domingo, 19 de maio de 2013

Reflexões sobre a “Omissão da Verdade”


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Luiz Sérgio Silveira Costa

“Sobre a Comissão da Verdade, Mauricio Santos, cientista político e  assessor de Direitos Humanos da Anistia Internacional no Brasil, deu recente declaração, que reproduzimos e contestamos:

MS: “ é falácia” a possibilidade ventilada pelos militares de que a Comissão da Verdade deveria analisar também os crimes da esquerda. Na conjuntura brasileira, não houve uma guerra civil”

LS:  Não houve guerra civil, mas houve crimes da esquerda, como sequestros, assassinatos, explosões, bombas, roubos....

MS: “a oposição armada não foi responsável por atos contra os direitos humanos na ditadura”.

LS: Sequestros, assassinatos, bombas e explosões com vitimas não são também atos contra os direitos humanos?

MS: “ a quebra da Lei da Anistia vai acontecer de qualquer maneira, porque há uma sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos declarando a Lei da Anistia brasileira inválida. Porque essa lei está em contradição com vários outros acordos internacionais de direitos humanos”.

LS: Isso demonstra que a Comissão da Verdade quer, realmente, anular a Lei da Anistia e promover a punição, mesmo que as leis brasileiras não se subordinem a Cortes Internacionais. Com efeito, em abril de 2010, instado por ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Supremo Tribunal Federal decidiu, por sete votos a dois, que a Lei da Anistia, de 1979, não deveria ser alterada para possibilitar a responsabilização penal dos indivíduos envolvidos em crimes como a tortura – ou como em ataques terroristas, no caso dos adeptos da luta armada. A decisão enterrou a possibilidade de que a Comissão da Verdade tivesse qualquer poder punitivo.

A Comisão da Verdade, que deveria ter outro nome, quem sabe a Omissão da Verdade, está afrontando a Lei que a criou, a saber:
        
a) a finalidade da lei é : efetivar o direito à memória e à verdade histórica e promover a reconciliação nacional. Está, no entanto, querendo revogar a Lei da Anistia, e promover punições!!!;
       
 b) a Lei diz: Não poderão participar da Comissão Nacional da Verdade aqueles que não tenham condições de atuar com imparcialidade no exercício das competências da Comissão; todos são parciais!;
        
c) o periodo de investigação vai de 1946 a 1988, mas a CV só está investigando, a seu exclusivo arbítrio, o período de 1964 a 1988; e só supostos crimes de agentes do Estado, esquecendo os dos agentes da sociedade civil, graves, como sequestros, que equivalem a torturas.
    
Cabem aqui as seguintes perguntas:
        
a) Por que não agem contra o regime cubano e a grave violação dos direitos humanos com os assassinatos no paredon? Por que não obtêm, das Cortes internacionais, mandado de prisão contra os Castros, que circulam livremente por aí, especialmente no Brasil? Por que não se manifestam sobre a grave violação dos direitos humanos em Cuba e na Coreia do Norte?
        
b) Por que que, no Brasil, a nossa Secretaria de Direitos Humanos só grita quando há crimes de agentes do Estado, e nunca sobre as barbaridades praticadas, agora por menores, como o arrasto do menino preso ao cinto do carro, ou a dentista morta, ou estupros e casos que estão diariamente no noticiário? A Secretaria só vale para direitos humanos de criminosos?

Além de proteção aos pobres, minorias, desassitidos, indios,.... a ideologia esquerdista abraçou dois novos temas, que rendem votos: a ecologia e os direitos humanos.
Parece muito difícil que essa turma perca o poder no Brasil. Assim, é grave a ameaça de que o pais sucumba a essa perigosa ideologia socialista/populista/ bolivariana, que floresce na América do Sul e Central. O perigo maior, porém, são pessoas letradas, que advogam essa ideologia, como esse assessor, Marilena Chuai, Rui Falcão, Cláudio Fonteles......

Essa turma nem se sensibiliza com os fatos de fora dos manuais, como o Muro de Berlim, os cubanos fugindo, se arriscando ao mar e tubarões (osboat people), a Primavera de Praga, a negação de direitos humanos e a perversidade de Cuba e da Coreia do Norte contra seus cidadãos..., práticos e definitivos exemplos do horror das ditaduras de esquerda! Daí a importância das Forças Armadas, da imprensa livre e da Igreja, cristã ou evangélica. São pilares que não podem se submeter ou esmorecer!

Duas perguntas finais:
        
a) Já que a CV está arbitrando ao arrepio da lei, por que não investiga quem promoveu a negação da liberdade e dos direitos humanos da Yoani no Brasil?
        
b) Por que só há Comissões como essa em países em que os opressores são de direita? Quando teremos comissões quando os opressores são de esquerda, como na ex-União Soviética, em Cuba e na Coreia do Norte?”

Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante reformado - lsscosta@superig.com.br

6 comentários:

Anônimo disse...

simples... são psicopatas. os psicopatas se passam por vítimas o tempo todo e não consegue enxergar o lado perverso e covarde deles. na visão deles, podem fazer o que bem entendem e os outros não podem fazer nada. o que o outro fez é aterrorizante, o que eles fizeram não. não têm empatia. não vê a atitude do zé dirceu? roubou milhões dos cofres públicos e não quer punição.
o que acredito também, é que esta turma vão na OEA e falam o que é do interesse deles, a versão deles. com certeza, não falam que eram bandidos que provocavam terror na sociedade com atentados terroristas, assaltos, roubos, sequestros. ESTAS PESSOAS DA CNV ESTÃO FORÇANDO PORQUE ESTÃO DO LADO DE QUEM ESTÁ NO PODER E ESTÃO GANHANDO MUITO DINHEIRO. COVARDIA SEM LIMITES. ESTES BANDIDOS, COMETERAM GRAVES CRIMES CONTRA A HUMANIDADE SIM.

ENTRE OS MILITARES E ELES, FICO COM OS MILITARES.

Skorpio disse...

Caro Almirante,
Lamentavelmente, a Igreja Católica está totalmente aparelhada, através de seus cimi - Conselho Indigenista Missionário e CPT - Comissão Pastoral da Terra. Nestes setores da Igreja Católica, nem mesmo a CNBB poder de decisão. Quanto às Igrejas Evangélicas, estas estão mais preocupadas em arrecadar fortunas de seus fiéis, comprar rádios e televisões e eleger deputados e senadores para defender seus interesses, sempre servindo a dois senhores. Só nos restariam, no caso, as FFAA, que lamentavelmente também entregaram os pontos, submetendo-se ao comando de pessoas medíocres, que não têm um mínimo de amor ao Brasil, cujo projeto é o poder a qualquer custo, com a consequente eliminação da democracia, tão arduamente conquistada pela contrarrevolução de 1964 por, aqueles sim, verdadeiros bravos soldados de nossas FFAA, que como diz o dito popular,já não se fazem mais como antigamente. Lamento, Almirante, eu também disse um dia: Não passarão!. Depois de tudo que fizeram, colocando aquela ofensiva placa na AMAN, com o Exército sendo colocado em genuflexo, humilhado, com a anuência de seus comandantes. Com a agora escancarada intenção da Omissão da Verdade de mudar nossa história, interferindo até mesmo no currículo escolar da AMAN, com o silêncio covarde de seus comandantes. Onde já se viu isto? E tudo isto acontecendo com a sociedade se manifestando em todas as pesquisas elegendo as FFAA como a instituição em que mais confiam, a instituição mais séria, a guardiã de nossa Constituição. Almirante, eles passarão, passarão como um trator sobre o senhor, sobre quem quer que esteja sobre seus caminhos. Vão "tratorar" o Exército, a Marinha, a Aeronáutica. Nenhuma democracia resiste a Lulas, Dilmas, Renans, Tófollis, Dirceus, Sarneys, Levandowiskis, FHCs, Cabrais, Temers e tantos outros, impossível nominar tamanha a quantidade do lixo. Todos os três poderes da República estão podres. Estão transformando o país em uma cloaca, uma pocilga, sob os olhos omissos daqueles que poderiam salva-lo de tamanha humilhação e perdição.

Skorpio disse...

Caro Almirante,
Lamentavelmente, a Igreja Católica está totalmente aparelhada, através de seus cimi - Conselho Indigenista Missionário e CPT - Comissão Pastoral da Terra. Nestes setores da Igreja Católica, nem mesmo a CNBB poder de decisão. Quanto às Igrejas Evangélicas, estas estão mais preocupadas em arrecadar fortunas de seus fiéis, comprar rádios e televisões e eleger deputados e senadores para defender seus interesses, sempre servindo a dois senhores. Só nos restariam, no caso, as FFAA, que lamentavelmente também entregaram os pontos, submetendo-se ao comando de pessoas medíocres, que não têm um mínimo de amor ao Brasil, cujo projeto é o poder a qualquer custo, com a consequente eliminação da democracia, tão arduamente conquistada pela contrarrevolução de 1964 por, aqueles sim, verdadeiros bravos soldados de nossas FFAA, que como diz o dito popular,já não se fazem mais como antigamente. Lamento, Almirante, eu também disse um dia: Não passarão!. Depois de tudo que fizeram, colocando aquela ofensiva placa na AMAN, com o Exército sendo colocado em genuflexo, humilhado, com a anuência de seus comandantes. Com a agora escancarada intenção da Omissão da Verdade de mudar nossa história, interferindo até mesmo no currículo escolar da AMAN, com o silêncio covarde de seus comandantes. Onde já se viu isto? E tudo isto acontecendo com a sociedade se manifestando em todas as pesquisas elegendo as FFAA como a instituição em que mais confiam, a instituição mais séria, a guardiã de nossa Constituição. Almirante, eles passarão, passarão como um trator sobre o senhor, sobre quem quer que esteja sobre seus caminhos. Vão "tratorar" o Exército, a Marinha, a Aeronáutica. Nenhuma democracia resiste a Lulas, Dilmas, Renans, Tófollis, Dirceus, Sarneys, Levandowiskis, FHCs, Cabrais, Temers e tantos outros, impossível nominar tamanha a quantidade do lixo. Todos os três poderes da República estão podres. Estão transformando o país em uma cloaca, uma pocilga, sob os olhos omissos daqueles que poderiam salva-lo de tamanha humilhação e perdição.

Anônimo disse...

AO ANÔNIMO DAS 7:44

O POVO TEM QUE SE UNIR E RESISTIR A ESTA QUADRILHA QUE SE INSTALOU NO PODER.

Fernando Teles de Siqueira disse...

A tal "Comissão da verdade" não é outra coisa do que um passo importante na retomada da violência de esquerda no Brasil. É só vermos os documentos da época da subversão armada no Brasil(60-70)para vermos as atrocidades de que esses comunistas são capazes. E não são suspeitas são fatos documentados, torturas, latrocínios, execuções. Digo isso porque era universitário nessa época e testemunhei isso. E esses atuais esquerdistas "civilizados" até hoje defendem tudo quanto é ditadura de esquerda desde Cuba até a Coreia do Norte. Não tenho dúvidas. Caminhamos para um novo enfrentamento.
Com a permissão do autor pretendo publicar o artigo em meu blog.

Anônimo disse...

É preciso chamar esses caras na responsa, de preferência ao vivo na tv, foi em 1957 que tudo veio à tona? que na união soviética morreram 20 milhões? perguntar pra esses bolcheviques tupiniquins qual é a deles, defendem o exterminio como aconteceu em todos os países conquistados e querem que aqui o povo caia na teia sem direito a defesa, é preciso dar uma dura nessa vagabundagem, aqui não é Venezuela e muito menos Argentina, a ditadura foi branda, todo mundo sabe disso, além do mais tudo o que temos de infra foi feito pelos militares, se fossemos sérios já teríamos colocado esse bando pra fora faz tempo...
Quero que qpertem os militares com essa cnv até a paciência da tropa ir pra cucuia e beleléu.