segunda-feira, 24 de junho de 2013

Acionistas externos da Globo pedem ampla cobertura de passeatas, cuja organização é monitorada via Guardião

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net

O modelo Barack Obama, de espionagem para Segurança Nacional, está fazendo escola no Brasil de Tolos. O Governo colocou em operação seu sistema atualizado do “Guardião” para monitorar toda a organização das manifestações de rua do “Inverno Brasileiro”. Duas máquinas de última geração, que cruzam informações de dados e voz, foram instaladas no terceiro andar do prédio da Abin, em Brasília, e outro no subsolo da Superintendência Federal em São Paulo.

Curioso é que, além dos organizadores dos atos, entram na monitoração aqueles considerados “inimigos” do governo. Os sistemas rastreiam telefones fixos, celulares, tráfego de e-mails, manifestações no Facebook e no twitter – principais redes sociais usadas para ataques contra o governo. Importante frisar que os poucos nos três poderes se salvam do rastreamento. Os mais protegidos, por enquanto, são os “funcionários” do Palácio do Planalto que acabam de ganhar um sistema de comunicação de dados e voz em 4G – em teste no Brasil e para uso exclusivo deles, para maior segurança nas comunicações.

Enquanto isso, duas informações deixam a petralhada com a pulga picando a orelha – que ficou mais vermelha e inchada com os recados de insatisfação dados pelas megapasseatas. A primeira é que os investidores internacionais das Organizações Globo recomendaram à Família Marinho que dê total cobertura e repercussão aos protestos. A segunda é que o Exército já avisou ao Palácio do Planalto não aceita ser usado na repressão ao movimento de massas, quando os atos descambam para vandalismo.

No teatro de operação da mídia, os acionistas estrangeiros da Globopar, holding que controla as Organizações Globo, aproveitaram o “Inverno Brasileiro” para fazer cobranças. Aconselharam Roberto Irineu e João Roberto Marinho a darem ampla divulgação aos protestos, sem censura e sem poupar o governo Dilma Rousseff, apesar dos interesses internos do grupo Globo. Também foi feita uma recomendação para que a Rede Globo aproveite o momento para alterar sua grade de programação no final de noite, abrindo mais espaço para jornalismo, a fim de conter quedas persistentes de audiência. Os “conselhos” começam a ser cumpridos pela direção da velha vênus platinada.

No teatro de operação militar, um sinal de crise foi aprofundado. A evidência disso é que o Gabinete de Segurança Institucional, de forma incompreensível e ilógica, foi alijado das discussões do “gabinete de crise” montado pela chefona-em-comando das Forças Armadas, Dilma Rousseff, para tratar das manifestações contra o governo. O General de Exército José Elito, do GSI, ficou de fora das reuniões que Dilma comandou sobre o explosivo assunto. De uma delas, participaram até o ex-Presidente Lula da Silva, o marketeiro João Santana e Renan Calheiros (presidente do Senado), além dos ministros mais chegados.

Pouco importa entender se o General Elito ficou de fora porque preferiu, não teve condições de comparecer ou porque Dilma não quis ele na delicadíssima conversa com alto comando petista. O fato importante foi o recado dado pelo General Elito, na hora em que se cogitou o emprego das Forças Armadas na repressão a vândalos politicamente orientados a colocar fogo no prédio da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Elito deixou claro que o Exército não seria empregado, alegando que os militares já estavam cansados de serem classificados pelos petistas de ditadores e torturadores, e sempre serem convocados nos momentos em que as coisas saem do controle.

O gesto de Elito – que o desgastou ainda mais com a cúpula petista e a Presidenta Dilma – foi mais um recado direto da área militar contra o chamado “revanchismo petista”. Antes das passeatas aterrorizarem a petralhada, os militares já tinham avisado ao governo que não toleravam mais a aberta campanha de desgaste de imagem das forças armadas promovida pelos membros mais radicais da Comissão da Verdade – com a anuência e apoio de Dilma Rousseff. Diante da pressão militar nos bastidores, a Comissão teve de dar uma recuada, o que já gerou o pedido de saída de pelo menos dois membros.

Sobre as manifestações populares, os militares adoram a postura da “observação”. Alguns comandantes de área, generais de quatro estrelas da ativa, já chegaram a empregar a expressão “preocupação com os graves acontecimentos”. Mas a posição mais comum entre os comandados do General Enzo Peri é a de que o Exército não vai interferir, ao mesmo tempo em que não vai aceitar provocações dos setores mais radicalóides.

A inteligência militar, inclusive, manda outro recadinho ao governo, através de um General que não teve pudores de tratar do delicado assunto em ambientes abertos, fora dos quarteis. Os militares já teriam avisado ao governo que já sabem que as ações de violência e vandalismo das passeatas, no Rio de Janeiro, foram causadas por elementos à serviço da facção criminosa Comando Vermelho. Ainda na versão da caserna, o CV estaria agindo instrumentalizado politicamente, na tentativa de desmoralizar o movimento e forçar a entrada em cena das forças armadas. Por quem os bandidos seriam guiados politicamente os generais preferem deixar nas entrelinhas, para livre interpretação.


Rasgando nosso dinheiro

Dilma esta mandando 1 bilhão através do BNDS para o Sudão.

Grana é para que seja feita uma ferrovia com uma empreiteira brasileira.

Na região há grande disputa petrolifica - tudo obscuramente intermediário por Lula.

Quem denuncia, no vídeo, é a jornalista Ana Amélia Mello Franco.


Troféu da Desonra

De Carlos José Pedrosa, de Maceió, um comentário certeiro sobre o desenrolar da Copa das Confederações da FIFA:

Nesta Copa das Confederações assistimos algumas partidas não tanto honrosas. A Espanha, jogando com a fraca Seleção do Tahiti, aplicou uma vergonhosa goleada de 10 x 0. Sabendo ser um adversário fraco, composto por amadores (nenhum profissional), quando a partida chegou aos 5 x 0, a Seleção Espanhola poderia ter abrandado, ao invés de aplicar aquela goleada. Para quem perde por semelhante placar é humilhante.  A Espanha não precisava disso. O Uruguai não quis deixar por menos e aplicou 8 x 0. Outra vergonha. Vencer um adversário forte e lutador é uma honra; humilhar um adversário fraco e já vencido é desonra. Espanha e Uruguai levarão consigo o “Troféu da Desonra”. Esse ninguém vai querer arrebatar”.

Pedrosa não escreveu, mas esta seleção do Tahiti tem um esquema tático igual à política econômica do Governo Dilma-Lula...

Traição programada



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 24 de Junho de 2013.

46 comentários:

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

>Brasil: central sindical convoca greve nacional para quinta-feira

Transcrevo comentário que fiz em outra reportagem do Voz da Rússia:'GRIFAO, Hoje, 8:58
A bela e inteligente Ana Oliveira comete um erro fundamental na extensa análise; erro que compromete todo o trabalho, o aspecto econômico. Enquanto a Rússia tem um parque industrial, institutos de pesquisa, centros de ensino de primeira linha funcionando a todo vapor, aqui no Brasil fomos transformados de Nação produtiva exportadora, em nação improdutiva importadora. Aqui no Brasil, indústrias de ponta que fabricavam inclusive tornos, fresas e outros produtos da mesma linha, transformaram-se em importadores de produtos chineses. Aconteceu o mesmo com a indústria de ferramentas de precisão, vestuário, calçados, ferramentas e até, pasmem, sorvetes importados da Coréia do Sul. Importamos da China até cinzeiros, chinelas, guarda chuvas. A Rússia fabrica aviões de combate, tanques de guerra, satélites, naves espaciais, foguetes, e tudo isso precisa de uma indústria de suporte, indústria de finíssima qualidade, de excelência, que no fim, atendem inclusive a nação russa até com outros produtos, além de formarem corpos de cientistas especializados. Universidades russas, centros de pesquisa, hoje são centros de excelência, enquanto aqui no Brasil organismos similares definham por falta de verba e apoio. Enquanto na Rússia formam-se nas Universidades, cientistas, intelectuais, aqui formamos ativistas políticos que nem ao menos compreendem textos que lêem. Nossas escolas formam iletrados, analfabetos funcionais; então bela Ana Oliveira, será necessário continuar a apontar mais diferenças brutais entre a Rússia e o Brasil? Aponto mais uma, hoje os russos sentem orgulho da pátria, do progresso, da situação da nação, enquanto aqui do que podemos nos orgulhar? Dos militantes camponeses que invadem institutos de pesquisa e destroem dezenas de anos de pesquisas? Aqui presidiário recebe bolsa auxílio, enquanto na Rússia recebe bolsa castigo, detenção, condenação. Aqui no Brasil, policial que mata bandido é perseguido, têm a vida prejudicada, enquanto na Rússia é ao contrário. Claro, em sua análise aponta alguns fatos ruíns na Rússia, mas sugiro que são percalços de uma nação que saiu de um sistema axficiante para um regime de maior liberdade, assim estão aprendendo a viver de forma diferente. Dona Ana Oliveira, hoje até importamos escovas de dente, desodorantes. Quanto às manifestações populares, são muito bem vindas, pois são protestos contra a destruição do Brasil empreendida por corruptos, bandidos, ladrões do Erário Público, e sim, a polícia militar foi truculenta em excesso com a finalidade de proteger um governo ladrão , corrupto e corruptor, não para proteger um Estado que se preocupa com o povo e com a Nação como um todo. Ainda, por acaso estrangeiros invadem fronteiras russas para roubar nióbio? Ou por acaso russos entregaram imensas partes do território para indígenas? Mais ainda, aqui não é uma federação; verifique o que é federação e chegará à conclusão de que aqui é uma republica, aliás, decadente pelas mãos de comunistas; comunismo inclusive abandonado pela Rússia, China, Vietnã e pela Europa Oriental. A diferença fundamental, dona Ana Oliveira, é que russos sentem orgulho da Rússia, e brasileiros sentem vergonha do Brasil. E mais, essa destruição toda de minha Nação, Brasil, foi pelas mãos de José Sarney, Fernando Collor de Mello, Lulla, Dilma Roussef e todos os capangas socialistas/comunistas/marxistas, inclusive políticos e juízes corruptos. E mais, NÃO SOMOS FACISTAS.

Leia mais:http://www.grifao.com/

Senhor J.Serrão: solicito compreensão pelo espaço que utilizei, porém além de estarmos no mesmo barco, o assunto é grave e vem merecendo pouca divulgação na mídia brasileira, esse de atacar manifestantes de direita.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Senhores, não é questão de prestigiar meu blog de nome GRIFAO, mas de espaço aqui, pois não me parece cortês toma-lo, assim convido-os a ler a íntegra dos artigos inclusive do Voz da Rússia, ali.

Transcrições parciais:

>COORDENADOR DE GRUPO RADICAL DE ESQUERDA AFIRMA QUE PRINCIPIARÃO A ATIRAR CONTRA MANIFESTANTES

" Mas as balas aqui não vão ser de borracha”, afirmou."

Grupos de periferia se articulam contra cidadãos que pretendem moralizar a Nação

Senhoras e senhores, estou certo ou não, de que declarações de participantes do movimento Cooperifa e seus ativistas pretendem com as declarações em reunião,......

> Poderá a revolta popular do Brasil das últimas semanas contagiar a Rússia? Esta é uma pergunta que talvez muitos já tenham colocado e para a qual o próprio Kremlin já terá alguma resposta.
À primeira vista, o Brasil tem muitas semelhanças com a Rússia....

http://www.grifao.com/

Anônimo disse...

Vivem acusando-os de torturadores e ditadores; inclusive houve uma lei de anistia que está sendo desrespeitada. Satanizam os militares e agora querem usá-los para repreender. Eles eram descontentes no regime militar, né não? o povo também tem o direito de estar descontentes com este atual desgoverno. Uma coisa é certa, os militares interferindo ou não, o povo tem que continuar lutando para melhorar. Os rumos que o Brasil está tomando, não podemos aceitar. Senão não adianta os blogueiros denunciar e também não adianta o povo vir ver as denúncias.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

CONFISSÕES AO VIVO, DE LULLA, EM VÍDEO:


http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=_mRA3rWvMxI

cidadã brasileira disse...

Texto tendencioso e emocionado, tende a tentar impor um pensamento, e não cumpre o caráter informativo imparcial que deveria ter. Haja vista a orientação de não poupar Dilma de qualquer exposição. Talvez a orientação devesse ser: "Não poupar qualquer sinal de corrupção, manipulação de informações, sujeira. Vá até o fim até entender realmente o que está acontecendo e divulgar desta forma, sem manipular a informação. Cumpra seu papel informativo." Não seria melhor? Mas preferem criar times que entram em embate, defendendo este ou aquele. O que tem que ser focado é o que está errado, e não uma única pessoa. Se focam uma única pessoa, ela vira boi de piranha. E a boiada passa segura pelo rio da corrupção mais uma vez.

Anônimo disse...

Ana amélia omitiu um detalhe que coloca ainda mais caroço nesse angú. o anunciado perdão de dívidas africanas pelo governo brasileiro. Resumindo. Empresta e depois perdoa a dívida.
Vamos acordar desse pesadelo gente.

Manso.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Na presa ficou tudo meio embolado, do que solicito perdão. Importante texto não inseri:

Grupos de periferia se articulam em São Paulo para defender democracia e Dilma

Após violência contra militantes de esquerda em manifestações, Cooperifa reuniu ativistas para reafirmar posicionamento e unificar bandeiras

São Paulo – Cerca de 60 pessoas representando diversos coletivos e movimentos sociais que atuam em bairros periféricos da zona sul de São Paulo se reuniram na noite de ontem (21) na sede da Cooperativa Cultural da Periferia (Cooperifa), no Jardim Guarujá, para articular estratégias de combate a ideais classificados como fascistas.
Os participantes discutiram sobre a presença de grupos com símbolos associados ao nazismo e ao fascismo no ato da última quinta-feira, quando milhares de pessoas se reuniram na Avenida Paulista pedindo, entre outras pautas associadas ao conservadorismo, o fim dos partidos e dos governos. Para a frente periférica, isso, associado a palavras de ordem como “Fora Dilma”, sinalizou a intenção desses grupos de usar formas não democráticas para atingir seus objetivos. No ato, bandeiras de legendas políticas e da Uneafro foram queimadas e militantes ficaram feridos.
A avaliação preliminar do grupo em formação é que é preciso haver apoio mútuo entre movimentos sociais e partidos de esquerda, ainda que haja diversas críticas a eles, especialmente ao PT e ao governo Dilma. “Não é hora de a Dilma sair. Nós vamos responder nas urnas”, afirmou Débora Silva Maria, coordenadora das Mães de Maio.
Para a frente periférica, é preciso reafirmar os preceitos da esquerda e formular uma pauta de reivindicações unificada e objetiva que contemple as demandas das regiões mais pobres da cidade, além de não permitir que grupos de direita usem a população como massa de manobra.
Diversos bairros na cidade e em municípios da região metropolitana também têm sido tomados por manifestações. Jovens já pararam avenidas importantes da zona sul, entre elas, a Belmira Marin, que liga o Grajaú à Cidade Dutra, e a Estrada de Itapecerica, no Capão Redondo.
Há mais de uma década, o movimento Hip Hop e os saraus têm reunido forças de esquerda em bairros afastados das regiões centrais da capital paulista. Agora, acredita Sérgio Vaz, poeta e coordenador da Cooperifa, é hora de colocar em prática todo o acúmulo desses movimentos.
“Não é uma luta qualquer. É luta de classes. A gente fala tanta coisa, escreve tanta coisa. Tanta gente cita o Che Guevara, agora o Mariguella. Chegou o dia”, avaliou. Vaz acredita que o fortalecimento do conservadorismo afeta diretamente a periferia. “Normalmente sobra para a gente. Mas as balas aqui não vão ser de borracha”, afirmou.

http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2013/06/contra-fascismo-grupos-de-periferia-se-articulam-em-sao-paulo-6181.html

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Dona Cidadã Brasileira: Por gentileza aponte-me um nome, apenas um, de alguém que quando comenta ou escreve sobre assuntos 'quentes', assuntos dentro dos quais 'muita energia', não seja tendencioso.

Por gentileza, aponte alguém aqui no Brasil, que seja absolutamente imparcial.

Anônimo disse...

Vi uma reclamação sobre a informação de não poupar a Dilma de qualquer exposição. Esta 'ordem' tem que ser explicita mesmo, pois os grandes órgãos de comunicação do Brasil estão comprados pela propaganda pública. Mostrar os movimentos censurando o que não interessa é muito comum por aqui hoje em dia. Que noticia alvissareira que o Exercito Brasileiro sublevou e não quer acatar mais ordens de quem só os tripudia.

Anônimo disse...

Atitude covarde do general elito e peri, mostram o carater do Exercito. Só querem receber o salário no final de cada mès e o resto como o Brazil, que se phoda!

São sevandijas!

Quanto à poilicia militar, deveriam ser caçados como ratazanas de esgoto. Mas nem isso o PCC ou o CV fazem! São também são cagões e covardes demais!

Reginaldo Lante disse...

SO ESCREVER NÃO ME SATISFAZ, PRECISO DIZER A DILMA O QUE REALMENTE PENSO ...

http://www.youtube.com/watch?v=4RFtjC2W2e8

Anônimo disse...

Hospitais padrão FIFA? Aqui, só existem para tratarem os politicos corruptos pois têm muito dinheiro e grandes empresários. È o mercado desses hospitais. Hospitais padrão FIFA? Isso só no primeiro mundo. Nós nem emergentes somos! Fomos e pouco faltou para passarmos ao patamar seguinte, mas lula, dilma e o PT, fizeram com que isso terminasse.

China, por ordem de lula, tornou-se parceiro comercial privilegiado. Depois disso, para quê termos indústrias?

Anônimo disse...

Comando Vermelho? ...
tipo assim, o comando de um certo partido, né. Entendi.

Anônimo disse...

Enquanto o povo não entender, compreender e a aceitar a idéia de que não podemos ser governados por civis por motivos óbvios, pastaremos muito ainda até que este momento chegue.
Falam de democracia pra tudo quanto é lado como se fosse nossa salvação, esquecendo que vão-se 30 anos e a coisa não pára de piorar, tempo mal utilizado.
Agora que o tempo esta voando, acredito que em mais uma ou duas eleições o povo vai se permitir colocar esta questão em pauta, até lá, só mais do mesmo, não importa, certo mesmo é que este momento chegará, de todos os meus sonhos que o "estado" abortou através de golpes ou legislação feita por fdp's, alguns no nascedouro e outros em plena implantação, só sobrou este, a volta dos militares ao poder.
Então ficamos assim, 90% se fode de trabalhar para sustentar 10% que estão com a vida ganha e que fazem tudo para piorar a vida de quem lhes sustenta.

Anônimo disse...

FORA, DILMA! FORA, PT!
IMPEACHMENT, JÁ!!!!

Anônimo disse...

Excelente matéria! Informações preciosas colocadas de modo claro, sério onde têm que ser sério, e divertido onde pode ser divertido !
Parabéns Jorge Serrão!
Parabéns General de Exército José Elito, do GSI !

Anônimo disse...

Em qualquer lugar que se vá, só se ouve que “o gigante acordou”. Muito bem, e agora?
A insatisfação é geral e as motivações são inúmeras, mas, a culpa é de quem? De Barack Obama? Do Papa?
Sem a OBJETIVIDADE necessária, os legítimos manifestantes – não os militantes e baderneiros – estão “criando cobra”.
Estão dando tempo ao governo do crime organizado, de se reestruturar e contra-atacar. Abrindo contagem para quem está “beijando a lona”.
As HORDAS MILITANTES, estão sendo convocadas para desvirtuarem um cenário de legítima manifestação popular.
Uma espécie de “NÃO ME DEIXEM SÓ” PTralha!
POR QUE A POPULAÇÃO TEM MEDO DE GRITAR: IMPEACHMENT, JÁ!!

Anônimo disse...

Serrão, nos poupe deste tipo como o anônimo despeitado de 12:17 e da cidadã brasileira.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Como dizia José Engenieros em El Hombre Mediocre: - a nação não se confunde com o povo, Nação é a parcela do mesmo que está consciente de sua origem e destino. Em certos estágios do processo civilizatório de um povo a sua parcela mais pura e íntegra, ou seja, a Nação que está gerando, é constituída apenas por um punhado.

Anônimo disse...

Jorge

Vê por que defendo a baderna em edifícios públicos, símbolos políticos representativos deste governo petista/marxista?

Só no sábado, houve manifestações em mais de 100 cidades.

As televisões mostraram o quê? Quase nada, pois não houve baderna contra símbolos políticos (edifícios públicos), logo, para que perder tempo mostrando gente tranqüila se manifestando, se a mídia está toda controlada pelo governo petista/marxista?

Venha daí a baderna!

Isto agora só vai à porrada. O rio Rubicão já foi atravessado! Passamos do ponto de não retorno!

"Embaixadas alertam estrangeiros para sair do Brasil

Diante da crescente onda de protestos e violência nas ruas, dezenas de países emitem alertas sigilosos para seus compatriotas deixarem o Brasil.

Não foi só por compromissos que o presidente da FIFA, Joseph Blatter, viajou para a Europa em meio à Copa das Confederações. Desde Segunda, as principais Embaixadas em Brasília e escritórios de dezenas de países emitem alertas sigilosos para seus compatriotas deixarem o Brasil, diante da crescente onda de protestos e violência nas capitais e interior. A coluna teve confirmação de dois casos, um dos Estados Unidos e outro de país do Oriente Médio. Embora haja esforço do governo para manter a ordem, há preocupação das outras nações, que comparam os protestos aos da Primavera Árabe.

Debandada

Um empresário carioca que saiu de Brasília, ao chegar na Sexta à noite à Barra – foco de protestos e vias fechadas – constatou ainda que os hotéis sofreram debandada."

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/embaixadas-alertam-estrangeiros-para-sair-do-brasil/

Anônimo disse...

"País vive mais um dia de protestos

Discurso de Dilma em rede nacional foi rejeitado por muitos brasileiros, que voltaram às ruas em pelo menos 100 cidades do país neste sábado, 22.

(...)

Manifestantes voltaram às ruas em pelo menos 100 cidades neste sábado, incluindo em São Paulo, Rio de Janeiro e capitais menores, como Rio Branco. Um dos maiores protestos ocorreu em Belo Horizonte, onde cerca de 20 mil pessoas se reuniram no início da tarde em frente ao estádio do Mineirão, onde a seleção do Brasil enfrentou a Itália pela Copa das Confederações. A grande maioria dos protestos foi pacífica.

(...)"

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/pais-vive-mais-um-dia-de-protestos/

Anônimo disse...

"Imagem do dia..."

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/06/imagem-do-dia.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+ResistnciaDemocrtica+(Resist%C3%AAncia+Democr%C3%A1tica)

Anônimo disse...

A louca bulgara não tem nenhum respeito pelos brasileiros.

Deu ao Sudão por ordem de lula, US$ 1 bilhão!!! E para a nossa Saúde, sua louca? Cada vez dá menos! Sim, basta ver nos gastos com a Saúde!

Agora vai dar Bolsa-Copa para ministros e oficiais.

Só gigolôs e nós somos as putas deles e dela!

"Governo lança Bolsa-Copa para ministros e oficiais

Governo vai cobrir gastos de ministros que quiserem assistir aos jogos da Copa das Confederações nos estádios

O governo vai pagar diárias de hotel de até R$ 581 para ministros que quiserem assistir nos estádios aos jogos da Copa das Confederações. Apesar de bases militares com alojamentos do Exército e Aeronáutica em todas as sete capitais-sedes, os benefícios se estendem aos comandantes, oficiais e servidores das três Forças Armadas que se deslocarem. O Palácio do Planalto publicou em edição extra no D.O., na véspera da abertura da Copa, o Decreto 8.028/13 com tabelas de gastos autorizados. As comitivas ainda poderão viajar nos jatos da FAB, por prerrogativa dos cargos.

(...)"

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/governo-lanca-bolsa-copa-para-ministros-e-oficiais/

Anônimo disse...

O Congresso quer e a bulgara vai aceitar muito que seja implantado no nosso país o "Estado de Emergência" que por lei fica por 30 dias sempre renováveis por outros 30 dias indefinidamente.

Como já são mais de 100 cidades em que ocorrem manifestações, o PT marxista e a bulgara petista/marxista, vão dar um golpe de estado! Obrigar o Exército a matar brasileiros!

Estamos phodidos!

Esperar para ver! Só assim ela e os politicos ficarão tranquilos! PQP.

"Estado de defesa para conter protestos?

Nos bastidores do Congresso, especulou-se a necessidade de decretar Estado de Defesa no país para reprimir manifestações.

Nesta sábado, a revista Consultor Jurídico (Conjur), citou a entrevista da professora de Direito Penal da Universidade de São Paulo (USP) e conselheira da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil Janaína Paschoal, em que ela manifesta sua apreensão sobre o atual quadro de protestos pelo país, agravado pela violência, culminar em um Estado de Defesa e de Sítio.

“Uma onda de protestos sem foco e sem liderança, e com atos de violência, pode ensejar uma situação de Estado de Defesa e de Sítio. Já vimos esse filme em 1964, é o que mais me preocupa. Meu temor é de chegarmos a um acirramento, a uma quase irracionalidade. Não me agrada a forma como os protestos estão se desenrolando. São todas bandeiras legítimas, mas tocam em temas complexos, e as autoridades precisam de tempo para dar uma resposta. (…) O Brasil está entrando em uma espiral que pode não ter volta”, disse Janaína.

(...)"

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/estado-de-defesa-para-conter-protestos/

Anônimo disse...

dilma ouviu hoje, dia 24, os petistas/marxistas do Movimento Passe Livre para quê, se eles afirmaram não fazer mais manofesrações?

Ou será ela dando mais dinheiro e ordenando mais destruições a esses filhos da puta para impedir manifestações e protestos pacificos?

"Dilma ouve Movimento Passe Livre, governadores e prefeitos nesta segunda, 24"

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/dilma-ouve-movimento-passe-livre-governadores-e-prefeitos-nesta-segunda-24/

Anônimo disse...

A soberania popular marxista que a terrorista quer implantar através do movimento Passe Livre, è ilegal.

"O novo ministro do STF, Luis Roberto Barroso discorda de Dilma"

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/06/o-novo-ministro-do-stf-luis-roberto.html

Anônimo disse...

Serrão, vale a pena ver o video (reflexão) do professor Carlos Reis sobre a manifestação...

FIM DO PT 21/06/2013

http://www.youtube.com/watch?v=irXgfHDIOQM


Milton-SP

Anônimo disse...

Para este governo ditatorial petista/marxista poder usar seu sistema atualizado do "Guardião" para monitorar arbitrariamente toda a organização das manifestações de rua do "Inverno Brasileiro" e 192 milhões de brasileiros não precisa autorização judicial? Ou mesmo do Congresso ou Senado?

Ou já estamos mesmo vivendo e vivenciando um regime déspota tipo nazista/soviético, onde por meio de MPs, este governo ilegal vai dando bilhões de reais ás lendas políticas para as calar?

Anônimo disse...

70% de todo o dinheiro doado la' fora pelo PT 70% fica com o PT,,,,digo porque sei.

Anônimo disse...

Vem aí um regime de terror idealizado por lula, PT e consentido pela dilma.

"Proposta de Constituinte é inconstitucional. Trata-se de uma tentativa de golpe bolivariano.

Conforme previ, petismo tenta saída à esquerda. Não estou surpreso. Nem vocês!

Por Reinaldo Azevedo

Constituinte exclusiva para fazer reforma política é golpe.

É evidente que se trata de uma proposta inconstitucional, que não passaria no Supremo — aos menos, espero que não.

Se passasse, então seria sinal de que estaríamos no reino onde o perdão seria desnecessário porque não haveria mais pecado.

Pois é…

Eu conheço esses caras e essas caras. Sei como pensam. Sei com quais categorias operam. Sei como funcionam. Tenho advertido aqui há três semanas que esse negócio de ser reverente às massas na rua acaba dando em porcaria.

Uma coisa é ser contra congressistas que não prestam. Outra, distinta, é hostilizar o Congresso. Uma coisa é criticar uma justiça lenta e ineficaz. Outra, distinta, é hostilizar o Judiciário e as leis.

A ideia de uma Constituinte exclusiva para fazer a reforma política é de Lula.

E é antiga.

Dilma, quando candidata, defendeu essa ideia numa entrevista ao programa Roda Viva. Não conseguiu dizer direito nem por que queria governar o Brasil, mas veio com essa história.

Escrevi a respeito em julho de 2010. Felizmente, ao longo de sete anos, completados hoje, este blog se manteve no prumo e no rumo.

Na sua proposta, também a reforma tributária seria feita por essa "Constituinte".

Como ela se operaria?

A "Assembleia da Reforma Política" seria bicameral ou unicameral?

Representaria só os cidadãos ou se tentaria garantir o equilíbrio federativo já no processo de representação?

Vai saber o que se passa pela cabeça tumultuada de Dilma Rousseff. Eu sei o que se passa na cabeça da cúpula do PT: criar mecanismos para se eternizar no poder.

É um escárnio!

O Brasil passou pelo impeachment.

O Brasil passou pela crise dos anões do Orçamento, que dizimou reputações no Congresso.

O Brasil passou, e está passando ainda, pela crise do mensalão.

Ninguém falou em Constituinte.

Agora, por causa de meia dúzia na rua — ainda que fossem muitos milhões —, os feiticeiros vêm falar em "Constituinte exclusiva"?

Por quê?

Houve algum rompimento da ordem?

Boa parte da reforma política necessária pode ser feita por legislação ordinária. É raro o caso em que se precisa de emenda, só aprovada com três quintos das duas Casas."

(...)

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/06/proposta-de-constituinte-e.html

Anônimo disse...

Golpe de Estado petista/marxista em andamento acelerado!

Quantos bilhões de reais vão receber os deputados federais e senadores da dilma para aprovarem o plebiscito do PT?

"Ministros dizem que Congresso vai decidir sobre plebiscito

Luana Lourenço e Sabrina Craide
Repórteres da Agência Brasil

Brasília - O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse hoje (24) que um plebiscito é fundamental para que seja feita uma Assembleia Constituinte para a reforma política, conforme propôs a presidenta Dilma Rousseff. "O plebiscito é indispensável para legitimar o processo constituinte específico para fins de reforma política. Ele é que delega o mandato popular nessas condições", disse.

Segundo o ministro, o governo vai enviar a proposta de plebiscito para o Congresso Nacional, que deverá autorizar a consulta popular. As datas que serão sugeridas pelo governo serão 7 de setembro ou 15 de novembro, mas caberá aos congressistas determinar quando o plebiscito vai ocorrer, e se será ainda este ano.

(...)"

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-06-24/ministros-dizem-que-congresso-vai-decidir-sobre-plebiscito

Anônimo disse...

Constituite è Golpe!

"Desde o século passado a questão da reforma eleitoral/política é pautada pela mídia devidamente instrumentalizada pelos setores políticos organizados, sobretudo quando há uma ‘crise de representação’ provocada pela traição da soberania popular e pelos níveis anômicos de corrupção.

A última reforma eleitoral – foi instituída na década de 1990 e consistiu em três mudanças então fundamentais:

1 - nova lei de inelegibilidade - Lei Complementar n.º 64, de 18.05.90;

https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lcp/lcp64.htm

2. nova lei dos partidos políticos - Lei n.º 9.096, de 19.09.95, alterada pela Lei n.º 9.259, de 09.01.96;

https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/lei9096consol.htm

3. lei das eleições - Lei n.º 9.504, de 30.09.97.

https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9504compilado.htm

Pelos dispositivos legais então aprovados e vigentes – a reforma centrou-se em três aspectos – inelegibilidades, partidos políticos, e eleições – que são os limites constitucionais de uma reforma eleitoral.

Porém, quando se fala em reforma política – temos uma abrangência muito maior. As reformas políticas – enveredam pelo não só pelo sistema eleitoral e sistema partidário, mas também pelo sistema político que abrange a forma de Estado (unitário, federal ou misto); a forma de governo (presidencialista, parlamentarista ou misto); e a esfera de competência dos entes federativos – União, Estado, Distrito Federal e Municípios – e a esfera de atuação dos três Poderes.

Os sistemas eleitorais admitem apenas três alternativas:

- 1. Majoritários;
- 2. Proporcionais;
- 3. Mistos. Note-se ainda que, nas maiores democracias do mundo ocidental, 58% adotam eleições majoritárias (voto distrital), 21% sistemas proporcionais, e 21%, sistemas mistos.

Por outro lado, o sistema partidário, em relação à sua dimensão, admite quatro e apenas quatro modalidades, em razão do sistema eleitoral em vigor:
- 1. Lista fechada;
- 2. Lista aberta;
- 3. Listas flexível;
- 4. Lista livre.

Portanto, qualquer tentativa de "reforma", pode abranger apenas o sistema eleitoral/partidário, fora desse limite é "golpe".

http://gracanopaisdasmaravilhas.blogspot.com.br/2013/06/rivadavia-rosa-explica-o-possivel-golpe.html

Anônimo disse...

Com que então o FDP do Barbosa! Que falta de respeito! Barbosa deveria ser avisado sobre este FDP.

"Ary Vannazi, presidente da Famurs, hoje: "Eles não têm líder, mas 40% querem esse fdp do Joaquim Barbosa como presidente "

Ao lado, o fdp Joaquim Barbosa, segundo o líder dos prefeitos do RS, o petista Ary Vanazzi.


Na reunião da AMFRO, entidade que reúne os prefeitos dos municípios da Fronteira Oeste do RS, hoje de manhã, na sede da Famurs, o ainda presidente, Ary Vanazzi, PT, resolveu fazer um alerta sobre o risco das manifestações violentarem as instituições e a democracia.


. E mordeu a língua:


- Eles não têm partido nem líder. E 40% querem esse filho da puta do Joaquim Barbosa de presidente!!!


. E emendou um discurso (já preparado pelo PT) sobre a conivência do presidente do STF com desmandos e corrupção do Judiciário. E avisou que a velha classe média não suporta o crescimento da nova classe média ...

- Vem chumbo grosso contra Joaquim Barbosa esta semana!"

http://polibiobraga.blogspot.com.br/2013/06/ary-vannazi-presidente-da-famurs-hoje.html

Anônimo disse...

O que Michel Temer escreveu em 2007 sobre a Constituinte exclusiva!

Blog do Noblat

"Não à Constituinte exclusiva, por Michel Temer

(Artigo escrito em 2007 pelo atual vice-presidente da República, Michel Temer - PMDB-SP)

Constituinte significa rompimento da ordem jurídica. Romper a ordem jurídica significa desestabilizar as relações sociais.

Afinal, o direito existe para fixar as regras do jogo, tornando seguras as relações das mais variadas ordens: trabalhistas, comerciais, tributárias, cíveis, eleitorais. Quanto menos se modifica a estrutura normativa, maior estabilidade ganhará o país.

Quanto mais estável a ordem jurídica maior a segurança social. Uma constituinte torna instável a segurança jurídica porque ninguém saberá qual será seu produto.

(...)"

http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2013/06/24/nao-constituinte-exclusiva-por-michel-temer-501022.asp

Anônimo disse...

"Ministros do Supremo Tribunal Federal afirmam que convocação de constituinte exclusiva seria um ‘golpe’ contra a Carta em vigor; proposta foi recebida com perplexidade por oposicionistas .

BRASÍLIA - Deputados, senadores e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) questionaram, nesta segunda-feira, 24, a viabilidade da realização de um plebiscito sobre a convocação de uma constituinte exclusiva para debater e reforma política, proposta feita pela presidente Dilma Rousseff.

O anúncio de Dilma foi recebido com surpresa por surgir em uma reunião com chefes de Executivo e não na presença de integrantes do Legislativo. A convocação do plebiscito, na forma como defendido pela presidente no discurso, teria de acontecer por meio de emenda constitucional, proposição que tem trâmite lento e precisa da aprovação de 2/3 dos parlamentares na Câmara e no Senado.

Um ministro do STF destacou não haver na Constituição previsão de convocação de constituintes exclusivas – integradas não por parlamentares, mas por pessoas eleitas apenas para esse fim. Para outro integrante da Corte, essa possibilidade não está na legislação justamente para dar segurança jurídica ao País. Na visão desses ministros, a atitude seria um golpe contra a Constituição de 1988. Observam que, como o tema é amplo, seria possível mudar o sistema de presidencialista para parlamentarista, por exemplo.

O ex-presidente do Supremo Carlos Velloso classificou como “uma forma de distrair o povo que está nas ruas” o anúncio feito pela presidente. “Que o povo deseja uma reforma política, não há dúvida”, disse. “Deseja muito mais: que se ponha fim à gastança desenfreada e deseja reformas que aperfeiçoem o regime político e tornem mais saudável a vida das pessoas”, afirmou Velloso, que presidiu o STF de 1999 a 2001.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado, criticou a proposta de Dilma, destacando ser possível fazer alterações no sistema de forma mais simples. “É muita energia gasta em algo que pode ser resolvido sem necessidade de mexer na Constituição. Basta alterar a Lei das Eleições e a Lei dos Partidos."

No Congresso, a proposta foi recebida com perplexidade por oposicionistas. "Todos aqueles que eu consultei disseram que, conceitualmente, está errado”, afirmou o líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO).

Interesses. Na base aliada, líderes manifestaram apoio, mas reconheceram confusão na proposta. "É preciso ainda esclarecer por que a presidente também fala em extrair da população pontos para a reforma, mas a ideia demonstra um respeito pela população", afirmou o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM).

Os defensores da proposta avaliam que o Congresso atual não faria mudanças profundas por não desejar mexer em seus próprios interesses. "Nós sabemos que não vai ter reforma para valer com o Congresso que temos aqui", disse Wellington Dias (PI), líder do PT no Senado. "Defendo a constituinte exclusiva porque não se faz uma reforma política com um Congresso eleito por este sistema que se deseja mudar", disse o líder do PSB no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF)."

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/06/ministros-do-supremo-tribunal-federal.html


Anônimo disse...

"Enfim, parte da imprensa atenta para o golpismo.
Brandamente, porém. Veja.com, por exemplo, chama o plebiscito de "oportunista", apenas oportunista. Não é. Dilma segue o método que o petismo herdou do leninismo, travestido na farândula bolivariana:
Desde o início dos protestos que convulsionam o Brasil, há vinte dias, nenhuma iniciativa da presidente Dilma Rousseff foi tão lastimável na avaliação de especialistas ouvidos pelo site de VEJA quanto a menção a um plebiscito para promover uma reforma política no país.
A proposta lançada no momento mais crítico do governo Dilma é altamente contestada no aspecto técnico: a Constituição brasileira é explícita ao vetar a possibilidade de convocação de uma Constituinte com finalidade específica. A iniciativa esconde a incapacidade do PT, que administra o país há mais de uma década com a maior base parlamentar desde a redemocratização, em realizar uma reforma política às claras, pelo caminho do Legislativo – talvez, porque, aos petistas, os únicos interesses reais sejam o financiamento público de campanha e o voto em listas, que só beneficiariam à cúpula do partido no propósito de se perpetuar no poder. Também demonstra a inequívoca tentação bolivariana do PT de governar diretamente com o povo, passando por cima das instituições democráticas. Afinal, o plebiscito sempre foi visto com desconfiança pelo Direito justamente porque os governos que lançaram mão desse recurso resultaram em gestões populistas e autoritárias – não por acaso, a Constituição Federal reservou essa competência ao Congresso Nacional de maneira exclusiva. (Continua)."

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/06/ministros-do-supremo-tribunal-federal.html

Anônimo disse...

"Líderes do PMDB e do governo dizem que são a favor de Constituinte para reforma política

Brasília - A Executiva Nacional do PMDB vai se reunir amanhã (25) para discutir a proposta de um plebiscito a fim de convocar uma Assembleia Nacional Constituinte para fazer a reforma política. Segundo o líder do partido na Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a proposta da presidenta Dilma Rousseff é complexa e terá resultado a longo prazo.

"Ela fez uma proposta de Constituinte exclusiva. O PMDB amanhã, em sua Executiva Nacional, deverá tratar do tema. Eu, pessoalmente, defendo que pode ser, desde que tenha a reforma tributária junto. Mas é uma pauta de futuro, não é uma pauta que responde o problema presente. A Constituinte terá que passar na Casa, pode passar ou não passar, terá que ter uma emenda constitucional, é uma coisa complexa", disse Cunha.

(...)

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-06-24/lideres-do-pmdb-e-do-governo-dizem-que-sao-favor-de-constituinte-para-reforma-politica

Anônimo disse...

"Dilma aponta para o golpe bolivariano: plebiscito, constituinte.

É o que tenho dito, solitariamente, nos dois últimos posts. As ditaduras bolivarianas se valeram de referendos, plebiscitos e constituintes para solapar as instituições. Recomendo que leiam - quem ainda não o fez - o texto de Osvaldo Hurtado, fiel retrato do que aconteceu nos países vizinhos sob as botas bolivarianas (post anterior).

Repito: é a última tentativa do lulo-petismo de realizar o que não conseguiu em 10 anos de ataques às instituições. A ideia, lançada por Lula há meses, já foi abraçada abertamente por acadêmicos vagabundos e, um tanto envergonhadamente, pela vermelha CNBB e pela OAB federal, que abandonou a defesa do Estado de Direito faz muito tempo.

Olho vivo, brasileiros! O lulo-petismo quer se eternizar no poder. Método não lhe falta.

Na Veja.com, a confirmação dos meus temores:

A presidente Dilma Rousseff anunciou na abertura do encontro com os governadores e prefeitos, no Palácio do Planalto, que pedirá um plebiscito seguido de uma Constituinte, para a realização de uma reforma política no país. Dilma pediu aos governantes um pacto com cinco pontos, que serão debatidos durante a reunião da tarde desta segunda-feira. (Continua)."

http://otambosi.blogspot.com.br/2013/06/dilma-aponta-para-o-golpe-bolivariano.html

Anônimo disse...

Amei! Precisamos de pessoas como vc q nós esclareca mais. Obrigada!

Skorpio disse...

A Rede Globo há bastante tempo está aparelhada pelo esquerdopatas e pelo PT. Está comprada pelo governo. Após entrevista com o economista Edmar Bacha,Leilane Neubarth, da Globo News, elogiou-o e afirmou que ele é o criador de uma frase que ilustra bem o sistema econômico brasileiro: "O Brasil é uma belíndia", que para ela significa um país de poucos ricos e muitos pobres. Vejam aí a má-fé da jornalista. O sentido real da frase é: "O Brasil é uma Belíndia, imposto de Bélgica e serviços públicos de Índia". Durante toda a transmissão das manifestações, essa jornalista que só falta se confessar uma petista, sentou o pau nos policiais militares que estavam defendendo o patrimônio público e privado, com a ajuda de um cientista político, que condenou a atitude da Polícia Militar ao colocar a cavalaria da polícia para atuar na defesa do prédio da prefeitura carioca. Talvez quisessem que colocassem policiais desarmados para enfrentar aquela turba de criminosos. Ou a Rede Globo faz um jornalismo imparcial, sério, ou cairá logo, logo no descrédito.

Skorpio disse...

A Rede Globo há bastante tempo está aparelhada pelo esquerdopatas e pelo PT. Está comprada pelo governo. Após entrevista com o economista Edmar Bacha,Leilane Neubarth, da Globo News, elogiou-o e afirmou que ele é o criador de uma frase que ilustra bem o sistema econômico brasileiro: "O Brasil é uma belíndia", que para ela significa um país de poucos ricos e muitos pobres. Vejam aí a má-fé da jornalista. O sentido real da frase é: "O Brasil é uma Belíndia, imposto de Bélgica e serviços públicos de Índia". Durante toda a transmissão das manifestações, essa jornalista que só falta se confessar uma petista, sentou o pau nos policiais militares que estavam defendendo o patrimônio público e privado, com a ajuda de um cientista político, que condenou a atitude da Polícia Militar ao colocar a cavalaria da polícia para atuar na defesa do prédio da prefeitura carioca. Talvez quisessem que colocassem policiais desarmados para enfrentar aquela turba de criminosos. Ou a Rede Globo faz um jornalismo imparcial, sério, ou cairá logo, logo no descrédito.

Skorpio disse...

A Rede Globo há bastante tempo está aparelhada pelo esquerdopatas e pelo PT. Está comprada pelo governo. Após entrevista com o economista Edmar Bacha,Leilane Neubarth, da Globo News, elogiou-o e afirmou que ele é o criador de uma frase que ilustra bem o sistema econômico brasileiro: "O Brasil é uma belíndia", que para ela significa um país de poucos ricos e muitos pobres. Vejam aí a má-fé da jornalista. O sentido real da frase é: "O Brasil é uma Belíndia, imposto de Bélgica e serviços públicos de Índia". Durante toda a transmissão das manifestações, essa jornalista que só falta se confessar uma petista, sentou o pau nos policiais militares que estavam defendendo o patrimônio público e privado, com a ajuda de um cientista político, que condenou a atitude da Polícia Militar ao colocar a cavalaria da polícia para atuar na defesa do prédio da prefeitura carioca. Talvez quisessem que colocassem policiais desarmados para enfrentar aquela turba de criminosos. Ou a Rede Globo faz um jornalismo imparcial, sério, ou cairá logo, logo no descrédito.

Skorpio disse...

Vejam senhores, porquê nosso militares às vezes se esforçam para perder nosso respeito:

Bolsa-Copa

"Na véspera de Dilma ser vaiada no Estádio Mané Garrincha, já com manifestações pipocando pelo país, foi publicado em edição extra do Diário Oficial a União, dia 14, o decreto 8.028/13, autorizando o pagamento de diárias a autoridades federais que queiram assistir aos jogos da Copa das Confederações.
A diária de hotel é de R$ 581,00 para ministros (mais verba para viajar a qualquer cidade-sede das partidas); para os comandantes de Exército, Marinha e Aeronáutica, é de R$ 406,70. Outros funcionários também têm direito a esse tipo de diária, embora menos substancial. Pelo decreto, a diária ainda pode ser duplicada." (jornalista Carlos Brickmann, no site Ucho.com)

Anônimo disse...

Um artigo de Olavo de Carvalho.

Este senhor sabe o que escreve. Ainal è um estupendo filosofo que um dia andou perdido no marxismo até ver a fraude que ele representa.

"Tomando como ponto de partida o fato de que "o movimento" teve como seus criadores e mentores o Foro de São Paulo e a elite globalista condensada simbolicamente na pessoa do sr. George Soros, o seu objetivo geral já foi declarado muito antes de que o movimento eclodisse.

Caos e estratégia (I)
por Olavo de Carvalho


Nossos liberais e conservadores lêem Ludwig von Mises e Friedrich von Hayek e, vendo que eles tratam o marxismo como uma pseudo-ciência econômica, concluem alegremente que ele não vale nada, não merece maior atenção. Acontece que o marxismo enquanto ciência e técnica da ação revolucionária não depende em nada da "base econômica" que nominalmente o sustenta. Essa ciência e essa técnica são de uma exatidão assustadora e não podem ser compreendidas só com a leitura dos "pais fundadores" do movimento ou com a da sua crítica liberal: requer o acompanhamento de toda uma evolução do pensamento estratégico marxista, que começa com Marx e se prolonga até Saul Alinsky e Ernesto Laclau. Este último, invertendo a fórmula clássica das relações entre "infra-estrutura" e "super-estrutura", propõe abertamente a tese de que a propaganda revolucionária cria livremente a classe da qual em seguida se denominará representante. Maior independência de toda "base econômica" não se poderia conceber.

(...)"

http://bootlead.blogspot.com.br/2013/06/diagnostico-de-psicopatia-parte-1.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Bootlead+(BOOTLEAD)

Rubens Rodrigues disse...

Amigos, quem assistiu o documentário do Discovery Channel, ontem, dia 29/06: a rede social que mudou o mundo, que abordou o uso da internet e suas redes sociais na mobilização das populações de vários países como Líbia, Barem e Tunisia na busca de um governo justo ou sua saída, entenderá que devemos mais do nunca, lutar por uma imprensa e internet livres e isentas da intromissão do poder político e econômico. Só assim poderemos vigiar o desempenho do governo e suas intenções. Devemo-nos manter a vigilância e cobrar dos políticos e do governo, através dos veículos livres, acima citados, atos que visem o bem estar da população, que deve vir sempre em primeiro lugar e um desempenho econômico que nos dê segurança, competitividade e valorização da indústria brasileira, estou cansado de comprar qualquer produto e estar escrito na etiqueta: made in china.

Anônimo disse...

Marcos temos que protestar também contra a receita federal, olhem o absurdo: se você tem divida com a receita ela te cobra 1% + correção e multas ao mês, se você tem um dinheirinho para poupar a poupança te paga 0.6% praticamente não existe aplicação que te garanta 1% + TR, ou seja se você deve para receita a receita federal ajuda a te afundar mais rápido, e se não pagar eles te tomam até sua casa, e você que paga impostos for até a receita resolver qualquer problema te tratam como LIXO, exatamente isso LIXO olham para você com cara de este merda já vem encher o saco, são grossos, despreparados, arrogantes agem como se você fosse um bandido, quando na verdade o bandido está do lado de lá da mesa, o país onde se cobra mais impostos no mundo, com os piores serviços do mundo, mais protestos já e nos postos de atendimento da receita também, não existiu na história da humanidade revolução no mundo sem violência e estamos precisando de revolução.