publique-se os nomes dos beneficiários.

Anônimo disse...

Quanto aos Comandantes militares estão no Comando desde o governo LULA e continua no Governo dessa mulher porque são subserviente e capachos. No que tange a esta Comissão de Inverdade. Podemos citar aqui crimes cometidos por essa turma de terrorista:

26/06/68- Mário Kozel Filho – Soldado do Exército – SP


No dia 26/06/68, Kozel atua como sentinela do Quartel General do II Exército. Às 4h30, um tiro é disparado por um outro soldado contra uma camioneta que, desgovernada, tenta penetrar no quartel. Seu motorista saltara dela em movimento, após acelerá-la e direcioná-la para o portão do QG. O soldado Rufino, também sentinela, dispara 6 tiros contra o mesmo veículo, que, finalmente, bate na parede externa do quartel. Kozel sai do seu posto e corre em direção ao carro para ver se havia alguém no seu interior. Havia uma carga com 50 quilos de dinamite, que, segundos depois, explode. O corpo de Kozel é dilacerado. Os soldados João Fernandes, Luiz Roberto Julião e Edson Roberto Rufino ficam muito feridos.
É mais um ato terrorista da organização chefiada por Lamarca, a VPR. Participaram do crime os terroristas Diógenes José de Carvalho Oliveira, Waldir Carlos Sarapu, Wilson Egídio Fava, Onofre Pinto, Edmundo Coleen Leite, José Araújo Nóbrega, Oswaldo Antônio dos Santos, Dulce de Souza Maia, Renata Ferraz Guerra Andrade e José Ronaldo Tavares de Lima e Silva. Ah, sim: a família de Lamarca recebeu indenização. De Kozel, quase ninguém mais se lembra.
25/07/66 – Nelson Gomes Fernandes, almirante – PE

Explosão de bomba no Aeroporto Internacional de Guararapes, com 17 feridos e 2 mortos. Além das duas vítimas fatais, ficaram feridas 17 pessoas, entre elas o então coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva. Além de fraturas expostas, teve amputados quatro dedos da mão esquerda. Sebastião Tomaz de Aquino, guarda civil, teve a perna direita amputada.



Anônimo disse...

Os Comandantes participaram do Governo Lulinha e continua no dessa mulher. Porque são subserviente. No que tange a essa comissão da inverdade eles esquece o que outro lado praticou podemos citar alguns crimes:
25/07/66 – Nelson Gomes Fernandes, almirante – PE

Explosão de bomba no Aeroporto Internacional de Guararapes, com 17 feridos e 2 mortos. Além das duas vítimas fatais, ficaram feridas 17 pessoas, entre elas o então coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva. Além de fraturas expostas, teve amputados quatro dedos da mão esquerda. Sebastião Tomaz de Aquino, guarda civil, teve a perna direita amputada.

26/06/68- Mário Kozel Filho – Soldado do Exército – SP
No dia 26/06/68, Kozel atua como sentinela do Quartel General do II Exército. Às 4h30, um tiro é disparado por um outro soldado contra uma camioneta que, desgovernada, tenta penetrar no quartel. Seu motorista saltara dela em movimento, após acelerá-la e direcioná-la para o portão do QG. O soldado Rufino, também sentinela, dispara 6 tiros contra o mesmo veículo, que, finalmente, bate na parede externa do quartel. Kozel sai do seu posto e corre em direção ao carro para ver se havia alguém no seu interior. Havia uma carga com 50 quilos de dinamite, que, segundos depois, explode. O corpo de Kozel é dilacerado. Os soldados João Fernandes, Luiz Roberto Julião e Edson Roberto Rufino ficam muito feridos.
É mais um ato terrorista da organização chefiada por Lamarca, a VPR. Participaram do crime os terroristas Diógenes José de Carvalho Oliveira, Waldir Carlos Sarapu, Wilson Egídio Fava, Onofre Pinto, Edmundo Coleen Leite, José Araújo Nóbrega, Oswaldo Antônio dos Santos, Dulce de Souza Maia, Renata Ferraz Guerra Andrade e José Ronaldo Tavares de Lima e Silva. Ah, sim: a família de Lamarca recebeu indenização. De Kozel, quase ninguém mais se lembra.

20/09/68 – Antônio Carlos Jeffery – Soldado PM – SP
Morto a tiros quando de sentinela no quartel da então Força Pública de São Paulo (atual PM) no Barro Branco. Organização terrorista que praticou o assassinato: Vanguarda Popular Revolucionária. Assassinos: Pedro Lobo de Oliveira, Onofre Pinto, Diógenes José Carvalho de Oliveira, atualmente conhecido como “Diógenes do PT”, ex-auxiliar de Olívio Dutra no Governo do RS.

Anônimo disse...

O infeliz rola-bosta que propaga fascismo e nazismo neste blog é um câncer na sociedade brasileira. Se esse infeliz se diz ser um cristão, nunca foi, mas é antes um filho das trevas, que semeia contenda, discórdia, ódio, rancor, inveja, calunia, etc.
Vá de retro, satanás!!!