domingo, 28 de dezembro de 2014

O Templo de Salomão


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Luiz Sérgio Silveira Costa

Se alguém ainda tinha dúvidas sobre os reais objetivos do PT deve tê-las dissipado com a escolha dos novos ministros, e dos que ainda estão por vir. Com um ministério inchado, como bem disse o Gotaç, "um polígono de 39 lados" - que eu acrescentaria, "completamente disforme" -, preenchido, com raríssimas exceções, por pessoas ora em débito com a Justiça, ora sem qualificações ou experiências no tema, para agradar os caciques partidários, os de sempre, sabidamente antipatriotas, conhecidos e desonrados.

Como o sol do meio-dia, é um  claro  loteamento do País, feito para acondicionar os partidos de uma coalizão inconfiável pela própria natureza, um saco de gatos gordos que só querem a "diretoria que fura poços", num absoluto desprezo pelos destinos do Brasil, tão somente o de ir levando até a próxima eleição, para manter o poder andrajoso, esgarçado, que só subsiste pela camada mais desprovida de educação e recursos do país, mais dependente de benesses do governo, que Dilma e o PT não querem que acabe, pois acabar-se-ão os votos e, consequentemente, o poder. Só que, lamentavelmente, é o poder pelo poder, não para fazer as reformas para o Brasil crescer, seja física ou eticamente.

Às vezes me pergunto: Por que Dilma foi candidata? Não gosta de política e de políticos, não tem prestígio no seu próprio partido, e só é aceita porque é a presidente, é institucional, tem a caneta. E as vontades. Quer deixar tudo como está; não tem espírito republicano; teimosa – mantém a presidente da Petrobras, processada até no exterior, cujas ações estão virando pó -, só tem audácia para falar mentiras ou abobrinhas; só tem desgastes...,só vai à praia na Marinha, e cercada de vigilância!

A teimosia no inchaço de ministérios – em detrimento de sua otimização - e o seu preenchimento por nenhum brasileiro notável, dos muitos que temos, são o maior insulto e prova do desprezo que Dilma e seu partido nutrem pelo Brasil e pelos brasileiros, e pelos destinos de ambos.

Em época de renitentes dificuldades mundiais - políticas, econômicas, militares e sociais -, vamos à luta com um time inchado, mal escalado, descoordenado, descurriculado e incapaz, pronto a levar outro 7X1!

Em época natalina, esse é o nosso presente de grego, um verdadeiro cavalo de Troia!

Em época de votos e augúrios, mas de tantas falsidades, nunca soou tão falso o "Feliz Ano Novo"!

Em época de lembrar a Bíblia, esse polígono disforme de 39 lados está mais para o Templo de Salomão em Jerusalém, duas vezes destruído, inclusive com a pedra dos Dez Mandamentos no seu interior, sem ter deixado qualquer vestígio arqueológico, o que é um perigoso e triste simbolismo. Ou pior, premonição!

O que dói é que 51 milhões de nós já prevíamos, e não queríamos isso!

Pobre País!


Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante, reformado.

Um comentário:

Anônimo disse...

Confira se o "Templo de Salomão" de nome não seria a cara do PALACIO DE HERODES?
Seria o dito cujo, mas na propaganda, de Templo de Salomão!
Deu certo, pois Edir Macedo é a favor do aborto!