sábado, 15 de junho de 2013

Presidenta Dilma: Venha a público e defenda o nosso direito de se manifestar nas ruas do Brasil

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Olívia de Castro e Marília Persoli

O Brasil está vivendo um momento único, como não acontecia há décadas. Para nossa geração isso é um sinal de que estamos acordando políticamente, estamos voltando às ruas para exigir nossos direitos.

A imprensa e a polícia tentam nos classificar como vândalos, mas não é verdade. É uma desculpa para usar uma força policial violenta e brutal. A grande maioria de nós é contra a violência, só queremos um país livre para exercer a nossa cidadania.
Por isso nós lançamos este abaixo-assinado, pedindo para a Presidenta Dilma vir a público garantindo o direito de nos manifestarmos.

Presidenta, nós temos a mesma idade que você tinha quando saiu às ruas para defender o Brasil em que acreditava. Estamos na rua agora, primeiro contra o aumento das tarifas de ônibus em São Paulo, agora por muito mais do que isso: por uma outra cidade, um outro Brasil. Mas estamos com medo!
Nossas manifestações pregam a não-violência. Mas vários amigos apanharam da Polícia Militar, presenciamos cenas absurdas de repressão e lemos notícias de que manifestantes serão tratados como terroristas, sobre gente presa por formação de quadrilha e por portar vinagre. Enquanto isso, só ouvimos declarações evasivas e absurdas dos nossos governantes diretos - srs. Fernando Haddad e Geraldo Alckmin.
Chegou a hora de você falar, já que os protestos são nacionais. Vivemos na democracia que você ajudou a construir e, por isso, viemos aqui coletar assinaturas pedindo para você vir a público, em um discurso na televisão ou com um post nos perfis da Presidência da República nas redes sociais, defendendo o nosso direito democrático de se manifestar.
Somos mulheres jovens, como você era no Brasil dos anos 70, e fazemos este pedido porque sabemos que você entenderá. Nossa geração tomou as ruas. É revoltante que a sua geração nos reprima.

Não se trata mais somente do aumento das tarifas de ônibus, já é muito mais do que isso: por uma outra cidade, um outro Brasil. 
Mas estamos com medo!

Vários amigos apanharam da Polícia Militar, presenciamos cenas absurdas de repressão e lemos notícias de que manifestantes serão tratados como terroristas, sobre gente presa por formação de quadrilha e por portar vinagre. Enquanto isso, só ouço evasivas e absurdos dos meus governantes diretos -- Fernando Haddad e Geraldo Alckmin.
Talvez você não concorde especificamente com o protesto contra o aumento da passagem. Mas todos temos que defender o direito de nos manifestarmos. Por que se hoje é contra a passagem, amanhã poderá ser para defender um direito seu. 
Por favor, assine, é nos manifestando que este país vai mudar! Não podem tirar o nosso direito.

Olívia de Castro e Marília Persoli são ativistas do movimento.


24 comentários:

Anônimo disse...

QUE ME DESCULPEM A FRANQUEZA... DEPREDAR NÃO É MANIFESTAR. NÃO HAVERIA RAZÃO PARA A POLÍCIA AGIR COM REPRESSÃO SE NÃO HOUVESSE EXCESSO POR PARTE DOS MANIFESTANTES. EU NÃO ASSINO ESTE ABAIXO ASSINADO.

PS OS PREJUÍZOS FORAM MUITO ALTO EM FUNÇÃO DE 0,20.

Anônimo disse...


ATENÇÃO! PT VAI ENTRAR DE CABEÇA NA PANTOMIMA! APARELHOS DO PARTIDO DOS TRABALHADORES E ESTUDANTES ESTÃO LIBERADOS PARA IR ÀS RUAS NA SEGUNDA: A ORDEM É NÃO TOCAR NO VALOR DA TARIFA E SE MANIFESTAR CONTRA A PM E CONTRA ALCKMIN. MILHÕES DE PESSOAS SÃO VÍTIMAS DE UMA TRAMOIA ELEITORAL

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/atencao-pt-vai-entrar-de-cabeca-na-pantomima-aparelhos-do-partido-de-trabalhadores-e-estudantes-estao-liberados-para-ir-as-ruas-na-segunda-a-ordem-e-nao-tocar-no-valor-da-tarifa-e-se-manifestar-con/

Anônimo disse...

O PT DE HOJE NÃO É E NUNCA SERÁ O DE ANOS ATRÁS, O PT DE HOJE É COMO OS OUTROS QUE JÁ GOVERNARAM O NOSSO PAÍS, SÓ CORRUPÇÃO, FALSIDADE,MENTIRAS(171), DISCURSOS QUE NÃO CABE MAIS NA VERDADE ATUAL DO POVO BRASILEIRO, ENTÃO ELA (PRESIDENTE)NÃO APARECERÁ PARA PÚBLICOS PARA FALAR ABOBRINHAS.

IPCPAPA disse...

O PT NÃO TEM MAIS DISCURSOS E ELA NÃO VAI FALAR DO PREFEITINHO DELA, PQ VAI SER USADO PROVAS CONTRA O PARTIDINHO DELA. NÃO É PRESIDENTA???

Anônimo disse...

Para começar, essas duas deveriam aprender a língua pátria, para que não se ponham a defender "o nosso direito de se manifestar". Depois, deveriam aprender, também, as regras que regem a vida em sociedade, para que não se manifestem por meio da usurpação do direito dos outros, da destruição do patrimônio público e da incitação à violencia e à desordem.

Por fim, se elas querem protestar mesmo, valeria perguntar em que mundo elas estavam que não saíram à rua para protestar enquanto o governo para o qual elas apelam perpetrava algumas das maiores ignomínias que este país testemunhou ao longo da sua história, que é o Golpe do Mensalão Federal.

Anônimo disse...

Coitadinhas, são tão pacifistas que uma turma de 10 quase linchou um policial que ficou x machucado e deveria ter se defendido matando os terroristas mas, no entanto, não o fez. Isto ocorreu no 1º dia. Os anjinhos depredaram estações de metrô, ônibus, só 227 ônibus + ou-, depredaram Bancos, prédios históricos, pixaram tudo quanto foi parede de prédios que encontraram pela frente, incusive do TJ e querem ser tratados com flores, chás de camomila e cumprimentos pelo vandalismo. Na verdade, deixaram um rastro de destruição por onde passaram.
Esther

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Sugiro que aqui no Brasil também sopram ventos de loucura a se ver comentários de cidadãos em blogs e portais onde são publicadas notícias e opiniões sobre os recentes protestos contra a alta dos preços dos transportes públicos, pois a situação econômica e social brasileira é preocupante, assim alguns cidadãos se manifestam contra o atual governo da republica, contra as políticas econômicas e sociais, contra as políticas referentes à segurança nacional e preservação da integridade nacional, inclusive com a apatia da maioria do povo diante do descalabro que os governos civis implantaram em nossa Nação, mas no momento em que o povo sai às ruas para protestar contra um aumento de preços de passagens, voltam-se contra os manifestantes, chamando-os de "baderneiros, comunistas, vândalos, desocupados, nóias, forças do mal, zumbis" inclusive afirmando que "os protestantes procedem ao maior ataque contra a soberania e identidade nacional"; diante desse descompasso de raciocínio dos comentaristas diante do que afirmavam e hoje afirmam, diante de tanta falta de coerência só posso acreditar que um vento de loucura, um Simum saariano também sopra sobre o Brasil.

Aos Guerreiros do Teclado: Como pretendem obter apoio aos vossos pleitos se diante dos acontecimentos caem matando sobre outros manifestantes? Aliás, nossos pleitos são mais do que justos, nossa Nação afunda na corrupção e impunidade, as FFAA são destruidas, a soberania nacional no lixo, mas como pretendem obter apoio popular, se diante de manifestações outras, populares, caem de sarrafo, descendo a lenha nos manifestantes? É isso que consideram boa estratégia, estratégia inteligente?

Anônimo disse...

Outra coisa: as protestantes afirmam, candidamente, que a Dilma teria saído à rua para defender o país, quando qualquer um que tenha mais de dois neurônios na cabeça sabe que ela participou de grupos armados que pretendiam, na verdade, submetê-lo a uma ditadura comunista.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Escrevinhadores habituais aqui no Alerta Total, reclamam -com muita razão- da situação brasileira, reclamam contra a destruição de nossa Pàtria, mas consideram inteligente, boa estratégia, atacar manifestantes que se posicionam contra o aumento das passagens de ônibus? É assim que esperam obter apoio maciço de civis, aos vossos pleitos militares? É com essa estratégia de ataques gratuítos que esperam mobilizar pessoas contra tudo de ruím que acontece em nossa Pátria? Caracoles, se os senhores fazem parte dos serviços de inteligência militares, tais atitudes, a meu ver não são eficientes.

P.S.-e vamos deixar esse negócio de postarem como Anônimos, pois a alcateia que nos vigia sabe nossos nomes, endereços e até o cheiro de nossos pums. Tenham a certeza o que se sabe com o PRISM chega nas orelhas de Dilma cabeça pó de rolha Vania Roussef.

Anônimo disse...

À toda Ditadura se precede um período de caos, geralmente patrocinado pelos interessados em implantar a ditadura, portanto estão pedindo para a pessoa errada se manifestar, ela está é se divertindo muito com o aumento da tarifa dada pelo seu afilhado do PT e a culpa toda caindo no governo do PSDB de São Paulo....mas acalmem-se, a ditadura vem aí e logo seremos um país de primeiríssimo mundo ao lado de Cuba, Venezuela e Coréia do Norte.....

Anônimo disse...

Direito de manifestação não é direito de depredar patrimônio público e privado, não é direito de dasacatar, agredir e tentar linchar policiais, não é direito de tolher o direito de ir e vir de cidadãos comuns. Se vocês boyzinhos não entendem isso, então é porque merecem ter um cacetete enfiado na boca. Sim, isso mesmo, vocês são BOYZINHOS e filhinhos de papai metidos a revolucionários, mas que não limpam o próprio quarto.

Anônimo disse...

Manifestação é uma coisa pacífica e não depredadora.
Baderna, arruaça, depredação do patrimônio público, queima de ônibus, fogo nas ruas e nos bens públicos NÃO é manifestação e SIM formação de quadrilha que ameaça, impõem medo, pânico, quebra-quebra, põem fogo nas ruas, incendeia ônibus com trabalhadores que vão ou voltam do trabalho já é CRIME e não manifstação.
A obstrução da liberdade de ir e vir das pessoas que não estão na baderna e nem querem badernar é crime.

Porque não se manifestaram contra os MENSALEIROS ladrões do erário público??? Ainda votaram neles... votaram no josé genuíno cuequeiro cheio de dólares nas cuecas, o qual está na Comição de Justiça na Câmara, o qual foi condenado em vários crimes do mensalão e ainda votaram nele e em outros bandidos ladrões???

Essas cadelas estão confundindo tudo ao chamarem a dilmônia para a causa delas. Elas nem sabem que a presidAntA foi uma guerrilheira, sequestradora, quadrilheira, assassina, assaltante e usava vários codinomes de bandidona, que lutava com armas para implantar a DITADURA COMUNISTA no Brasil?
Essas cadelas estão totalmente fora da casinha e ficam desfiando prosopopéias flácidas para acalentar bovinos com a falácia torta e burra, confundindo alhos com bugalhos e manifestação com depredação! Aff... essa juventude é muito burra e fica mais burra ainda à medida que o tempo passa e perdem totalmmete a noção das coisas.

Anônimo disse...

essas idiotas não percebem que estão sendo usadas como massa de manobra de partidos esquerdistas radicais, que querem tudo, menos democracia e corrupção.
acordem protestem como cidadãs apartidarias por mais sdegurança, saude e educação.

Anônimo disse...

Não há que confundir alhos com bugalhos. Quaisquer manifestações, sob quaisquer pretextos, que sejam pautadas por partidos como PC do B, PSOL, PSTU e PT - que são inimigos juramentados do Estado Democrático de Direito -, e que façam uso de meios violentos, de cunho terrorista, merecem o mais veemente repúdio de quem realmente deseja ver a transformação deste país!

Pergunto: onde é que estavam esses intrépidos "revolucionários" enquanto o partido do governo fazia, impunemente, um verdadeiro arrastão nos cofres públicos e nas instituições do país, numa "megadelinquencia governamental", diagnosticada por um juiz do STF,a serviço de "um projeto raso, seco e golpista de poder", diagnosticado por um outro juiz do STF?

Anônimo disse...

Voces devem aprender que tem o direito de manifestar mas nāo de depredar !!!!!!!!!!!!!!!

Precisam aprender a viver democraticamente respeitando o direito da maioria! !!!!!!!!!!!!!

Milton Pires disse...

Olívia e Marília, por favor acreditem em mim e naquilo que vou escrever aqui. Sou bem mais velho que vocês e já estive no lugar de vocês na década de 1980 quando não tinha a mínima idéia de quem eram Lula e o Partido-Religião. Acredito naquilo que vocês estão dizendo e que não querem ferir nem depredar o patrimônio público, mas mesmo assim deixo o meu apelo - Afastem-se do movimento! Vocês estão sendo usadas por pessoas que não tem a mínima preocupação com o preço da passagem ou com a segurança de vocês.

Um abraço,,

Milton Pires

Anônimo disse...

Tânia SP
EU NÃO ASSINO!!!
Manifestar/Protestar não é quebrar onibus, incendiar, isto é TERRORISMO, ok? Duas anjinhas ai pedindo p/ assinar, vai ti catar...

Anônimo disse...

O que aconteceu foi pouco, deveriam parar todo o Brasil, entrar no congresso e dar uma surra nos safados e fazer isso em todas as casas legislativas, quando cai o barranco e mata diversas famílias em função do descaso público, em vez de ficar chorando na frente das câmeras de televisão, se juntar e quebrar a casa do prefeito, secretários e afins, que só aguardam a chegada da verba emergencial para se locupletarem com mais uma graninha fácil arrancada dos otários do povo. Quem já viu alguma mudança real quando somente se levantam placas com solicitações, ao estilo "bovino", do jeito que os governantes corruptos adoram? Pelo visto, alguns "bovinos" desta manada em catarse, estão tomando gosto por pensar por sí próprios, e talvez levem o resto da manada em uma direção em que sopre ventos de mudança, não sabemos se para melhorar alguma coisa, mas só de ver que a sociedade está se movimentando, já é um alívio. Ops, esqueci do PRISM! FY!

Anônimo disse...

perdeu eua.

Anônimo disse...

“MANIFESTANTES”
Um drama urbano em cinco atos

Cenário:

Corrupção como nunca se viu antes na história deste país, conflitos no campo, criminalidade explosiva, degradação econômica galopante, com volta da inflação, juros elevados, desindustrialização, endividamento crescente, PIB em queda, perda de credibilidade perante os investidores externos … E, como não poderia deixar de ser, a popularidade do “governo popular”, cevada às custas de “bolsas”, desaba a olhos vistos.

Primeiro ato:

“Manifestações de protesto” pelo aumento de tarifas públicas – instrumentalizadas ou, talvez, terceirizadas, com vandalismo e atentados terroristas – desafiam as forças de segurança do estado, que são, pela lei, as detentoras do monopólio da força. Trajados, muitos deles, com roupas de grife, e armados com paus, pedras e coquetéis Molotov, os “manifestantes” exigem “almoço gratis”. Ignorando, portanto, a advertencia de Milton Friedman, o eminente economista, detentor do Nobel, de que “Não há almoço grátis”.

Segundo ato:

Os “manifestantes”, já no terceiro dia de provocações muito bem articuladas, são reprimidos nas suas ações violentas. Mas reclamam, por sua vez, das ações violentas da polícia, posando de vítimas, sob os aplausos da mídia “não-golpista”. E ganham as manchetes, numa coreografia que as esquerdas executam de cor desde que o primeiro esquerdista descobriu que era melhor viver ás custas da ”burguesia”, do que trabalhar. Na época, Marx ainda usava fraldas.

Terceiro ato (em curso):

O partido do governo municipal e federal, que estava aguardando, solertemente, o desenrolar das ações dos seus parceiros e cúmplices ideológicos, entra em cena, culpando a polícia e o governo do estado pelo uso abusivo da força na repressão aos “manifestantes”. E exibe, em praça pública, um bom-mocismo que nunca foi seu.

Quarto ato (a conferir):

O prefeito municipal recua na majoração das tarifas, com algum tipo de intervenção auxiliar do governo federal, e ambos posam, triunfalmente, de defensores dos pobres e oprimidos. E os seus adversários políticos, que agiram em defesa do Estado Democrático de Direito, são execrados. A mídia “não-golpista” celebra, exultante!

Quinto ato (a conferir):

O povão vai às urnas, em 2014, e vota novamente nos seus algozes, ou seja, naqueles que hoje controlam o país, de alto a baixo, incluindo, aí, as suas “manifestações” de rua. A ocorrencia ou não de um segundo turno vai depender da performance da seleção brasileira no campeonato mundial.

Conclusão:

Tudo fica como antes, no quartel do “Nunca Dantes”. O que significa que iremos até o fundo do poço, de braços dados com o PT. Sem medo de ser infelizes. Não obstante, Lula da Silva dirá que o país “está quase perfeito”. A “Velha do Castelo”, otimista como ela só, concordará com ele. E Mantega, brandindo os seus números, já devidamente “amantegados”, tentará provar que eles estão certos. The Economist e as donas de casa dirão que não.

Lucas Daniel

Jayme Guedes disse...

Manifestar-se é preparar mensagens - faixas, placas, megafone, etc - e postar-se numa esquina ou praça sem jamais infringir qualquer direito do outro. Quem estiver voltando para casa e quiser ouvir, que pare e ouça. Mas obstruir o trânsito, impedindo o direito de ir e vir de terceiros é vandalismo. E nem falei de atirar pedras, incendiar, quebrar, destruir o patrimônio público e privado que estão provados nas imagens gravadas. Fui claro ou preciso desenhar?

Ricardo disse...

Eu tambem acredito em papai noel e branca de neve! Um abaixo assinado iedealizado por quem esta totalmente cego em relação ao que esta acontecendo no Pais. Pura ideologia esse manifesto dessa senhora. Sera que a policia bateu de graça,sem razão alguma? O que eram aquelas pedras e garrafas jogadas contra os policiais? Quem não procurar entender o que aconteceu la acabara assinando ingenuamente essa petição.

Ricardo disse...

A questão é que quem escreve aqui contra os manifestantes, na verdade sabe que não foram os manifestantes que incentivaram a violência, mas sim grupos de militantes politicos de partidos de esquerda,socialistas baderneiros, que estão querendo uma morte para terem mais força nos argumentos. Os que tem algum neuronio extra,poucos, sabem que aquela massa foi induzida a praticar violencia pois acreditava que estava lutando por direitos justos,mas na verdade estava agindo como gado. Escreverei quantas vezes forem necessarias para tentar mostrar aos incautos e inocentes que essas manifestações são dirigidas ideologicamente, o que eles querem é sangue, não redução de tarifas.

Anônimo disse...

Classificar os manifestantes como terrorista, assassinos e etc hahahahaa vai........
Policia so bate em coitado, quebra viatura pra falar que foi os manifestantes e etc coitadinha da policia! Imagina 1 manifestante em um beco com 10 policiais o que será que esses 10 fariam. hahahaha bizarro.