domingo, 30 de junho de 2013

O Senhor das Armas contra Dilma?

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net

“O Senhor das Armas”. Eis o novo título distintivo a que faz jus o mascate transnacional Luiz Inácio Lula da Silva. O cabra especializado em “vender o Brazil” ampliou sua atuação na África. Até semana passada, o foco de negócio dele, por lá, era compra e venda de diamantes, além de promover outros produtos de exportação brasileiros. Agora, enviado ao mundo africano pela Taurus, Lula cuida da venda de armas. Senta o dedo, $talinácio!

A atividade de Lula parece ironia com o grave momento político vivido pela petralhada apavorada e desarvorada com os protestos vindos das ruas. Lula tem duas grandes bombas para desarmar. A primeira é a candidatura à reeleição de sua criatura Dilma Rousseff da Silva. A segunda é a irremediável substituição da equipe econômica – que deve ocorrer imediatamente. Henrique Meirelles já foi posto no aquecimento para substituir Guido Mantega.



A aprovação da Presidenta já caiu do confortável índice 57% para o preocupante patamar de 30% - segundo pesquisa DataFolha. O Palhaço do Planalto já projeta sua a aprovação pode cair rapidamente para 26,5%. O negócio ficou tão feio que Dilma nem se arriscará a comparecer ao Maracanã para ver a final da Copa das Confederações entre Brasil e Espanha. Medinho de vaia é uma caca!

Pior ainda que a queda de 27 pontos na popularidade foi a disparada dos que consideram a gestão da petista ruim ou péssima. Antes das passeatas, apenas 9% a rejeitavam. Agora, 25% desqualificam Dilma como gestora. Dilma também levou pau no quesito nota média de sua administração. Antes, passava fácil de ano com 7,1%. Agora, já fica na faixa escolar de reprovação, com 5,8%.

Ainda bem que Dilma poderá se consolar com ursão gigante, bem gordão, com 2 metros de altura, que ganhou recentemente de empresários paulistas. Da sociedade brasileira nas ruas – e agora também nas pesquisas de opinião – Dilma está ganhando um “despresente”: um verdadeiro abraço de urso como reprovação.

Um leitor anônimo até lembrou ontem de um caso histórico. Um ursinho foi a primeira opção das tropas gregas para presentear os troianos no fim da famosa guerra. O General Agamenon, aconselhado por Aquiles, resolveu trocá-lo por um cavalo. No caso brasileiro, o bicho mais perfeito seria um burro. Ou, quem sabe, uma anta - para uma rima imperfeita com o neologismo Presidenta...



Inflação + Passeata = Fracasso! Que a casa caiu ninguém mais duvida. O problema é que o PT venderá muito caro qualquer queda. Os petralhas ainda não estão desabrigados politicamente. Têm a máquina do poder para usar e abusar – até o povo gritar mais alto e botar o Governo do Crime Organizado para fora...

Nesta segunda-feira, a previsão é de tempo fechado, com a tal grave geral... E se o Brasil perder para a Espanha o movimento de luto ganha ainda mais motivação... O Palhaço do Planalto vai sair do sério...

Mas o Senhor das Armas continuará na dele, vendendo o Brazil... E o resto, por aqui, que se exploda...



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Junho de 2013.

8 comentários:

Anônimo disse...

O povo não é bobo e já entendeu: quem não presta é o PT, e não apenas Dilma.

Anônimo disse...

Prozac 20 mg? Êta, a coisa está mesmo brava! E se o Brazil perder hoje? Não recebu vaias por que não vai, a derrota será o inicio da queda total dest regime petista. Não apenas dela, mas também do PT.

Anônimo disse...

"NINGUÉM AQUI PEDIU PLEBISCITO. SÓ PODE SER GOLPE...."


http://movimentoordemvigilia.blogspot.com.br/2013/06/ninguem-aqui-pediu-plebiscito-so-pode.html

Anônimo disse...

Até ainda à pouco tempo, os militares diziam que para sairem para as ruas, primeiro o povo ou população brasileira teria de o fazer primeiro para que eles vissem o real descontentamento.
O povo ou população, fez-lhes e está fazendo-lhes as vontade.

E eles? Parecem putas sifliticas como os politicos do PMDB, que dão
a todos e não se comprometem com ninguém.

Aliás, sairam á ruas em Belo Horizonte para defender este regime pôdre, mas foram corridos como vira-latas pelos policias mineiros!

"Manuel Castells: ‘O povo não vai se cansar de protestar’

Sociólogo afirma que ausência de líderes é uma das qualidades dos protestos no Brasil e diz que país vai influenciar países vizinhos

domingo, 30 de junho de 2013Manuel Castells: ‘O povo não vai se cansar de protestar’
Sociólogo afirma que ausência de líderes é uma das qualidades dos protestos no Brasil e diz que país vai influenciar países vizinhos

Maurício Meireles



Na rua está “a sociedade em sua diversidade”, diz Castells Luiz Munhoz/FatoPress/Folhapress/10-6-2013
Para o sociólogo catalão Manuel Castells, boa parte dos políticos é de “burocratas preguiçosos”. Ele é um dos pensadores mais influentes do mundo, com suas análises sobre os efeitos da tecnologia na economia, na cultura e, principalmente, no ativismo. Conhecido por sua língua afiada, o espanhol falou ao GLOBO por e-mail sobre os protestos.


Os protestos no Brasil não tinham líderes. Isso é uma qualidade ou um defeito?

Claro que é uma qualidade. Não há cabeças para serem cortadas. Assim, as redes se espalham e alcançam novos espaços na internet e nas ruas. Não se trata, apenas, de redes na internet, mas redes presenciais.

Como conseguir interlocução com as instituições sem líderes?
Eles apresentam suas demandas no espaço público, e cabe às instituições estabelecer o diálogo. Uma comissão pode até ser eleita para encontrar o presidente, mas não líderes.
Como explicar os protestos?

É um movimento contra a corrupção e a arrogância dos políticos, em defesa da dignidade e dos direitos humanos — aí incluído o transporte. Os movimentos recentes colocam a dignidade e a democracia como meta, mais do que o combate à pobreza. É um protesto democrático e moral, como a maioria dos outros recentes.

Por que o senhor disse que os protestos brasileiros são um “ponto de inflexão”?

É a primeira vez que os brasileiros se manifestam fora dos canais tradicionais, como partidos e sindicatos. As pessoas cobram soberania política. É um movimento contra o monopólio do poder por parte de partidos altamente burocratizados. É, ainda, uma manifestação contra o crescimento econômico que não cuida da qualidade de vida nas cidades. No caso, o tema foi o transporte. Eles são contra a ideia do crescimento pelo crescimento, o mantra do neodesenvolvimentismo da América Latina, seja de direita, seja de esquerda. Como o Brasil costuma criar tendências, estamos em um ponto de inflexão não só para ele e o continente. A ideologia do crescimento, como solução para os problemas sociais, foi desmistificada.

O que costuma mover esses protestos?

(...)"

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/06/manuel-castells-o-povo-nao-vai-se.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+ResistnciaDemocrtica+(Resist%C3%AAncia+Democr%C3%A1tica)

Anônimo disse...

Quando que nós vamos ficar livre dessa turma esquerdopata? Essa turma já encheu o saco demais. Eles não tem vergonha na cara. O problema é que nós não temos direita. Nós temos mesmo é um bando vigaristas pra escravizar e roubar o povo.

Anônimo disse...

Tânia SP
O povo já sabe, q o governo PTralha não presta, tanto o seu criador Lula como a sua cria parida Dilma, a galera já entendeu!.
A PTralhada é q ta se fingindo de bôbos, q não viu nada....PT já era...o Brasil acordou, não vai mais enganhar este povo, FORA LULA/DILMA, PT E TODA A SUA CORJA, o povo não quer mais PT no governo, FORA BANDIDOS!!!!!

Anônimo disse...

Incrivelmente a popularidade da bulgara, chegou e ficou em números exatos: 30%.

Quando subia, podia ficar nos 86% mais acima ou mais abaixo!

Agora desceu e caiu precisamente em 30%?

E se forem de fato 18%?

Um governante honesto, já teria pedido a demissão.

Anônimo disse...

Por Reinaldo Azevedo

"Uma anatomia da loucura de Lula

Os deuses primeiro tiram a razão daqueles a quem querem destruir.

“Quos volunt di perdere dementant prius.”

Já lembrei aqui este adágio latino a Lula, mas ele, claro!, não me ouve. No que, do seu ponto de vista, faz muito bem! Se ouvisse, creio que não teria sido eleito presidente da República, porque eu, por óbvio, teria reprovado, como reprovo, os métodos a que recorreu para construir seu partido, para se eleger e para se manter no poder. E é assim não é de hoje — desde quando, ainda bem jovem, rasguei a minha filiação, apostando que ele chegaria ao poder. Foi quando criei a expressão "burguês do capital alheio" (eu ainda era de esquerda) — e, aí sim, tive uma antevisão: não será bom para as instituições e para a verdade dos fatos.

Em seus oito anos de mandato, Lula já havia depredado a história o bastante. Um dia, creio, a onda estupidificante petista na academia reflui, e se poderá, então, serenamente, narrar o que se deu. De todo modo, o Apedeuta encerrou seus oito anos de poder elegendo sua sucessora, o que é uma conquista e tanto. Uma aposentadoria política digníssima se lhe afigurava, com o mito relativamente preservado. MAS NÃO! O DIABO É QUE, NA CABEÇA DE LULA, SUA OBRA ESTÁ INCOMPLETA.

Ainda há no Brasil, vejam que ousadia!, quem lhe faça oposição intelectual — não me refiro aos partidos, não! — e quem não esteja disposto a se ajoelhar a seus pés. Ainda há no Brasil setores que ele considera recalcitrantes, que merecem a pecha de "golpistas" porque ousam não concordar com ele. Ainda há no Brasil, por exemplo, uma imprensa livre também no espírito, não apenas na letra da lei. Se o PT foi malsucedido no seu esforço de criar um mecanismo de censura, sabe, no entanto, que foi muito bem sucedido em tornar influentes alguns de seus valores, hoje bovinamente repetidos por franjas engajadas também da grande imprensa. Há dias, li em dois grandes jornais textos de "analistas" que afirmavam, por exemplo, literalmente, que "ninguém ganha com a guerra entra bandidos e polícia em São Paulo". Ainda preciso escrever um texto só sobre esse assunto. Imaginem vocês… Quando alguém escreve essa enormidade, está a igualar os dois lados da suposta "guerra", vislumbrando, então, a necessidade de uma "pax"; o que se está a pedir é uma solução negociada com os… bandidos! Mas não quero me desviar do foco.

(...)"

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2012/09/uma-anatomia-da-loucura-de-lula.html