quarta-feira, 28 de maio de 2014

Vai acontecer


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Três fatos recentes me obrigam a voltar, nesse artigo, ao tema “Mais Médicos” no Brasil. O primeiro foi a publicação, no Diário Oficial da União, da Portaria 734 de 2 de maio de 2014, o segundo; a reportagem do programa “Fantástico” sobre a falta de médicos dentro dos hospitais brasileiros que foi ao ar no dia 25 do presente mês e o terceiro; a criação do “Programa Mais Médicos Brasileiros” por parte da SOBRATI – Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva – em conluio (esse é o termo jurídico correto) com a a UDABOL – Universidade de Aquino Bolívia.

O “resumo da ópera” é o seguinte: médicos, farmacêuticos, bioquímicos, dentistas, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e fonoaudiólogos formados no Brasil, Argentina, Paraguai ou Uruguai podem agora, livremente, exercer sua profissão sem qualquer outra “exigência” de forma “intercambiável” nesses quatro países citados. Você pode se formar num desses países em qualquer uma dessas profissões e exercer sua atividade em outro: “tá tudo liberado”.

A reportagem do Fantástico, segundo tema da nossa discussão aqui, veio para mostrar (vejam só) que existem Unidades de Terapia Intensiva no Brasil funcionando sem médicos! Que “coisa”, né gente? Sobre isso digo o seguinte: Em janeiro de 2005 (não 20004 como publiquei no Facebook), eu fui acusado de quebrar a porta da Direção de um Hospital da Grande Porto Alegre e de ameaçar o diretor daquela instituição.

Minha advogada disse que, hoje, o valor da precatória que o Município (depois de ter perdido a ação) me deve passa de 50.000 reais. Querem saber por que eu fui na sala do vagabundo que dirigia o hospital? Porque eu não queria abandonar a UTI do Hospital sem médico! Hoje, quase 10 anos depois, a escória da Rede Globo está começando o Fantástico com a pergunta: "Você imagina que podem haver UTI's no Brasil sem médico??"

Nada como um dia depois do outro, não é? Seria irônico não fosse o fato de tratar-se, evidentemente, de uma preparação para que a sociedade brasileira passe a aceitar médicos estrangeiros dentro dos hospitais públicos da mesma maneira que aceitou os cubanos na Rede de Atendimento Básico. Atendendo esse objetivo, uma instituição, que não representa oficialmente os médicos intensivistas do Brasil, une-se a uma Universidade da Bolívia e cria o Programa “Mais Médicos Brasileiros”, onde (transcrevo aqui informação do site) “profissionais de saúde com comprovação de dois ou mais anos de atuação no Sistema de Saúde, poderão ingressar em Programa Especial de Graduação em MEDICINA através da Universidade UDABOL com Supervisão da SOBRATI, seja no aspecto da admissão, acompanhamento, formação e estágio.

Para tal os créditos educacionais básicos serão automaticamente incorporados após avaliação escrita, permitindo o ingresso em até o 7 semestre (de acordo com a formação curricular do profissional e adaptações de disciplinas), permanecendo o estudante por mínimo de dois anos em Santa Cruz - BO ( conforme classificação ) , em um ano de internato no Brasil para as disciplinas básicas de Clínica, pediatria, GO e cirurgia. A ênfase será em Urgência/Emergência.”

Temos pois, o seguinte: profissionais da área da saúde “circulando sem problema” algum entre o Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Temos a maior rede de televisão do país preparando o clima junto a sociedade e mostrando pacientes morrendo dentro dos hospitais sem atendimento e temos uma sociedade de especialidade envolvida com assistência tipicamente hospitalar se preparando para trazer médicos para o país. Precisa mais ? Ninguém entende que um hospital cheio de cubanos, bolivianos, ou seja lá quem for, sem formação NENHUMA custa muito menos ao gestor público porque esses médicos não vão pedir exames nem solicitar procedimento de alto custo algum ??

Meus amigos, no início de 2013 eu avisei que médicos cubanos estavam chegando ao Brasil..e isso aconteceu..Eu avisei aos outros profissionais da saúde que eles seriam os próximos; isso aconteceu...Em 2005 eu paguei pessoalmente o preço de enfrentar uma administração hospitalar corrupta para não deixar pacientes abandonados numa UTI e agora estou avisando que estrangeiros vão ser trazidos ao Brasil e colocados dentro dos hospitais por um governo que mata prefeitos e negocia com traficantes – 

Vai Acontecer.


Milton Simon Pires é Médico.

8 comentários:

Loumari disse...

Dr Milton, quem lhe ouve?

Apropósito, a divisa da nação brasileira é bem, ordem e progresso? Como é possível que haja ordem e progresso num país onde o estado de direito é inexistente?

Falo assim porque vi aqui nexte mesmo espaço se manifestarem indivíduos com a natureza exactamente a de Hitler. Estas pessoas aplicam tolerância zero no que é de liberdade individual, condenam vivamente a que haja nas suas vistas gentes diferentes a eles, não suportam a diversidade de cultura, de crença, de opinião. Falo a estes que abominam a Bíblia. Qual foi o mal que vos fez a Bíblia? Como Hitler, vocês estão a fecharem os católicos nas igrejas, homens, mulheres e crianças e acendem o fogo para que morram todos calcinados. Me vão dizer: a gente não fez isso. Sim fizeram isso. Não materialmente, mas fizeram isto com os vossos comportamentos, atitude e pensamentos. O Hitler também começou exactamente com a mesma ideologia. Não tolerar os que não são como ele. Todos estes que não suportam a Bíblia que é um instrumento que prega a fraternidade, reconciliação, paz, amor e esperança, estes são indivíduos que levam dentro de si almas apodrecidas, espíritos pervertidos, e por onde passam semeiam o ódio, a divisão, espalham a intolerância, e não suportam nem respeitam os sentimentos dos outros que são diferentes a eles. Filhos da maldição são estes, praga na humanidade. Vocês que dizem vivamente aqui terem muitas ideias brilhantes, muita ideologia, num futuro muito próximo a gente vai ver os vossos rostos a se despegarem do resto da vossa cabeça pelo peso da vergonha. Porque todos nós vamos assistir com os nossos olhos o desmonoramento da torre de Babel. Vocês que não toleram a Bíblia, que abominam a palavra do Altíssimo, são vocês que são a origem da discórdia que vai undir este país.

Vós todos que aqui se uniram e fizeram um frente comum contra a presença da Bíblia aqui neste espaço, agora ouvem-me bem: De hoje para diante, sempre que buscarão a vossa imagem no espelho, verão em vós o retrato conforme de Hitler. E termirão exactamente como terminou Hitler. Na pior das CALAMIDADES.

Rafael mendes disse...

Gostaria de saber se a classe médica vai realmente aceitar isso passivamente como fez com o Mais "médicos". Não é possível que CFM irá apenas assistir mais essa punhalada e nem se quer emitir uma nota. É um absurdo isso, hoje todas as classes trabalhistas estão aproveitando o momento (copa) para lutar por melhorias, a única classe que não faz nada é justamente a que esta sendo massacrada. Aqui no Rio de Janeiro, durante o carnaval deste ano, os garis cruzaram os braços e não voltaram ao trabalho enquanto não conquistaram o que exigiam, e conseguiram, deram um tapa na cara de várias classes trabalhadoras, como a nossa, pois para muitos eles não possuem uma educação, uma formação acadêmica; mas é justamente aí que eles provaram como podem ser unidos e superar as barbáries deste desgoverno. Hoje somando o salário com os benefícios um gari aqui no Rio ganha mais de R$ 1500/mês. Há alguns meses eu vi um edital para concurso em uma prefeitura do estado de MG, que tinha uma vaga para médico saúde da família, 40h semanais e salário de R$ 1470, o mesmo oferecido à assistente social; e menor que o do gari carioca, aquele semi analfabeto.Já passou da hora dos médicos brasileiros tomarem vergonha na cara e fazer uma paralisação digna, com união de toda classe, em todos os municípios desse país. Se tomar uma atitude drástica agora, não adianta chorar depois.

Afonso Mota disse...

Tudo se resumo na falta de planejamento estratégico e o parco gosto pelo trabalho.
Os fundamentos desta afirmação estão nos resultados, Doutores do Brasil. Ah! e na eterna e sempre consentida OMISSÃO.
Simples assim e nada complexo. Saudações e sucesso Brasil. .'. C.Q.D. Prepare sua sociedade para o Exercício do Poder.

Anônimo disse...

semi analfabeto? no dicionário é semi-analfabeto.aquele que é mal alfabetizado.

Anônimo disse...

O País esta sendo governado por medida provisória, eles dão uma canetada e se foda o povo.

Anônimo disse...

Parabéns Dr Milton. Falta discernimento a muitos pois foram imbecilizados pela falta de educação de qualidade. Quanto ao comentario desse tal loumari, não vale nem a pena ler....

Loumari disse...

Você anônimo de 12:15 AM,

se lhe sobrasse algo de inteligência, você apresentaria aqui sugestoes, traçava uma linha de direção com nas mãos um plano para a nação com alternativa para tirar o país do estado de KO em que vai pouco aos poucos se imergindo. Você podia mostrar a gente o seu gênio humano, ser o salvador da nação. Mas, tristemente, você não passa de um tolo que se creu sábio. Você não tem nada de consistente no seu crânio para sugerir ou propôr algo de inteligente e justo aos seus concidadãos para a solução dos probemas que vão destruido a muita gente. Você só sabe criticar. Exactamente o que a gente sabe: cão que ladra não morde. Face a sua responsabilidade, dobra a cauda entre as pernas e começa a tremer.Rendido e humilhado.

Loumari disse...

"O que há de mais belo na nossa vida é o sentimento do mistério. É este o sentimento fundamental que se detém junto ao berço da verdadeira arte e da ciência."
(Albert Einstein)


"Somente seres humanos excepcionais e irrepreensíveis suscitam ideias generosas e acções elevadas."
(Albert Einstein)


"Deus é a lei e o legislador do Universo."
(Albert Einstein)